SRZD


Hélio Ricardo Rainho

srzd/upload/5/4/54729F73BA3DC01A8FF6E363C50AA58225C1A667.gifBlogueiro do SRZD Carnaval e Futebolhttp://www.orkut.comhttp://www.facebook.comhttp://www.twitter.com

Comentários desse usuário

Noticia: Vídeo: análise dos passistas da Rocinha, Alegria e Vila no ensaio técnico
Postado: 2015-12-23 12:17:02
Uma errata: o diretor Pedro Telles não foi uma indicação de Giliard Pinheiro para a Acadêmicos da Rocinha. Pedro foi passista de Giliard na Porto da Pedra, mas a atividade de Pedro na Rocinha independeu dessa indicação.

Noticia: Enredos e estranhas homenagens
Postado: 2015-11-06 01:30:11
Prezado Rafael, antes de mais nada agradeço a sua e a participação de todos os demais leitores interagindo e engrandecendo o debate. Muito obrigado a todos. Quanto à sua argumentação, discordo sob pontos de vista muito claros. Primeiro: não crucifiquei ninguém. Segundo, terceirizar a culpa das escolas de samba dizendo que a culpa é da gestão é um contrasenso: de quem é a gestão das escolas de samba??? Do Rock in Rio?!?! Dos rodeios?!?! De Parintins?!?! Dos trios elétricos da Bahia?!?! Não: de GESTORES DO PRÓPRIO SAMBA! Não há estrangeiros nem colonizadores na Liga: a cúpula do samba elege e governa tudo! Estão fazendo o que querem do jeito que querem! Agora, sobre essa "carência financeira", vamos lá: 1) Império Serrano, gigante rebaixado, lutando com todas as forças e carências para mostrar um enredo sobre sua essência; 2) Tradição no último patamar, quase ao relento, defendendo Clementina de Jesus; 3) Viradouro sem patrocínio e com muita luta defendendo um enredo grandioso e cultural; 4) Vila Isabel com um enredo político patrocinado perfeitamente adaptado e contextualizado para se tornar cultural sem ficar banal. E aí?! Com ou sem patrocínio, se essas podem, quem não fez assim não fez porque não quis. Pra mim está muito clara a distinção.

Noticia: Série A: blogueiro do SRZD analisa enredos e fundamenta suas opiniões
Postado: 2015-08-27 20:45:28
Querido Fabiano, agradeço sua consideração e faço um esclarecimento: a paixão existe e sempre existirá. Deixo, porém, muito claro: o dia em que ela intervir em meu trabalho, eu saio do site como comentarista e fico apenas como leitor. Minha admiração pelo enredo do Império ficou suficientemente clara: a Ã?NICA da Sapucaí que homenageou um grande nome do samba. Nem a sua Viradouro nem a minha Portela fizeram isso...eheheh, e eu não beneficiaria nenhuma escola por paixão. Aliás, você verá que, apesar de ser portelense desde menino, eu não considerei o enredo da Portela o melhor do Grupo Especial. Se bem que também não tive medo de elogiar e destacar seus méritos pra não parecer "tendencioso". Tive o cuidado de fundamentar minhas críticas com detalhadas explanações. Amo, sim, o Império! Mas minha luta pela escola não interferiu no elogio: foi por mérito, em minha modesta opinião. No mais, as justificativas estão todas no próprio vídeo. Abraços, seja bem-vindo e obrigado pela interação.

Noticia: Série A: blogueiro do SRZD analisa enredos e fundamenta suas opiniões
Postado: 2015-08-27 18:52:38
Agradeço ao site pela errata e peço desculpas aos leitores, aos dois carnavalescos e principalmente às duas escolas de samba pela troca dos nomes. Graças a Deus ainda existe a porção humana do comentarista, que é passível de falha e também da devida humildade e do devido respeito a todos. Meu carinho e meu muito obrigado.

Noticia: Tango de Carrapicho
Postado: 2015-07-09 11:11:31
Flamenguista tem que se enfiar no buraco mesmo! Adotar um supositório de Halls e curtir um refresh! Tomou piaba direto da gente, foi eliminado do estadual e perdeu o título pra um time desses! A bravata do charuteiro era só pra vocês! Estão debaixo dos nossos pés pra falarem qualquer coisa! Eurico tira onda é com vocês. Caladinho aí que sofre menos...

Noticia: Enredo vendido e bem pago!
Postado: 2015-05-17 22:18:28
Oi, gente, estou de olho aqui nos comentários e no carinho de todos! Ã? uma dura estrada essa de se preservar as raízes e militar em favor do samba. Não vivo de passado, penso muito no samba futuro e, se hoje não mantivermos a conexão com a história, nada teremos a preservar. Que bom que todos estamos refletindo sobre isso. Claudia, a Unidos de Padre Miguel é, a meu ver, o grande fenômeno de escola de samba ocorrido recentemente no carnaval. Estou de olho nela, e no trabalho do Edson, pois vejo ali um desses casos em que o carnavalesco personaliza a escola e a faz ascender com propriedade. De olho neles há um bom tempo...já, já eu fecho um ciclo de interpretação mais concisa desse meu estudo, publicarei algo mais extenso, chegando até a pérola que é o enredo deste ano.

Noticia: Enredo vendido e bem pago!
Postado: 2015-05-07 23:01:35
Obrigado a todos pela interatividade. Na verdade, vejo que o agravante da situação é um pequeno grupo de poderosos arregimentar uma comercialização que, em vez de fortalecer o espetáculo, o esvazia de sentido para encorpá-lo em tamanho. Não sou contra o patrocínio, o mecenato. Sou contra a força impositiva de temas pagos. Não posso, por exemplo, disponibilizar um desfile de escola de samba para uma pessoa física que pague por isso! Não posso botar uma agremiação sob aluguel: alguém paga e ela fala sobre! O princípio de homenagear, destacar, promover vem sendo violado por essa nova "doença" dos enredos alugados a pessoas. Nao acho que isso vá mudar. Mas é importante refletir a respeito. A mídia está calada, a imprensa está calada. As pessoas comentam no boteco mas não são visibilidade a essa distorção não veículos. Tenho buscado esse outro caminho par abrir as reflexões.

Noticia: Enredo vendido e bem pago!
Postado: 2015-05-07 19:52:12
Eheheh...caro Joao, não vai ferir a minha masculinidade a comparação. A indignação dela era a mesma que a minha. E a de muitos, espero, diante desse panorama doentio em que estamos. Abraços!

Noticia: Isto aqui é Vasco! O respeito voltou!
Postado: 2015-04-20 23:12:30
OPa, Marcelo! Então vamos de paz e amizade! Futebol esquenta as têmporas, a gente ouve muita coisa durante tantos anos e resolve devolver o discurso. Mas isso passa! A realidade tá dura pra todo mundo, o Brasil de todas as torcidas tá passando por um sufoco e a gente tem mais é que se unir pra sobreviver! Um grande abraço, fique à vontade pra ler os textos por aqui...viva a cordialidade!!! :-)

Noticia: Isto aqui é Vasco! O respeito voltou!
Postado: 2015-04-20 13:41:58
Louvação a Eurico Miranda??? Homem ilibado??? Aponte a parte do texto em que isso está escrito!!! Ficou louco! Rsrsrs. Calma, gente, vamos esfriar a cabeça e engolir a derrota com dignidade! Que tal telefonar pro ex-goleiro Felipe e chamá-lo para um cafezinho filosófico??? Moralismo barato e oportunista. Que pena...também acho masoquismo ler colunista vascaíno sendo rubro-negro no dia seguinte de uma derrota com eliminação. Adeus! Aqui não tem lugar pra chororô!!!

Noticia: Enredo e Alegoria pra quê?
Postado: 2015-04-19 13:53:34
Prezado Tedy, obrigado pela interação. Acho importante, e até já propus ao SRZD um evento onde pudesse ter um almoço com leitores para debater assuntos correntes nas críticas. Você certamente seria um dos convidados. Entendo que o texto da coluna deve expressar em definitivo as ideias do autor, deixando o espaço de comentários para quem lê. Só me manifesto quando, por alguma razão, considero que alguém sentiu-se prejudicado ou atacado pelo que foi dito. Reitero aqui que minhas palavras são contundentes e cirúrgicas porque precisamos que alguém fustigue essas coisas além da curva. Até aqui, a postura crítica tem sido muito passiva: sentar numa cadeira, olhar um trabalho de ano inteiro e dizer : "feio, "bonito", "gato", "sapato". Tive inúmeras manifestações de pesquisadores, de negros e de pessoas ligadas a religiosidade afro que me abraçaram e saudaram pela postura de falar como falei. Você citou enredos que engrandecem o negro, segundo sua leitura. Continuo me ressentindo de enredos que mostrem o negro como cientista ou como construtor do Brasil. Não tem! Raras pinceladas, mas acaba tudo no misticismo. E plasticamente um jurado NUNCA poderia justificar como "não criativo" uma inovação estética e depois dar nota 10 em algo que já se viu da mesma forma, feito com o mesmo material, provocando o mesmo efeito na avenida. Ã? bom esta reflexão. Ontem fui saudado na feijoada do Império Serrano por esta coluna. Mas ela também precisa desagradar e confrontar padrões para que, enfim, prevaleça a reflexão, nunca a verdade absoluta. Obrigado, Tedy. Abraço sincero!

Noticia: Enredo e Alegoria pra quê?
Postado: 2015-04-18 00:36:00
Senhor Teddy, meu texto foi escrito com as minhas palavras. E com isenção. Não distorça as minhas palavras de você não as entendeu. Eu não "alfinetei" os enredos afro, eu fiz a minha ponderação de que existe uma realidade muito mais profunda e ainda não explorada que, lamentavelmente, nunca é abordada. Porque os jurados preferem enaltecer "mais do mesmo". Um desfile glorioso como a Kizomba da Vila em 88 - que era afro - hoje não ganharia carnaval. Não ganharia mesmo! Diriam que a escola "estava pobre". Estou mentindo?! Foi o que vimos, por exemplo, quando a reedição da Aquarela Brasileira imperiana perdeu o carnaval. E reservo-me o direito, como crítico e como amante dos desfiles, de admirar o trabalho do Paulo Barros. Que, a meu ver, fez um belo trabalho na Mocidade este ano, sim. E não há de ser a colocação que vai me convencer do contrário...vide Rosa Magalhães na São Clemente, um espetáculo que ficou em oitavo lugar. Que a discussão não distorça o texto, por gentileza.

Noticia: Enredo e Alegoria pra quê?
Postado: 2015-04-17 23:49:06
Caro Edson, tenho imenso respeito por todas as escolas de samba independente do grupo em que desfilam. Este site, inclusive, tem feito uma cobertura ostensiva da Intendente e até premiamos escolas de lá este ano. Meu texto, no entanto, não é discriminatório por ter centrado seu olhar sobre os desfiles da Marquês de Sapucaí. Inegavelmente a Sapucaí - cantada, inclusive em inúmeros versos de sambas inesquecíveis - é o grande palco e a grande tela dos desfiles de escola de samba. Como profissional, é lá que atuo e sobre lá fiz as minhas observações, tendo em vista que as escolas de samba mais poderosas da história também desfilam lá. Meu texto se refere ao espetáculo, não só carnaval. O carnaval da Intendente é um carnaval aberto, de rua. A Sapucaí é um espetáculo fechado, pago. Características diferentes, análises diferentes. Reitero que esse recorte não significa objeção ou preconceito, apenas delimitação de um campo de estudo. De qualquer forma, considerei relevantes suas afirmações e agradeço seu comentário.

Noticia: A Hora de Bater um Papo
Postado: 2015-04-09 16:02:32
Ahahah...eu é que me divirto com o time que, sem ajuda das arbitragens dos 10 campeonatos passados, não sai de um empate com o glorioso Nova Iguaçu, assegurando mais um vice - o 59º do clubinho - para a galeria. A propósito: seu nome já pode ser PanaVice ou ViceFlex. Cirino é o quê? Espermatozóide de sapo? kkkkkkkk...coitados, feios de dar pena...

Noticia: Escolas de Samba: 'É o Juízo Final'
Postado: 2015-03-17 16:36:19
Agradeço a todos pelas reflexões acerca do que foi proposto nesse texto, de certa forma contundente, da coluna. Por vezes parece que nós, críticos, estamos sempre indignados ou insatisfeitos. Fui indagado por um dos jurados deste ano acerca das mudanças que foram feitas do ano passado. Respondi para ele que o nosso problema, embora pareça "pessoal" (com quem julga), é de concepção. O molde retrógrado e equivocado do julgamento está induzindo o próprio jurado a errar. Assim como está submetendo a escola a desfilas debaixo de caprichos e determinações que muitas vezes contrariam a liberdade de expressão e a identidade de quem desfila. A avenida virou um lugar onde restam duas opções: render-se às exigências idiossincráticas do julgamento ou virar um "ícone de resistência" e dar murro em ponto de faca. Ã? bem verdade - e assim citou o professor Luis Carlos Magalhães, amigo nato - que outros movimentos já foram feitos no sentido de modificar esse quadro, inclusive com colegas de imprensa e pessoas do próprio carnaval. A recusa sinaliza que há parâmetros desconhecidos forçando a sustentação de todo esse erro que nos parece tão capital.

