SRZD


12/05/2009 11h21

Vítimas do vírus influenza A (H1N1) no Rio permanecem em estado estável
Redação SRZD

A direção do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, através da chefe do Serviço de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP), Regina Barbosa, concedeu uma entrevista coletiva no final da manhã desta terça-feira (12) e confirmou que o país segue com oito casos confirmados do vírus influenza A (H1N1), 34 suspeitos e outros 166 já foram descartados

Os três pacientes que estão no Hospital do Fundão seguem em estado estável. O primeiro jovem a ter a doença confirmada deve receber alta nesta quarta-feira, quando termina o prazo dos dez dias de isolamento. O jovem não vai precisar passar por nenhum acompanhamento especial e está imune a doença.  O amigo do rapaz, no oitavo dia da doença, está sem febre há 72 horas e permanece em tratamento. A mãe do primeiro caso de contaminação registrado no Rio também continua internada e sem febre há 60 horas.

Na cidade ainda existem dois casos suspeitos um que veio da Alemanha e o outro um morador da Ilha do Governador.

Ministro da saúde declara que novos casos serão descartados


O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, no final desta manhã, durante uma audiência pública no Senado, confirmou que há 34 casos suspeitos da doença no Brasil e que oito estão confirmados. De acordo com ele, 29 estão sendo monitorados e 166 foram descartados, de um total de 237 análises feitas até agora.

"Até o final do dia, com certeza teremos mais casos descartados", avisou o ministro.

Jovem revela o que sentiu na doença


Paciente carioca afirma que está se sentindo bem em nenhum momento sentiu sintomas diferentes aos de outro gripe comum, como tosse e  febre que variou entre 37,8 e 38 graus.

Ele contou ainda que após procurar uma clínica na segunda-feira, onde os médicos descartaram a possibilidade de contaminação com o vírus H1N1. Insastisfeito com o dignóstico procurou no dia seguinte o Hospital do Fundão, onde foi confirmada a doença.


Veja mais sobre:Gripe suína

Comentários
  • Avatar
    12/05/2009 14:50:25Leonardo GuedesMembro SRZD desde 09/04/2009

    Eu iria escrever uma crítica frente ao fato de que os primeiros médicos descartaram a hipótese de gripe A no rapaz, dizer "já vi esse filme antes...", com relação a epidemia passada de dengue. Mas, pensando melhor, não tenho formação em medicina para fazer crítica alguma, afinal, a doença é nova e pegou a todos de surpresa, inclusive os médicos. E falando, em dengue, estou neste momento conversando com minha amiga. Ela passou a semana e ainda está padecendo de problemas de saúde. Diagnóstico: dengue.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.