SRZD


13/04/2009 11h22

Quesitos na berlinda
Eugênio Leal

Outro dia li num dos espaços dedicados ao carnaval na internet alguém defendendo a extinção do quesito "Mestre-sala e Porta-bandeira". Já presenciei também o grande Laíla pregando que ele deveria ter um peso menor do que os demais porque era de responsabilidade de apenas duas pessoas.

Sou radicalmente contra. A arte de um casal de Mestre-sala e Porta-bandeira é uma das coisas mais bonitas das escolas de samba. É, também, uma manifestação única e exclusiva deste tipo de evento. Carrega uma simbologia fundamental - é o pavilhão da escola que está sendo apresentado e protegido com graça e arte. Poucas coisas são mais importantes numa escola do que essa magia.

Muita gente ignora os casais e não percebe a beleza da dupla. Pouco se comenta o desempenho deles fora do mundo restrito do samba. Talvez porque as apresentações sejam voltadas para os julgadores e só aconteçam com toda sua graça quatro vezes ao longo da pista, o público em geral não consiga identificar as sutilezas e diferenças de nível entre os casais. Isso precisa mudar. Confesso que eu também não dava muita atenção, mas depois que me interessei pelo assunto fiquei encantado.

Tenho uma sugestão: a volta da criação de bandeiras alusivas aos enredos e o consequente julgamento das mesmas junto com a indumentária. Seria uma atração a mais e tiraria um pouco do peso dos ombros dos dançarinos.

Acredito que, para não prejudicar os profissionais, os julgadores são muito reticentes na graduação das penalizações. Pode parecer bom para quem não se vê responsabilizado pela classificação da escola, mas é ruim para o quesito como um todo. Ele deixa de ter peso na comparação com os demais e as claras diferenças de nível não encontram representação nas notas. Além de ser uma injustiça, isso faz com que não valha a pena investir num casal de primeiríssimo nível se uma dupla apenas mediana pode conseguir notas similares. Gera também uma certa acomodação.

Neste ano só a Mangueira obteve a nota máxima, mas entre ela e a décima primeira colocada no quesito, a diferença foi de apenas quatro décimos.

Pontos perdidos no quesito

1 - Mangueira - nada
2 - Salgueiro - 0,1
3 - Portela, Vila e Imperatriz - 0,2
6 - Grande Rio, Beija-Flor, Viradouro e Porto da Pedra - 0,3
10 - Tijuca e Mocidade - 0,4
12 - Império - 1,0

PARA QUE "CONJUNTO"?

Na teoria, a classificação do quesito "Conjunto" deveria repetir a soma geral. Afinal, este é o "super-quesito", que observa todos os demais. Embora estes números tenham se aproximado este ano, eles não são o retrato fiel da classificação oficial. A campeã, para os julgadores de "conjunto", foi a Beija-Flor. O Salgueiro viria atrás também de Portela e Grande Rio e ao lado da Vila Isabel. 

Não tenho a resposta (alguém pode me ajudar?), mas não sei exatamente qual foi a motivo da criação deste quesito que não julga nada especificamente e julga tudo ao mesmo tempo. Se todos os aspectos considerados importantes em um desfile têm seu julgamento, até que ponto é necessário um item para fazer um balanço geral?

Acaba acontecendo uma dupla penalização de alguns erros. Mas só de alguns. Por outro lado há fundamentos das escolas de samba, como os passistas, que estão morrendo porque não são julgados.

Pontos perdidos no quesito:

1 - Beija-Flor - nada
2 - Portela e Grande Rio - 0,1
4 - Salgueiro e Vila Isabel - 0,2
6 - Tijuca, Mangueira e Imperatriz - 0,5
9 - Viradouro - 0,6
10 - Mocidade - 0,8
11 - Porto da Pedra - 0,9
12 - Império - 1,4
 
COMISSÉO DE FRENTE

Este quesito, na visão dos julgadores, é um dos melhores das escolas de samba. Elas perdem poucos pontos aqui. E porque? Porque as coisas mudaram tanto nos últimos anos que deixou de haver um parâmetro. Vale inventar quase tudo e a avaliação fica de acordo com o gosto pessoal do julgador. Como não é praxe criticar a concepção artística, as punições acontecem geralmente em cima de falhas de sincronia ou problemas de indumentária. É preciso que se defina o que passou a ser uma comissão de frente. Os moldes de antigamente estão mais ultrapassados aqui do que em qualquer outro quesito.

Neste ano Salgueiro e Vila foram unanimidade como as melhores comissões de frente. E a Mocidade foi a única realmente penalizada com rigor.

