SRZD


20/06/2009 10h06

Leia sinopse do enredo do Salgueiro
Redação SRZD-Carnavalesco

Enredo: HISTÉRIAS SEM FIM

"Dos diversos instrumentos do homem, o mais assombroso é, sem dúvida, o livro. Os demais são extensão do seu corpo... mas o livro é outra coisa, o livro é uma extensão da memória e da imaginação"
(Jorge Luís Borges)
 
Um dia, Johannes Gutemberg sonhou que queria ser livre, que queria ser livro. Queria ser palavra escrita, mudar o rumo da História. Ser história. Inquieto e curioso, começou a transformar seu sonho em realidade na Alemanha do século XV, quando pressionou o último bloco de chumbo sobre o papel e colocou o ponto final em sua obra-prima: a Bíblia impressa.

- Deem-me 26 cavalinhos de chumbo e eu conquistarei o mundo!

Conquista pelas palavras e pelos livros, agora impressos a partir de seus inventos e criações. Ficavam para trás rudimentares papiros, tipos chineses, pergaminhos, códices e os inacessíveis manuscritos copiados à mão por monges medievais. Os tipos móveis sujos de tinta, que um dia fizeram parte de seus sonhos, imprimem páginas de um novo e importante capítulo. A primeira impressão, que ficou para a eternidade.

Estava aberto o portal para a divulgação de ideias e ideais que passaram a ser difundidos mundo afora. Senha para o início da era dos grandes livros, das maravilhosas Histórias Sem Fim!

Mãos e máquinas à obra! As páginas impressas resgatam o passado glorioso de impérios erguidos sob o signo da compaixão e da fúria de herois, mitos e deuses. Feitos épicos imortalizados em Epopeias que exaltam valores e virtudes de civilizações. As mesmas palavras edificadas às glórias humanas também descrevem o renascer de uma era, personificada na figura de um cavaleiro errante. Os moinhos de vento sopram os ares da esperança, guiando o homem a uma jornada espiritual rumo ao paraíso, por tortuosos caminhos...

... que conduzem o leitor às intrigas dos nobres encastelados e as revoluções da plebe nos poderosos reinos do velho mundo. Enredos de delírios de reis e rainhas, das tramas de um triângulo formado por donzelas, cavaleiros e cortesãs. É o tempo dos herois de capa e espada, dos duelos em nome do coração da bela dama. Abrem-se as páginas de um romântico jogo de olhares na cena de um vilão cínico. Ligações perigosas descritas com minúcia em textos que revelam juras secretas, pactos, ódios, romances proibidos, suspiros, promessas de amor eterno...

... que vão influenciar a literatura de um novo mundo, traduzida na face da fidalga portuguesa enamorada pelo nativo. Está consumado o enlace que forja o capítulo romântico de um Brasil miscigenado. Palavras que navegam sobre um mar de imagens poéticas, descrevendo a dramática travessia nos porões dos tumbeiros. Na embarcação, negros e negras que aqui aportam para transformar e fortalecer as raízes de uma nação. A cada obra, a crônica de um país que abriga a saga dos herois mestiços, do Rio de Janeiro de tantos tipos urbanos e suburbanos, dos homens e mulheres da Bahia de São Salvador, dos valentes desbravadores de um sertão fértil de sonhos...

... e devaneios literários evocados por palavras mágicas, adormecidas à sombra do livro da saudade: "Pirlimpimpim", "Abre-te-Sésamo", "Abracadabra!". Num piscar de olhos, voamos ao tempo do "Era uma Vez... Uma outra vez!". Adentramos o portal da fantasia. Aqui, a imaginação é a máquina veloz que nos leva a qualquer tempo, a qualquer lugar! Vamos botar o mundo de pernas pro ar em busca da trilha dos contos fantásticos e lá encontrar a cidade dos sonhos, o país das maravilhas, o universo das fábulas inesquecíveis. Veja: bonecos ganham vida... Ouça: a canção do heroi favorito... Sinta: o pulsar da felicidade inocente nas histórias contadas pela avó... Quitutes de palavras que trazem cheiros e sabores da infância, escritas para sempre no coração. É a chave para despertar a criança que nunca deixou de existir em cada um de nós na grande aventura de brincar de viver em...

... um instante: siga o conselho e tome fôlego antes de prosseguir. Pronto? Lá vamos nós. Aqui começa nossa viagem pelo mundo da aventura e do suspense, com personagens e ações se sucedendo num ritmo alucinante para desvendar o intrigante enigma, encontrar o caminho para outras dimensões onde habitam monstros, bruxos e seres sobrenaturais transportados de tempos e espaços imaginários, guiados por engenhosas palavras que nos fazem prender a respiração e, num só fôlego, acompanhar todo o mistério que envolve a trama do primeiro ao último instante, conduzidos por pistas falsas, ciladas, tramas cruzadas, perigos, vilões acuados, quebra-cabeças de peças incompletas, fragmentos que aguçam a curiosidade num ritmo cada vez mais frenético, até que surge... ufa!

