SRZD


28/01/2010 20h40

Paulo de Almeida lança projeto de 14 escolas no Grupo A no carnaval de 2011
Alberto João

Uma proposta elaborada por Paulo de Almeida, presidente da Caprichosos de Pilares, promete estremecer os bastidores do Grupo de Acesso A. Segundo ele, o Carnaval 2011 teria 14 agremiações, que desfilariam em dois dias, ou seja, sexta e sábado de carnaval, sendo sete agremiações por dia. Para isso, Paulo diz que as escolas mirins fariam a "preliminar" nos mesmos dias. Hoje, o Grupo A é composto de doze escolas.

- As escolas mirins abririam na sexta, às 18h, e iriam até 22h, quando entrariam sete agremiações da Lesga. No sábado, o esquema seria o mesmo. É um projeto que já foi apresentado aos dirigentes do Grupo A e todos aprovaram. Agora, eu pretendo levar para discutir com a prefeitura do Rio e a Riotur - explicou Paulo de Almeida.

Apesar da proposta, o presidente da Caprichosos revela que o rebaixamento de duas escolas do Grupo A para o Grupo B no Carnaval 2010 está mantido. - Eu tenho apenas um projeto para discussão. O regulamento do Carnaval 2010 não será rasgado. Vão descer duas e subir uma. Não tem nenhuma possibilidade de não haver rebaixamento. Ninguém na Lesga pensa nisso - disse.

Paulo de Almeida contou que no seu projeto de ampliação do grupo, o desejo é evitar o enorme problema enfrentado pelas escolas de outros grupos para chegar no Acesso A, que são os elevados custos. - Quero dar mais oportunidades de emprego, gerar renda e atrair escolas que podem desfilar e fazer bonito no Grupo A.

Perguntado se alguma escola da Lesga está com receio de ser rebaixada para o Grupo Rio de Janeiro I, antigo Grupo de Acesso B, comandado pela Associação das Escolas de Samba, e enfrentar possíveis retaliações do presidente da entidade, Walter Teixeira, Paulo de Almeida demonstrou confiança.

- Ele estava magoado com a nossa saída da Associação e criação da Lesga. O tempo passou. Creio que não tenha mais rancor. A fila andou e a Lesga é uma realidade.


Comentários
  • Avatar
    29/01/2010 11:32:02Marcos Fernandes MacedoMembro SRZD desde 14/04/2009

    Fui censurado pelo tal moderador que causaria inveja a qualquer DOI-CODi ou DOPS na época de oura da ditadura.

  • Avatar
    29/01/2010 10:49:00Ana Calara Lima e SilvaMembro SRZD desde 18/11/2009

    Ã? Sr. FERNANDO, realmente é lamentável, onde vai parar o nosso carnaval? um dos maiores espetáculos da terra chegar a esse nível, de que adianta a criação de tanta " LIGA " se a bagunça continua a mesma, só muda de nome, mas continua as mesmas caras, hoje em dia carnaval se chama DINHEIRO se você tem, você manda, se não tem cai fora!!! Ã? realmente lamentável.

  • Avatar
    29/01/2010 10:28:35fernando silvaMembro SRZD desde 12/01/2010

    Lamentável, esse babaca está fazendo o mesmo de que quando foi presidente da LIESA, e o que mais me intriga é como o pessoal das outras escolas aceitam isso, a caprichosos e a inocente são as escolas que devem e vão cair, pois são administradas por imcompetentes e idiotas metidos a malandro o carnaval infelismente está perto do fim, lamentável.

  • Avatar
    29/01/2010 10:22:42HEITOR DOS PRAZERESMembro SRZD desde 07/04/2009

    Caro Brazilian Carnival: O que eu tentei dizer foi que o grande responsável pela derrocada da Ponte foi o PA, pois apesar de ter caído pro RJ2, aquela não foi a primeira gestão do Tessier, e caiu ainda por causa da URUCA que o PA deixou por lá. Ã? preciso trazer urgentemente um Babalorixá do Zimbabue pra encontrar a caveira que o PA enterrou na quadra.