Pontos perdidos no quesito

1- Salgueiro - nada
2 - Vila - 0
3 - Beija-Flor, Portela e Viradouro - 0,1
6 - Mangueira - 0,2
7 - Imperatriz - 0,4
8 - Grande Rio - 0,5
9 - Tijuca e Porto da Pedra - 0,6
11 - Império - 0,8
12 - Mocidade - 1,1

* Cadastre-se no SRZD-Carnavalesco clicando aqui


Comentários
  • Avatar
    22/04/2009 16:39:22Jairo do RecreioMembro SRZD desde 19/04/2009

    A dança solitária do casal de Mestre Sala e Porta Bandeira, é uma coisa maravilhosa, a graça, a postura, o orgulho de apresentar o pavilhão da Escola aliados ao talento dêsses artistas, mereciam um pouco mais de respeito e atenção. Ã? claro que existem algumas diferenças nas apresentações, pois alguns casais ainda não encontraram o ponto certo e alguns erros ainda são vistos. Concordo que o quesito conjunto não deveria existir, pois as notas separadamente já demonstram se a Escola vai bem ou não (pelo menos deveria). O que acontece é que cada jurado não julga só o seu quesito, êle é também influenciado pelo desempenho geral da Escola e aí acontecem as injustiças. Sem contar que tanto LIESA como LESGA já tem suas cartas marcadas.

  • Avatar
    14/04/2009 12:38:44rodrigo alvesMembro SRZD desde 08/04/2009

    em relação ao casal de mestre sala e porta bandeira, apoiado.Mais eu faço um questionamento, pos nos dias de hj mestre salas querem rodas mais do que a porta-bandeira.Porra se bicho novo estivesse vivo ele mandava fuzilar todos esses viados que estão defilando.Acho que algumas coisas no carnaval deveria mudar como ala de passista tbm.antigamente ser passista era sinonimo de malandragem hj e de homo sexualismo.Digo não contra ao homo sexualismo(se ele quer dá o problema é dele) e sim o que eles fizeram com essas ala no carnaval.Ala que tinha tanto prestijo e hj é vista com outro olhos.Sobre a comição de frente acho que ela deve seguir o que o salgueiro fez em 2004, uma ala alegre, bem coleografada, com varias mutaçoes e não deixando de fazer o principal que é apresentar a escola, coisa ue muitas esse nao fizeram.

  • Avatar
    14/04/2009 11:01:41Cléber BarretoMembro SRZD desde 14/04/2009

    Sou um admirador e apaixonado por Carnaval. Pesquiso, leio e tento muitas vezes desvendar algumas idéias dos carnavalescos e dos jurados mas confesso que não consigo entender. Ficar aqui debatendo que a escola tal levou nota tal em tal quesito e que a outra levou notas maiores ou menores não vai lavar nada a lugar algum. Concordo que a metodologia de avaliação dos quesitos, que as justificativas sejam modificadas, que tenham mais um respaldo de quem as julga e do porquê as fez. Só para refrescar a memória de muitos, a Beija-Flor foi a escola que mais vezes foi vice-campeã de carnavais onde moralmente ela foi campeã. Vale ressaltar o vice de 1989 e o tetra-vice de 1999 a 2002. Este ano desfilei na Grande Rio, por mais que dei o meu sangue pela escola, que ensaiei exaustivamente já na concentração, vimos as falhas que a escola levaria para a avenida e não há nada mais que justo o 5º lugar que a escola tirou. Aos carnavalescos e diretoria de escolas de samba chegou a hora de fazer todo um carnaval voltado para o gerenciamento de um projeto, onde os detalhes sejam cuidados minuciosamente pois, são os detalhes minuciosos que fazem falta na avenida.

  • Avatar
    14/04/2009 08:47:28LUIZINHO DA CUICAMembro SRZD desde 07/04/2009

    Luiz Rangel essa mudança de "ar", não é de hoje. Um dos maiores casais de MS e PB - Elsio PV e Doris ( Beija-Flor-decada de 80 ), em 1989 estava defendendo as cores do Salgueiro, e ja se vão 20 anos. Não sei se devemos dizer "infelizmente", ou agradecer, mas para quem esta ligado nas notas, ai o agradecimento é muito justo.

  • Avatar
    14/04/2009 08:43:55LUIZINHO DA CUICAMembro SRZD desde 07/04/2009

    Luiz Rangel essa mudança de "ar", não é de hoje. Um dos maiores casais de MS e PB - Elsio PV e Doris ( Beija-Flor-decada de 80 ), em 1989 estava defendendo as cores do Salgueiro, e ja se vão 20 anos. Não sei se devemos disser "infelizmente", ou agradecer, mas para quem esta ligado nas notas, ai o agradecimento é muito justo.

