SRZD


05/11/2009 14h38

Goleiro Dida é o paredão do Rios das Ostras na reta final da Série C
Redação FutRio

Como o regulamento do Estadual da Série C permite apenas três jogadores acima dos 23 anos a cada partida, o Rio das Ostras escolheu, entre outros, o goleiro Dida, de 29. E para felicidade da diretoria, da comissão técnica e, principalmente, da torcida, o arqueiro não decepcionou até agora. Seguro e frio, Dida, que já passou pelo futebol italiano, credita seu bom desempenho ao trabalho, e também aos companheiros de time.

"Acho que o trabalho é importante. Procuro me impor, me posicionar bem, prever onde o atacante vai estar e conto com a ajuda de todo mundo, sozinho não conseguiria nada. Estamos com um bom entrosamento, o ataque está resolvendo. E temos que continuar com o mesmo trabalho lá trás, para que o ataque possa funcionar", disse o camisa 1 do Alvinegro da Região dos Lagos, explicando o porque de seu apelido.

"Ganhei o apelido de um empresário que eu tinha. Por causa do meu nome (Abedias), por eu ser goleiro e por causa do Dida (hoje no Milan). O apelido deu sorte e muita responsabilidade. Afinal, Dida é um campeão do mundo, um goleiro de sucesso. Um cara que ganhou tudo. Procuro me espelhar nele. Uma característica que tenho em comum com ele é a tranquilidade".

Vaga na Copa Rio 2010

Após vencer o Leme na última rodada da terceira fase do Estadual da Série C, o Rio das Ostras não apenas garantiu vaga nas semifinais da competição, de onde três entre os quatro classificados sobem para a Segundona, como também assegurou participação na Copa Rio do ano que vem.

O torneio é disputado após os Estaduais e reúne equipes das Séries A, B e C, e o campeão garante um lugar na Copa do Brasil.


Veja mais sobre:Judas Priest

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.