  • Avatar
    29/01/2010 09:15:13BetinhoMembro SRZD desde 08/04/2009

    Acho a idéia de dividir o desfile em dois dias bastante válida, mas, aumentar o número de escolas é lamentável. Não tem como negar que isto cheira a virada de mesa. Seria muito bom se voltassemos a ter duas escolas subindo para o grupo especial e duas descendo para o acesso A. Mas infelizmente a LIESA não concorda com isso, senão algumas escolas com tradição irão correr um risco muito grande de rebaixamento, é só ver os resultados dos últimos anos.

  • Avatar
    29/01/2010 08:29:01JOSÃ? ARAGÃ?OMembro SRZD desde 07/04/2009

    CONCORDO, MAS SÃ? TENHO UMA DÃ?VIDA, AS 14 ESCOLAS VÃ?O CONCORRER HÁ APENAS UMA VAGA NO ESPECIAL? SE FOR ASSIM VÃ?O SER DESFILES MUITO FRIOS, ALGUMAS ESCOLAS DESISTIRAM DE LUTAR PELA VAGA ANTES MESMO DO DESFILE COMEÃ?AR. ADORARIA QUE O ESPECIAL VOLTASSE A SER 14 ESCOLAS, ERA MUITO MELHOR. 14 NO ESPECIAL E 14 NO ACESSO, SENDO DOIS CAINDO DE CADA GRUPO E DO ACESSO PRO ESPECIAL 2 SUBIREM. AÍ CONCORDARIA, MAS 14 ESCOLAS LUTANDO SÃ? POR UMA VAGA...

  • Avatar
    29/01/2010 08:23:05Ana Calara Lima e SilvaMembro SRZD desde 18/11/2009

    Gente, olhem pelo lado positivo, se bem que não vejo nada de positivo né, mas enfim, isso tudo é porque ele sabe muito bem que fez besteira no último carnaval quando não permitiu que a sua agremiação caisse então ele sabe que a sua agremiação é uma forte candidata a descer, portanto ele faz esta proposta ridicula, mais uma vez eu pergunto, alguem sabe em qual grupo está a UNIDOS DA PONTE e QUEM ERA O PRESIDENTE?

  • Avatar
    29/01/2010 05:58:35everaldo guilhermeMembro SRZD desde 07/04/2009

    quando o grupo especial passou para dois dias, todo mundo meteu o pau, e hoje é sucesso, o grupo A se fiserem em dois dias mais com profissionalismo, com dinheiro no caixa das escolas fai ser tambem sucesso, esta ideia com certeza e da rede globo.

  • Avatar
    29/01/2010 03:37:30SimpsonMembro SRZD desde 31/05/2009

    Este Paulo de Almeida e o presidente da Inocentes de Belford Roxo são uns PILANTRAS. As escolas que presidem NUNCA IRÃ?O CAIR ENQUANTO ESTA MERDA DA LESGA EXISTIR. Ano passado viraram a mesa no dia da apuração, este ano começaram mais cedo, pois sabem o carnaval que as suas escolas irão apresentar (ou não) na avenida. ESTA LESGA Ã? CASO DE POLÍCIA FEDERAL. FORA TODOS VOCÃ?S.

  • Avatar
    29/01/2010 03:11:13Leonardo Vinicius CanedoMembro SRZD desde 12/05/2009

    A ideia é boa, porém a política reina.

  • Avatar
    29/01/2010 03:07:55DuduMembro SRZD desde 07/01/2010

    Vergonhoso, este balão de ensaio para não descer nehuma escola, com certeza corporativismo com as mais cotadas, as mesmas do ano passado!!!!

  • Avatar
    29/01/2010 02:46:18Carlos AndréMembro SRZD desde 10/11/2009

    Trágico!

  • Avatar
    29/01/2010 02:36:13Walter NogueiraMembro SRZD desde 25/07/2009

    Isso está acontecendo justamente porque todos os olhos estão voltados para o Grupo Especial, e eles no Acesso brincam de Carnaval ! Cadê o Poder Público aqui tambem ! Porque será que existe a pressão, mas nunca aparecem com s solução ? Isso da Escola do Acesso subir, e no ano seguinte cair, é como somar 2 + 2, porque além da resposta, todos sabem no que vai dar. No Acsso temos ainda, pressão no pedido de renúncia do presidente da Lesga, Escola que cai, mas não cai, e muitas mumunhas mais, é só sacudir o saco. Se o Grupo Especial esta estranho, o Acesso é um filho feio e sem pai, mas com uma pequena diferença, esse todos querem adotar, e ninguem quer largar, porque será ???