Noticia: Sandro Silva vem aí!
Postado: 2015-01-23 15:11:07
Amigo Jorge, eu não acredito que esse time de início de temporada seja "o time 2015". Vamos ver as conclusões tiradas a partir desse jogo. Que só foi vencido pelo rival num erro individual grosseiro de um jogador até então descartado. Sigamos em frente e vejamos como será. Abraços!

Noticia: Sandro Silva vem aí!
Postado: 2015-01-23 14:59:06
Kkkkk...caro Laslo, aproveite que estou com ótimo senso de humor, apesar dos pesares. Mas não se anime muito: a padaria tem um padeiro perigoso para as bisnaguinhas murchas do seu time urubulento! Tá festejando o nada, você...eheheh. Mas vamos de Portela, que lá em Madureira a gente fala a mesma língua. Um abraço!

Noticia: Cartada certeira!
Postado: 2014-12-29 20:22:30
A coluna de um blogueiro é escrita para que ele possa expressar suas opiniões. Os argumentos e justificativas - quer concordem ou não - estão dentro de seu próprio texto. O blogueiro tem nome e sobrenome, não alcunha ou apelido fake. Ã? uma pessoa real, não é dono da verdade nem passional. Seu argumento é técnico: o texto não tem prognóstico nem previsão espírita. Lamentavelmente algumas pessoas perderam a capacidade de ler e refletir: querem colunistas que escrevam o que eles querem, do jeito que eles querem, com as picuinhas que eles alimentam. Pois bem: vai ficar querendo! Aqui eu penso, estudo, analiso e escrevo. Lugar dd torcedor é em arquibancada, e perfil fake, em filme do 007.

Noticia: Começar de Novo
Postado: 2014-12-04 08:54:16
Vander Son, obrigado pelo comentário. Foi importante até mesmo para que eu pudesse esclarecer e reiterar a minha posição. O Vasco tem 115 anos passados e uma eternidade pela frente. O que eu deveria julgar maior? Os seis anos passados do Roberto, os oito anteriores ou o que me vem pela frente agora? Tenho críticas - severas, rígidas, inflamadas - a tudo o que esses dois fizeram no passado. E essas críticas não estão trancadas em um alçapão: estão publicadas em todas as minhas colunas dos últimos anos. Não mudei minha opinião quanto a isso. O que não me impede, porém, de aguardar coisas novas, esperar novas colocações. E esteja certo de que serei rigoroso e ácido nas cobranças de tudo aquilo que os novos eleitos estão prometendo, caso descambem novamente para os erros de seu passado. um abraço, espero que tenha me entendido.

Noticia: Dança, mestre-sala!
Postado: 2014-09-23 08:22:52
Prezado Paulo Rossi, fico muito gratificado com as suas palavras de agradecimento e reconhecimento. Mais ainda por saber que um legítimo representante do segmento, como você, reconhece a relevância e a real necessidade de se falar mais e propagar essa arte tão especial e digna que é a dança dos mestres-sala do nosso desfile. Seja sempre forte, valente...siga em frente com sua dança nos inspirando a escrever e divulgar coisas lindas e sobre essa arte ímpar que a todos encanta, muito embora ainda pareça alheia aos olhares de muitos profissionais da nossa imprensa. Grande abraço!

Noticia: A rebeldia autodidata de Quentin Tarantino
Postado: 2014-09-04 09:05:41
Que ótima oportunidade para se ler um texto com muita qualidade e pontuando de forma bastante informativa a arte de um dos mais representativos cineastas da atualidade. De fato, para se amar ou odiar, Tarantino está aí, derramando muito sangue (artificial, é claro!) e muito estilo autoral em suas obras. Parabéns, Caruso, por ajudar a elucidar ao grande público a faceta criativa de um cineasta que, mais do que fazer filme, faz metalinguagem dentro de suas criações!

Noticia: Gabriel Castro, o reizinho de Madureira, chegou!
Postado: 2014-08-20 11:01:08
Causa-nos orgulho e felicidade ver o jovem Gabriel brilhando e, acima de tudo, preservando a ideologia do verdadeiro samba. Esse é o mote da matéria: fortalecer um personagem inovador, porém defensor das tradições que aprendeu com os bambas e com gente de respeito como o Celso que aqui está. Como também fez belos comentários abrande fotografa Jeanine Gall, que tão louvável tributo tem prestado ao Império Serrano ao registrar em fotos a Velga Guarda Show da Serrinha e, ainda, também a arte e o movimento mágico dos passistas. Quanto à crítica à feijoada...olha, a tribuna é livre, mas não acho que esse assunto deva se misturar a tão belos comentários sobre a arte do garoto Gabriel: é tema pra outro fórum. Em particular: estive na quadra nesse mesmo dos, como uma feijoada maravilhosa, tive imenso carinho das tias baianas e voltei pra casa muito feliz com o Império! A parte política deve fazer parte de alguma necessidade da escola, mas não estou envolvido nisso e em nada ofuscou a minha felicidade.

Noticia: Vasco: eleição adiada e Brant como esperança futura
Postado: 2014-08-12 08:36:00
Prezado leitor Ernesto, obrigado pela generosidade nas palavras. Na verdade, gostaria muito de trocar minhas observações por outras menos corrosivas e mais otimistas, mas a insensatez dos que governam São Januário me impedem de fazê-lo. Aquilo virou um covil! Nem coragem de ir à sede do Vasco eu tenho, com essa infestação de ratos humanos que ali se escondem...

Noticia: Alerta: evasão de passistas!
Postado: 2014-07-29 09:18:53
Agradeço a colaboração e a interação dos leitores. Ã? o elo fundamental para motivas nossos textos e indagações sobre o futuro do samba e das escolas de samba dentro do carnaval. Em particular como pesquisador e estudioso da arte dos passistas, vejo que esse segmento vem recuperando a devida atenção e prestígio na mídia graças a uma série de intervenções que temos provocado com discussões oportunas e incômodos como este da referida matéria. Não podemos perder uma arte tão genuína como essa, nem tratá-la como "igual": os passistas de escola de samba não são apenas "dançarinos", eles têm identidade e envergadura próprias, são incomparáveis e sem equivalente no mundo inteiro! Ninguém, em nenhum outro lugar, expressa a mesma manifestação artística deles. Sua dança só existe dentro desse espetáculo, ao contrário de quaisquer outros artistas do samba, guardadas as devidas proporções. Passistas e casal de MS&PB só o samba pode ter. Sobre a observação do sempre atento Almir quanto aos termos utilizados para descrever o passista e a passista, procurei fazê-lo sem a preocupação politicamente correta ou a meu ver formalista dos acadêmicos ou pesquisadores convencionais. Lembrei-me dos versos de Synval Silva e Nélson Trigueiro na voz formosa de Roberto Silva, que ouvi com meus pais desde menino: "Quase todo crioulo do morro é sambista / Quase Toda mulata bonita é artista". Amigo Almir, sou livre pela poesia do samba...quem ousaria alterar a letra de Silas de Oliveira, que fala dos "malandros e mulatas de requebros febris"? O IBGE é tecnicista...eu sou sambista! Grande abraço a todos!

Noticia: 'O homem duplicado': virtuosismo estético e perturbador
Postado: 2014-06-24 14:46:34
Oi, Julia. Obrigado pela dica. Um fã do Homem-Aranha que se preze não pode confundir essas coisas...rsrsrs...coreeção feita. Volte sempre! Abraços!

Noticia: Passista Matheus Beckford: sambista da nossa esperança!
Postado: 2014-04-29 08:46:33
Em respeito ao leitor Antonio Romeiro, e grato por sua observação, faço minha observação. Escrevi o texto no ímpeto imediato do fato ocorrido, atendo-me aos noticiários que já publicavam a morte do rapaz como feito da operação policial que invadiu a favela. As evidências iniciais, em todas as matérias, indicavam um ato isolado de policiais, inclusive marcas de botas encontradas próximas à área onde o corpo aparecia. Hoje, com vistas aos novos fatos e a toda essa campanha pública - dos dois lados, contra e a favor da versão - envolvendo o caso, preferi referir-me tão somente à violência da cidade. Agradeço a colaboração e justifico, assim, a mexida no texto. A dinâmica do site nos permite isso. Muito obrigado. E salve nosso grande passista Matheus Beckford, genial dançarino do samba!

Noticia: Portela: 91 anos deste azul!
Postado: 2014-04-11 09:26:02
Não sei quem é Agatha, porque é um fake. Todos nós temos nome e referência, não um login invisível. Pensei, sinceramente, dada a falta de decência e respeito, sugerir a exclusão do comentário. Melhor não. Melhor deixar aí. Porque o post em nada agride ou ofende qualquer outro que não seja aquele mesmo que o postou. Se achasse necessário "defender" a Portela de comentários tão medíocres, já começaria perguntando: como pode alguém ficar 50 anos sem ganhar e, ainda assim, ninguém a superar? Pior pras outras, não pra ela, certo? Encerraria assim a discussão, Mas deixemos o post aí. Porque este site é um grande fórum, existem linhas de reflexão. E as inconsistências, desacatos e patologias aqui registradas seguirão para desqualificar, em quaisquer outras discussões, o fake que aqui se pronuncia. Que se torne refém de sua própria mesquinhez por conta de suas próprias palavras. A quem vergonha...vergonha!!!

Noticia: Baianas: as guerreiras do samba
Postado: 2014-04-02 12:13:03
Um grande prazer ter, entre nós, a figura magnânima da professora, amiga e companheira de trabalho Helena Theodoro no staff de colunistas do SRZD. Um verdadeiro presente aos leitores, tratando-se de uma autoridade em samba e tantas outras coisas ligadas à nossa cultura e à pesquisa da valorização do elemento negro em nosso país. De menino, lia seus textos. E agora teremos suas aulas-mestras a todo tempo...que privilégio! Referência absoluta em todas essas coisas... parabéns e seja bem-vinda, nossa querida "professora"!

Noticia: Por uma alforria das escolas de samba!
Postado: 2014-04-01 23:38:06
Vejam vocês, prezados leitores: eu venho aqui escrever um texto no intuito de provocar reflexões e fazer bom uso do espaço midiático com um brado em favor da nossa cultura...e alguém me cobra uma postura militante, do tipo " vai quebrar a Liga?", "vai romper com não-sei-quem" etc. Gente, reiterando: eu não sou candidato, não to aqui pra fazer rebuliço nem badalação autopromocional! Pra ser mais um a fazer sensacionalismo, eu ficava quieto comendo na mão de quem sustenta esse sistema todo! O fato é que toda a minha postura e ideologia estão nos textos. Não leio nada parecido por aí, logo meu engajamento traduz-se na alma que dou ao corpo do meu texto. O recado tá dado, não tenho que virar partido político pra ser sujeito que reflete. Obrigado pelo carinho de todos!

Noticia: Descortinando Paulo Barros
Postado: 2014-03-22 19:40:14
Agradeço a generosidade do leitor El Afar quanto ao meu trabalho como comentarista, do qual me julgo tão somente um eterno aprendiz. Agradeço ao prezado Ricardo Batalha, correção 2011 pra 2012 (erro de digitação, acredito) já feita, e reitero a estrutura de carnaval montada pelo presidente Horta, inegavelmente o homem que mudou a história da Unidos da Tijuca. E ao prezado Almir de Macaé, esclareço: meu coração não é dividido, é portelense por completo, sendo a Majestade do Samba a escola da minha paixão. O Império Serrano, no entanto, tem relevância inequívoca em meu coração por eu ter vivido boa parte de minha juventude também na quadra dessa escola, degustando a glória de seus lindos sambas-enredo, e por ser a escola de meu pai, recentemente falecido. Obrigado a todos! Que bom que o Teddy, que brigava muito comigo, ficou amigo também! Eheheheh..."eu quero ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar!!!

Noticia: Descortinando Paulo Barros
Postado: 2014-03-20 20:49:35
Antes de mais nada, quero agradecer o carinho e o respeito dos leitores, bem como parabenizar a eloquência e a elegância dos que sabem discordar sem, com isso, agredirem ninguém. O texto é claro e fala por si só. O fato de eu ser um pesquisador ou comentarista não me priva do direito de ser admirador, fã ou o que quer que seja de um artista ou profissional. Estou no meu direito e não preciso pedir licença a ninguém. Não estou aqui para "elogiar" nem "falar mal": o leitor inteligente e esclarecido não senta em frente ao computador esperando opinião igual, mas sim uma reflexão. Escrevo para esses: os reflexivos. Os que querem escritor sob encomenda, que paguem um ghost writer para fazerem esse serviço. Abraços e muito grato a todos!