  • Avatar
    14/04/2009 08:24:06LUIZINHO DA CUICAMembro SRZD desde 07/04/2009

    ATENÃ?Ã?O RAPAZIADA DO RITMO: DIA 21.04.2009, acontecerá o 5o. Encontro das Cuícas do Rio de Janeiro, apartir das 13 hs. na quadra do G.R.E.S. UNIÃ?O DE JACAREPAGUA. Venha participar de mais um encontro maneiro, com Cuiqueiros responsa, da Vila, Salgueiro, Império, Portela, Mangueira, Imperatriz, P.Pedra, Mocidade, Jacarézinho, Caprichosos, enfim todas as co-irmãs, e relembrar sambas da antiga, com uma cerva gelada, e um bom papo. Todos serão bem recebidos.GRANDE EUGÃ?NIO LEAL CONTAMOS COM A SUA PRESENÃ?A, E DOS AMIGOS DO SITE.

  • Avatar
    14/04/2009 08:08:37DeniseMembro SRZD desde 08/04/2009

    Extinção é sacanagem. Ã? colocar de vez o plano de descaracterização das escolas. Mas acho que o julgamento do casal deveria ser revisto. Acho que o segundo casal também deveria fazer parte do julgamento. E além do bailado e da roupa, deveria ser julgado o contexto do casal dentro do enredo.

  • Avatar
    14/04/2009 00:58:57LUIZINHO DA CUICAMembro SRZD desde 07/04/2009

    Pra quem não sabe, o Vanderli foi Mestre-Sala do Salgueiro na decada 80/90, abraços Vanderli.

  • Avatar
    13/04/2009 23:45:10Vanderli Silvares RodriguesMembro SRZD desde 13/04/2009

    Prezado Eugenio você foi muito feliz em comentar sobre a arte do mestre -sala e da porta -bandeira,para brilhar-mos na passarela, nos sacrificamos muito deixando de lado diversos compromissos pessoais e até profissionais. um grande abraço e fico feliz por ter sempre alguém que levanta a bandeira desta arte de bailar com brilho e galhardia assim o faz o mestre -sala e a porta-bandeira.

  • Avatar
    13/04/2009 22:34:50Leonardo AntanMembro SRZD desde 13/04/2009

    Realemente, concordo o casal de mspb são lindos e tem todos e um belissimo simbolismo.Vote que continue O conjuto é uma coisa complicada.Voto que saia. COmissão de frente concerteza é um dos mais belos quesitos adoro comissões votaria que avesse mais comissãos como do meio, final.

  • Avatar
    13/04/2009 22:09:36Joel Romão de OliveiraMembro SRZD desde 13/04/2009

    Você está certo, Eugênio. Este quesito só serve para atrapalhar. deveria ser excluído!

  • Avatar
    13/04/2009 20:09:55Michel SanchesMembro SRZD desde 07/04/2009

    Os amantes do carnaval nãoi aguentam mais tantos quesitos inuteis.......ahhhh,,,so ,mudando de assunto....li esta semana que o Diretor que cuida da transmissão da Globo, SAIU.....Graças a Deus.,....a quem entrar para este cargo, POR FAVOR, olhai por nós que estamos em casa...a transmissão do som, para nos que estamos atrás da telinha é TERRIVEL......as vezes durante o desfile só escutamos os surdos baterem, porque o resto, nao se escuta nada,,,,,por esses dias estava ouvindo um dvd de 1999....que delicia de desfile de se ouvir,,,,ouviamos todos os instrumentos e o povão gritando e assoviando.,.,...muito lindo,,,pena que tudo isso tenha acabado... Abraços, paz e saude a todos.. Michell

  • Avatar
    13/04/2009 16:10:17Luiz RangelMembro SRZD desde 13/04/2009

    Luizinho da Cuica, Uma coisa eh vc se responsabilizar por 300 ritmistas. A outra é dançar esse ano pela Mocidade, ano seguinte pela Mangueira, e por aí vai...

  • Avatar
    13/04/2009 15:57:16LUIZINHO DA CUICAMembro SRZD desde 07/04/2009

    Luiz Rangel se pensarmos desta forma, teriamos que retirar tambem o quesito Bateria, pois o exodo existe tambem, e muitos diretores levam consigo seus ritmos de berço, muitas vezes descaracterizando outra bateria. Basta ter absoluta confiança, no casal que a agremiação contrata, e isso serve para qualquer "profissional" do meio.

  • Avatar
    13/04/2009 15:34:45Luiz RangelMembro SRZD desde 13/04/2009

    A respeito do quesito MS&PB , acompanho o Laíla uma vez que as contratações estão tirando o brilho desse quesito. O Troca -Troca de MS&PB enfraquece a identidade desse quesito. Portanto, considero correto diminuir o peso.

Comentar