SRZD



Carlos Fernando Cunha

Carlos Fernando Cunha

CARNAVAL. Carioca, morador de Juiz de Fora/MG há 15 anos. Ritmista, cantor e compositor com três CDs gravados. Pesquisador e Professor da UFJF.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



16/08/2016 08h49

Opinião: Samba-enredo, como avaliar uma obra de arte?
Carlos Fernando Cunha

Está quase na hora de iniciar a tarefa mais difícil que realizarei no Portal SRZD, avaliar e comentar os sambas-enredo concorrentes das escolas do grupo especial do Rio de Janeiro. Não fugirei da raia, mas gostaria de adiantar algumas palavras aos queridos leitores.

- Confira o que colunistas do SRZD falam do enredo de sua escola

Fotos: SRZD

É possível avaliar uma obra de arte? Que critérios utilizar? Existe neutralidade no processo avaliativo?
Essas perguntas estão martelando meu cérebro desde que aceitei a tarefa e vou tentar, minimamente, enfrentá-las.

- É possível avaliar uma obra de arte? - Sim, desde que tal avaliação siga critérios previamente estabelecidos e que você, enquanto avaliador, busque estar aberto ao desconhecido e fechado aos preconceitos.

- Que critérios utilizar? - Aqui mora o perigo, pois a definição dos critérios é fundamental em qualquer tipo de avaliação. Como defini-los?

- Existe neutralidade no processo avaliativo? - NÃO!

Fui curto e quase grosso. Mas é preciso ainda falar sobre os critérios. Na ausência de outros, nas análises que farei, vou tomar como parâmetros principais os critérios determinados pela LIESA em seu Manual do Julgador 2016:

"No Quesito Samba-Enredo, o Julgador irá avaliar a Letra e a Melodia do Samba-Enredo apresentado, respeitando-se a licença poética.

Para conceder notas de 09 a 10 pontos, o Julgador deverá considerar:

LETRA (valor do sub-quesito: de 4,5 a 5,0 pontos):
- a letra poderá ser descritiva ou interpretativa, sendo que a letra é interpretativa a partir do momento que contar o Enredo, sem se fixar em detalhes.
Considerar:
· a adequação da letra ao enredo;
· sua riqueza poética, beleza e bom gosto;
· a sua adaptação à melodia, ou seja, o perfeito entrosamento dos seus versos com os desenhos melódicos.

MELODIA (valor do sub-quesito: de 4,5 a 5,0 pontos)
Considerar:
· as características rítmicas próprias do samba;
· a riqueza melódica, sua beleza e o bom gosto de seus desenhos musicais;
· a capacidade de sua harmonia musical facilitar o canto e a dança dos desfilantes.
Não levar em consideração:
· a inclusão de qualquer tipo de merchandising (explícito ou implícito) em Sambas-Enredo;
· a eventual pane no carro de som e/ou no sistema de sonorização da Passarela;
· questões inerentes a quaisquer outros Quesitos".

Como não sou julgador, a esses critérios principais poderei agregar outros, certo? Isso é importante, pois o percurso pode apresentar armadilhas e novidades.

E ainda sobre aquela pergunta: Existe neutralidade no processo avaliativo? Respondi com um NÃO veemente. Então, vou tentar, juro que vou, ser o mais honesto comigo mesmo e com vocês sobre os sambas da minha paixão, a Unidos de Vila Isabel.

Axé!

Ô sorte!

Facebook: Carlos Fernando Cunha
Twitter: @CarlosFCunha
Instagram: carlosfernandocunha
Site: www.carlosfernandocunha.com.br

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval carioca

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?


Veja mais sobre:Carnaval 2017

Comentários
Comentar