SRZD


22/09/2009 10h54

CD: "Outra Vez - Ao Vivo No Estúdio" (Ritchie) - Viagem à década de 80
Luiz Felipe Carneiro

CD:

Sumidão há um bom tempo, Ritchie ressurgiu com um álbum ao vivo, um lançamento que poderia até ser chamado de convencional, se não fosse o primeiro trabalho ao vivo da discografia do cantor nascido na Inglaterra e radicado no Brasil desde o início dos anos 70. Como a discografia de Ritchie não está disponível em CD - com exceção de seu disco de estreia, "Vôo de Coração" (1983) - "Outra Vez - "Ao Vivo No Estúdio" vem bem a calhar para "organizar" um pouco os bons momentos de sua carreira.

Como não poderia deixar de ser, as regravações das músicas de "Vôo de Coração" representam a fatia mais consistente desse novo disco. Uma das maiores promessas da década de 80, Ritchie não segurou a peteca, e não manteve o sucesso de seu primeiro LP. Com o hit "Menina Veneno" e mais de um milhão de cópias vendidas, "Vôo de Coração", até hoje, é considerado um dos álbuns mais emblemáticos da geração 80 da Música Popular Brasileira. O problema é que, à época de seu lançamento, o sucesso foi tão imenso, que a carreira de Ritchie ficou comprometida. A cobrança pela nova "Menina Veneno" foi grande ao ponto de o compositor inglês nunca mais conseguir repetir o mesmo sucesso, embora os seus álbuns seguintes fossem tão bons - alguns até melhores - do que "Vôo de Coração", que é representado nesse "Ao Vivo" por clássicos como "Casanova", "A Vida Tem Dessas Coisas", "Pelo Interfone", "a faixa-título, além de, claro, "Menina Veneno".

Os outros discos da carreira de Ritchie são contemplados nesse "Ao Vivo", que também ganhou edição em DVD e em Blu-Ray. De "E a Vida Continua" saíram "A Mulher Invisível" (faixa que abre o álbum) e "Só Pra o Vento". De "Circular" foi pescada a ótima "Nesse Avião", e de "Loucura e Mágica", a faixa-título e "Transas", que chegou a fazer sucesso na trilha sonora da novela "Roda de Fogo". Ritchie também aproveitou para relembrar "Agora ou Jamais", canção composta para o projeto Tigres de Bengala, que, em 1993, juntou o cantor a feras como Dadi, Vinicius Cantuária, Claudio Zoli, Mu e Billi Forghieri. Já "Lágrimas Demais" foi extraída do repertório do último disco do cantor, o subestimado "Auto-Fidelidade" (2002).

Músicas que não fizeram parte dos álbuns de carreira de Ritchie, mas que tocaram muito nas rádios, também aparecem nesse ao vivo. São os casos de "Mercy Street" (música de abertura da minissérie "O Sorriso do Lagarto"), "Fala" (gravada em um disco-tributo ao Secos & Molhados, e que acabou entrando na trilha sonora da novela "A Favorita") e "Shy Moon" (gravada originalmente em dueto com Caetano Veloso, para o disco "Velô", de 1984). As inéditas "Outra Vez" e "Cidade Tatuada" fecham o pacote, com destaque para a segunda ("Se eu fosse indiferente ao teu poder / Plantava rosas falsas na lembrança / A fúria do destino nem me vê / E o som do velho sino é só fumaça"), uma balada com ecos dos anos 80, composta em parceria com Fausto Nilo.

Diretamente ligado à década de 80, com todos os seus prós e contras, Ritchie, acompanhado por uma banda correta (Rodrigo Tavares nos teclados, Tavinho Menezes e Rodrigo Nogueira nas guitarras, Lancaster no baixo, e Daniel Gordon na bateria) soube atualizar os seus antigos hits com muita competência. O som, algumas vezes datado, dos anos 80 foi substituído por um instrumental simples e coeso. Assim, o novo álbum de Ritchie oferece uma interessante viagem, sem aquele ranço de nostalgia, aos fãs dos anos 80. E olha que essa viagem, pelo menos com "Outra Vez - Ao Vivo No Estúdio", é bem melhor do que se poderia imaginar.

Cotação: ***1/2


Em seguida, a faixa inédita "Outra Vez", extraída do DVD:



***** Étimo
**** Muito Bom
*** Bom
** Regular
* Ruim


Veja mais sobre:Resenhas

Comentários
  • Avatar
    08/02/2012 22:11:00LourdesAnônimo

    Simplesmente demais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Avatar
    23/10/2010 20:50:32João Roberto de Paula NoronhaAnônimo

    Como sou muito fã do cantor Ritchie desde o lançamento do LP contendo a faixa "Menina Veneno" dentre outras, fiquei muito feliz por seu retorno á música . Vou ver se encontro esse cd e/ou DVD coma faixa "outra vez". Obrigado por seu feliz retono,Ritchie !

  • Avatar
    12/10/2009 07:00:32marcia pilotAnônimo

    Realmente tudo que Ritchie faz é bem feito, é um artista completo e esse DVD é a prova disso. "Outra Vez" é uma música linda.Ritchie é um grande melodista e aliando-se a Arnado Antunes só podia dar nisso! Quando ouvi pela primeira vez fiquei paralisada, não sei se foi o mundo que parou ou se fui eu!!!!! Como fã há 25 anos criei por sugestão do Ritchie seu fã-clube!!! Ã? só digitar facluberitchieblogspot.com ou procurar no Google!!!!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.