SRZD


26/10/2016 11h12

Integrantes da Beija-Flor fazem ensaio fotográfico inspirado em enredo
Redação SRZD

Com o enredo "A Virgem dos Lábios de Mel - Iracema", com base no conto de José de Alencar, que aborda o amor entre uma índia e um homem branco, a Beija-Flor está a todo vapor para o desfile de 2017 e os integrantes da agremiação já entraram no clima do Carnaval. 

A musa Elaine Lima, a rainha de bateria Raissa de Oliveira, a ritmista Stephanie Albuquerque e os passistas Ruan Montes, Ramon Montes e Carla Cachoeira fizeram um ensaio fotográfico com inspiração indígena. Idealizado por Elaine, as imagens foram registradas pelo fotógrafo Júlio Ricardo da Silva.  

"Encaramos a natureza sem medo. Vimos cobras, lagartos, aranhas e nos protegemos dos mosquitos com bastante repelente. Depois, aproveitamos a água gelada para nos banhar", contou a musa. 

As fantasias foram confeccionadas por Ramon e o restante do grupo contribuiu com materiais que tinham em casa.

Veja as fotos:

Integrantes da Beija-Flor fazem ensaio fotográfico inspirado em enredo. Fotos: Julio Ricardo da Silva

Integrantes da Beija-Flor fazem ensaio fotográfico inspirado em enredo. Fotos: Julio Ricardo da Silva

Integrantes da Beija-Flor fazem ensaio fotográfico inspirado em enredo. Fotos: Julio Ricardo da Silva

Leia também:

- A aldeia toda estremeceu: Beija-Flor escolhe seu samba para o Carnaval 2017


Veja mais sobre:Beija-Flor

Comentários
  • Avatar
    31/10/2016 10:05:41Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ROBERTO, por inveja, despeito e cansado apanhar de mim no debate de ideias, você não cita mais o meu nome.... Rsrsrs.... Para soá-lo mais uma vez: ´ Não, não é bem assim/É bem diferente/O que anda essa gente falando de mim/Pouco me importa/Essa calúnia a meu respeito/Muito me conforta em saber que é só despeito/Eu cantarei, pois, a vida é mesmo assim/Podem falar, bem ou mal, mas falem de mim´ do saudoso compositor-poeta da Portela, Waldir 59... Rsrsrs... Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

  • Avatar
    31/10/2016 02:30:19ROBERTOMembro SRZD desde 11/04/2009

    QUANTA BABOSEIRA MEU DEUS DO CÉU, SERÁ QUE NÃO TEM NINGUÉM DA FAMÍLIA DESSE CARA VENDO QUE A DOENÇA DELE ESTÁ SE AGRAVANDO? SERÁ QUE NÃO TEM NINGUÉM PRA COLOCAR UMA CAMISA DE FORÇA NELE E LEVA-LO PRA MANICÔMIO? E PRO BEM DELE,ELE NÃO SE DA CONTA QUE ESTÁ DOENTE COITADO, ALGUÉM TEM QUE FAZER ISSO POR ELE E RÁPIDO. SAUDAÇÕES NILOPOLITANAS.

  • Avatar
    30/10/2016 11:54:06Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Reproduzo aqui meu comentário, no site Carnavalesco, sobre a notícia: ´Como será a faixa da Beija Flor (BF) no CD do Grupo Especial´. Preliminarmente, quem for fanátic@ pentecostal pela BF a + vitoriosa no sambódromo, a Deusa da Passarela, poderá vir a ´reagir´. A foto c/o empresário Boni, ex-manda chuva na Globo & arrependido adepto da Mocidade ´ilustra´ o perfil atual da BF. Cuja agremiação, a partir do Carnaval 2011 saiu do rol das que apresentam desfiles competitivos, apoteóticos, alegres, contagiantes e emocionantes p/o público. E passou a privilegiá-los aos julgadores da LIESA onde a BF já contou com julgadores-torcedores que a agraciaram com títulos, apesar de meio-que militarizados apelidados de competitivos, técnicos supostamente sem-erros, frios, monótonos e sem ser alegres, contagiantes e emocionantes p/o público. Quando isso ocorreu até a consciente parcela-adepta da BF se sentiu envergonhada. Não nos iludamos com a eleição para o 3º mandato de prefeito ou alcaide de Nilópolis, do corresponsável-maior disso junto com o irmão & comparsa não-sambista verdadeiro, Anísio Abrahão David, Farid Abrahão David. Isto, porque dialeticamente a comunidade nilopolitana se conscientizará arrependendo-se de tal submissão, dominação, exploração e opressão. O ótimo intérprete oficial apesar do timbre vocal meio-rouco Neguinho da BF, o maestro regente da bateria-orquestra a ?Poderosa?, mestre Rodney e o diretor geral de Harmonia & Carnaval, mestre Laíla, são estratégicas peças que abrilhantam os meio-que militarizados desfiles apresentados pela BF a partir do Carnaval 2011. Reconhece-se que o raro enredo autoral e samba 2017 da BF intitulados ´´Iracema: A virgem dos lábios de me´´ têm excelência na qualidade. Ocorre, a bom juízo filosófico, tal tipo de desfile sequer é merecedor de voltar no desfile das campeãs. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

Comentar