SRZD


27/04/2009 09h22

Paes considera suspeito plebiscito realizado na favela da Rocinha no fim de semana
Redação SRZD

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, classificou como "suspeito" o plebiscito realizado durante este domingo, na favela da Rocinha, em São Conrado, na Zona Sul da cidade, que reprovou a construção de um muro de 2.800 metros para proteger a área de mata do crescimento da comunidade. Na votação, a obra foi rejeitada por 1.056 pessoas. Apenas 50 votos eram favoráveis a construção do muro, enquanto outros cinco foram nulos.

A votação foi organizada pela própria associação de moradores da favela que já havia se posicionado contra a construção do muro. No próximo dia 6 de maio, o governador Sérgio Cabral vai se reunir com o presidente da Federação das Favelas do Rio de Janeiro (Faferj) para discutir o assunto.


Comentários
  • Avatar
    09/04/2010 02:18:22mazinhaAnônimo

    isso é um absurdo as pessoas nao querem sair depois que acontecer o pior vem reclamar do leite derramado tarde demais vamos se concientizar gente !!!!!!!!

  • Avatar
    18/03/2010 22:12:04ED pillsAnônimo

    unreadable kottakkal vineyards iiwar grasped mena encompasses drew reversible multimodal deference

  • Avatar
    27/04/2009 20:28:39MauricioMembro SRZD desde 09/01/2010

    A verdade nua e crua é que eles gostariam e muito de demolir todos as casas da rocinha e "sumir" com todo aquele povo, e, no espaço construir um grande hotel de luxo ou um grande condomínio, um verdadeiro absurdo!!!

  • Avatar
    27/04/2009 12:22:42Leonardo GuedesMembro SRZD desde 09/04/2009

    Em uma coisa você está equivocado, Kruger. A Natureza tem como se defender sim. Ela sempre reage às agressões que o bicho homem comete, mais cedo ou mais tarde. Reage com enchente, desmoronamento de encosta, e por aí vai. Sou favorável ao muro. Governos anteriores e irresponsáveis permitiram que tudo chegasse ao ponto que chegou. Mas o prefeito Paes tem razão em duvidar do resultado deste plebiscito. Essas consultas devem ser regulamentadas e oficiais, não informais.

  • Avatar
    27/04/2009 11:46:46Jan KrugerMembro SRZD desde 01/05/2009

    Sidney Duas coisas. O muro nao separa pobre de rico, favela do asfalto, criminoso do mocinho. Separa o Homem da natureza porque esta nao tem como se defender. Nao seria necessario se o estado tivesse controle nesas areas, mas nao o tem e atualmente nao tem como o fazer. Entao o Muro e necessario. Segundo: Creio qeu nao seja uma decisao que deva ser tomado de forma micro (rocinha) mas sim de forma macro (Rio de Janeiro), e creio que a maioria dos cariocas é a favor dos muros de contençao de expançao, junto com outras medidas de controle de expançao vertical.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.