SRZD



Ana Carolina Garcia

Ana Carolina Garcia

CINEMA. Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



09/10/2016 22h41

Festival do Rio 2016: 'Ma Ma'
Ana Carolina Garcia

Um dos títulos selecionados para a Mostra Panorama do Cinema Mundial do Festival do Rio 2016, "Ma Ma" (Idem - 2015) segue a fórmula clássica do melodrama através de um roteiro irregular, previsível e um tanto piegas.

Foto: Divulgação

Dirigido e roteirizado por Julio Medem, o longa conta a história de Magda (Penélope Cruz), uma mulher desempregada e recém-separada que é diagnosticada com câncer no estágio 3. Após a consulta, decide assistir a um jogo de futebol do filho, onde conhece Arturo (Luis Tosar), olheiro do Real Madrid que fica devastado ao ser informado sobre uma tragédia familiar que vitima sua esposa e filha. No intuito de apoiar um ao outro, Magda e Arturo acabam iniciando um relacionamento que culmina com uma gravidez inesperada na mesma época em que ela descobre o avanço da doença.

Utilizando sua trilha sonora melosa de forma incessante para intensificar o melodrama, o que pode causar certo incômodo na plateia, principalmente na fatia que não tem muita paciência para este gênero, "Ma Ma" nos remete em algumas sequências à "Minha Vida" (My Life - 1993), de Bruce Joel Rubin, principalmente no que tange à força de sua protagonista que, assim como o drama americano, sonha em poder ver o crescimento da filha e chega a gravar um depoimento para ela.

Foto: Divulgação

Mais do que isso, o filme apresenta um erro que pode passar despercebido para o espectador mais desatento. Em determinada sequência na praia, Penélope Cruz aparece em cena de cabelos curtos, porém, na cena seguinte, já no mar, é possível observarmos seus cabelos longos. Obviamente, não compromete o resultado como um todo, mas evidencia certo descuido da equipe.

Apesar dos problemas, esta produção agrada pela interação de seu elenco, especialmente entre o trio formado por Teo Planell (Dani), Tosar e Cruz, que leva este filme nas costas com uma atuação sensível capaz de amenizar um pouco o sofrimento da personagem e a preguiça do roteiro.

"Ma Ma" é um drama de narrativa lenta que aposta numa fórmula batida sem se arriscar, em nenhum momento, fora da zona de conforto instituída por este que é um dos mais populares gêneros cinematográficos.


Veja mais sobre:CinemaFestival do Rio

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.