A reviravolta.
O desfecho.
A revelação.
"Como é que não pensei nisso antes?" A verdade estava diante dos nossos olhos...

... que avançam no tempo e leem um futuro escrito pelas tintas da incerteza. Ao perder o domínio sobre as máquinas que inventou, o homem vira refém da própria criação. São abertas as páginas das ficções revelando um planeta vigiado por olhos eletrônicos, a serviço do grande Deus-Máquina que zela por nós. Cérebros artificiais altamente avançados, capazes de viajar pelo universo e simular uma realidade tomada pelo caos num cenário futurista. Estaríamos diante do último capítulo dessa nova Odisseia? O futuro dirá...

... que é hora de abrir um novo capítulo, escrever sobre a página em branco a história que escolhermos. Recriar a própria biografia, desvendar no grande livro da vida o segredo da felicidade, do equilíbrio e da paz. Os ensinamentos da Filosofia que nos apontam os caminhos da sabedoria, das bem ou mal traçadas linhas escritas no livro místico do destino. Nascerá, enfim, a obra imortal onde haverá sempre um novo capítulo, uma nova edição. Um enredo infinito, recontado e ampliado cada vez que alguém folhear as páginas de tantas Histórias Sem...

... Fim...

Renato Lage e Departamento Cultural
Junho de 2009


Comentários
  • Avatar
    31/07/2009 11:23:13Alex NogueiraMembro SRZD desde 29/06/2009

    Muito interessante o foco que o Renato Lage deu ao enredo: o livro como instrumento de sonho e fantasia. O tema poderia render diversos outros enfoques, como a própria história do livro; o livro como transmissão de conhecimento (reparem que ele não fala dos livros técnicos, didáticos e afins); a carência de livros no Brasil (o Brasil não aparece nem entre os 80 primeiros no número de livros por pessoa no mundo, estamos atrás de vários países africanos absolutamente miseráveis)... http://www.nationmast er.com/graph/edu_lib_boo_percap-educatio n-library-books-per-capita Mas o Renato foi por outro caminho... Vai dar trabalho a minha Beija Flor, novamente.

  • Avatar
    19/07/2009 15:57:21phabyo rodovalhoMembro SRZD desde 07/05/2009

    Merecedora do campeonato de 2009,o Salgueiro vem com tudo em 2010.Querendo defender o bi-campeonato,Renato Lage,que depois de morto deveria ter seu cérebro guardado pra sempre,por conta de sua tão grande inteligência.Se formos classificar os carnavalescos por obras criadas através de sua rica criatividade,Renato só fica em segundo lugar por causa de Joãozinho Trinta.Não posso dizer q a sinopse é fraca em relação as outras porque é um tema totalmente diferente.Renato Lage não vacila,com ceteza vem coisa boa por aí.

  • Avatar
    18/07/2009 00:09:40RafaelMembro SRZD desde 16/05/2009

    A sinopse ta relativamente fraca perto das outras, mas esse cara e muito criativo, e nao importa o que for, ele coloca em pratica com muita perfeição. Esperaremos entao!

  • Avatar
    17/07/2009 18:34:16Rodrigo LopesMembro SRZD desde 17/07/2009

    Boa sinopse...não digo surpreendente,porque surpreendente com certeza será o seu desenvolvimento na avenida,ainda mais nas mãos do mestr Lage...vem aí a busca pela bi...boa sorte pro Salgueiro!!

  • Avatar
    28/06/2009 14:38:56Saulo Corballan CruzMembro SRZD desde 04/06/2009

    Sinopse Linda Umas Das Melhores que ja li junto com a Mocidade,Mangueira,Imperatriz e Beija flor e uma que superou Minhas Espectativas

  • Avatar
    27/06/2009 17:30:25Eduardo ReisMembro SRZD desde 02/07/2012

    Sinopse razoável, o Renato sempre é MUITO mais genial na hora de colocar em prática do que colocar no papel...

  • Avatar
    26/06/2009 15:54:48Oswaldo Fernandes FilhoMembro SRZD desde 09/04/2009

    DIGO " ACADEMIA DAS LETRAS E DO SAMBA "

  • Avatar
    23/06/2009 17:26:07Oswaldo Fernandes FilhoMembro SRZD desde 09/04/2009

    GOSTEI DA SINOPSE. SÃ? ACHO QUE SOARIA MELHOR " ACADEMIA DA LETRAS E DO SAMBA".