Noticia: Apuração: quesitos esquisitos
Postado: 2014-03-06 15:23:54
Pelo amor de Deus, meu sobrenome não é Bolsonaro nem Malafaia. Eu não preciso ser deselegante nem ofensivo pra demonstrar uma indignação. Afirmei no texto que respeito as bandeiras, os pavilhões. Reitero meu respeito, óbvio, pela Unidos da Tijuca. Suas baianas, seus componentes, seus ritmistas, sua Velha Guarda estavam lá, deram seu suor e eu respeito. Não foi a Unidos da Tijuca que deu suas próprias notas, então eu sempre tenho o cuidado de não macular uma campeã do carnaval. Mas tenho que dizer o resto...o que vejo, o que é claro às vistas de todo mundo. Nao militei no mérito de apontar essa ou aquela campeã...isso é subjetivo. Apenas registrei os erros crassos de notas que acabaram definindo o resultado final. Achei ridículas as notas, independente do resultado. Esse foi meu foco. Obrigado, meu respeito e carinho a todos os leitores.

Noticia: Volta do Cid à Vila Isabel: 'Não podemos ter vaidade'
Postado: 2014-01-22 09:33:29
Prezados, de minha parte, posso falar alguma coisa sobre a Unidos de Vila Isabel. Entrevistei seus dirigentes numa mesa do Seminário SRZD - o presidente wilsinho e o diretor Junior Schall - e estive algumas vezes na quadra dessa escola tão querida, inclusive no dia em que o carnavalesco Cid voltou. A Vila tem uma equipe de carnaval muito forte, destemida, um povo realmente afiado com seu trabalho e paixão pela escola. Estive lá na semana em que o carnavalesco saiu e na semana em que ele voltou. posso dizer que o departamento de carnavale stava preparado para enfrentar o barracão independente desses fatos. apto a disputar, como qualquer outra escola, o carnaval. Ã? linda a forma como a comunidade está cantando o samba, por exemplo: muito além do que supomos quando ouvimos a gravação. Quanto ao Tunico, é um menino de respeito, sério, que não prevaleceu de sua condição de compositor famoso, filho de um mito do samba, para se fazer presente como colunista e expor opiniões. Corajosamente, aqui está, em meio a nós outros, "o artista onde o povo está", e o faz com notável elegância. Queridos leitores, nossas opiniões são controversas porque, como costumo dizer, o carnaval e as escolas de samba são eivados de paixão. Mas sempre tentamos acertar, de forma sincera e equilibrada. Se me permitem a participação, saúdo a todos e desejo um lindo carnaval!

Noticia: A Maldade Não tem Fim!
Postado: 2013-12-07 01:29:30
Querido Luiz, pastor vascaíno, essa gestão do Vasco me lembra o livro "Porcos na sala", sobre opressão maligna. Impossível não associar uma coisa e outra! O Vasco precisa se libertar desses demônios sanguessugas que desprezam sua louvável tradição. Obrigado pela presença, esteja aqui conosco e lembre de nós em suas orações!

Noticia: Ator da série Revenge causa alvoroço na quadra da Portela
Postado: 2013-11-30 14:45:42
Bravo Almir, a pessoa da foto é Lucia Pinto, criada na Portela, amiga mui querida, filha de ninguém menos que o saudoso compositor Colombo, um dos maiores vencedores de samba na azul e branco de Madureira. Quanto a ser portelense, eu acho que, a vestir aquela camisa, ele definitivamente aderiu à causa. E você, se sair do ostracismo virtual e se manifestar fisicamente para receber o nosso abraço, também terá uma foto abraçado aos bombons de chocolate de Oswaldo Cruz e Madureira. Grande abraço!

Noticia: Noel, o mito revisitado pelos passistas da Vila Isabel
Postado: 2013-11-26 22:02:44
Ã? um auxílio de luxo ter o texto de Fabio Batista, um dos mais renomados passistas e coreógrafos do carnaval. Pesquisador, eloquente, articulado, um teórico, um professor de quem sou amigo, admirador e fã. Fabinho, a tribuna é sua! Aqui você fala o que quiser. Te convido a escrever um texto sobre o tema, e publicamos aqui no site. Você é autoridade! Quanto ao Wallace, é um talentoso passista que mostrou sua versatildade nesse evento, mas já nem orecisa provvar nada para nenhum de nós. Bravo Lenilson, obrigado pelas palavras carinhosas e pela força que dá a este trabalho. Deus abençoe a todos vocês!!!

Noticia: Carnavalescos ou Comissão de Carnaval?
Postado: 2013-11-20 13:44:59
Em tempo: para quem precisa de "tradutor de texto", eu citei a Comissão de Carnaval da Beija-Flor como pioneira, como modelo, nuca depreciando seu trabalho. Fiz, porém um comentário (e eu sou comentarista neste site) acerca de uma observação minha quanto à forma como o trabalho dessa comissão tem se mostrado plasticamente ano após ano. Se eu não puder escrever, se eu for cassado por ser comentarista e simplesmente "comentar", respeitosa e criteriosamente, encerrem a democracia neste país e instaurem um novo AI-5 de censores-leitores sem identidade, representados por pseudônimos de internet! Enfim, vida que segue! Beijos para minha amiga deusa de Nilópolis Selminha Sorriso, para os príncipes da dança nilopolitana Claudinho e Cassio Dias, o batera Marlon Victor, o diretor Marquinho...ih, a lista de gente querida da Beija não acaba...

Noticia: Carnavalescos ou Comissão de Carnaval?
Postado: 2013-11-20 13:36:59
Considero absolutamente desnecessário, sendo um profissional de transparência e reconhecimento em todas as quadras de escola de samba onde piso, manifestar-me para justificar minha imparcialidade com relação a esta ou aquela agremiação. Mas, por respeito ao panteão e ao que cada uma delas representa, manifesto-me - não como quem se preocupa com a vilandade de certos comentários, mas como quem quer legitimar um trabalho. Porque é difícil, muito difícil, ser imprensa e falar de escola de samba, de profissionais do samba, de autêntica raiz do samba, de passistas, de Velha Guarda, num espaço onde seus verdadeiros valores, e não os comerciais ou deturpados, têm o devido reconhecimento. Luto para dar espaço ao samba, não para ter minhas opiniões. Se eu seguisse o caminho fácil, que não quis seguir por ser idealista, não haveria quem me criticasse. Sendo ou não verdadeiros os perfis que hostilizam quem realmente trabalha a defesa e a memória do samba, reitero meu carinho, meu respeito e minha imparcialidade com TODAS as escolas de TODOS os grupos. Nem cito nomes. Tenho amigos em CADA UMA DELAS, defendi e defendo gente de TODAS. Como analista, respeito o público e falo com sinceridade...não em minha própria opinião ou para fazer fama com perfilzinho de rede social, mas sempre vislumbrando o que é melhor PARA O SAMBA. Este é o Hélio Ricardo Rainho que o leitor e o sambista nato conhecem!

Noticia: Carnavalescos ou Comissão de Carnaval?
Postado: 2013-11-16 13:22:45
Nobre amigo azul e branco, salve salve! Como diretor teatral,e ntendo que todo trabalho artístico perspassa por uma linha criativa que, ainda que compartilhada, só pode permanecer linear na proposição de quem a criou. No caso das artes plásticas, a linearidade é que vai definir a excelência do trabalho. Não pode perder o fio da meada. Por isso, defendo a proposição de se ter um carnalaesco quea ssine e conduza o projeto como um todo. Além de estar atento a muitas falácias de "comissão de carnaval" que mais parecem aquela lógica de "prestigiar técnico interino" do futebol, quando todo mundo sabe que não há é dinheiro pra se contratar gente especializada ou coisa melhor.

Noticia: Passista festeja os 64 anos do 'Brasileirinho' com samba no pé
Postado: 2013-10-24 20:33:42
Querido e onipresente Almir, amigo de verve portelense, eu é que protesto: quando é que você vai se apresentar a mim na quadra da Majestade do Samba para receber o devido abraço pessoalmente?! Sobre a Bianca, é realmente uma grande sambista, talentosa e esforçada. Ainda por cima tem classe, o que oor si só justifica o posto de rainhad e bateria de verdade, como sugeriu o bamba da bateria José Luiz. Abraços!

Noticia: Em resposta
Postado: 2013-09-29 00:33:49
Ao vivo, aqui na quadra do Império Serrano neste momento, acabo de encontrar o grande mestre-sala Alex Marcelino. Eu o cumprimentava e saudava por uma irretocável elegância, porte de nobreza e fidalguia que tão bem cabe a esta escola digníssima e memorável que é o Império Serrano. Pois acho que toda esse garbo e elegância que sobram em Alex Marcelino deveriam servir de exemplo para quaisquer outros que porventura se atrevessem a vestir o verde da Serrinha. Antes, durante ou depois de defendê-la, pois este é um pavilhão de gala no panteão do samba. Certamente as palavras da Rachel não estão embotadas de vão sentimento: seu pronunciamento vem da alma histórica da Serrinha, do sentimento genuíno de quem conhece e sente a pulsação autêntica do samba. Não se faz isso, falar assim de uma instituição deste tamanho. Tenho certeza de que esse rapaz, em dado momento, vai refletir sobre o equívoco. Somos humanos, não somos perfeitos. Imperfeito, porém, é aquele que persiste no erro. Salve o Império Serrano, a Serrinha Imperial, o trono do samba em Madureira!

Noticia: Carnaval 2014: Em noite de festa, Portela apresenta protótipos
Postado: 2013-09-24 19:22:15
Foi uma apoteose de luxo e bom gosto! Nunca via. portela tão promissora e graciosa, aguardem o post do video com meu comentário!

Noticia: Análise dos enredos 2014: Grande Rio
Postado: 2013-08-11 13:15:48
Duas observações. A primeira, uma ratificação conceitual. Os enredos de Luiz Gonzaga e Roberto Carlos eram declaradamente enredos sobre esses dois artistas. Eles doram protagonistas, não personagens introdutórios de outro tema, como agora a Grande Rio quer fazer com Maysa introduzindo o enredo sobre Maricá (sendo ela, Maysa, um tema muito maior do que aquele que ela mesma estará introduzindo). Fato. Indiscutível. Minha segunda observação tem a picardia e a ironia fina que não podiam faltar a nós, carnavalescos. Ã? sobre o comentário à minha gravata e a possibilidade dela estar me estrangulando. Não se preocupe, caro Tedy: é a gravata daquele dia era confortavel até dizer chega...uma legítima Hugo Boss de seda...10, nota 10! :-)

Noticia: São Clemente tem favela? Tem, sim senhor!
Postado: 2013-08-07 08:25:06
Que felicidade poder perceber que um enredo de escola de samba gerou tantas reflexões, tanta satisfação e tanta alegria aos amantes do samba! Nessa nossa condição de "intelectuais orgânicos do samba" (não acho que chego a tanto, mas agradeço a generosidade do nobre leitor Almir de Macaé), vemo-nos imbuídos de defender e preservar as verdades do samba. E a favela, sem dúvida, está nesse arcabouço. Vêm aí os vídeos com os comentários sobre os enredos dos dois grupos, gravado ontem por mim e pela divina Rachel valença. Esperamos de todos a compreensão, pois a jornada é difícil: queremos elogiar e prestigiar a todos, mas não podemos nos abster de falar o que é essencial ao samba. Que Deus abençoe a todos! :-)

Noticia: São Clemente tem favela? Tem, sim senhor!
Postado: 2013-07-24 21:50:11
Claudia Bauer, suas ideias têm sido mesmo inspiradoras. E bateram com os temas que eu já pretendia desenvolver. Ainda não sei se faremos os vídeos debatendo os enredos 2014, mas foi um prazer fazê-los o ano passado. Vamos aguardar! Um beijo, obrigado pelo carinho de sempre!

Noticia: Pernambucópolis: a cara da Mocidade, a cara de Fernando Pinto!
Postado: 2013-07-22 01:44:33
Ã? digno de risos e gargalhadas uma meia dúzia de leitores fantasmas, com perfis invisíveis de internet, quererem se comparar com escritores e cronistas profissionais do passado que usavam alcunhas e pseudônimos. Quá quá quá! Pretensas Suzanas Flag do ostracismo com pose de Nélson Rodrigues...ora ora, essa é boa! Que discordem da opinião dos outros, precisam me mandar "estudar pra dar caldo"??? Quem dá caldo é galinha, que nasceu pra virar canja: quem me mandou estudar foi meu pai, há 15 dias falecido, que graças a Deus me ensinou os caminhos da dignidade, do respeito ao próximo. E estudei...estudei muito, no Brasil e nos lugares do mundo por onde passei. Não devo nada a ninguém, e não me acho perfeito, mas não boto o dedo na cara dos outros pra mandar ninguém estudar. Quem tem o mínimo de conhecimento do carnaval leu meu texto e entendeu que eu não falei com desconhecimento de causa. Quanto aos mal intencionados, divirtam-se com suas caricaturas, pseudônimos e mediocridades, que devem saltitar de despeito quando se deparam com o sucesso e o reconhecimento dos outros. Deus abençoe e ilumine a todos...e como dizia o samba do Império Serrano, "onde houver trevas que se faça a luz"!!!

