SRZD


13/10/2016 15h30

Vídeo: intérprete do Carnaval entra para o grupo Fundo de Quintal
Redação SP

Novidade no universo do samba! Marcinho Alexandre, intérprete oficial da Mocidade Camisa Verde e Branco, é o novo integrante do tradicional grupo de "Fundo de Quintal".

"Felicidade total", disse o cantor em vídeo exclusivo gravado junto aos demais integrantes.

Assista ao vídeo:

Carioca e com passagens por diversas agremiações na Cidade Maravilhosa, teve destaque em sua atuação como diretor musical de uma das mais importantes agremiações do país, o Império Serrano.

Marcinho foi também a voz da Vai-Vai nos anos de 2014 e 2015, quando a Saracura conquistou seu décimo quinto campeonato, e, ao lado de Gilsinho, sacudiu o Sambódromo do Anhembi com o enredo: "Simplesmente Elis. A fábula de uma voz na transversal do tempo".

Este ano integrou o carro de som da Unidos de Vila Maria e, logo após o Carnaval, no mês de abril, foi anunciado como o novo cantor do "Trevo" da Barra Funda.

Marcinho Alexandre. Foto: Divulgação

Fundo de Quintal completa mais de quatro décadas de samba

O "Fundo de Quintal" foi formado no final da década de 70, a partir do bloco carnavalesco "Cacique de Ramos", da cidade do Rio de Janeiro, e tornou-se referência do gênero.

Composto principalmente por sambistas da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, se caracterizou por usar instrumentos até então pouco comuns em rodas de samba, como o banjo, o tantã e o repique de mão.

Inicialmente contou com os sambistas Almir Guineto, Bira Presidente, Jorge Aragão, Neoci, Sereno, Sombrinha e Ubirany. Mais tarde, Arlindo Cruz e Walter Sete Cordas integraram o conjunto musical.

O show tem que continuar

Em maio de 2016, sofreu com a perda de um de seus mais importantes nomes, Mário Sérgio. O artista morreu no dia 29, em um hospital de Nilópolis, município da região metropolitana do Rio de Janeiro, vítima de linfoma. 

Para o grupo, dar sequência ao trabalho é mais do que uma questão de honra.

"Daremos continuidade à nossa trajetória, honrando o sonho do nosso amigo em levar alegria através do samba".

Marcinho Alexandre com os componentes do Fundo de Quintal. Foto: Divulgação

"A Revolta da Chibata. Sonho, coragem e bravura. Minha história: João Cândido, um sonho de liberdade", originalmente apresentado no ano de 2003, é o enredo escolhido para ser reeditado no Grupo de Acesso do próximo ano pela Camisa Verde e Branco em São Paulo.

A agremiação será a terceira a desfilar no domingo, 26 de fevereiro, no Sambódromo do Anhembi.

Leia mais sobre a Camisa Verde e Branco: 

- Clique aqui e confira a cobertura completa do evento de lançamento do enredo

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?


Veja mais sobre:Camisa Verde e Branco

Comentários
  • Avatar
    16/10/2016 15:46:59Mário SilvaAnônimo

    O Fundo é a maior referência no Mundo em termos de Samba, só vez os Bambas que já passaram por lá e o Fundo tem autonomia de Bamba, boa sorte a todos.

  • Avatar
    14/10/2016 08:09:28LEANDRO CARVALHOAnônimo

    Ja deu tudo certo, ótima escolha, boa sorte na nova caminhada

  • Avatar
    13/10/2016 16:27:32Gerson SantosAnônimo

    Grande contratação do grupo Fundo de Quintal, profissional de alto gabarito.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.