  • Avatar
    29/01/2010 02:26:41Alsan MatosMembro SRZD desde 08/04/2009

    Resgatando o projeto da extinta LIESGA de 1995 // A história está se repetindo. 15 anos depois, e a mentalidade não mudou. Mas eu acho que o "projeto" aprova. Sabem por quê? Porque a Globo entrou na jogada. // A Globo comprou os direitos do Acesso. Repassou pra Band pq estava muito em cima pra transmitir. Mas a Globo está repensando o seu projeto do Carnaval. Saiu o Aloysio Legey, que via a Sapucaí como a Broadway, e entrou o Roberto Talma. // A Globo sabe que esses anos de transmissão chocha queimaram o filme dela com o público carioca e com os sambistas. A Globo vai voltar a transmitir os esquentas. A Globo escalou um narrador jovem e identificado com a cidade, tal qual na época do Vanucci. A Globo voltou a ver com bons olhos o segundo grupo. Eles repassaram pra Band como teste. Se a audiência carioca esse ano for boa, ano que vem eles irão transmitir o Acesso do Rio no lugar do Carnaval de Sampa, mas só pra praça do Rio. Isso é certo. Podem anotar. E aí, fica melhor pra Globo passar sete em dois dias e acabar a transmissão mais cedo, que passar doze num dia só e acabar a transmissão às dez da manhã. Ou seja,: pra mim, essa ideia não é do Paulo: é da Globo. Essa ideia é criativa demais pra vim da cabeça oca desse Paulo de Almeida. O Paulo abraçou a causa porque lhe convém. Afinal, todos nós sabemos a atual situação da Caprichosos, né? // Repito: ANO QUE VEM A GLOBO VAI PASSAR O ACESSO CARIOCA NO LUGAR DO CARNAVAL PAULISTA PRA PRAÃ?A DO RIO APENAS, NOS DOIS DIAS, COM SETE ESCOLAS CADA NOITE. Eu já vi esse filme. Como eu disse no começo, a história se repete.

  • Avatar
    29/01/2010 02:06:43Bruno GuedesMembro SRZD desde 07/04/2009

    Como o próprio nome diz: Grupo de Acesso... Acesso a alguma outra coisa, nesse caso, Grupo Especial. Há uma disparidade enorme entre esses dois grupos. Enquanto um recebe quase R$ 4 milhões de subvenção e o outro tá de pires na mão e lutando pra receber pouco mais de R$ 700 mil. O Acesso A é tão distante do Especial, que qualquer que seja a escola quase sobe, não tem estrutura a altura do Especial e luta muito contra isso. Só ver o caso da Ilha, que teve que se reestruturar totalmente em termo de barracão e coordenação de alas. O Grupo, apesar de ter muitas escolas renomadas como Império, Estácio, Caprichosos e etc, não "vende" comercialmente justamente por causa dessa "distância" com relação ao Especial. Até aí, ok, todos sabemos. Primeiro problema: Se houver mais escola no Acesso A, haverá menos dinheiro. Se com 10 escolas não conseguiram aumentar a subvenção, imagina com 14. Só aumentaram esse ano e, mesmo assim, quase metade do valor proposto. Segundo problema: Quanto mais escola no Acesso A, maior será a diferença entre o Especial e o mesmo. E o próprio espetáculo cairá em termos de qualidade, porque o "inchaço" levará escolas sem estrutura de A, para ele. Com isso, mais distante ficará do Especial ainda... Terceiro e principal problema: Sexta e sábado é dia de carnaval em SP e, por mais que digam que o samba carioca é "mais forte em nome" e etc,a Globo dá preferência notória para o de Sampa, onde está o maior volume econômico de patrocínio para ela. Se com um dia de desfile no Acesso a Globo ignora, imagina com dois, confrontando com o paulistano. Presidentes das escolas do Acesso A, abram a cabeça, pensem bem. Se acatarem a essa ideia insana e surreal, prejudicarão não só o grupo, mas suas agremiações. E o principal, faltará $$$$$$$$$$$$$$$$$

Comentar