Noticia: Pernambucópolis: a cara da Mocidade, a cara de Fernando Pinto!
Postado: 2013-07-18 12:11:16
A pessoa cria um perfil fake, entra num site sem nome próprio, sem referência pessoal sem identidade. Sob essa máscara toda, chama os outros de "falsos" e apregoa: "vá trabalhar, vagabundo". Ou seja, é educada, gentil, polida e lúcida. Ã? isso mesmo? Ou, em nome do que essa gente julga ser "democracia", somos obrigados a receber com flores as pedras dos desequilibrados?! Estou rindo. Apenas rindo disso tudo. Ã? carnaval...cada um que viaje nas suas próprias ilusões...rsrsrs

Noticia: Pernambucópolis: a cara da Mocidade, a cara de Fernando Pinto!
Postado: 2013-07-17 14:44:34
Respeito as opiniões de todos, porque também tenho as minhas, muitas vezes não menos controversas. Alguém pode até dizer que não é de seu gosto ver artistas inspirados em outros. Ok, respeita-se. Agora, considerar isso "pejorativo" ou "antiético"??? Como assim?! Então quando Maria Bethania regrava Dalva de Oliveira, Martinho da Vila regrava Noel, Joanna Canta Lupicínio...estão também "pegando carona" nos outros?! Ã? bom que se diferencie: não é uma reedição de enredo, é uma elaboração de enredo (original) com uma concepção estética que presta homenagem a alguém. Que bom que isso está sendo feito como uma homenagem confessa...pior é quando deliberadamente saem copiando o estilo dos outros e nem sequer mencionam que está sendo copiado.

Noticia: Escolas da Série A não usarão tripés em 2014. Entenda!
Postado: 2013-07-17 10:21:41
De minha parte, considero uma grande vitória essa eliinação dos tripés nas comissões de frente. Pelo menos ali. Já estava ficando confuso, feio e poluído assistir a um desfile com tantas engenhocas sobre rodas tapando a visão do carro abre-alas. Fora que comissão de frente não pede alegoria gigante interagindo...isso é outro recurso que descaracvteriza e cansa, também. Enfim, liberdade para as comissões de frente, sem os exegros que as estavam descaracterizando.

Noticia: Pernambucópolis: a cara da Mocidade, a cara de Fernando Pinto!
Postado: 2013-07-17 10:19:44
Claudia Bauer, faltou eu dizer que você foi a inpsiração para o tema também...rsrs. Digo "também" porque, de fato, fiquei muito sensibilizado com o enredo. é uma de minhas apostas para 2014. E que bom que todos, de maneira geral, ainda lembram e fazem tantas boas referências ao mago Fernando Pinto, cuja arte não foi esquecidanem mesmo com sua partida. Abraços e muito obrigado a todos!

Noticia: Império da Tijuca: Pernambucano garante abertura inédita no Carnaval
Postado: 2013-07-05 09:25:25
Ã? emocionante a garra com que o Império da Tijuca tem se levantado para se reposicionar dentro dos desfiles de escola de samba! Tem feito a contento seu dever de casa, e isso fica muito claro a cada nova informação publicada a seu respeito. Há um "mistério do samba" na Tijuca: parece que todas as suas escolas se tornaram competitivas e profissionais a cada ano. E o Império da Tijuca tem sido muito feliz nesse movimento. Estão todos e parabéns!

Noticia: Enredos 2014: museu de grandes novidades
Postado: 2013-06-24 15:26:55
Prezado Guilherme Borges, honrado fico - e muito - por esse lisonjeio vindo da Família Tigre. Uma gente aguerrida e valorosa que representa com muita dignidade o samba niteoriense na avenida principal dos desfiles. Sem palavras para retribuir um carinho do tamanho de todo esse povo... E não por acaso, eu estava a cantarolar os versos do maravilhoso samba de 2007 ("Preto e Branco à Cores") sobre o herói Mandela. Que ele se recupere e que o samba de 2014 venha forjado na mesma felicidade poética desse, que é tão sublime e que vivo cantando. Um forte abraço e que Deus abençoe a todos vocês!

Noticia: Enredos 2014: museu de grandes novidades
Postado: 2013-06-23 00:19:39
Duquesa Dholores: a nobreza da favela em pessoa...eu também sou seu fã! Sobretudo pelo fato de você se intitular a nobreza "da favela", termo consagrado no mundo do samba por Candeia, Cartola, Noel, Ismael e outros bambas, que infelizmente os arianos culturais resolveram dissolver na expressão "comunidade". Que perde em poesia e sentido para todos nós. Obrigado pelas palavras de incentivo, um beijo no coração!

Noticia: Portela-Esperança
Postado: 2013-06-17 16:06:57
Ã? sempre prazeroso contemplar a sapiência da companheira querida Rachel Valença neste site. Sobretudo quando ele nos remete às mesmas inflexões que costumamos fazer em nossos encontros fraternos, considerando pictóricas (nunca factíveis, ao menos para nós) essa rivalidade entre nossas escolas do coração - a minha Portela e o seu Império Serrano. Sabendo do apreço que você tem pelas coirmãs de Madureira (e eu sempre me rotulo como o mais imperiano dos portelenses), considero louváveis as suas expectativas diante dos novos vôos que a Águia pretende alçar a partir de sua nova diretoria, que tem em sua presidência um amigo e sujeito muito querido, a quem inclusive tivemos o prazer de entrevistar em nosso primeiro Seminário de Carnaval do SRZD, o nobre Serginho Procópio. Devo destacar uma frase sua que certamente me servirá, em algum momento, como tema para uma coluna específica: você diz que â??poucas escolas de samba hoje em dia podem se orgulhar de acabar o carnaval em boa situaçãoâ?, o que a leva a concluir muito apropriadamente que â??o esquema de fazer carnaval é suicidaâ?. De fato. Eis a temeridade! Estou aqui a refletir sobre isso. Parabéns pelo texto e obrigado pela dica inspiradora.

Noticia: SRZD: uma sigla com alma
Postado: 2013-06-10 07:58:36
Querido companheiro azul-e-branco Almir, agradeço sua constante participação e interatividade. Queria contrapor, no entanto, um ponto de vista. Respeito sua opinião, mas as mensagens que foram postadas pelos blogueiros do site foram muito mais o making of do nosso trabalho, expondo nossa alegria e nosso dia-a-dia, do que uma tentativa de autoadulação. Nosso convívio diário tem desafios, tem dificuldades, tem aspereza e lutas. Nesse evento comemorativo dos sete anos, compartilhanmos em alguns textos nossa felicidade de estarmos aqui junto de vocês, leitores, dividindo opiniões e especialmente o carinho pelas escolas de samba. Entenda dessa forma. O cara que mais detesta lobby sou eu, pode ter certeza disso...rsrsrs. Forte abraço e obrigado pela força de sempre!

Noticia: Mocidade abre inscrições para escola de passistas
Postado: 2013-04-14 18:03:12
Não entendi o comentário, sinceramente. A escola está abrindo uma escola para formar e inscrever passistas - um fato absolutamente normal e corriqueiro em todas as agremiações. Qual o problema e o absurdo nisso? Tem muita gente, inclusive, que já faz parte da escola e não tinha essa oportunidade. Errou, portanto, quem entendeu que a escola está precisando de passistas e apelando publicamente. Nada a ver.

Noticia: "Briga de Bêbado"...e Nada de Vasco!!!
Postado: 2013-03-21 10:33:44
Olá, Alexandre, bom dia. Não acho que você deva desencorajar seus filhos a torcerem para o Vasco. A instituição segue avante, bem maior que os ultrajes e aviltamentos dessa corja que lá se infiltrou. E sobre o Supervasco, há alguns anos estou aqui no SRZD, mas até participo de algumas coisas periodicamente. E não se surpreenda com a conveniência dos que mudarão: a maioria migrou do lado do Eurico para o do Roberto atrás de PODER, e contnuam sedentos e afoitos por isso: querem aparecer às custas do clube! Quando nada der certo, vão trocar de lado de novo! Um abraço!

Noticia: Tabus do Samba - Parte 2 - 'Passista masculino acabou!'
Postado: 2013-03-13 16:29:33
Concluindo meu raciocínio: uma escola séria e das mais organizadas e competentes nos quesitos técnicos como é hoje o Salgueiro não se permitiria ter, em seus quadros, uma pessoa que a escandalizasse. Antes tem prestigiado e valorizado a polivalência do cara. Então, que fique claro: eu também não gostei do que vi, mas entendi, ao final das contas, que a ideia foi do carnavalesco. Deve-se, portanto, amenizar a pena contra o Carlinhos. Que só executou seu papel. E, naquilo a que se propôs, com perfeição. Mesmo que eu, o Ted e mais alguns não tenhamos gostado. Porque a arte é subjetiva. Uma coisa é fato: a avenida levantou em todos os setores por onde ele passou. Sei lá... acho que isso é carnaval ...

Noticia: Tabus do Samba - Parte 2 - 'Passista masculino acabou!'
Postado: 2013-03-13 16:24:13
Caro Ted, desculpe... meu revisor automático lançou "Fred" na postagem abaixo. Grande abraço!

Noticia: Tabus do Samba - Parte 2 - 'Passista masculino acabou!'
Postado: 2013-03-13 16:23:20
Epa, gente, peraí. Vamos, por gentileza, manter um patamar para as nossas discussões...rsrsrs. Peço isso com gentileza, porque a ideia aqui é registrarmos, discutirmos, opinarmos, apontarmos soluções, mas sem adjetivações nem ofensas, pelo amor de Deus. Prezado Fred, obrigado por sua contribuição. E aproveito o ensejo para compartilhar com você uma observação. Sabe quem também saiu da avenida muito insatisfeito com a performance do Carlinhos na avenida este ano? EU! Exatamente. Queria (â??euzinho-Ricardo-Rainhoâ?, na minha pretensão, veja só!!!) que ele fizesse â??outra coisaâ?... sei lá o quê... algo que eu achasse mais agradável, talvez. Acontece que, sendo particularmente um admirador, pesquisador e estudioso do trabalho dele, fui entender o que aconteceu. E descobri que não foi uma ideia do Carlinhos fazer aquela performance daquele jeito. Foi tudo uma ideia do Renato Lage, que decidiu fazer uma severa crítica à exposição do corpo e à luta pela beleza, criando um contraponto entre um sujeito gordinho que se tornava um cara malhado e escultural. Após a transformação, o sujeito perdia a linha e punha-se a exibir seus glúteos, seu corpo etc. Veja bem: não estou dizendo que a forma como isso foi feita foi a melhor possível. Não acho, também, que tenha sido. Mas a ideia não foi do Carlinhos: ele, como grande artista que é, apenas a executou. Tinha os atributos físicos (a chamada "physique du rôle") para compor o personagem e adequou-se ao enredo. Que fique claro que ALI, Carlinhos NÃ?O ESTAVA ATUANDO COMO PASSISTA. Logo, não convém criticar sua atuação como passista na hora em que ele atua em outras frentes, por ser um artista polivalente. Em compensação, a ala de malandros e cabrochas do Salgueiro â?? reconhecidamente impecável em elegância e samba no pé â?? veio impecável atrás. Porque Carlinhos sabe separar muito bem todas as coisas que faz dentro de sua escola de samba. Uma escola séria e das mais organizadas e

Noticia: Zoeira, Quilombola e Kizomba... A Império da Tijuca tem!
Postado: 2013-03-07 01:30:29
Paula, obrigado pela mensagem. As referências já estão certinhas. Grande abraço e escreva sempre.

Noticia: Tabus do Samba - Parte 2 - 'Passista masculino acabou!'
Postado: 2013-03-04 22:55:37
Interessante, Uanderson, a sua colocação. De fato, a referência a uma quase ausência de modelos masculinos para dança na mídia acaba fazendo com que meninos se inspirem em mulheres para dançar. E cabe aos pais e educadores essa orientar sempre sobre isso. A única questão que eu oponho é que, no samba, nenhuma criança vai chegar a uma ala de passista sambando e desfilando como quer e como sabe. Se uma criança integrar uma ala de passista, ela invariavelmente passará por uma escolinha e pelo cunho de um diretor/coordenador/líder de ala, que cumprirá a função de dirigi-la cenicamente para o desfile. E, no caso do passista adulto, ele obviamente já possui discernimento suficiente para entender que, ao escolher o ofício de PASSISTA, não terá a liberdade de sambar como se estivesse visitando uma quadra, â??à paisanaâ?. Esse é o ponto relevante: a dança do samba tem técnica, tem fundamentos. Que obviamente requerem habilidade e talento do artista que a executa, mas que não é apenas um requebro que qualquer um pode fazer...claro que não: é aprendizado. Requer, como qualquer outra dança, estudo de caracterização, indumentária, história, postura. Da mesma forma que o mestre-sala não dança como porta-bandeira, o passista masculino não dança como cabrocha nem como mulata. E, já que estamos tratando de passistas adolescentes/jovens/adultos, que fizeram uma escolha de integrar um segmento da escola, essa consciência independe da formação anterior: como para tudo na vida, deverão se adequar ou concluir que são inadequados para o ofício. Obrigado pela interação, amigo.

