SRZD


28/01/2009 21h26

Tigres estreia oficialmente o estádio de Los Larios goleado pelo Vasco
Redação FutRio

Certamente não foi desse jeito que a família Larios imaginou a primeira partida oficial do Tigres na Primeira Divisão. Estreando também contra um grande time do futebol brasileiro, no estádio que leva o nome do patrono e do presidente do clube, a Fera da Baixada foi goleada pelo Vasco por 4 a 0. A equipe do técnico João Carlos Costa permanece com apenas um ponto na competição. Já o time cruzmaltino somou seus três primeiros.

No próximo sábado (31), o Tigres vai até Campos enfrentar o líder isolado Americano, às 20h30min, enquanto o Vasco recebe o Duque de Caxias, que perdeu nesta rodada, em São Januário, no mesmo dia, às 16h.

Fera da Baixada ruge alto nos primeiros 30 minutos

O jogo começou bastante estudado pelos dois lados, e o Tigres apresentava uma boa defesa, com os três volantes marcando individualmente os três homens de criação do Vasco, que não tinham espaços para jogar. Durante os dez primeiros minutos, nenhuma das duas equipes havia criado nenhuma chance clara de gol.

Aos 13, o zagueiro Titi fez falta em Oziel, Clayton tentou bater direto, mas a bola bateu na barreira. Na sobra, o atacante Rodrigo Pimpão carregou a bola e lançou em profundidade Alex Teixeira, que invadiu a área, mas na hora de chutar pegou mal na bola e facilitou o trabalho de Marcos Paulo. Aos 17, um lance assustador: Zé Carlos sobe para disputar com Pimpão ao mesmo tempo que Gustavo também salta. Os dois zagueiros do Tigres se chocam de cabeça, e Zé Carlos cai se contorcendo. O médico entra em campo e pede a substituição imediata do capitão. Aílson entrou em seu lugar.

Passada a preocupação, o Tigres começou a pressionar o Vasco. Aos 21, Clayton sofreu falta na meia-lua; o próprio bateu de perna esquerda, obrigando Tiago a fazer uma grande defesa, espalmando para fora. Aos 24, Édson passou para Sorato, impedido, fazer um corta-luz para Guerra. O meia devolvou para o atacante, já na grande área, chutar com força, só que para fora.

Vasco melhora, abre o marcador, e Sorato perde gol incrível

O Tigres não soube aproveitar o bom momento, e foi castigado aos 37. Jéferson avançou pela esquerda e cruzou na medida para Rodrigo Pimpão que, livre na pequena área, tirou com categoria de Marcos Paulo e tocou para o fundo do gol, fazendo 1 a 0 para o Vasco. Aos 41, Carlos Alberto passou nas costas da zaga para Alex Teixeira. O atacante chutou cruzado, sem chances para Marcos Paulo, mas o árbitro Pablo Alves anulou, após marcação inexistente de impedimento.

Aos 44, um lance inusitado. O volante Amaral, do Vasco, tentou cortar a bola e mandou para a própria área; o veterano Sorato, sozinho, cara a cara com o goleiro, pegou de primeira num semi-voleio e isolou a bola. No minuto seguinte, Dênis recebeu pela esquerda, chutou forte, e Tiago botou para fora. Na cobrança do escanteio, o árbitro deu o primeiro tempo por encerrado.

Segundo tempo começa com Tigres mandando bola na trave

Mal começou a segunda etapa, e mais uma jogada curiosa. Aos sete minutos, o lateral-esquerdo Édson lançou na área, e quase marcou por cobertura, mandando a bola na trave esquerda de Tiago. Na volta, Sorato chutou fraco, mostrando que não está em boa fase.

Depois do agitado início de segundo tempo, os times caíram de produção. O Vasco chegou a ameaçar com Alex Teixeira, sem sucesso, enquanto o Tigres, lento, se mostrava cansado e não reagia em campo. A falta de velocidade da defesa foi comprovada aos 17 minutos, quando Aílson não conseguiu acompanhar Rodrigo Pimpão após cobrança de lateral. O atacante invadiu a área e passou para Carlos Alberto, que vinha de trás, chutar mascado na zaga. Não fosse o desvio, o time cruzmaltino teria ampliado a diferença.

Dois minutos depois, a Fera da Baixada voltou a assustar. Numa boa jogada, Oziel chegou próximo à linha de fundo e cruzou na cabeça de Eduardo, que subiu mais que a zaga para cabecear. Tiago se esticou todo e deu um tapinha de mão trocada para fora.

Aos 25, o volante Marquinhos, que já tinha amarelo, levou mais um cartão após carrinho perigosíssimo em Carlos Alberto, e foi expulso. Na cobrança de falta, Paulo Sérgio mandou para a área, Nílton se antecipou à zaga e desviou de cabeça para o fundo do gol. 2 a 0 Vasco e dois jogadores da Fera da Baixada expulsos no Estadual de 2009.

Com um a menos em campo, o Tigres virou presa fácil para o Vasco, que deu contornos de goleada à partida com dois gols do reserva Faioli. No primeiro, aos 34, Jéferson chutou forte de fora da área e Marcos Paulo espalmou nos pés do atacante que, dentro da área, só completou para o gol. Quatro minutos depois, Carlos Alebrto fez ótimo passe no meio da exposta zaga do Tigres, e Faioli, de primeira, marcou o quarto, dando números finais à primeira partida da história entre Tigres do Brasil e Vasco da Gama.

A partida

Estádio de Los Larios (Xerém)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves

Assistente: Wagner de Almeida Santos e José Carlos de Arruda

Tigres: Marcos Paulo; Oziel, Zé Carlos (Aílson), Gustavo e Édson; Marquinhos, Neto (Gilcimar), Guerra e Denis; Sorato (Eduardo). Técnico: João Carlos Costa

Vasco: Tiago, Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramón; Amaral (Mateus), Nilton, Jéferson e Carlos Alberto; Alex Teixeira (Faioli) e Rodrigo Pimpão (Carlos Antônio). Técnico: Dorival Júnior.

Cartões amarelos: Marquinho, Clayton / Carlos Alberto, Ramón, Alex Teixeira

Cartão vermelho: Marquinho

Público pagante: 3.500 pessoas

Renda: Não divulgada


Veja mais sobre:Tigres

Comentários
  • Avatar
    02/02/2009 01:24:49VitorAnônimo

    Com o presidente que possui o tigres o tal lá da Guatemala que colocou o nome do estádio de um cidadizinha em que lá nasceu,podem ter certeza que o tigre nao cai, pois eles bancaram e bancam obra na federação e agora até mesmo no estádio do bangu, que também não cai .

  • Avatar
    29/01/2009 09:40:16DidiAnônimo

    Leco, pelo amor de Deus... para de palhaçada, vc é torcedor do tigres? nao existe torcedor desse timeco sem apelo nenhum... o americano atropelou o vasco, que parecia time de serie D, e o vasco atropelou o tigres na 2a rodada do estadua c/ um time com 9 novos titulares

  • Avatar
    29/01/2009 09:16:24CARLOS MARCELOAnônimo

    vcs estão mais é para gatinhas que gostam de chocolate, valeu vascão 4 x 0 tigresas.

  • Avatar
    29/01/2009 08:02:04LECOAnônimo

    Seja na chuva,seja no sol ou com a lua Qualquer campo é uma batalha; uma competição. Somos tigres de alma guerreira, temos sangue de campeão... Nosso destino é muito forte. Guerreiros, não se abatem, levantem-se e estejam preparados para para a próxima batalha. POIS TU ES TIGRES....

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.