SRZD


30/09/2007 18h59

Música clássica pode estimular inteligência dos bebês
Da Redação

Atualmente conhecido como 'Efeito Mozartâ?, especialistas estudam hipótese de a presença da música clássica durante a gravidez tornar o bebê mais inteligente. Ainda não há evidências médicas que provem o fato, mas antigos estudos já afirmavam que escutar música clássica na gestação estimula a inteligência e raciocínio lógico da criança.

O termo, que leva o nome de um dos maiores astros da música clássica, foi analisado primeiramente por dr. Alfred, pesquisador francês, que estudou suas obras por cerca de 30 anos, visando descobrir a influência da música na aprendizagem infantil. Em um de seus experimentos, Alfred separou grupos de crianças de uma escola em dois, e enquanto um deles escutou Mozart por 10 minutos antes de fazer uma série de tarefas de raciocínio regional, o outro ficou em silêncio. O resultado mostrou que aqueles que escutaram a música foram mais bem sucedidos.

A presença da música clássica nos primeiros anos de vida da criança pode trazer resultados muito positivos aos seus sentidos e desenvolvimento em geral. De acordo com Bonnie Ward Simon, professor de música, e presidente da Magic Music Maestro, uma empresa de multimídia com base em Washington que produz CDs de música clássica para crianças, é preciso que se estimule à ativação dos sentidos desde cedo, seja oral, áudio-visual ou outro.

Segundo Simon, o visual atualmente já é muito presente e estimulado pela sociedade, enquanto os outros sentidos precisam de uma atenção maio. 'Atualmente há muita coisa para olhar e pouca para escutar. O áudio também estimula a imaginação, o que é essencial na infância. O cérebro é um músculo e precisa ser exercitado, e músicas clássicas ou mais complexas são ótimas para issoâ?, afirmou.

Um estudo publicado neste ano pelo Ministério de Pesquisa Alemão analisou a relação entre inteligência e música, e concluiu que escutar Mozart calmamente, ou qualquer outro gênero musical, não nos torna mais inteligentes, mas outros estudos ainda serão realizados para descobrir se a música realmente influencia o QI de crianças no longo prazo.

Professor de clínica pediátrica da Universidade de Novo México, nos Estados Unidos, Victor Strasburger afirmou que poucos sabem os benefícios intelectuais vindos da música clássica nos bebês. 'O que sabemos é que exposição à televisão e vídeos de crianças são danosas, e não musicaisâ?, declarou.

Segundo Strasburger, se a mãe escuta músicas mais calmas, como as clássicas, o bebê tende a nascer mais relaxado. 'Eu acredito que isso possa produzir mais saúde e felicidade à criançaâ?, afirmou.


Comentários
  • Avatar
    05/03/2014 11:31:31Elida Gabriel Vieira SilvaAnônimo

    Achei interessante a pesquisa e está me ajudando a entender melhor a importância da música para os bebês.

  • Avatar
    05/03/2014 11:20:19Eliada Gabriel Vieira SilvaAnônimo

    Foi interessante saber um pouco mais sobre a importância da música para as crianças.

  • Avatar
    07/09/2010 20:58:19Presente BonitoAnônimo

    Olá, parabéns pelo blog. Dê uma espiadinha no www.presentebonito.com.br. Temos diversos CD's de música clássica para bebês!!!

  • Avatar
    03/09/2009 19:52:24matheusAnônimo

    bom... eu quero q venha a música tendeu

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.