Noticia: Carnaval 2013: reflexões necessárias
Postado: 2013-02-16 15:41:44
Desfile das Campeãs: comprar para não passar e não deixar ninguém passar também??? Isso é coronelismo e retaliação! Muito feio!!!

Noticia: Carnaval 2013: reflexões necessárias
Postado: 2013-02-16 15:40:08
Caro Eduardo, obrigado pela interação. Vamos pontuar pela media, entao... rsrsrs...nem tão retrogradas, nem tão Renato Lage. Ã? demais pro Quintaes... Mas refiro-me ao padrão estético exibido nós últimos anos. Ã? preciso que essas grandes se revolucionem, como sempre souberam fazer. E quanto ao Marcelo, concordo plenamente e vou além: vi vaaaaaarias escolas da Serie A com bonecos de barro da Tijuca ano passado. Parece que houve liquidação (ou doação) das esculturas. Entendemos a necessidade das escolas, mas lançar mão de um adereço tão vivo em nossa lembrança também me causou desconforto e impressão de falta de criatividade. Abraços e obrigado pela interações!

Noticia: Carnaval 2013: reflexões necessárias
Postado: 2013-02-16 00:49:25
João, a Grande Rio é uma escola caprichada. Uma comunidade que tem orgulho de defender sua escola. Mas este ano, convenhamos, não fez um desfile agradável com aquele tema cansativo e pesado. Foi o ponto de vista da maioria, acostumada com passagens mais interessantes da escola. Mas respeitamos a escola e também, claro, sua opinião. Grande abraço!

Noticia: Carnaval 2013: reflexões necessárias
Postado: 2013-02-15 23:05:30
Guilherme, por favor, eu não disse que a Mangueira é retrógrada. Quê isso, gente? Vamos ler o texto novamente? Eu disse que as três grandes escolas, com a força que têm, apresentam problemas tais como "alegorias retrógradas, recursos parcos, fantasias simplórias e expor tanto retrocesso". Eu não disse isso DA INSTITUIÃ?Ã?O, eu disse isso do trabalho que vêm apresentando ano a ano. E digo isso porque respeito essas bandeiras, porque ouço os componentes e segmentos dessas escolas repetindo a mesma coisa, digo isso porque os resultados vêm mostrando isso. Que fique bem claro: eu sou o mais purista da redação do SRZD, ninguém reclama mais em prol das tradições das escolas do que eu. Ainda assim, acredito que falta a essas tres grandes um porte mais competitivo, para que elas voltem a competir de igual para igual com as "caçulas". Falei por zelo, nunca por desprezo ou perseguição. Faço questão de deixar isso bem claro. Obrigado a todos pela interação e pelos comentários, de qualquer forma.

Noticia: Carnaval 2013: reflexões necessárias
Postado: 2013-02-15 23:00:00
Prezado senhor Aluízio Derizans da Silva, lamentavelmente o senhor não entendeu o que eu escrevi. Pior: distorceu as minhas palavras. Quem me conhece de Mangueira, Portela e Império Serrano - e eu tenho muitos amigos nessas três potências únicas do samba (sobretudo na Portela, onde tenho laços ainda mais profundos de origem) - entenderam perfeitamente a minha reflexão sobre o nível de disputa. NUNCA, mas NUNCA mesmo preterindo ou diminuindo as suas raízes históricas. Quê isso?!?! Eu sou maluco?! Eu bebo?! Eu não respeito essas bandeiras gloriosas? Faça-me o favor: releia o texto. Tente entendê-lo. Você sequer justificou a sua crítica. Repetiu exatamente os elogios que fiz a essas escolas para, no final, distorcer tudo, como se eu as tivesse criticado. Estamos empatados: você com pena de mim e eu com dó, muito dó de você, por não ter entendido absolutamente nada do que leu. Os verdadeiros torcedores dessas escolas estão se mobilizando para vê-las melhor, sabem dos problemas que elas hoje atravessam nos quesitos técnicos. Prefiro militar em favor deles, e jamais vender minha opinião, do que fazer gênero nas colunas que escrevo. Desculpe, mas dou-me o direito de defender as minhas palavras. Ainda que seja preciso "traduzir" o texto que eu escrevi na nossa língua, mas que não foi compreendido por algum viés que eu desconheço...

Noticia: Tabus do Samba - Parte 1 - 'Sambas não são bons como antigamente'
Postado: 2013-02-02 14:34:16
Sim, sim, mano Celso! Nélson CAVAQUINHO é o certo! Ato falho,.. já pedi a correção, obrigado!

Noticia: Tabus do Samba - Parte 1 - 'Sambas não são bons como antigamente'
Postado: 2013-02-01 18:08:54
Nobre Almir, obrigado pela participação. Não, não teremos uma parte 2 desse mesmo assunto. A "parte 2" será um segundo tabu! Tratarei de uma série deles. A cada semana, debateremos um novo assunto. Enfim, o debate promete ser acalorado... tenho certeza que as minhas linhas retóricas nem sempre "convencerão" a todos. A ideia, na verdade, é propor uma reflexão. Porque, como afirmei aqui, há, sim, um fundo de verdade em alguns desses tabus. O que incomoda, no entanto, é fazer disso uma conclusão genérica. Aí eu acho que a gente, que milita em favor do samba, precisa ter o cuidado de saber resguardar. Aguardo você nos próximos, um grande abraço e obrigado pelo carinho de sempre!

Noticia: Tabus do Samba - Parte 1 - 'Sambas não são bons como antigamente'
Postado: 2013-02-01 16:20:37
Agradeço aos dois primeiros leitores que entenderam a minha proposta de reflexão. e tendo a concordar com Raael Rinö: é a pobreza dos enredos que tem depreciado a safra de sambas criados. Obrigado a todos, interajam sempre!

Noticia: 'Ases do Samba': Ás de Espadas - Fabrício Pirez (São Clemente)
Postado: 2012-11-26 14:06:13
Amigos, sinto-me feliz, realizado e - mais que isso - cumprindo uma missão. Honrar, prestigiar e contar a história desses quatro ases espetaculares só me trouxe alegria, reconhecimento. Uma rara oportunidade de dar voz aos artífices da grande festa e abrir espaço na mídia para que eles também possam referendar pessoas queridas, especiais, importantes em suas vidas. E ver que os leitores entenderam e absorveram suas lindas histórias foi, realmente, uma grande satisfação para mim. Muito obrigado a todos - aos ases, aos leitores, ao pessoal da redação. Essa gente bronzeada mostrou seu valor! Obrigado, Dioguinho, Lipe, Fabrício, Julião: divinos astros da avenida! Que Deus abençoe a todos e nos dê força, motivação, talento e esperanças para seguirmos adiante com trabalhos desse porte! Deus seja louvado!!!

Noticia: 'Ases do Samba': Ás de Copas - Phelipe Lemos (Imperatriz)
Postado: 2012-11-26 14:05:26
Amigos, sinto-me feliz, realizado e - mais que isso - cumprindo uma missão. Honrar, prestigiar e contar a história desses quatro ases espetaculares só me trouxe alegria, reconhecimento. Uma rara oportunidade de dar voz aos artífices da grande festa e abrir espaço na mídia para que eles também possam referendar pessoas queridas, especiais, importantes em suas vidas. E ver que os leitores entenderam e absorveram suas lindas histórias foi, realmente, uma grande satisfação para mim. Muito obrigado a todos - aos ases, aos leitores, ao pessoal da redação. Essa gente bronzeada mostrou seu valor! Obrigado, Dioguinho, Lipe, Fabrício, Julião: divinos astros da avenida! Que Deus abençoe a todos e nos dê força, motivação, talento e esperanças para seguirmos adiante com trabalhos desse porte! Deus seja louvado!!!

Noticia: 'Ases do Samba': Ás de Copas - Phelipe Lemos (Imperatriz)
Postado: 2012-11-26 14:04:27
Amigos, sinto-me feliz, realizado e - mais que isso - cumprindo uma missão. Honrar, prestigiar e contar a história desses quatro ases espetaculares só me trouxe alegria, reconhecimento. Uma rara oportunidade de dar voz aos artífices da grande festa e abrir espaço na mídia para que eles também possam referendar pessoas queridas, especiais, importantes em suas vidas. E ver que os leitores entenderam e absorveram suas lindas histórias foi, realmente, uma grande satisfação para mim. Muito obrigado a todos - aos ases, aos leitores, ao pessoal da redação. Essa gente bronzeada mostrou seu valor! Obrigado, Dioguinho, Lipe, Fabrício, Julião: divinos astros da avenida! Que Deus abençoe a todos e nos dê força, motivação, talento e esperanças para seguirmos adiante com trabalhos desse porte! Deus seja louvado!!!

Noticia: 'Ases do Samba': Ás de Paus - Diogo Jesus (Acadêmicos da Rocinha)
Postado: 2012-11-26 14:04:02
Amigos, sinto-me feliz, realizado e - mais que isso - cumprindo uma missão. Honrar, prestigiar e contar a história desses quatro ases espetaculares só me trouxe alegria, reconhecimento. Uma rara oportunidade de dar voz aos artífices da grande festa e abrir espaço na mídia para que eles também possam referendar pessoas queridas, especiais, importantes em suas vidas. E ver que os leitores entenderam e absorveram suas lindas histórias foi, realmente, uma grande satisfação para mim. Muito obrigado a todos - aos ases, aos leitores, ao pessoal da redação. Essa gente bronzeada mostrou seu valor! Obrigado, Dioguinho, Lipe, Fabrício, Julião: divinos astros da avenida! Que Deus abençoe a todos e nos dê força, motivação, talento e esperanças para seguirmos adiante com trabalhos desse porte! Deus seja louvado!!!

Noticia: 'Ases do Samba': Ás de Ouros - Julinho Nascimento (Vila Isabel)
Postado: 2012-11-26 14:03:11
Amigos, sinto-me feliz, realizado e - mais que isso - cumprindo uma missão. Honrar, prestigiar e contar a história desses quatro ases espetaculares só me trouxe alegria, reconhecimento. Uma rara oportunidade de dar voz aos artífices da grande festa e abrir espaço na mídia para que eles também possam referendar pessoas queridas, especiais, importantes em suas vidas. E ver que os leitores entenderam e absorveram suas lindas histórias foi, realmente, uma grande satisfação para mim. Muito obrigado a todos - aos ases, aos leitores, ao pessoal da redação. Essa gente bronzeada mostrou seu valor! Obrigado, Dioguinho, Lipe, Fabrício, Julião: divinos astros da avenida! Que Deus abençoe a todos e nos dê força, motivação, talento e esperanças para seguirmos adiante com trabalhos desse porte! Deus seja louvado!!!

Noticia: 'Ases do Samba': Ás de Copas - Phelipe Lemos (Imperatriz)
Postado: 2012-11-17 17:09:01
Com que alegria no coração desenvolvi essa série e vejo, agora, o reconhecimento e a emoção das pessoas diante de cada história narrada! O Phelipe passou dançando maravilhosamente com a Rafaela do meu lado, no ensaio técnico da Imperatriz, e eu vi imediatamente um personagem como esse que retratei em texto. Daquele dia em diante, passei a acompanhá-los,a ver sua dança, e certifiquei-me de que eles são, de fato, maravilhosamente encantadores! Taí o tributo. E o carinho é enorme, também! Sucesso, meu parça!!!

Noticia: Império Serrano faz a festa com samba retrô em Madureira
Postado: 2012-11-12 11:22:56
Embora eu também preferisse o "Serrinha imperial", conversei ontem com um dos diretores da escola e ele me disse que alguns integrantes não gostam do termo "Serrinha" pra designar a escola, porque é um "diminutivo". Pra eles, "Coroa" tem muito mais expressão. Enfim, percebe-se que é uma questão de ponto de vista. Mas nenhum deles achou deixou de reconhecer o real intento da Portela de saudar sua coirmã vizinha. Como portelense e frequentador assíduo, sei perfeitamente do carinho que a Águia tem pelo Império. Desnecessário pensar diferente.

