SRZD


05/10/2016 15h07

Felipão bate-boca com Vanderlei Luxemburgo sobre corrupção
Redação SRZD

Dois experientes ex-técnicos da seleção brasileira se estranharam esta semana. Luis Felipe Scolari, atualmente no Guangzhou Evergrande, não gostou de Vanderlei Luxemburgo ter dito que existe corrupção no futebol chinês.

Luxemburgo e Scolari. Fotos: Reprodução

Para entender a "treta", vamos recuperar a história. Depois de passar seis meses pela segunda divisão da China para comandar o Tianjin Quanjian, Luxemburgo falou em sabotagem e disse que o futebol local é corrupto.

"A proposta de trabalho era excelente. (Eu cheguei para) levar todo meu "know-how", construção de estádio, centro de treinamento. Quando cheguei lá, encontrei um grupo comandado pelo ex-jogador Li Weifeng, grupo que se envolvia com outros empresários. Passou a ter briga do Li Weifeng com esses empresários. Eu fiquei no meio do caminho com toda comissão técnica e os jogadores brasileiros. Ele era envolvido com umas coisas ruins do futebol chinês. Até apareceu aqui sobre esse negócio de apostas."

Bastou isso para Felipão partir para o ataque e dizer que Luxa se valeu de "declarações absurdas" às acusações de corrupção no futebol chinês. "(Nós brasileiros na China) Achamos ridículas as palavras dele. Foi uma situação que ficou muito ruim para todo mundo. Não adianta falar bobagem porque não ganha. Eles aprendem muito rápido o que passamos pra eles", afirmou Felipão ao programa "Bate Bola", da ESPN.

"As declarações foram absurdas, com dados infundados. Vão começar a ter preconceito aqui com os brasileiros. Pode e vai causar um estrago, sim. Hoje no meu clube, os tradutores já estavam falando que alguns jornais e comentaristas começaram a criticar os brasileiros como se viéssemos aqui apenas para ganhar dinheiro e não para fazer que o futebol aqui evolua."

"Na semana passada mesmo foi falado aqui que nunca houve jogadores como Ricardo Goulart e Paulinho no futebol chinês. E hoje parece que tem uma porta se fechando para o Brasil. Por que começar uma situação que não se conhece e não é verdadeira? Temos que abrir portas e não o contrário."

Mesmo criticado por Luxa ao ser chamado de "técnico do 7 a 1", Felipão não partiu para o desentendimento pessoal. "Não acho o Luxemburgo desatualizado. Ele é um dos melhores treinadores que eu conheço. É um treinador que trabalha muito bem em vários aspectos, o problema é que, às vezes, estando pressionado por não estar trabalhando ou por não ganhar um ou outro título, acaba tendo essa atitude."


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.