SRZD



Clarimundo Flôres

Clarimundo Flôres

CERVEJAS. Carioca, formado em jornalismo e profundo apreciador de cerveja. Dedicou quase seus cerca de 20 anos de profissão atuando, essencialmente, nas áreas de economia e política, mas também com passagens pelo meio ambiente e de hotéis, restaurantes e gastronomia. Colaborador/consultor, em cervejas, do Prêmio Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



03/10/2016 10h57

Cervejaria Overhop lança NE IPA no Mondial de La Bière
Clarimundo Flores

Pensada principalmente para agradar ao paladar exigente dos lupumaníacos, a Overhop será uma das cervejarias estreantes no Mondial de La Biére, que acontece de 12 a 16 de outubro no Pier Mauá, na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Totalmente inspirada no estilo norte-americano - menos comercial e mais especializada, com alto drinkability -, a Overhop terá cinco rótulos à disposição no evento: DarkHop, uma Black Ipa com 7% de teor alcoolico e 80 IBU; HopGoddess, American IPA com 6,5% ABV e 60 IBU; OneLove, Imperial IPA bem forte, com 9% de teor alcoolico e 85 IBU;SweetSofia, American Blond mais leve, com 5,2% ABV e 28 IBU; e a surpeendente Hazy, uma New England IPA, com 6,5% de teor alcoolico e 55 IBU, que promete ser uma das sensações da cervejaria cigana carioca. A produção ocorreu nas fábricas da Mistura Clássica, em Angra dos Reis, e na Angels & Devils, em Nova Friburgo.

- Podemos afirmar que o nosso projeto se iniciou no último Mondial de La Biére. Ali que vimos que era possível. Um ano depois, estar do outro lado do balcão vai ser uma sensação incrível. Estamos muito ansiosos para mostrar para o público que visitará a feira nossas cinco crias. Tem muito trabalho envolvido para que tudo isso aconteça, pode ter certeza -  diz Rodrigo Baruffaldi, um dos sócios da marca ao lado do irmão, Flavio Baruffaldi, e do amigo Rodrigo Barroso.

Dos cinco rótulos da Overhop, quatro (DarkHop, HopGoddess, OneLove e SweetSofia) já são conhecidos do público por conta das inúmeras invasões à bares e participações em diferentes feiras durante os meses de agosto e setembro. A grande e mais aguarda novidade da marca ficará por conta da Hazy, a New England IPA.

- Experimentamos um exemplar desse estilo em 2015 e, desde então, colocamos na cabeça que produziríamos uma New England IPA. Foram meses coletando relatos sobre novas técnicas de lupulagem, ajustes de água, e aplicando na velha panela de guerra de 30 litros. Todas as receitas foram testadas com fermentos disponíveis aqui no Brasil. Mas faltava a mágica de levedura - explica Rodrigo Barroso.

A produção desse estilo específico, no qual as cervejas têm visual mais turvo, IBU mais baixo, frutado aparente e um corpo mais cremoso e suave, é restrito ao nordeste dos EUA, numa região chamada New England, onde as cervejarias mantém a produção e distribuição apenas para o mercado local. Algo que a OverHop está tentando mudar, pois a levedura usada para as receitas piloto foi propagada pela Bio4, em Curitiba, e poderá ser comercializada em breve para o mercado brasileiro.

No Mondial, os rótulos DarkHop, HopGoddess e SweetSofia também serão vendidos em garrafas. A Overhop ainda estará comercializando bonés, camisas de vários modelos, growler e copos.

Saúde!


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.