Noticia: 'Ases do Samba': Ás de Paus - Diogo Jesus (Acadêmicos da Rocinha)
Postado: 2012-11-03 00:25:29
De minha parte, como autor dessa série, confesso que foi duro definir os ases-protagonistas. Cheguei a essa seleção sem, em nenhum momento, jamais desconsiderar tantos outros de brilho igual. Mas foi uma felicidade enorme ver a receptividade e o carinho das pessoas com a matéria do Diogo. Dar a esse menino a oportunidade de ter uma linda história contada tão cedo, vê-lo tão feliz por isso e perceber a alegria geral de todas as pessoas com o seu sucesso. Considero meu alvo alcançado. Eu queria exatamente isso: dar-lhe o prestígio e o abraço das pessoas sinceras, do jeito que ele merece. Dar voz ao samba e alma aos sambistas: este é meu propósito aqui! Posso errar, mas será sempre tentando acertar nesse sentido. Graças a Deus o Diogo está tendo a mesma alegria que nos dá quando dança lindamente diante de todos nós! Lei de Deus: dar e receber! E que venham mais alegrias na vida desse grande talento!

Noticia: O valor de um samba-enredo
Postado: 2012-11-02 12:28:52
Ã?tima ideia, Binoca! Um carnaval de antologias com escolas que, fora da avenida principal, nos deram grande contribuição criativa. E já está mais do que na hora de se estabelecer a ordem e o bom senso nas apurações do Acesso...está demais a bagunça!!!

Noticia: O valor de um samba-enredo
Postado: 2012-10-19 23:58:23
Amigos leitores todos, nem sei como externar minha satisfação! Não exatamente pela aceitação das minhas ideias expostas, mas sobretudo por entender que - ao aceitar a proposta do Sidney Rezende para integrar este espaço no site - pude cumprir meu propósito de dar voz à verdade do samba e a uma reflexão pura e sincera sobre o que realmente deve prevalecer nas escolas de samba! Obrigado e me ajudem sempre nessas reflexões: preciso muito da interação de todos vocês para poder crescer nisso! Obrigado, de coração!

Noticia: O valor de um samba-enredo
Postado: 2012-10-15 17:42:52
Quero agradecer o carinho e o incentivo dos leitores do SRZD Carnaval que também percebem essa necessidade do samba sobreviver ante essa onda nefasta de pluralização da mediocridade musical! Dia desses conversei com três bambas máximos do ofício - Monarco, Noca e Nélson Sargento. Aprendi muita coisa. Ouvi respeitosamente. Também dialogo com gente da nova safra, e sei que tem muito garoto aí que bebe na fonte e conhece o que é bom. Exemplo disso é o Grupo Jaqueira, que junta filhos da Mangueira e da Portela, todos batizados na poesia genuína do samba. Lamentavelmente, paralelo a isso, as pessoas estão se "emocionando" com supostas "releituras" como uma aí que eu vi num desses programas de fabricação de ídolo pop, onde a moçoila DESTRUIU "As Rosas Não Falam", do genial Cartola, e um comentarista afirmou que ela "melhorou" a música. Eu disse que, quando alguém afirma que pode melhorar uma obra de Cartola, é porque carece de vaga num sanatório. Enfim, cabe às escolas de samba fazerem menos oba-oba e darem mais lugar ao samba genuíno, autêntico, verdadeiro. Qualidade nas escolhas de enredo, respeito aos seus compositores na hora de entregarem uma sinopse e lisura nos concursos. Abraços e obrigado a todos!

Noticia: Mestre-sala e Porta-bandeira: a honra de conduzir a alma da escola
Postado: 2012-09-26 12:05:40
Gente, uma coisa que eu gostaria de deixar bem claro - e acho que isso já está bem claro na coluna: não se trata de homenagear este ou aquele casal. Pelo amor de Deus! Observem que o foco da matéria não está nos "nomes", mas na relevância destes dois personagens e de sua responsabilidade especial dentro do desfile. A Juju Maravilha foi personagem condutor do texto por conta de uma lembrança minha que inspirou e permeou o discorrer das linhas. Entendam: eu não "esqueci" o nome de ninguém, porque o objetivo não era fazê-lo. Justamente porque, se o fizesse, eu citaria 350 nomes e, ainda assim, esqueceria algum digno de ser lembrado. Que fique bem claro: esse segmento da escola é importante não pelos grandes nomes da eternidade, mas por todos aqueles que nele atuam! O futebol não se faz apenas pelos Pelés, mas por todos os jogadores que entram em campo para jogar por um time. Então eu preferi prestigiar o ofício do que os oficiais, se é que me entendem. Além de Juju, os nomes que citei ao final são de pessoas que estão desenvolvendo um trabalho comigo, e quis apenas agradecer-lhes pela gentileza neste momento. Forte abraço a todos, obrigado pela interação...sem melindres: valorizar o ofício é mais importante do que os nomes! Assim, todos se sentirão homenageados! Deus abençoe a todos, sempre! :-)

Noticia: O meu voto
Postado: 2012-09-25 02:19:14
Caro Antonio Carlos, o Roberto tinha vários sambas enredos que concorrerram e não ganharam gravados em discos de carreira. Além desse feito para o enredo de 75 do Império Serrano sobre a vedete Zaquia Jorge (9 anos antes da morte de Clara Nunes), ele gravou sambas como "Flor de Madureira" (novo nome para o samba que concorreu na Portela em 78 no enredo "Mulher à Brasileira") e Combustível da Ilusão (concorrente no Império em 85). Acho que ainda tem mais exemplos.

Noticia: Mestre-sala e Porta-bandeira: a honra de conduzir a alma da escola
Postado: 2012-09-25 00:41:08
Prezado Ted, obrigado pela interação, mas faço questão de esclarecer o assunto que você abordou. Não fiz menção a nenhum fato específico. Quando falei de aliciamento e de rasteira, referi-me a acusações que que passaram a ser ouvidas em bastidores, um fato novo, sem me referir diretamente a alguma história. Sobre Lucinha e Rogerinho, a quem você citou, nem teria sido esse caso: eles foram gentilmente convidados pelo presidente da Inocentes, que aproveitou a oportunidade de vê-los disponíveis para assegurar mais quatro notas 10 na luta da escola para permanecer no Grupo Especial. Eu não teria dito isso acerca deles porque conheço essa história de bastidores e sei que a ida deles para a escola de Belfort Roxo foi tranquila e sem essa polêmica. Grande abraço só pra não deixá-lo na dúvida sobre essa questão.

Noticia: O meu voto
Postado: 2012-09-24 20:09:14
Gênio, Gênio e Gênio! Simplesmente isso, em poucas palavras! Roberto Ribeiro é uma das heranças culturais que meu pai me deixou. Até hoje eu e ele ouvimos as canções do Roberto e nos emocionamos. Meu pai, imperiano de fé, frequentou por anos a quadra da escola e ambos ficaram amigos. Lembro-me, na infância, quando o Hélio Pai chegou em casa e disse: "filho, escuta essa música...é pra você". Tratava-se de "Todo Menino é um Rei",, na voz do Roberto. Cresci ouvindo todos os seus sucessos. Uma influência musical ímpar. Meu celular tem uns dez álbuns dele armazenados. Jamelão tem seu lugar de honra no samba. Mas, realmente, Roberto Ribeiro é o meu cantor eterno também! Parabéns pela bela coluna... de uma mestra falando sobre um mestre! Tá tudo em casa e tá tudo na Serrinha Gloriosa!

Noticia: Análise dos enredos 2013: Mangueira
Postado: 2012-09-10 15:19:45
Esta é a minha posição: reitero meus valores, meu AMOR pelas escolas de samba, meu respeito por essa gente do samba e, para fins quaisquer, publico neste comentário minha posição. Qualquer outra coisa que se diga que se pense a meu respeito, será juízo pessoal. Não era para ofender ninguém. Nunca foi e jamais seria. Ponto final. E vamos para o Carnaval 2013!

Noticia: Análise dos enredos 2013: Mangueira
Postado: 2012-09-10 15:18:58
Esta é a minha posição: reitero meus valores, meu AMOR pelas escolas de samba, meu respeito por essa gente do samba e, para fins quaisquer, publico neste comentário minha posição. Qualquer outra coisa que se diga que se pense a meu respeito, será juízo pessoal. Não era para ofender ninguém. Nunca foi e jamais seria. Ponto final. E vamos para o Carnaval 2013!

Noticia: Análise dos enredos 2013: Mangueira
Postado: 2012-09-10 15:18:29
Respeitosamente li os comentários. Sem me envolver emocionalmente com nenhum deles. Dos mais acintosos aos mais desconfiados. Para esses debates, sem nenhuma pretensão de ser o dono da verdade ou de julgar criteriosamente isto ou aquilo, nos preparamos, comparecemos, demos nossa cara e nossa opinião a tapa (reparem que poucos têm feito isso, provavelmente porque têm benesses das instituições que organizam o carnaval). Fizemos comentários que trouxessem fomentos para reflexão e discussão. E as pessoas nos acusam de "tendenciosos", "debochados", "burros" e até palavras de baixo calão devidamente rejeitadas no site. Ã? esse o preço que se paga por uma proposta de reflexão? Teremos de ser "perfeitos", "excelentes", "irréprobos" o tempo todo, como santos canonizados, ou seremos chicoteados em público? De minha parte, reitero minha postura de sempre e ninguém colocará em minha boca palavras que não disse: eu AMO as ESCOLAS de SAMBA, respeito TODAS, só entrei na cobertura, na discussão e nesse trabalho para PRIVILEGIAR e DAR VOZ aos sambistas de verdade. Estudo escolas de samba há mais de 20 anos, nasci na Tijuca, fui criado na Praça XI dos bambas, cresci no Irajá de Nei Lopes e Zeca Pagodinho, moro no bairro de Noel. Sei perfeitamente o quanto a paixão inflama. Desculpem, sinceramente, leitores, qualquer má impressão: quem me conhece nas escolas sabe o quanto eu sou afável no trato, gentil e valorizo a arte fundamental das escolas de samba. Acredito que enredo não se discuta só no dia do desfile. Todo mundo que nos condena andou fazendo isso em rodas de amigos, A diferença é que nosso debate foi público. Só. Trabalhamos com resenha. Falharemos e acertaremos, mas enredo é CONCEPÃ?Ã?O e EXECUÃ?Ã?O. Deixei isso claro o tempo todo. Não julguei escolas, comentei enredos. Ã? diferente. Escolas estão acima de tudo!

Noticia: Análise dos enredos 2013: Mangueira
Postado: 2012-09-07 01:19:49
Oi, amigos. Explicando melhor: de fato, referi-me aos últimos trabalhos do Cid, com todo respeito ao profissional: nem na "parábola dos semeadores" (Mocidade 2011) e menos ainda na Mangueira deste ano ele foi feliz. Fiz os textos para a cobertura integral do SRZD nos desfiles, e lá comentei que as cores da escola estavam confusas, as fantasias eram feias, não estava legal. Além disso, a tal "paradona" foi um fenômeno apropriado para a televisão, que não entende nada de lógica de desfile: na avenida, o que se viu foi uma escola sem retorno do som, perdida em harmonia, com o samba atravessando feio do "pagode" pra trás e diretores gritando para que as alas "calassem a boca" pra ninguém cantar errado. /quem cobriu o desfile no meio da passarela, como eu, viu tudo isso que a TV não mostrou. Eu não acho que Cuiabá seja problema por ser Cuiabá. Cada lugar tem a sua cultura regional, que pode dar caldo se bem pesquisada. O que me parece é que esse enredo não tem a cara nem emociona a Velha Manga. Vamos ver como fica. Abraços e obrigado pela interatividade de todos.

Noticia: Análise dos enredos 2013: Portela
Postado: 2012-09-06 14:04:25
Prezado amigo Almir de Macaé, obrigado por mais uma interação respeitosa e elegante. Agradecemos, de coração, a todos os que participam e nos dão retorno. Ã? feedback para nosso trabalho. Estamos aprendendo a exercitar a opinião e a reflexão com todos vocês. Forte abraço!

Noticia: Análise dos enredos 2013: Mocidade
Postado: 2012-09-06 11:52:10
Caros Luan Cardos e Ernani Peixoto, agradeço a compreensão. Ã? difícil militar ideologicamente em uma causa e não se indispor. Tivemos (nós, os debatedores) todo o cuidado do mundo de não ofender nem depreciar as escolas, mesmo quando foi preciso criticar indistintamente os enredos de cunho comercial. Ainda bem que me fiz entender nas palavras, protestando sem deixar de ser respeitoso. Até porque não acredito na opinião impositiva: eu sempre defendo a reflexão. Ã? nela e por ela que acontece a verdadeira interação. Forte abraço e obrigado pelas manifestações.

