SRZD


Nil Guimarães

srzd/upload/4/2/42B319627384B0C670274E0D40F52621EF65F6CE.gifSou Beija Flor e o meu tambor tem energia e vibração.

Comentários desse usuário

Noticia: Padres, prostitutas e professores vão retratar os Candangos na Beija-Flor
Postado: 2010-01-20 12:25:08
Júlio, amigão... Obrigado pela deferência. Nos faz o que nos pode, né? (kkkkkkkkkkkkkkkkk). Grande abraço.

Noticia: Padres, prostitutas e professores vão retratar os Candangos na Beija-Flor
Postado: 2010-01-20 11:59:45
Sem desmerecer à agremiação Mangueira, acredito que o título vá estar entre Vila, Salgueiro, Beija Flor e Imperatriz. Não estará fora desse núcleo. A Beija Flor estará, sim, brigando pelo título de igual pra igual. Disso não tenho a menor dúvida. Aliás, a escola prepara um dos seus carnavais mais grandiosos, está com um dos melhores sambas, uma bateria mais apimentada, entre outros aspectos de competência inerentes a essa agremiação. Ainda quando comete erros (Poços de Caldas), a Beija Flor briga pelo título. Esse é um fato inegável.

Noticia: Padres, prostitutas e professores vão retratar os Candangos na Beija-Flor
Postado: 2010-01-20 11:50:36
Anísio, gostaria de saber de você o que, a seu ver, está faltando ao enredo da Beija Flor. Imaginemos que você fizesse parte da comissão de carnaval da escola e que a sua responsabilidade fosse, exatamente, a de desenvolver esse enredo. Cite, por favor, alguns aspectos que seriam inseridos em seu projeto. Te faço essa proposta por não conseguir ver que o que exatamente você reclama estar sendo deixado de lado. Na condição de filho dessa terra e profundo conhecedor dessa cidade, me diga, o que seria inserido e o que seria deixado de lado por você. Bom, se você, de cara apontar a citação ao Egito, eu terei que dar a mão à palmatória. Concordo que é absolutamente desnecessário fazer tão extensa referência a Aketaton só por a mesma possuir muitos pontos coincidentes com Brasiléia. No mais, a meu ver, tudo está lá.

Noticia: Padres, prostitutas e professores vão retratar os Candangos na Beija-Flor
Postado: 2010-01-20 02:38:25
impressa em suas atitudes, das mais banais às mais rebuscadas.

Noticia: Padres, prostitutas e professores vão retratar os Candangos na Beija-Flor
Postado: 2010-01-20 02:37:48
Anísio, até concordo com você em certos aspectos. Porém, observe que o enredo é sobre o cinqüentenário de Brasília e, por mais que se tente, fica muito complicado fugir a estas passagens da sua história. Isso, seja em carnaval, em documentário, em filme, eu matéria escrita, falada, televisionada. São pontos fundamentais e inseparáveis dessa lugar e de sua formação. Como excluí-los? De mais a mais, é preciso ter-se a consciência que esse enredo é bancado, em grande parte, pelos políticos da Capital Federal e, você acha que eles iriam permitir a omissão de fatos históricos? (todo fato histórico é batido, amigo! Isso não tem como não ser!) Me chama a atenção que as pessoas insistem em querer que a Beija Flor aborde aspectos que nada têm haver com a proposta do enredo, como as bandalheiras. Cobram da escola este foco, como se todas as agremiações que já homenagearam cidades, estados, municípios, etc., tivessem abordado aspectos positivos e negativos das mesmas. Além disso, noto também um descarado bairrismo na maioria das postagens com críticas referentes à Beija Flor e seu enredo de 2010. A escola vai falar de Brasília, aí, muitos a acusam de estar fazendo jogo político em favor dos governantes de lá. O Salgueiro (só pra citar um exemplo), recentemente, falou do Rio (num enredo pra lá de manjado) e só abordou os aspectos positivos dessa Cidade. Quem foi que apareceu por aqui, ou, em qualquer outro lugar, pra criticar à escola tijucana por sua omissão às inúmeras mazelas que vivenciamos cotidianamente aqui, no Rio? Ninguém! Foi tudo lindo e maravilhoso! Você diz que Brasília é bem mais que um caldeirão cultural... Tudo o que se faz ali é cultura, amigo! Até as roubalheiras que ocorrem por lá fazem parte da cultura daqueles políticos e do povo brasileiro, bem como da humanidade! Logo, em que aspecto Brasília é bem mais que um caldeirão cultural? Fiquei curioso! A cultura de um determinado núcleo social está

