SRZD


10/02/2010 17h05

Rocinha no reino das Ykamiabas
Isaac Ismar

Foto: Isaac IsmarA história das guerreiras amazonas, as Ykamiabas, será contada pela Acadêmicos da Rocinha, do Grupo A, no enredo batizado com o mesmo nome das valentes mulheres que surgiram dez mil anos antes de Cristo e imigraram para o Vale Amazônico, onde hoje é o estado do Amazonas. Desenvolvido pelo carnavalesco Fábio Ricardo, "Ykamiabas" faz uma viagem, pontuada por momentos surrealistas, ao reino e rituais das amazonas.

- As Ykamiabas são conhecidas nas lendas, mas a história dessas amazonas é vasta, começa dez mil anos antes de Cristo. Através da passagem pelo Estreito de Bering, com as miracemas que entram pela América do Norte, elas formam clãs das Ykamiabas no Vale Amazônico, sempre com o ritual lunar - explica Fábio, que trabalhou com Joãosinho Trinta na Viradouro entre 1995 e 1998 e Max Lopes, na Mangueira.

Inspirado pelo livro "Ykamiabas - Filhas da Lua, Mulheres da Terra", o artista, que assina o seu terceiro trabalho solo na agremiação da borboleta, conta que precisou abusar da criatividade para fugir da linha tradicional que os enredos de temática indígena propõe. Por isso, em alguns momentos, percebe-se o toque do carnavalesco tanto nas alegorias como nas fantasias, fugindo do tradicional.

- Quando comecei a estudar a histórias das Ykamiabas, vi que não era uma lenda amazônica. Quando li o livro de antropologia da Regina Melo, "Ykamiabas - Filhas da Lua, Mulheres da Terra", pensei: 'Esse vai ser o enredo'. Foi uma grande descoberta. E foi bom porque pude aproveitar muitas coisas que tinha no barracão. A necessidade do início virou um prazer. Usei a criatividade para concretizar esse carnaval. Estamos como o enredo das Ykamiabas: lutando, sendo forte. Espero que dê tudo certo na Avenida. Estou pedindo a Papai do Céu para me ajudar. Ano passado deu tudo certo, chorei pela primeira vez na Sapucaí - relembrou.

Com uma ala dedicada ao povo que vive nas margens do Rio Nhanundá, no Amazonas, a população local tomou conhecimento do tema da Rocinha e entrou em contato com o carnavalesco para agradecer a lembrança, como conta, orgulhoso, Fábio Ricardo:

- O pessoal de Nhamundá me ligou. Ficaram felizes com o enredo, já que a Rocinha será a primeira escola a citá-los com mais profundidade, com direito a uma ala dedicada a eles, a ala de passo marcado no quarto setor.

Confira como será o desfile da Rocinha:

Comissão de frente: "10.000 a.C" - Representa os dez mil anos a.C do surgimento das Ykamiabas, citando ainda o ritual lunar;

Primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira: "Glaciários";

Baianas: "Miracema" - Representa a imigração das Ykamiabas desde a América do Norte, passando pela América Central até chegar à América do Sul, no Vale Amazônico. A fantasia terá desenhos de outras civilizações;

Primeiro setor: "Aurora de uma Nação" - É composto pelas alas "Guardiões Glaciários" e "Karaíbas";

Abre-alas: "El Dourado Ykamiabas" - É um apanhado de todas as regiões da América, com as Ykamiabas sobrevoando as Américas em cima de borboletas gigantes;

Segundo setor: "Formação do Reino das Ykamiabas" - No Vale Amazônico, as Ykamiabas se misturam com outros povos da região, como os "Povos Aruak" e "Guacará", representados em fantasias neste setor. No reino, as guerreiras conhecem a "Festa do Jurupari" e os segredos da Amazônia. Dentro do Vale elas têm uma visão fantástica, de lendas, surrealista;

Segundo carro: "O Reino das Pedras Verdes" - Mostra uma visão surrealista do Vale Amazônico, fugindo das características que já vimos em outros carnavais;

Terceiro setor: "O Ritual Lunar" - Dedicado à pedra Muiraquitã, do ritual lunar e do culto sagrado de extrema importância para as Ykamiabas. A ala "Quevéis" representa os homens, que só servem para procriar. Ainda neste setor haverá uma ala de passo marcado, "Caiporas", os "Seres Noturnos" e a "Festa da Vitória";

Terceiro carro: "Sagrada Lua Nova" - Ainda abordando o ritual lunar, o carnavalesco fecha esta fase do desfile com uma alegoria inspirada no culto sagrado pregado pelas amazonas;  

Quarto setor: "Amazonas de Orellana" - Retrata a visão do espanhol Orellana, de um grande inferno verde vivido por seus conterrâneos nos vales e no Rio Nhamundá, região onde vive as Ykamiabas. O setor tem roupas com visuais de guerreiras amazonas com cocar de indígena. O Rio Nhamundá será representado por uma ala de passo marcado;

