SRZD


28/04/2010 18h25

Chegou pra ficar?
Anderson Baltar

Há muito sem escrever nesse espaço, poderia falar sobre muitos assuntos. O principal, sem dúvida, a vitória merecida, incontestável e redentora da Unidos da Tijuca. Um resultado comemorado por toda a cidade de uma forma como eu só havia visto em 1988, quando a Vila foi campeã com "Kizomba" e ninguém ousou contestar. Também caberia louvar a heróica permanência da Ilha e o carnaval animado e surpreendente da Grande Rio. Valeria repercutir o irreconhecível desfile portelense e a inacreditável decadência da Viradouro.

Poderia também falar mais detidamente do julgamento da Liesa, que, salvo poucas exceções (a posição exageradamente ruim da Ilha e a benevolência com a Portela), refletiu a realidade do que vimos na Sapucaí. As justificativas, divulgadas recentemente, mostraram um bom número de jurados com uma preocupação maior em analisar o desfile tecnicamente, mesmo que ainda lhe faltem parâmetros para aplicar as penalizações corretamente. Eu já abordei este tema em uma coluna do ano passado e acho que não custa retornar ao assunto em uma próxima ocasião - isto merece uma discussão mais aprofundada.

Porém, o que mais me preocupa após o fim do carnaval 2010 é o processo de fortalecimento de uma entidade que, em pouco tempo de existência, já tem um legado de erros que, pela lógica dos fatos, a credenciaria ao desaparecimento sumário. Sim, falo da Lesga. Em dois anos, a entidade já conseguiu proezas como a de virar a mesa, não deixando duas escolas serem rebaixadas. Além disso, majorou os ingressos das frisas em 60% e promoveu o julgamento mais bizarro da história do carnaval, em que favoritas foram jogadas para a parte de baixo da tabela. Não discuto a vitória da São Clemente. Inclusive, referendei a escolha dela como a melhor do grupo para o prêmio Estrela do Carnaval, oferecido por este portal. No entanto, achei um exagero completo o triunfo com notas 10 de ponta a ponta em um carnaval marcado pelo equilíbrio e nivelado por baixo.

Um julgamento ruim avilta o que o carnaval mais precisa: credibilidade. Por conta de outros resultados esquisitos, a Associação das Escolas de Samba viu a sua se perder ao longo dos anos. Porém, no carnaval 2010 o Grupo Rio de Janeiro 1 (ou Grupo B) teve o julgamento mais coerente de todos os tempos. Quem tinha que ficar na ponta de cima, lá estava. O mesmo pode-se dizer das escolas rebaixadas. O corpo de jurados, montado pela Prefeitura e repleto de nomes de destaque no mundo do samba, fez um trabalho correto e justo. Tudo levava a crer que teríamos dias melhores no desfile de terça.

Ledo engano. As escolas deste grupo romperam com a Associação e foram, de braços abertos, para a Lesga, que, agora tem a administração dos grupos de acesso que desfilam na Sapucaí. Um estranho prêmio para quem ainda não disse a que veio e nos legou resultados duvidosos e regulamentos rasgados, sem falar na elitização do público do desfile mais popular e despojado do carnaval carioca.

Para 2011, a Lesga sinaliza, dentre outras medidas, com o fim da obrigatoriedade das alas de crianças e do número mínimo de baianas. Mais dois erros, que agridem a tradição do desfile das escolas de samba e, ao mesmo tempo, inviabilizam a renovação de componentes nas agremiações. Este é mais um capítulo do processo de descaracterização das escolas de samba dos grupos de acesso, que normalmente, são depositárias da melhores tradições do carnaval carioca, em algumas vezes esquecidas pelo multimilionário espetáculo do Grupo Especial. E também, não custa lembrar, celeiro de tantos novos talentos que hoje brilham na avenida. O que esperar de uma entidade que não valoriza as matriarcas do samba e não incentiva o surgimento de jovens foliões?