Noticia: Laíla interrompe ensaio da Beija-Flor
Postado: 2010-01-17 20:04:11
RATOS E URUBUS LARGUEM A MINHA FANTASIA! Amigo meu sucesso lhe atordoa, minha glória lhe magoa, meu talento só lhe faz sofrer. Não vou fazer nenhum tumulto, devolvendo o seu insulto, mas, do alto vou lhe responder... Enquanto você vai sem glória escrevendo tua história sem enredo e tão vulgar, eu, de passado glorioso, no presente já famoso, este samba vou lhe ofertar. Quem é bom já nasce feito, talento não tem preconceito, é um dom que Deus nos da. Toda árvore que da fruto sempre aparece alguém para ela apedrejar.

Noticia: Bruno Chateaubriand volta a ser jurado do Grupo Especial no Carnaval 2010
Postado: 2010-01-14 15:03:19
O tópico é sobre o Bruno Chateaubriand, mas, incrivelmente, muitos tratam de inserir a Beija Flor no meio. Insultam a escola. Acusam-na disso e daquilo e vêm outros e reclamam quando os torcedores da mesma saem em defesa da agremiação! Afinal, às demais tudo, à Beija, nada? Ã? essa a máxima? A verdade é uma só... atire a primeira pedra a escola incólume na história do carnaval. Vamos lá.... Portela, 21 títulos; quantos deles realmente foram merecidos? Ã? fato que o seu Natal ameaçava até com arma em punho àqueles jurados que ousassem tirar pontos da escola. Mangueira, várias vitórias; quem não sabe do beneficiamento direto do Senhor Brizola, entre outros, que muito ajudou nas conquistas de alguns destes títulos? Salgueiro, nos áureos tempos era uma das mais poderosas e esbanjava luxo. Com o campeonato â??Peguei um Itaâ??, todos sabem que a escola arrepiou em empolgação, porém, seu conjunto alegórico, bem como de fantasias deixavam muito a desejar. E quais não foram às notas? E agora em 2009? Quem não viu a cratera que se formou e mesmo assim a escola tirou notas expressivas em harmonia, em conjunto! Mocidade; quem não se lembra do poder de comando do seu Castor e de como isso se refletia nos resultados do carnaval referentes à escola? Imperatriz; bem, essa aí dispensa comentários! Até as crianças sabem de que forma a escola conquistou o tri campeonato. Até mesmo a Ilha não pode falar nada, já que em 2009 subiu misteriosamente, pois suas alegorias, suas fantasias e sua bateria deixaram muito a desejar e, no entanto, aí está ela no especial. Império está no acesso agora, mas, de lá subiu (enredo Carmem Miranda) inexplicavelmente, pois era uma das escolas mais fracas em alegorias, fantasias e adereços. Logo, se a Beija rouba, se é beneficiada, como muitos afirmam, ela não pode ser condenada, já que somente faz parte do esquema vigente.

Noticia: Os sambas prediletos para 2010
Postado: 2009-12-28 22:03:46
(2004), O vento corta as terras dos Pampas... (2005), Áfricas... (2007) e agora, Brilhante ao sol do novo mundo... (2010). Portanto, sem essa lenga lenga recheada de despeito que muitos postam nesse espaço referentes ao samba da Beija Flor. O que mais leio por aqui é que o samba da escola não é bom porque é grande! Um dos sambas antológicos da história do carnaval, e que justamente foi o grande responsável pela vitória da escola que o cantou foi... Bum bum paticumbum prugurundum. Esse samba é unanimidade entre os sambistas e afins e, no entanto, é um samba grande, denso, exatamente como o da Beija. Mas, cadê que alguém tem peito de dizer que é um samba ruim? Um samba grande? Então, a logica é a seguinte... falem bem, falem mal, mas, falem da Beija Flor. Não tem como deixar de falar dessa grande e formidável escola de samba. Essa é a verdade!