Bateria: "Espanhóis" - Doentes em um lugar desconhecido e sob um feroz ataque, os espanhóis começaram a ter delírios e visões surrealistas das Ykamiabas;

Passistas: "Confronto" - As passistas femininas serão índias amazonas e os masculinos estarão vestidos de espanhóis, com chifres e rabos, em alusão ao Diabo, no confronto com as amazonas;

Quarto carro: "Náufragos" - É a continuação da ideia de que os espanhóis tiveram uma péssima experiência no Vale Amazônico após adoecerem e serem atacados, quando tiveram visões surrealistas das guerreiras amazonas;

Quinto setor: "A Ordem das Ykamiabás" - Representa a herança deixada pelas Ykamiabas: de luta, conquista e proteção à vida, cultura e natureza. Neste setor também é abordada a visão dos índios de atualmente com elementos fundamentais para a vida, citados nas alas "Índio Terra", "Índio Água", "Índio Fogo" e "Índio Ar";

Velha-guarda: "A Sabedoria";

Quinto carro: "Mulheres da Terra" - O carro é dedicado à cultura amazôna, homenageando o show de Parintins, nas cores azul e vermelho. A alegoria traz ainda esculturas de todos os Muiraquitãs das Ykamiabas.


Veja mais sobre:Grupo de Acesso A

Comentários
  • Avatar
    12/02/2010 03:07:04Aparecida das ChagasMembro SRZD desde 20/04/2009

    FABIO Ã? TALENTO PURO CHEGOU TUA HORA MENINO SUCESSO

  • Avatar
    12/02/2010 00:04:33LucílioMembro SRZD desde 25/10/2009

    Quando um profissional se atém aos princípios da ética do jornalismo e se atêm em apenas apresentar os fatos, dá nisso: Um texto informativo e correto. Se o repórter Ramiro Costa fizesse o que Isaac Ismar fez um texto sem INDUZIR A OPINIÃ?O PÃ?BLICA e ainda sem depreciar alguma agremiação, todos sairiam ganhando. Agora Se compararmos a introdução no mínimo vergonhosa que o suposto repórter fez para a matéria do Império da Tijuca, todos entenderão. Desejo muito que site C A R N A V A L E S C O não decaia de nível e prime pela qualidade de suas reportágens. Ao inves de apagar comentários, ou melhor manifestos, corretamente embasados. Como leitor, exijo e mereço R E S P E I T O!!!!!! Quanto a Rocinha desejo muito sucesso. Competente, todos sabemos que vocês são, e temos a certeza de que virá um excelente espetáculo!!!!

  • Avatar
    11/02/2010 16:29:16JULIO CESARMembro SRZD desde 11/02/2010

    Esse Fábio Ricardo é uma promessa, muito talentoso !!!!

  • Avatar
    11/02/2010 15:44:01[email protected]@vio2010Membro SRZD desde 10/01/2010

    ATENÃ?Ã?O!!!!!!!!! VENDO URGENTE ( 01 ) INGRESSO CADEIRA DE PISTA SETOR 6 PARA DESFILE DE SEGUNDA-FEIRA..VENDO PELO PREÃ?O COMPRADO! MOTIVO VU DESFILAR.. FV. ENTRAR EM CONTATO POR EMAIL [email protected]

  • Avatar
    11/02/2010 14:34:17Paulo Roberto da SilvaMembro SRZD desde 08/02/2010

    Cara venho aqui para dizer q ontem foii o Dia q a Academicos me fez se arrepiar do Pé a Cabeça, ontem foii nosso último esaio técnico na Orla de São Conrado a Comunidade da Rocinha estava Linda ! tds cantado tds muito animados Harmonia da escola tava ótima ! esse samba já contagio nossa a todos da Comunida eu não vivo na Rocinha mais moro bem perto em São Conrado i essa escola faz meu coração bater meu sangue pulsar na veia ! vamos Rocinha mostra pra tds ! quem nós somos de verdade ;D

  • Avatar
    11/02/2010 14:31:59Cláudio BordalloMembro SRZD desde 27/01/2010

    Estão falando muito sobre a beleza plástica da Acadêmicos, como se a Rocinha se resumisse a apenas isto. Não é verdade. A Rocinha tem comunidade. São 2.000.000 de habitantes naquela favela, não é crível se imaginar que não consigam umas 4.500 pessoas ligadas ao samba ali. Só a população da favela cobre todo o contingente de todas as agremiações do grupo especial do Rio. E a comunidade de lá abraça a escola. No fundo, temem a Rocinha e o Maurício, e ficam inventando esses "dogmas e teorias" para desprestigiar o poderio da escola. Ninguém falou da bateria, por exemplo, e foi uma das melhores baterias (talvez a melhor do grupo, sem qualquer desrespeito as demais escolas) que passou no ensaio técnico. Prova que a comunidade trabalhou para tal.

