SRZD


15/04/2010 20h52

Melhor juiz na Copa de 90, Wright considera arbitragem na África razoável
Paula Martini

Melhor juiz na Copa de 90, Wright considera arbitragem na África razoável. Foto: DivulgaçãoTão importante quanto os jogadores que entram em campo e fazem o espetáculo, o árbitro também tem influência direta no desenrolar de uma partida de futebol.

Quando o jogo é em uma Copa do Mundo a responsabilidade é ainda maior. O Brasil sempre foi muito bem representado dentro das quatro linhas, seja com a seleção ou com os homens do apito. Considerado o melhor árbitro da Copa do Mundo de 1990, na Itália, José Roberto Wright confessou ao SRZD que torce para que Simon, representante brasileiro na África do Sul, tenha sucesso e dê continuidade ao trabalho que começou lá em 1930, com Almeida Rego, no primeiro Mundial, disputado no Uruguai.

"É uma honra ser escolhido representante do país, principalmente porque outros árbitros já tinham feito o trabalho tão bem feito anteriormente. Torço para que o Simon dê certo, pois nas duas Copas anteriores ele não foi bem. Foi regular na de 2006 e espero que ele tenha oportunidade de crescer e se destacar no mundial".

Com a maioria dos jogadores da seleção atuando na Europa, Wright acredita que o Brasil não terá maiores problemas com os árbitros durante a competição. No entanto, ele avisou que é preciso ficar ligado, principalmente no desempenho dos juízes sul-americanos.

"O nível da arbitragem para a Copa do Mundo da África está razoável na Europa e de razoável para ruim na América Latina. Durante a competição tem que ficar ligado nas atuações, sobretudo na do argentino Héctor Baldassi".

Com tantos clássicos e jogos importantes no currículo, o ex-árbitro cita a partida da semifinal entre Inglaterra e Alemanha, válida pela Copa de 90, como inesquecível na carreira. Já como torcedor, Wright lembra com carinho de 94, nos Estados Unidos, quando o Brasil voltou a conquistar um título mundial, após 14 anos de espera. O atual comentarista espera que o gesto, famoso com Carlos Alberto Torres, em 70, Dunga, em 94, e Cafu, em 2002, se repita em 2010 com o capitão Lúcio.

"Estou confiante com a seleção brasileira. Acho que tem tudo para dar certo este ano. O Dunga conseguiu fazer a seleção jogar de forma certinha, mas tudo vai depender de como os jogadores que atuam fora do Brasil chegarão fisicamente, pois estão em final de temporada".


Comentários
  • Avatar
    16/04/2010 09:35:12Reinaldo CesarMembro SRZD desde 23/05/2010

    Ele tem razão, pois esse árbitro argentino apitou a final da Libertadores 2008 (Flu x LDU) e ROUBOU o Fluminense ao não dar dois penaltis clamorosos (um em cima do Washington e outro em Thiago Neves), o que certamente o jogo teria um outro desfecho... Cuidado com esse juiz ladrão!!!!!

  • Avatar
    15/04/2010 23:03:08CLAUDIOAnônimo

    ESSE WRIGHT, SEMPRE FOI UM LADRÃ?O E Ã? SEMPRE A FAVOR DO FLAMENGO EM TODOS OS JOGOS(MESMO SE DIZENDO TRICOLOR), SÃ? FALA BESTEIRA, Ã? UM FRACASSADO, ACHA QUE NUNCA ERRA, QUE Ã? O CARA. HOJE EU MUDO DE CANAL SÃ? PRA NÃ?O OUVIR SUAS BESTEIRAS E AGORA TER QUE LER AS BESTEIRAS DELES NUM SITE TÃ?O SÃ?RIO COMO ESSE? FORA WRIGHT, VAI PRA UM ASILO QUE LÁ Ã? TEU LUGAR!!!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.