SRZD


15/10/2016 12h01

Horário de verão pode afetar rotina de exercícios físicos
Redação SRZD

Com o início do horário de verão, muitos praticantes de atividades físicas têm dificuldades de adaptação, principalmente nos primeiros dias, isso porque o organismo não está acostumado à nova rotina e cada indivíduo responde de uma maneira à adoção do novo horário. O sono e a alimentação são os mais afetados e, por isso, o rendimento do treino acaba prejudicado.

Foto: Reprodução de Internet

"O ato de adiantar o relógio em uma hora é sentido imediatamente pelo seu corpo, que não sente fome ou sono nos horários que deveria. Nos primeiros dias, há dificuldade para acordar mais cedo, falta sono para dormir à noite e o apetite também sofre alterações", explica a nutricionista Vanessa Gama, da Clínica Benesse.

Para quem malha, o novo horário pode prejudicar o rendimento devido ao impacto em relação ao sono. É o que explica o médico Rodrigo Freitas, especialista em medicina esportiva.

"A privação de sono pode atrapalhar a síntese dos hormônios de crescimento e do cortisol, já que ambos são produzidos enquanto estamos dormindo. O efeito? Despertar cansado, ter dificuldade de raciocínio e um grau incomum de ansiedade, interferindo na realização de tarefas do cotidiano, como treinar, por exemplo", ressalta.

Segundo o médico, para que não haja um impacto muito grande na rotina de exercícios, o indicado é realizar mudanças em hábitos noturnos, principalmente daqueles que realizam atividades físicas nesse período.

"O ideal é não fazer séries muito pesadas de musculação antes de dormir, já que isso pode afetar a qualidade do sono, provocando alterações de humor, sonolência e irritabilidade no dia seguinte", alerta o médico.

Em geral, recomenda-se não fazer séries muito pesadas de musculação antes do horário de dormir, uma vez que isso pode afetar a qualidade do sono, levando a alterações de humor, sonolência, cansaço e irritabilidade no dia seguinte.

Curta a página do SRZD no Facebook:


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.