  • Avatar
    11/02/2010 13:04:17Riquinho da ViradouroMembro SRZD desde 07/04/2009

    Acho que será um desfile muito bom de se ver, meus olhos agradecerão. O Fabinho é um ótimo carnavalesco, é muito criativo e sabe lidar muito bem com as cores. O que pesa de verdade na Rocinha, são os inúmeros problemas de harmonia e na organização do desfile. Ã? uma escola que apesar de sempre passar bonita, os componentes passam frios e praticamente mudos pela avenida. A cada ano é um problema diferente. Espero que esse carnaval seja diferente!

  • Avatar
    11/02/2010 11:34:20Evandro Souza WahidMembro SRZD desde 04/10/2009

    O JACAREZINHO APRESENTOU PARA 2010 UM ENREDO MUITO INTERESSANTE. VISITEI O BARRACAO DA ESCOLA E A CONCEPÃ?AO PLÁSTICA DO ENREDO NÃ?O DEIXA A DESEJAR. EXCELENTE. O GRUPO DE ACESSO ESTÁ MUITO EQUILIBRADO ESSE ANO. IMPÃ?RIO SERRANO, IMPÃ?RIO DA TIJUCA, RENASCER DE JACAREPAGUÁ E ESTÁCIO DE SÁ TAMBÃ?M ESTÃ?O NA DISPUTA. MAS PILARES PODE SURPREENDER. VAMOS VER O DESFILE E AGUARDAR OS RESULTADOS. UM ABRAÃ?O A TODOS. EVANDRO WAHID

  • Avatar
    11/02/2010 04:03:02anderso ribeiroMembro SRZD desde 11/02/2010

    este ano vai ser diferente ,hoje mesmo fizemos nosso ultimo ensaio de rua ,foi tudo muito bom canto harmonia evoluçao,quero ver so o resultado na terça feira vamos com toda vontade do mundo....podem falar o q quiser nao tem vaga no especial ,tem muito dinheiro ,o samba nao e bom nao tem chao podem falar o q quiser, mais e melhor olhar o proprio rabo e deixar o dos outros em paz.....

  • Avatar
    10/02/2010 22:49:26Brazilian CarnivalMembro SRZD desde 20/04/2009

    Rocinha tem carnavalesco, $$$$ e intérprete, só não tem comunidade. pois se tivesse com certeza já estaria no Especial há muito tempo.

  • Avatar
    10/02/2010 22:36:44Chico da PortelaMembro SRZD desde 27/07/2009

    Plástica sempre elogiada (embora nem disso eu goste na escola, acho tudo pouco carnavalizado), muita riqueza... Pouco samba no pé, sambas ruins, desfiles gélidos. Não tem vaga no especial, muito menos em um grupo de apenas 12 escolas. Quem tem que estar no especial é Estácio, é Império.

  • Avatar
    10/02/2010 21:58:58Fernando LopesMembro SRZD desde 14/04/2009

    Só espero q não aconteça o q vem acontecendo nos últimos anos..

  • Avatar
    10/02/2010 21:13:52Armando PauloMembro SRZD desde 16/10/2009

    Quase tudo na Rocinha é muito bom:carnavalesco,enredo,alegorias e fantasias.Mas infelizmente,o diretor de carnaval é horroroso e a comunidade detesta samba,na escola só tem gringo desfilando.Se fosse Escola de Forró a Rocinha seria imbatível.

  • Avatar
    10/02/2010 21:09:48Paulo SantosMembro SRZD desde 07/04/2009

    Lembrem do postei aqui quando esse enredo foi julgado de pobre e reprise da mesmice. Postado: 2009-07-29 23:59:20 Volto a postar mais esse comentario reinterando aos que acreditam na diferença do Fabinho carnavalesco, que não tenham duvidas, com certeza será um belo desfile, a Rocinha nos últimos anos tem feito os melhores desfiles do grupo A. Vendo a qualidade, inovação, criatividade e acima de tudo o esforço que presidente Mauricio Mattos tem feito para apresentar os melhores desfiles. Vamos aguardar, acredito q será um espetáculo ao nível. Sorte grande borboleta. As co irmas espero q tambem encontrem suas opções para solucionar suas crises, no momento todas estão em dificuldade, nunca ficamos sabendo quanto custa examente um desfile, mais com certeza não é pouco dinheiro.

  • Avatar
    10/02/2010 21:07:49Getúlio VargasMembro SRZD desde 24/10/2009

    Rocinha só perde para ela mesma... Cabe a comunidade ganhar este carnaval!!!!!

Comentar