SRZD


29/10/2016 15h34

Tiago Iorc e Humberto Gessinger contagiam fãs em show no Rio
Julie Machado*

Na noite de ontem, 28, o palco do Metropolitan, casa de shows localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro, recebeu dois grandes nomes do cenário musical brasileiro. Humberto Gessinger e Tiago Iorc fizeram a alegria dos fãs.

O show de abertura ficou por conta de Humberto, com poucos minutos de atraso, e que teve mais de 22 músicas. O líder da banda "Engenheiros do Hawaii" está em turnê solo que tem o título "Louco pra ficar Legal". O cantor estava bem despojado de camisa e colete, seu cabelo grande que acaba sendo uma marca, e bem simpático com os presentes.

Humberto Gessinger. Foto: PopNow/Bruna Mendonça

O público mais velho, e também alguns mais jovens, puderam curtir grandes sucessos como "Eu Que Não Amo Você", "Dom Quixote", "3x4", "Pra Ser Sincero" e "O Papa é Pop" que foram algumas das músicas que eles mais vibraram e cantaram. Humberto, sempre muito gentil, ao final das músicas agradecia o carinho dos cariocas. Ele apresentou sua banda logo após a segunda música e todos foram muito bem aplaudidos.

Gessinger é um excelente instrumentista e utilizou de vários durante sua performance. Para cantar "Somos Quem Podemos Ser", ele tocou uma sanfona, o que deu um ar de pé de serra ao ritmo da música. Em "Terra de Gigantes", uma guitarra dupla deu um som mais potente à melodia. Nas músicas finais, a gaita foi sua companheira e deixou as canções mais charmosas. Humberto também fez uso de um sintetizador, que dá um efeito na voz que sai do microfone, dando um ar tecnológico.

Humberto Gessinger. Foto: PopNow/Bruna Mendonça

Humberto Gessinger cantou por aproximadamente 1h30, mas não dividiu o palco com Tiago Iorc, nem quando cantou "Alexandria", música de parceria dos cantores. Ele de despediu e então foi dado um intervalo para que Tiago assumisse o palco.

Com quase 1h de atraso, Tiago Iorc chegou cantando "Eu Amei Te Ver", um de seus grandes sucessos do momento. De coque bagunçado e regata, o cantor fez as fãs suspirarem durante todo o show.

Tiago Iorc. Foto: PopNow/Bruna Mendonça

O cantor pediu perdão pelo atraso e justificou dizendo que estava com alguns problemas de garganta e tinha contraído uma conjuntivite. Mas, em amor aos fãs, ele estava lá, mesmo que um pouco debilitado.

Com apenas voz e violão, Tiago levou a plateia ao delírio com suas músicas e sua simpatia. No começo do show, ele brincou: "Vocês podem me pedir músicas, galera. Só não prometo que vou tocar, mas podem pedir!", e seguiu com sua setlist.

Sucessos como "Coisa Linda", "Mil Razões", "Um Dia Após o Outro" e "Dia Especial" fizeram parte do repertório e foram cantadas com muita alegria pelos fãs. Tiago também cantou "Me Espera", música em parceria com Sandy, e pediu ajuda do público para cantar a parte da cantora. O seu cover de "Bang", da Anitta, também foi uma das músicas mais cantadas por todos.

Tiago Iorc. Foto: PopNow/Bruna Mendonça

Na reta final do show, Tiago Iorc fez um vídeo com seu celular mostrando os fãs, e agradeceu imensamente a todos. O cantor também declarou que naquele momento passou a se sentir melhor da saúde. O cantor ajoelhou e fez uma oração, mandou beijos e deixou o palco, após 1h10 aproximadamente de show.

*colaboradora do PopNow.



Comentários
  • Avatar
    09/01/2017 15:34:24João Luiz Pereira TavaresAnônimo

    Bom?, Portanto, visto que agorinha chegou o amanhecer do 1º domingo de 2017, vamos vestir-nos, tomarmos o café da manhã ? de preferência um capuccino ?, e vamos trabalhar no PC para ter dias melhores, tendo sempre o capacete e a espada à mão. Os nossos inimigos já sabemos! São a picaretagem, a baranguice, a cafonice, o Kitsch, a breguice e a mentira publicitária das velhas e velhos de Mídias Sociais do Petismo. Nem esquerda; nem direita. Embora, o específico PT, na atualidade recente, por outro lado, já tenham sido privados daquela imagem ilusória de invencibilidade que tinha sido criada por João Santana, e feito tanta gente tornar-se isentona e alienada, postando coisinhas infantis e oba-oba em sítios como o G+ e Facebook. E, daí, esquecendo totalmente de falar da picaretagem do PT. Todos esses bregas e essas bregas, que são categoricamente a favor das forças financeiras das trevas, vão continuar passivas e isentonas em 2017! Como se nem o ano 2016 tivesse acabado e passado. Afinal, sabemos, petistas têm Natal e reveillon ruins e antiquados. O ano 2016 foi o da vitória. Esses asseclas do Petismo estão longe de ser derrotados. A baranguice é tal qual ERVA DANINHA, cresce a minuto e a rodo. Portanto fiquem de OlhOs bem abertos! MAS, MESMO ASSIM, SERÁ UMA NOITE NÃO SOTURNA E SIM SOLAR E ALEGRE! O que queremos dizer é que a luta continua. Mas será uma luta mais alegre e mais solar, porque vemos divisões e dúvida no coração do inimigo, e vemos as primeiras luzes do sol, depois de uma longa noite de 13 anos de toda espécie de baranguice. ¿Por quê? ¿Por que dizemos que será uma luta mais alegre? Porque afinal a analfabeta política, de 50 milhões de votos, foi dado-lhe um ponta-pé na traseira pensante que ela leva sobre o pescoço, naquele glorioso ano de 2016. Por mais que possa parecer estranho e paradoxal, se milhões de brasileiros encontrarem mais coragem para se opor à máquina infernal que os aprisiona, a encontrarão também os milhões de cidadã

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.