Noticia: Os sambas prediletos para 2010
Postado: 2009-12-28 22:02:49
1. Isso é BEIJA FLOR DE NILÃ?POLIS! Escola que incomoda, que provoca reações, seja de indignação, seja de louca paixão, não importa, o fato é que essa escola não passa incólume às emoções. Observem que de dez postagens, em cada um dos tópicos referentes ao carnaval desse site, ainda quando o mesmo não se refere diretamente à escola nilopolitana, oito, no mínimo, citam-na! Nesse tópico do Luis Carlos Magalhães, ele, tão somente, emitiu o seu parecer acerca dos sambas e, com muita coerência, cita os melhores sambas de 2010. Ã? importante salientar que os sambas citados como os melhores por este colunista são os mesmos citados por vários outros profissionais ligados à música e ao carnaval, neste e em outros espaços de comunicação. Também nas enquetes elaboradas até agora, os mesmos sambas foram apontados como os melhores, sendo o da Imperatriz o primeiro e o da Beija e Vila oscilando posições. Não é nenhuma novidade que os sambas da Imperatriz, Beija e Vila estejam alguns níveis acima dos demais. No entanto, a revolta se dá contra a Beija Flor! E o que se vê é um festival de impropérios que, em sua grande maioria, servem somente para divertir a nos, nilopolitanos de coração, pois é quando percebemos nitidamente o quanto a nossa escola querida desestrutura, destempera àqueles que não aceitam, por pura imaturidade, ou inveja, que ela é, indubitavelmente, uma extraordinária escola de samba. A sua história e as suas conquistas ratificam isso e só não vê quem se deixa cegar pelo despeito. Assim, no afã de desmerecê-la, desqualificá-la de alguma forma, insistem em dar murros em ponta de faca. Não é de hoje que a Beija Flor vem emplacando os melhores sambas dos carnavais. Grandes, pesados, densos, não importa, são eles sempre apontados como os mais belos. Quando não ocupam a primeira colocação nas opiniões dos especialistas, ocupam, no máximo, a segunda. Araxá... (1999), A Saga de Agotime... (2001), Manôa Manaus

Noticia: Carnaval 2010: Beija-Flor não levará pássaro símbolo da escola para o desfile
Postado: 2009-12-17 00:09:38
Admilson, desculpe, mas Brasília sempre foi apresentada sob outros olhos para os ignorantes. Quantas escolas (que não a Beija Flor) já falaram de estados, cidades, municípios onde os índices de pobreza/miséria, analfabetismo, corrupção, violência, etc, são elevadíssimos com abordagens superficiais ou, totalmente maquiadas? Quer dizer que pra eija Flor falar de Brasília ela, involuntariamente, tem que falar do que políticos DE TODO O BRASIL fazem de errado? Então Brasília, enquanto Distrito Federal, que abarca uma história de surgimento formidável, uma gama cultural fortíssima, uma população que nada tem a ver com as atitudes dos políticos DO BRASIL (pra clarear pra você: do seu, do meu, de todos os estados desse país) só pode ser retratada sob aspectos negativos, desqualificantes? Faça-me o favor, amigo!

Noticia: Carnaval 2010: Beija-Flor não levará pássaro símbolo da escola para o desfile
Postado: 2009-12-17 00:09:12
Paulo, e qual seria a sua escola. Eu gostaria, sim, falar dela. Mas, antes, preciso saber de que escola se trata.

Noticia: Carnaval 2010: Beija-Flor não levará pássaro símbolo da escola para o desfile
Postado: 2009-12-16 23:57:16
Jura, Rafa (LHP)? Me impressiona a sua capacidade de avaliar um enredo pertinente e um que não seja. Veja que bela comparação você fez... Beija Flor/Louzada/Brasília e Rosa Magalhães que já deu excelentes viajadas maionésicas em seus carnavais. Que tal você nos brindar com uma análise sobre o enredo da Rosa do ano de 2007, no qual ela conseguiu misturar bacalhau, os povos nórdicos, chacrinha, bloco de Recife, entre outras proezas, tudo numa caldeirada só? Imagino que você, exímio analista de enredos, deva ter adorado e aprovado, correto? Ã? engraçado como para algumas pessoas, merda na avenida é só a Beija Flor quem faz. Ã? incrível isso!!!!!

Noticia: Carnaval 2010: Beija-Flor não levará pássaro símbolo da escola para o desfile
Postado: 2009-12-16 01:23:42
Denise, é verdade! Eu bem que iria adorar ver a minha escola com uma linguagem diferente. Algo mais São Clemente, Caprichosos de Pilares e, sem dúvida, que as mazelas escabrosas políticas de Brasília são uma mina inesgotável de situações que oscilam entre hilárias, grotescas, patéticas, indignantes, que, se bem aproveitadas, dariam um enredo comédia pastelão de primeira. Porém, esse não é, lamentavelmente, o estilo Beija Flor e, também, esse enredo é idéia do João com, exatamente, um político da base governista de Brasília. Claro que foi vetado à escola qualquer alusão às maracutaias políticas, já que o patrocínio vem desse 'cofre'.

