SRZD


16/11/2009 00h12

Sampaio Corrêa faz valer o regulamento e se classifica para o Estadual da Série B
Claudio Burger e Stéfano Salles

Jogando com o regulamento de baixo do braço e protegido pela vitória por 3 a 0 no jogo de ida, o Sampaio Corrêa não precisou de muito para garantir a classificação para a final do Campeonato Estadual da Série C e, por conseqüência, uma vaga na Segundona de 2010. O time de Saquarema foi derrotado por 2 a 1 pelo Castelo Branco, em Moça Bonita, mas pode comemorar o feito mais importante de sua breve história.

 

Com o resultado, o Galinho da Serra decidirá o título da competição contra o Fênix, de Barra Mansa, que ficou no empate sem gols contra o Rio das Ostras, na Região dos Lagos, mas avançou por conta da vitória por 2 a 0 no jogo de ida. A primeira partida das finais acontece já neste domingo (22), em local a ser anunciado pela Ferj.

 

Dentro das quatro linhas do campo do Bangu, as duas equipes não chegaram a fazer um jogo violento, mas a tensão ficava clara a cada lance. Como precisava reverter uma grande vantagem aberta no jogo de ida pelo rival, o Castelo Branco se lançou ao ataque desde o início e era responsável pelas principais jogadas de perigo do início do jogo.

 

A pressão surtiu efeito aos dez minutos, quando o zagueiro Arthur Sanches se viu obrigado a cometer um pênalti para interromper o veloz ataque do Castelo. O atacante Tiago Amaral partiu para a cobrança, mas mandou a bola no travessão, na altura do meio do gol.

 

Passado o susto, o Sampaio Corrêa começou a se organizar melhor em campo e reequilibrou o jogo, embora mostrasse menos interesse que o adversário. O ímpeto ofensivo do Castelo Branco foi recompensado aos 28 minutos, quando Carlinhos acertou belo chute no canto esquerdo do goleiro Arthur para fazer 1 a 0. O empate veio logo no início da segunda etapa. Aos cinco minutos, Rômulo aproveitou cruzamento da direita, de Léo Silva, e pegou de primeira para deixar tudo igual: 1 a 1.

 

A partir de então a partida ficou emocionante. O Castelo se lançou ainda mais ao ataque e, aos 14, foi beneficiado pela expulsão de Belarmino, que recebeu o segundo cartão amarelo ao fazer falta dura em Leandro, dentro da área: pênalti. Tiago Amaral partiu para a cobrança e, desta vez, ele não desperdiçou. Com uma cobrança rasteira, no canto esquerdo de Arthur, selou a vitória do time da casa.

 

Com um a mais, o Castelo pressionou bastante, mas o Sampaio sempre levava perigo nos contra-ataques. No entanto, os goleiros estavam em uma tarde inspirada e mantiveram o placar inalterado.

 

Agora, enquanto o Sampaio comemora o acesso e se concentra para a decisão, o Castelo Branco terá pela frente a disputa do terceiro lugar, contra o Rio das Ostras, que vale a última vaga oferecida na Segundona de 2010.

 

A partida

 

Moça Bonita (Rio de Janeiro-RJ)

Árbitro: Jorge Antônio Olímpio

Assistentes: Diego Passarelli e Francisco Ubirajara

Castelo Branco: Gabriel; Leandro (Edson), Daniel, Michel e Tiago Costa; Sidney, Denílson (Bruno), Renan e Gilmar Bala (Tiago Ribeiro); Tiago Amaral e Carlinhos. Técnico: Paulo César.

Sampaio Corrêa: Arthur; Marcelinho, Allan Nicácio, Belarmino e Arthur Sanches; Leomir, Adriano, Lucas Siqueira (Felipinho) e Fabrício (Léo Silva); Rômulo (Ricardinho) e Elias. Técnico: Aílton Magalhães.

Cartões vermelhos: Belarmino (Sampaio Corrêa) e Sidney (Castelo Branco)

Gols: Carlinhos (28/1°T) e Tiago Amaral (14/°T) - Castelo; Rômulo (5/2°T) - Sampaio Corrêa.

Público: 300 pagantes

Renda: R$ 1.500,00


Veja mais sobre:Judas Priest

Comentários
  • Avatar
    16/11/2009 10:55:15Conrado VignoliAnônimo

    PARABÃ?NS SAMPAIO PELA CONQUISTA, AGORA SÃ? FALTA O TÍTULO..., ABRAÃ?O E BOA SORTE!!!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.