Noticia: Análise dos enredos 2013: Portela
Postado: 2012-09-04 22:21:17
VerdeRosaFT, muito obrigado por suas intevenções, sempre ponderadas e sinceras, sem precisar confrontar nem agredir para se manifestar. Já procuro seus comentários mangueirenses após cada post porque viraram, para mim, uma referência de leitor de qualidade. Essa interação é muito importante para nós no sentido de ser um termômetro para nosso trabalho. Fazemos a nossa parte, avaliando com sinceridade e respeito ao samba, e nos dá grande impulso a natureza de cada comentário - quer concordando, quer discordando - quando é feito com respeito e boa intenção. Forte abraço, participe sempre! :-)

Noticia: Análise dos enredos 2013: Mocidade
Postado: 2012-09-04 11:12:01
Errei não, Diego Fabrício. A Mocidade desfilou em 1994 com o enredo "Avenida Brasil - Tudo passa, quem não viu?", desenvolvido pelo mestre Renato Lage e alcançou a oitava colocação. Sabia perfeitamente do que estava falando porque, inclusive, assisti ao desfile. Abraço!

Noticia: Eduardo Paes sanciona lei que torna Portela entidade pública
Postado: 2012-05-24 23:50:47
Como portelense indiscutível, achei arbitrário o benefício concedido à Portela, promovido por um vereador e assinado pelo prefeito. A escola dispensa quaisquer comentários acerca de sua grandeza e de seu gigantismo no contexto cultural do país. Nem se discute isso. Mas sancionar uma lei que a torna "entidade pública" foi um ato proselitista e discriminador: por que só a Portela? Qual justificativa? Ou AS ESCOLAS DE SAMBA são entidades públicas ou não são. Uma é e as demais não? O prefeito pode legislar de forma desigual e tendenciosa? Desculpem, não tenho o vício de puxar a brasa pra minha sardinha. Sou apaixonado pela Águia, mas isenção é isenção!

Noticia: A Hora e a Vez dos Enredos Chapa Branca
Postado: 2012-05-17 18:45:17
Pois é, Márcio. Esse é outro ponto crítico, mais relacionado a fatores políticos do que artísticos da festa. Embora tenham lá sua correlação.

Noticia: Muita chuva, nada decidido
Postado: 2012-05-17 15:53:02
Eduardo, no momento do gol e após o jogo, eu realmente tive a opinião de que houve impedimento. O lance era difícil demais, sobretudo sob chuva. Claro, eu também acho que, se fosse um gol do "sheik", ninguém teria dúvidas e daria gol legal. A história recente comprova a "preferência" do Corínthians. Ninguém mais do que eu tem criticado arbitragens e a sujeirada do futebol no país. Tive até um texto recente publicado no Observatório da Imprensa criticando isso. Agora, eu acho estranho: a Record imita a Globo em tudo e, em 20 anos de Tira-teima, nunca ninguém de lá fez isso. Aí a Fox Sports, que nasceu ontem, pega um "programador cobol" de não sei onde, com uma régua na mão, o cara faz uma linha diferente e "comprova" que a Globo errou. Se esse recurso fosse tão fácil de qualquer um ter, por que levaram 20 anos pra fazer? Na Globo, o recurso é feito com um computador que não apenas traça uma reta, mas reproduz no ambiente virtual as medidas e configurações do campo original onde as partidas se passam. Não é "orelhada". Se fosse, o comentarista não daria sua opinião contrária à marcação do juiz para, depois, reconhecer que estava errado. Sou Vasco, claro, mas não entendo: por que isso está preocupando tanto as pessoas? Se o tira-teima fosse a nosso favor, por acaso o juiz voltaria atrás e validaria o gol anulado? Claro que não. Enfim, a preferência é deles? Ã?. Mas não é culpa de tira-teima nenhum. E também não acho que a Globo tenha feito nenhuma armação com isso. Tô mais desconfiado é da Fox, com aquele traçado estranho que saiu sei lá de onde...

Noticia: A Hora e a Vez dos Enredos Chapa Branca
Postado: 2012-05-17 15:43:26
Acho que o fato de abrir-se o precedente para essa discussão já é uma luz. Onde mais se faz isso? Está tudo tão tranquilo que parece não ser "necessária" nenhuma reinvenção. Os enredos críticos nunca ganharam por que os jurados e a gestão dos jurados nunca deixaram. O que fizeram? Mudaram os enredos, não a gestão e os jurados. Ou seja, trocaram a janela para ver se mudavam a paisagem. Esse foi o erro fundamental. Agora, só temos enredo de prefeitura, de governo estadual, de pacote federal ou de anunciante. Tinha que ser como no futebol: a marca põe o nome mas não altera as regras do jogo. Já pensou se a Coca-Cola resolve que a bola de futebol tem que ser em formato de garrafa? Ou a Nike obriga os jogadores da seleção a tatuarem um rabisco na testa? A diferença é essa: no carnaval, o dinheiro só entra com enredo forçoso, alterando a estética do desfile. Não era necessário. Dinheiro sempre ajuda a produção artística, claro. Não sou contrário a isso. O que me irrita é a intromissão desnecessária, forçosa, boba até. E ninguém fala nada. Tá tudo lindo... verde e amarelo...

Noticia: A Hora e a Vez dos Enredos Chapa Branca
Postado: 2012-05-17 13:52:45
Pois é, caro amigo Diogo. Somos incentivadores e defensores das escolas de samba. Propagamos essa arte. Gostaríamos muito de dizer o contrário, mas as escolhas estão muito turvas. E o pior: quem escolhe parece muito satisfeito e esperançoso. Acho que a resistência tem que manter sempre acesa a chama da esperança, mas ficar "satisfeito" pode ser um perigo.

Noticia: ENCERRADA! Promoção: ganhe o livro '20 regras de sucesso do pequeno empreendedor'
Postado: 2012-04-27 19:14:22
A minha regra para o sucesso é: não apenas descobrir as oportunidades, mas fazê-las acontecer! A peso de preparação, disciplina e coragem inovadora!

Noticia: ENCERRADA! Promoção: concorra aos exemplares do livro 'Johnny Depp'
Postado: 2012-04-27 19:12:41
Adoro biografias! O filme foi A Hora do Pesadelo, de 1984. Ele morre feio no filme, aliás... traumatizante...rsrsrs.

Noticia: Cahê e Mário Monteiro: Imperadores da Imperatriz!
Postado: 2012-04-26 21:33:14
Ainda bem que eu tenho nome, identidade e personalidade! O que os leitores do site pensariam de mim se, em vez de assinar "Hélio Ricardo", eu aparecesse aqui como "Sapatinho da Cinderela" ou "Capa do Batman"?! Quem vive de máscara não existe. Simples: a gente ignora! Eu falo com quem existe... quem conversava com espíritos, que eu saiba, era o Allan Kardec. Obrigado a todos os leitores que respeitam o meu trabalho e me colocam sempre entre os cinco blogs mais lidos da semana! O mérito é de vocês! Muito obrigado mesmo!

Noticia: Cahê e Mário Monteiro: Imperadores da Imperatriz!
Postado: 2012-04-25 23:11:44
Prezado Guilherme, "este colunista" Hélio Ricardo, a quem você assim se referiu, respeita e admira o trabalho do colega Bernardo Moura, mas também respeita e conhece pessoalmente a educação, a gentileza e a seriedade do trabalho de Cahe Rodrigues. Não devo ao carnavalesco nenhuma gentileza obrigatória, a não ser a recíproca que ele merece por ser tão gentil e atencioso não apenas comigo mas com todas as pessoas que trabalham no carnaval. Não conheço nenhuma escola por onde ele tenha passado que não lhe tenha admiração. Apesar dos desafetos que todos nós eventualmente podemos ter na vida, até porque nem todo mundo se conforma com o nosso sucesso, né? Ainda sobre não ler a matéria do Bernardo, acho que foi você quem não leu a minha coluna toda. Você diz que nunca viu carnavalesco ajudando carnavalesco??? Renato Lage já trabalhou com Fernando Pamplona no Império, Alex de Souza já trabalhou com Paulo Menezes na Vila (e eu citei isso em minha coluna), Mário Monteiro já trabalhou com Mílton Cunha na Viradouro e Alexandre Louzada - já campeoníssimo - trabalhou com uma comissão inteira de carnaval na Beija-Flor. Portanto, no que pese o fato de cada um ter a sua opinião sobre os artistas, é incoerente afirmar que a diretoria da Imperatriz contratou dois carnavalesco caros porque um deles não é confiável. Desculpe, mas considero esse tipo de comentário ofensivo, fora do que se propõe a minha coluna, em texto crítico e analítico das coisas do carnaval.

Noticia: Haja paz na Mangueira
Postado: 2012-04-04 21:31:12
Sandro, fico realmente feliz e até emocionado por ter alcançado, na minha simplicidade, o coração de um mangueirense. Se pude fazê-lo entender minha preocupação com a "pessoa" da Mangueira - ou seja, com tudo o que ela é e representa para todos os que admiram o samba - julgo ter alcançado meu intento. Sem mágoas nem controvérsias. E que haja, de fato, paz na Estação Primeira! Grande abraço e obrigado pela generosidade nas palavras!

Noticia: E o que era ruim ficou bom
Postado: 2012-03-22 12:43:02
Eu sempre afirmo que as colunas de futebol são atuais. escritas em tempo real. Não posso escrever um texto de hoje como se estivesse analisando o Expresso da Vitória de 48 ou o Vasco do ano do centenário. Ã? uma questão lógica. Mas, se o leitor atento observar, minha análise sobre a atuação de Cristóvão no jogo de ontem, embora reconhecendo seu mérito, não o qualifica em definitivo como o grande técnico que ele, a meu ver, não é e nem passou a ser tão somente porque teve uma noite de acertos. Até porque já estamos quase em abril e foi a única noite de acertos dele no ano. No mínimo, falta regularidade...eheheh. Pode até ser que, daqui pra frente, ele passe a acertar todas. Como ninguém é mágico, então eu passarei a acreditar em duas outras versões: ou de que ele não podia fazer o que queria e errava seguindo alguém, ou de que ele errava sozinho e alguém melhor que ele o está "soprando", agora, o que deve ser feito. Seja qual for a minha "teoria da conspiração", o que eu quero é ver o Vasco vencendo, e tudo em paz para todos nós, vascaínos! Abraços e obrigado aos leitores, admiradores e também aos que acalentam com afagos o cronista que aqui escreve.

Noticia: Decodificando Paulo Barros
Postado: 2012-03-22 03:57:36
Sei que muita gente apontou a grua que elevava o personagem Luiz Gonzaga como imperfeita por ter parte de seu forro desencapado. De minha parte, sinceramente, considero esse acidente de percurso um fato que não interferiu na qualidade de acabamento dos carros. Referi-me, na análise, especificamente à estética. A meu ver, e eu conferi os desfiles da pista do setor 5, tanto as fantasias como os carros alegóricos da Unidos da Tijuca estavam todos muito bem finalizados. Talvez nem sempre com a mesma expressão, mas sem erros comuns em trabalhos anteriores do carnavalesco. Reitero que o perfeccionismo não parece ser uma característica perseguida pelo autor, mas nem por isso analisaria sua obra por um acidente de percurso. Seria como desconsiderar o carro dos huskies siberianos de Max Lopes, na Viradouro, só porque eles pegaram fogo. Ã? claro que nada rasgado ou queimado é bonito, mas fiz separação do acidente ocorrido e da obra concluída. Ainda assim, respeito e considero a subjetividade nas opiniões diferentes.

Noticia: Tarde de Kizomba do Samba
Postado: 2012-03-08 09:52:43
Amigo Carlos Alberto, confesso a você que essa injustiças ferem minh'alma! E é por isso - exatamente por isso - que fiz toda a questão (e faço sempre) de lavar a honra da Serrinha destacando sua engrandecedora presença nesse evento. O Império ganhou todos os prêmios de melhor escola do grupo de Acesso. Não se quer, com isso, menosprezar ninguém. O que eu acho, sinceramente, é que essa escola merece todas as honras pelo vulto histórico que tem e pelo que vem apresentando. Uma coisa é certa: aqui, neste espaço, o Império será sempre tratado como a realeza que é! Meu carinho, meu respeito e meu apreço por todos os que constituem a grandeza desse pavilhão! Alô, Madureira! Serra, Serrinha, Serrano! Salve, salve!

Noticia: Tarde de Kizomba do Samba
Postado: 2012-03-07 17:34:01
Obrigado, Paulo. Foi realmente uma tarde linda! Cada escola dando o melhor de si e honrando as premiações. Grande abraço e grato pelo incentivo! Escreva sempre!

Noticia: Desfiles 2012: Três Reflexões
Postado: 2012-02-25 18:22:10
Agradeço a todos pelo carinho das mensagens. Quanto à dúvida do leitor José Carlos de Jesus, o enredo da Portela foi claro e o samba também: a Portela chega à Bahia e sua musa eterna, Clara Nunes, pede passagem ao Senhor do Bonfim para entrar. De todo jeito nenhum enredo da Portela precisa de desculpa ou justificativa para citar ou apresentar Clara Nunes: ela é eterna na memória dos portelenses, estará sempre adequada e adaptada a qualquer enredo!