A Lesga diz que chegou para ficar. Tudo indica que sim. Mas, um pouco mais de bom senso seria bem recomendável.


Comentários
  • Avatar
    05/05/2010 17:42:29GLORIOSOMembro SRZD desde 12/04/2009

    Caro brother Anderson Baltar,parabéns pela matéria,mas discórdo apenas no tocante a comparação "Kizomba" da Vila e o "é segredo"da Unidos da Tijuca,pois se puxar-mos a mente o desfile da Vila,o recordaremos como um todo,já o da Tijuca,com todo o respeito,sem pretenções de desmerecimento ao título dessa simpática e guerreira escola,sinceramente só vem a mente das pessoas,o espetáculo da comissão de frente,não falam mais nada. Quanto a não obrigatoriedade da ala das crianças e ao número de baianas,vejo que nestes casos,a Lesga tenta sanar um dos grandes problemas que as escolas do grupo enfrentam,pois muitas encontram dificuldades em completar o atual número exegido,originando perdas de pontos,sem a obrigatoriedade quanto a quantidade,as escolas terão uma preocupação a menos.Embora eu seja contra a Lesga,onde não vejo bôa intensão,acho que neste caso,estão ajudando as escolas,assim entendí. Um abraço aí do Glorioso.

  • Avatar
    02/05/2010 09:30:02WILLIAMMembro SRZD desde 03/02/2010

    Aprovei o comentário muito bom,se por um lado é verdade que os julgamento das escolas a cada ano vem se tornando mais justo,também é verdade que o nível dos jurados é baixissímo!!! Ã? um absurdo as justificativas dos jurados terem erros de Português tão graves!!! A Liesa tem que fazer um teste de Redação e Língua Portuguesa com estes jurados, e quem não passa no teste cai fora!!! Já cansou estes jurados com pouco nível intelectual,ou seja BURR..(Coloquei a palavra pela metade, pois pra bom entendedor meia palavra basta!!!)

  • Avatar
    30/04/2010 21:46:17DengoMembro SRZD desde 08/04/2009

    A exemplo do primeiro comentário do L. C. Magalhães, este me parece mais uma unanimidade neste site. Resta agora, as auroridades de cultura, tomarem providências. As cartas estão na mesa.

  • Avatar
    30/04/2010 14:15:22MelissaMembro SRZD desde 30/04/2010

    Coerente a publicação, com o relevante fato de que o campeonato da Tijuca não chegou nem perto do sentimento incontestável e unânime do carnaval da Vila, com Kizomba. Unanimidade por sinal que o Paulo Barros não tem apesar da sua maravilhosa performance teatral e do efeito de sucesso da mágica comissão de frente, sua obra sempre é questionada como um todo. Quanto a Lesga, veio pra ficar é muito definitivo, não tem a força da LIGA para se manter fazendo besteira. Já tirou o esquenta, as baianas e as crianças, vamos ver onde isto vai dar. Abraço e parabéns pela coluna.

  • Avatar
    30/04/2010 08:44:17Clebson PratesMembro SRZD desde 02/03/2010

    O q resta eh rezarmos!

  • Avatar
    30/04/2010 08:21:12Helio Giraldo JuniorMembro SRZD desde 09/04/2009

    Anderson "Baltazar das Arábias", Meu amigo.......sempre coerente, sempre verdadeiros....mais uma vez vc confirma..."VOCÃ? Ã? O CARA!!!!!".... Mas uma coisa temos que nunca esquecer, como era complicados os desfiles e resultados na Associação nos carnavais passados!!!!! Ter saído das mãos da Associação o Grupo de Acesso "A" e agora o Acesso "B", foi um aprendizado muito bom para os dirigentes da Associação, não foi??????? Aquela certeza de impunidade escorreu pelas mãos deles!!!! Que a LESGA aprenda com os erros anteriores da Associação e não façam o mesmo!!! Abraços

  • Avatar
    29/04/2010 19:56:01Luis Carlos Magalhães de Souza RibeiroMembro SRZD desde 26/06/2009

    Também quero assinar.