  • Avatar
    23/06/2009 08:44:31Jonathan Luiz Pereira CarneiroMembro SRZD desde 07/04/2009

    Falem o que quiser!!!Sinopse não ganha carnaval.Mas é lógico que conta alguma coisa.Principalmente na hora de se fazer um Samba Enredo.Ã? apenas uma prévia do que o carnavalesco pretende mostra na avenida.Eles que sabem o que fazer.Não importa se ela é grande ou pequena,pois na hora do desfile é que conta.Pois no livro dos jurados vai tudo certinho do jeito que "ele quer".Então "Falem o que quiser".Carnaval não se ganha antes do desfile se ganha na hora!!! ...Vamos Salgueiro rumo ao Biii!!!

  • Avatar
    23/06/2009 00:21:50Vilson FernandesMembro SRZD desde 07/06/2009

    Gente o Renato sabe o que faz.... Parabens ótima a sinopse ... já da pra inaginar mais um grande desfile do salgueiro ...

  • Avatar
    22/06/2009 18:01:39victorMembro SRZD desde 07/04/2009

    desculpa mas eu não entendi o que vc quis dizer paulo . gostei muito da sinopse e espero que o salgueiro consiga o bi campeonato

  • Avatar
    22/06/2009 16:20:47paulo coelho santosMembro SRZD desde 22/06/2009

    Renato parabéns mais uma vez. \tu mostras que es muito competente. espero q não se arrependa mais uma vez, contudo que aconteces na escola. Eu não posso acreditar que este ano, vai ganhar mais uma vez a "firma" contra a sua vontade. Pasmem! Estão dizendo por aí, que o slageiro já tem samba campeão. Digo que uma destas pessoas fechou parceria com M. santiago ( competente e gloriso compositor e cantor) que infelizmente não tem pra onde fugir.Dizem que é o irmão da angela bismark (que se diz compositor), e não lê nem a sinopse e mais vive difamando a escola por aí. E tem mais gente! este um dono de uma tranportadora que vive desfilando com enormes cordões de ouro e dizendo já ganhou, pois vai dar mais $ para escola e seus diretores que votarem nesta parceria. Acorda salgueiro! não precisas destas pessoas que não tem a escola no coração e sim que só pensam no $ e na mídia.guardem este comentário, no final da escolha do hino da escola, estarei aqui novamente provando o que escrevi. Um abraço a todos e sorte aos ilustres compositores. Obs: M.S me perdoe pois no final eles vão falar que vc só colocou o nome no samba>

  • Avatar
    22/06/2009 16:16:51paulo coelho santosMembro SRZD desde 22/06/2009

    Renato parabéns mais uma vez. \tu mostras que es muito competente. espero q não se arrependa mais uma vez, contudo que aconteces na escola. Eu não posso acreditar que este ano, vai ganhar mais uma vez a "firma" contra a sua vontade. Pasmem! Estão dizendo por aí, que o slageiro já tem samba campeão. Digo que uma destas pessoas fechou parceria com M. santiago ( competente e gloriso compositor e cantor) que infelizmente não tem pra onde fugir.Dizem que é o irmão da angela bismark (que se diz compositor), e não lê nem a sinopse e mais vive difamando a escola por aí. E tem mais gente! este um dono de uma tranportadora que vive desfilando com enormes cordões de ouro e dizendo já ganhou, pois vai dar mais $ para escola e seus diretores que votarem nesta parceria. Acorda salgueiro! não precisas destas pessoas que não tem a escola no coração e sim que só pensam no $ e na mídia.guardem este comentário, no final da escolha do hino da escola, estarei aqui novamente provando o que escrevi. Um abraço a todos e sorte aos ilustres compositores. Obs: M.S me perdoe pois no final eles vão falar que vc só colocou o nome no samba>

  • Avatar
    22/06/2009 12:45:46Flávio Luiz Novaes de Souza LimaMembro SRZD desde 07/04/2009

    História sem fim! Por onde começar, mas um grande enredo desse gênio do carnaval Renato Lage. Os Livros nos leva a mundo nunca imaginado e possível em alguns momentos, trás as histórias da nossa humanidade, do nosso país, histórias e contos que ficam guardadas em nossa mente desde nossa infância, livros que nos ensina, que nós faz adultos, que nós faz sábios, trazem cultura, educação, imaginação, nos coloca e reinos com grande amores e guerras, nós leva ao espaço, na era dos dinossauros, faz bater mas forte nossos corações com grandes romances, nós trás arrepio com as histórias de terror, grandes histórias de vidas. O livro é uma parte de nossa vida e assim como o livro somos uma pagina em branco escrevendo nossa história e se sabermos escrever e viver nossa vida poderá escrever final. â??assim viveram felizes para sempreâ?.

  • Avatar
    21/06/2009 17:26:34Igor Ricardo Santos da SilvaMembro SRZD desde 07/04/2009

    Kara, Renato Lage é o cara! Sinopse que dá asas a imaginação. Parabéns, Salgueiro, vai mais um belo enredo por aí. Parabéns!

Comentar