Noticia: Valci Pelé reassume ala de passistas da Portela
Postado: 2012-02-05 17:18:09
Figura extraordinária do samba, um lutador, personagem-síntese dos passistas da Águia de Oswaldo Cruz e Madureira, Valci faz parte de uma linhagem nobre do samba que faz do popular uma elite, que encarna a nobreza da simplicidade. Um talento que não se ateve ao exercício de sua arte exemplar: é, antes de tudo, um engajado lutador das causas de seus liderados e companheiros de samba no pé. Ganha a Portela, ganha o mundo do samba, ganhamos todos nós, admiradores dessa arte de riscar o chão. Parabéns, amigo e irmão Valci! Sucesso e felicidades!

Noticia: Portela revive sua história ao reinaugurar quadra
Postado: 2012-02-05 15:04:03
Não gosto da gestão Eduardo Paes, mas é um equívoco afirmar que a Portela foi beneficiada por ser a escola do prefeito. O projeto da prefeitura é desenvolver projetos sociais junto às comunidades das escolas de samba, dando estruturas por meio de investidores, não exatamente para "beneficiar", mas para incentivar as escolas a mudarem a realidade das pessoas que as compõem. Não é verdade que a reforma tenha sido privilégio da Portela... Cacique de Ramos (único bloco carnavalesco na lista), Imperatriz Leopoldinense, Império Serrano, União da Ilha, Caprichosos e Mocidade também foram contampladas. APenas para esclarecer...

Noticia: Silenciar as torcidas, não!
Postado: 2012-01-30 21:23:03
Amigo Alsam, Obrigado pelo incentivo e pelo reconhecimento! Mas aqui no SRZD não tem chapa branca, não... eheheheh. A chapa que eu conheço aqui é outra: sou eu... "chapa quente"! Rsrsrsrs Grande abraço!

Noticia: Silenciar as torcidas, não!
Postado: 2012-01-30 20:30:29
Caros amigos, a notícia não tem nenhum tom de leviandade. Está pautada numa conversa entre líderes de várias torcidas que procuraram o presidente da LIESA, no ensaio técnico da Imperatriz, e tiveram essa informação. Foram eles mesmos quem procuraram a imprensa para manifestar sua indignação com a resposta recebida. Que fique bem claro que a postura do colunista não foi de "falar mal". Como também não é proposta do articulista "falar bem". O intento de quem tem um espaço midiático deve ser, a meu ver, propor uma reflexão sobre os fatos, não omitindo sua opinião, mas antecipando as discussões para que os leitores já tenham seu arbítrio de decidir sobre o que devem ou não concordar ou discordar. Ã? por isso que prefiro ser "propositor de reflexão" a "formador de opinião" - este último um termo que me incomoda, até. Não acho que a resposta do presidente da Liga à torcida tenha sido uma sentença definitiva, nem que ele seria o responsável peã decisão. Não foi. Segundo a informação dada por ele aos líderes de torcida (de forma gentil, inclusive, como me informaram), a decisão foi da plenária da entidade â?? constituída pelos representantes de cada escola. Faço aqui uma ressalva: é de inegável importância que a mídia envolvida com as escolas de samba dê voz também aos sambistas de chão, como faz o site SRZD, para que não tenhamos apenas dirigentes e estruturas corporativas gerenciando e decidindo as coisas do carnaval. Meu apreço e meus cumprimentos cordiais a todos!

Noticia: Quesitos, Subquesitos e 'Esquisitos' no Carnaval
Postado: 2012-01-11 16:08:21
Fico feliz por perceber que as pessoas estão sob o mesmo espírito de reflexão e questionamento que eu. A indignação é grande, porque todos sabemos que os esforços parecem buscar a solução do problema, mas lamentavelmente não se vê uma reflexão objetiva, de fato. As escolas de samba precisam ser reconhecidas e respeitadas como "donas de seu nariz", no sentido de que têm personalidade e identidade próprias. Essa tentativa de padronizá-las como se todas devessem ser iguais e fazerem tudo igual é um crime contra a cultura popular. Agradeço o carinho de todos, em especial o do leitor Alsan Mattos, e deixo claro que não estou aqui querendo polemizar nem discriminar qualuqer pessoa, instituição ou escola de samba. Tenho minha preferência, mas nem por isso vou sentenciar contra outras coirmãs, porque, acima de tudo, estão o respeito, a ética e o amor pela cultura, Isso, no entanto, não fará de mim um "amigo dos amigos" que, para ser sempre politicamente coreto, sairá pela tangente nas questões cruciais. Quem esteve comigo no Seminário SRZD Carnaval, realizado na PUC, sabe do que estou falando. Aproveito para dizer que, no próximo dia 20, serei mediador do evento sobre o Dia do PAssista, no Sesc De Madureira. Já convido a todos que uiserem me conhecer pessoalmente para lá estarem. Leiam a matéria "SRZD-Carnaval apoia seminário organizado por Valci Pelé", aqui no site. Estarei na briga pelos nossos passistas! Grande abraço ao Zezé Fonseca. Pena que suas sábias lições não foram bem entendidas... ou foram "alteradas" - para ser bem eufemista - em sua essência. Abraços a todos!

Noticia: Passistas Masculinos: os Dândis do samba
Postado: 2011-12-08 18:53:10
Ninguém pode duvidar de que esse genial Carlinhos do Salgueiro é, hoje, uma das maiores estrelas de primeira grandeza da festa do carnaval. Como estudioso, dedico a ele um capítulo especial: ele transcendeu a ginga do malandro e transformou-se em um artista versátil, capaz de representar diversos personagens com vigorosa dramaticidade e grande eloquência teatral. Carlinhos interpreta o malandro milongueiro, o Madame Satã inzoneiro e é capaz de viajar do masculino ao feminino com a mesma raridade de um cantor que alterna graves e agudos. Não é nada fácil fazer nem entender o que ele faz! Ele näo samba como homem nem como mulher: ele samba como CARLINHOS! Ã? bom que se saiba: isso näo é estilo nem gênero...é grife mesmo! E é grife de luxo!!!

Noticia: Passistas Masculinos: os Dândis do samba
Postado: 2011-12-06 13:53:25
Agradeço as interações e gostaria, apenas, de ressaltar um fato. Minha proposta, com a postagem deste texto, foi ressaltar a importância do passista masculino no samba e dar-lhe, nesta mídia, o espaço que lhe é negado em praticamente todas as demais. Todo mundo fala do compositor, do mestre-sala, do intérprete (que, com licença do mestre Jamelã, pra mim é orgulhosamente "puxador" quando comanda a escola na avenida). O passista fica oculto. Reslvi abrir espaço para ele, por sua gloriosa relevância no samba. Seja ele dono da performance que for, tendo ou não alguma característica peculiar ou diferenciada. A imagem da matéria, escolhida pela editoria do site, mostra uma performance de um líder de passistas seguido, atrás, de sua ala. Conheci Carlinhos pessoalmente, ouvi a história de sua luta, de sua afirmação dentro do samba er dentro de sua escola. Ã? louvável o esforço de cada componente em busca de seu espaço. Mais do que atenuar quaisquer controvérsias, considero de fundamental importancia aproveitar o raro espaço que se dá para destacar e enaltecer a arte dos passistas masculinos - que não caberiam todos aqui, em fotos ou citações - mas que são todos dignos de respeito, homenagem e preservação de seu trabalho para a memória legítima do samba. Obrigado a todos e sigamos nesse luta! Mais união e menos dissensão... esse é o melhor caminho!

Noticia: Por um pouquinho de Praça Onze
Postado: 2011-11-04 13:12:23
Agradeço a todos pelo incentivo! Vamos discorrer sobre temas relevantes aqui neste espaço. Abraços e obrigado!

Noticia: Desagradando a gregos e troianos
Postado: 2011-08-23 11:18:02
Gostaria de acrescentar à observação da Rachel que, de fato, o Império Serrano foi massacrado pelo sistema opressor dos desfiles para se descaracterizar de sua condição. Apesar disso, eu o considero, hoje, a última escola de samba convencional, tradicional, ou seja lá o qe se queira. Bonitas e encantadoras, todas as demais viraram alguma coisa que, a bem da verdade, escola de samba não é. Em meio a tanta técnica, tanta pirotecnia, tanta erudição, tanta maquinaria, tanto efeito especial, perderam a essência do samba e se tornaram ciborgues de jurado, fina-flor das Ligas, artifício televisivo. Não perderam sua magia nem seu encanto, mas perderam sua ALMA de escola de samba, coisa que o Império Serrano - mesmo desprezado pelos jurados "entendidíssimos de tudo" - parece carregar consigo, mesmo que até a Intendente Magalhães. Em meio a tanta modificação estrutural, não se pode, por exemplo, OBRIGAR uma escola a ter "paradinha e bossa" de bateria, ameaçando tirar pontos de quem não cumprir isso. A restrição mental do critério fez com que "paradinha" seja sinônimo de "criatividade". Porque "o turista gosta", e quem não faz, não "vende o pacote". Sob esse prisma, o Império realmente não tem culpa do que vem sofrendo: aenas tornou-se a anti-escola recauchutada que as outras, por imposição, tiveram de ser. Agora, ele (o Império) precisa pensar: até quando vai durar essa sua resistência? Até quando vão entender a sua mensagem? Ã? uma saída difícil... eu acho!

Noticia: Mocidade e Mangueira emocionam, mas Grande Rio é o destaque de segunda
Postado: 2010-02-16 13:09:21
A Grande Rio nunca poderá tirar nota boa em samba nem em enredo. Ambos horríveis! Ã? uma reedição do enredo de Spinoza em 2005 para a Caprichosos. Pena que os falsos especialistas não vêem isso. E esse samba com merchandising, se vencer alguma coisa, vai desmoralizar a tradição de Silas de Oliveira, Paulo da Portela, Cartola e tantos bambas: é um lixo! Coitado do Wantuir, ter que cantar uma bomba dessas! Mais uma vez estão tentando ofuscar o brilho da Unidos da Tijuca, que foi disparada a melhor escola do ano.

Noticia: Em ensaio, Mangueira mostra técnica, qualidade do samba e bateria impecável
Postado: 2010-01-26 17:36:12
O repórter é mangueirense e flamenguista confesso! A matéria é tão emocionada e boba que ficou primária. A Mangueira merecia mais respeito e menos parcialidade da parte deste site! Para quem não sabe, o Ivo Meirelles tentou cantar essa gracinha rubro-negra semana passada, na quadra, e levou uma estrondosa vaia, porque nem todo mundo que é mangueirense é flamenguista. Isso saiu até no Globo. Aliás, o Ivo Meirelles sempre foi um falastrão desnegonçado, mas agora, como presidente, está jogando no lixo a modéstia, a classe e a elegãncia de Delegado, Cartola, Nélson Cavaquinho e outros bambas de verdade. Não precisa desmerecer ninguém pra elogiar a Mangueira. Todos nós sabemos que a Mangueira tem seu valor, independente das outras. Pena que esse novato de cabelo colorido não tenha esse entendimento, também. Sai fora, Ivo... o teu cachimbo caiu!!!

Noticia: Portela aposta num visual de 'luxo, mas com um design diferente' para 2010
Postado: 2010-01-26 16:54:16
Tem gente criticando esse enredo, mas ao menos a Portela não requentou temas dos outros, como fizeram Mangueira (reedição do nosso enredo "Essa gente bronzeada mostra o seu valor"), Imperatriz (com seu "Império do Divino II - A Missão"), Grande Rio (imitação da Caprichosos 2005, trocando o tema da Liga pelo camarote de um patrocinador, mas desenvolvendo um enredo igualiznho ao outro). A história dos desfiles é pródiga em inovações. Algumas deram certo, outras não. Por que a Portela só pode ser associada às que não deram certo, sendo ela, historicamente, uma das maiores inovadoras dos desfiles desde as suas origens? Acho que toda análise, todo comentário e todo palpite é possível. Mas não custa nada a gente lembrar que a Vila já foi campeã sem quadra, sem barracão e sem plumas com uma "Kizomba" antológica, a Unidos da Tijuca fez um grande fuzuê com o caro do DNA que era visto como "um monte de ferragens sem formato de nada" e a Mocidade trouxe baianas vestidas de mosca espacial para vencer outro carnaval antológico. Ou seja: muita inovação "pré-reprovada" se consagrou depois. Vamos aguardar pra ver. Os carnavalescos não são renomados, mas estão trabalhando sério. O samba não é lá essa obra-prima, mas está na boca do componente e tem contagiado as arquibancadas nos ensaios técnicos. Lembrando que, ano passado, o samba mais bonito valeu um rebaixamento ao Império Serrano. A força da Portela está no chão, na pegada. E nisso, indiscutivelmente, a escola vem brigando pelas cabeças, não resta dúvida.