  • Avatar
    29/04/2010 16:00:18DillyMembro SRZD desde 24/04/2009

    Baltar, essa sua materia e de uma coerencia impar!!! Parabens!!!

  • Avatar
    29/04/2010 15:52:32RaphaelMembro SRZD desde 07/04/2009

    Olha, essa foi a melhor reportagem que li no srzd !

  • Avatar
    29/04/2010 15:27:52D. JuniorMembro SRZD desde 07/05/2009

    Não tenho nada mais a acrescentar, parabéns pelas verdades escritas.

  • Avatar
    29/04/2010 12:53:24Sara CoutinhoMembro SRZD desde 29/04/2010

    Realmente, tenho que concordar em gênero, número e gráu com o texto! Depois do assalto a mão armada a Cubango, que culminou naquela baixaria no dia da apuração, além de as escolas só tomarem conhecimento com 48 hs de antecedência do desfile quem seriam os jurados (isso é uma afronta), agora disparam com esta sandice de tirar obrigatoriedades (Crianças) e quantidade mínima de baianas! Como que estas Agremiações se adequarão no futuro ao Grupo Especial? Por que não é a LIESA que tem que se adequar, e sim a LESGA! Que saudade da Associação! Depois de anos com a avenida no sábadop lotada, este ano foi um fiasco! Há muito tempo não vejo um desfile de sábado tão fraco de público! Espero que alguém intervenha. Alguém em sã consciência! Fico com o Eugênio Leal: Onde eu assino?

  • Avatar
    29/04/2010 12:41:07Marina MendesMembro SRZD desde 08/04/2009

    Perfeito! Parabéns pelo belissimo texto.

  • Avatar
    29/04/2010 12:28:08LUIZ ANTONIOMembro SRZD desde 13/05/2009

    Baltar, tenho pouco tempo no carnava, e preocupado em me aperfeiçoar para etentar entrar nesse rstrito mercado de carnavalescos. Freqüento quase todos os eventos da LIESA e os oficiais, sem falar no roteiro de escolas. Como Antro´pologo e analisando toda a relação de poder inerente ao carnaval, sempre que assuntos como esses vêm à tona, minha resposta é a mesm: a culpa é da LIESA! O grupo de senhores distintos nunca se preocupou em se fortalecer enquanto órgão de representação e querem apenas estar bem com a Globo e com a prefeitura...O resultado é esse: aonde não existe a liderança efetiva, surgem os oportunistas. Desde o comentário dos desfiles na televisão à organização das sequencias de acesso, a LIESA deveria se conscientizar de que representa o samba que é visto e vendido para todo mundo. Ã? o ápice de um espetáculo cultural genuinamente brasileiro e o samba merece respeito! Bastava è LIESA entender isso e todo o resto seria fruto da seriedade...

  • Avatar
    29/04/2010 12:18:15Eugênio LealMembro SRZD desde 08/04/2009

    Onde eu assino? Ã? aqui mesmo: Eugênio Leal

  • Avatar
    29/04/2010 11:34:41Julinho di OjuaraMembro SRZD desde 13/04/2009

    Ã? BALTAR ESSE VINHO JÁ NASCEU VINAGRE, ATÃ? HOJE NÃ?O CONSIGO ENTENDER O QUE FAZ DEZENAS DE "DIRIGENTES" ACREDITAREM QUE A LESGA Ã? A SAÍDA. EMBORA ALGUMAS PESSOAS ENXERGUEM UMA LUZ NO FIM DO TÃ?NEL, EU ACHO QUE O TÃ?NEL DA LESGA Ã? SEM SAÍDA. SINCERAMENTE NÃ?O SEI O QUE SE PODE FAZER PARA SALVAR OS GRUPOS DE ACESSO, QUE COMO QUALQUER INFERMO, VINHA DANDO UMA MELHORADA MAS PARECE QUE ESTÁ Ã? PRÃ?XIMO DO FIM. LAMENTÁVEL.

Comentar