SRZD


28/10/2016 20h41

Caprichosos: 'Vamos abrilhantar o desfile com muito samba no pé', diz diretora de passistas
Redação SRZD

A diretora de passistas da Caprichosos de Pilares, Kátia Ramos, conhecida artisticamente como Kátia Suzuki, realizará juntamente com a coroação da Rainha de bateria Mel Brito, no dia 5 de Novembro, a partir das 17h, confraternização da ala com os diretores desse segmento de todas as escolas de samba. Segundo a passista Kátia, será uma grande homenagem a essa maravilhosa ala que, de acordo com ela, foi criada na sua direção.

Foto: Divulgação

Com muita alegria ela nos conta que sua trajetória no samba começou com apenas nove anos na ala de passistas mirim da Beija-Flor, onde acompanhava seu pai, um dos diretores de bateria. "Comecei na escola de Nilópolis, depois fiquei 18 anos como passista da Unidos de Vila Isabel, seis da Unidos da Tijuca e cinco da Estácio de Sá. Fui coordenadora, junto com a Rose, na Renascer de Jacarepaguá durante um ano; e coordenadora, junto com Edmar, na Império da Tijuca, onde continuo até hoje como apoio. Estou na Caprichosos há seis anos desde a presidência de César Thadeu", ressaltou a dançarina.

Assim que chegou à Caprichosos, Kátia Suzuki teve a missão de montar a ala de passistas, pois a escola contava com componentes de outras agremiações. Ela aceitou o desafio e a ala chegou a ter 70 passistas.

"Fui convidada pelo ex-presidente César Thadeu, o ex-carnavalesco Amauri Santos e o ex-diretor de carnaval Luiz Carlos, na época, para criar a ala de passistas da escola, já que a mesma contava com componentes de fora. Comecei um trabalho de "formiguinha" para montar a ala. Se eu sair tenho como entregar a pasta com a ala formada. O trabalho foi intenso. Eu chegava na quadra, colocava uma mesa e aguardava a comunidade aparecer para fazer inscrição e criar a ala. Até o ano passado, nossa ala possuia 70 componentes. Como estamos na Série B e o desfile será na Intendente Magalhães, tivemos que reduzir a ala para 40 componentes. Este ano, apesar dos problemas da escola, a ala de passistas passou completa na Sapucaí. Tenho muito orgulho disso, pois abrilhantamos o desfile com o nosso samba", destacou.

Foto: Divulgação

Kátia explicou que a ideia da confraternização surgiu do diretor de Carnaval, Marquinhos do Toldo, como forma de homenagear seu trabalho à frente da ala de passistas da azul e branco de Pilares. "A festa na realidade é a coroação da Mel Brito, mas também será uma confraternização de passistas. Convidamos todos os diretores das alas de passistas das escolas de samba. Vamos apresentar a nossa madrinha da ala, a Thais, que ano passado foi musa da agremiação. Estou muito feliz pelo reconhecimento. Os passistas são profissionais que mostram o samba em qualquer parte. Um bom sambista samba em qualquer lugar independente do grupo, seja na Sapucaí ou Intendente Magalhães. Vamos abrilhantar o desfile com muito samba no pé", finalizou.

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval carioca

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
  • Avatar
    04/11/2016 12:33:33igor_fredMembro SRZD desde 14/11/2014

    vai sim, depender da m..*#%@^$ do que foi o desfile desse ano, esta no caminho que em 2017 seja pior!

Comentar