SRZD


14/05/2009 10h57

Major da PM é acusado de agressão
Redação SRZD

O Major João Busnello, que é comandante do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE) foi encaminhado para a Delegacia da Praça da Bandeira (18ªDP), onde prestou depoimento e permaneceu sob custódia até a manhã desta quinta-feira (14), depois de se envolver em uma confusão no portão 13 do Maracanã, antes do jogo entre Flamengo e Internacional na noite desta quarta-feira. Ele deu entrada no Jecrim do estádio, acusando um dos funcionários da Suderj de desacato a autoridade.

O funcionário José Maurílio Durães, de 75 anos, precisou ter o braço imobilizado e alega ter sido agredido pelo Major Busnello, após impedir a entrada de acompanhantes do comandante do GEPE, que não estavam fardados. Busnello foi acusado de lesão corporal dolosa, com intenção de agredir, prevaricação e abuso de autoridade. Como a promotoria do Jecrim descaracterizou o a acusação do Major, ele foi encaminhado para a Delegacia da Praça da Bandeira. Busnello vai responder o processo em liberdade.

O Major negou que tenha tentado entrar no Maracanã com outros seis torcedores, os chamados "caronas".


Comentários
  • Avatar
    14/05/2009 18:52:55mauricioAnônimo

    o fato e lamentavel e vergonhoso, como um unico policial pode manchar a imagem de toda uma corporação. Este modelo de policia, arbitraria que se considera acima de tudo, não tem espaço dentro da honrosa instituição que é a policia militar do RJ.

  • Avatar
    14/05/2009 15:40:25MLIMAAnônimo

    QUE VERGONHA HEIN!!!! O RESPONSAVEL PELA NÃ?O VIOLENCIA Ã? VIOLENTO!!!!! QUE VERGONHA!!!! POLICIA MILITAR, 200 ANOS........

  • Avatar
    14/05/2009 15:02:12Paulo Henrique da Silva PereiraMembro SRZD desde 07/04/2009

    Gostaria muito ter visto a cena. O policial que se acha acima do bem e do mal enquadrado por violência. Esse é o retrato que nós torcedores de paz já estamos acostumados no maracanã. A policia age de forma bruta e de ignorancia. Dizem que somos bandidos. Parabéns ao JECRIM pela atuação. Lugar de pessoas como esse major é longe do público.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.