Noticia: Carnaval 2010: Beija-Flor não levará pássaro símbolo da escola para o desfile
Postado: 2009-12-16 01:23:11
magali tavares, não mudaram o enredo não. Concordo com você que esta alusão à Cidade de Aketaton era totalmente descartável. Tudo bem, as coincidências existentes entre essa cidade e Brasília são, realmente, espantosas! Mas, a escola bem poderia abrir mão desse viés e centrar-se só em Brasília que, por si só, possui material histórico e cultural para se elaborar um enredo. Porém, como bem sabemos, dar uma viajada na maionese é uma, das muitas, características da Beija Flor, o que nem sempre funciona bem. Vide, Poços de Caldas.

Noticia: Carnaval 2010: Beija-Flor não levará pássaro símbolo da escola para o desfile
Postado: 2009-12-16 01:22:37
Leonardo Rezende, não vai ter água com sabão, não, cara. Aliás, nunca teve, meu camarada. Beija Flor de Nilópolis jamais precisou de artimanhas dessa natureza para sobrepor-se a qualquer agremiação. Se a sua escola patinou na pista, com certeza foi por falta de competência e não por outro motivo. Só para corroborar minha afirmação, é só você assistir ao vídeo do desfile e verás que quem encerra àquela apresentação é o passista Cássio que, por sinal, vem dando um show de samba. Engraçado, o cara, em nenhum segundo, escorregou na pista! E olha que ele vinha logo atrás do carro que jogava a tal água com sabão que você diz! Ã? cada figura que aparece por aqui!

Noticia: Carnaval 2010: Beija-Flor não levará pássaro símbolo da escola para o desfile
Postado: 2009-12-15 23:19:33
Ã? verdade, Evandro. A Beija Flor, se fizermos uma comparação alegórica, bem pode ser comparada a uma ave de rapina que, como boa predadora, voa alto, avista suas presas e as abate com eximia maestria. Fazer o que, né? A natureza não dotou todas as suas criações com as mesmas capacidades. Umas, mais sabias, mais ágeis, mais sagazes e outras, nem tanto. Vida que segue....

Noticia: Renato Lage se emociona com fantasias da Rocinha para o Carnaval 2010
Postado: 2009-12-11 01:10:50
O grande lance dessas fantasias não é só a beleza impressa em praticamente todas (o meu â??Cnãoâ?? fica só nas das baianass), mas, a nova estética, a nova forma, o novo padrão que o carnavalesco da Rocinha impõe e que vem a quebrar o paradigma estético carnavalesco vigente há muitas décadas. Sim, é possível elaborar fantasias leves, lindas, com luxo, bom gosto e, primordialmente, fácil entendimento de suas mensagens e é exatamente isso o que esse criativo e inspirado carnavalesco mostra com exímia competência. Ã? obvio que o passe do Fabio já está sendo cobiçado e em 2011 ele estará numa agremiação do especial. Não tenho a menor dúvida. Quanto à Rocinha, é uma fábrica de talentos, mas, como fosse time da segunda divisão, perde seus craques tão logo os mesmos começam a despontar.

Noticia: Renato Lage se emociona com fantasias da Rocinha para o Carnaval 2010
Postado: 2009-12-10 20:45:14
Na verdade, todos os carnavalescos deveriam ter a mesma atitude. Não tem como não se emocionar com esse trabalho do Fabio Ricardo. Ã? fora do comum. Uma verdadeira resposta ao lugar comum, de já vu, mais do mesmo, tão rotineiros nos carnavais dos últimos tempos. Aposto que tem muito profissional (carnavalesco) se roendo de inveja no circuito.

Noticia: Fotos das fantasias da Rocinha
Postado: 2009-12-10 12:45:23
Vejo algumas pessoas aqui dizerem que estas fantasias estão no nível das fantasias do grupo especial. Esse tipo de comparação é hilário e descabido, no mínimo. Tem escola com fantasias sofríveis para 2010. A verdade é que as fantasias da Rocinha estão léguas e léguas acima do que já foi apresentado no especial em décadas! Dos que já foram mostrados do grupo especial para o carnaval 2010, então, chega a ser covardia! Nenhum, se quer, chega nem perto da beleza, da linguagem, da leveza e, principalmente, da criatividade deste da Rocinha. Ã?, sem sombra de dúvidas, uma aula de inovação, de ousadia. Vejo muita originalidade nesse trabalho magnífico. Fico imaginando as alegorias. Se primarem pelo bom gosto e originalidade das fantasias, a Rocinha já entra com pequena margem de distância das concorrentes. Porém, como bem sabemos, alegorias e fantasias deslumbrantes não são suficientes para assegurar um campeonato, vide Estácio em 2009 que deu um banho de beleza e não ficou nem na segunda posição.

Noticia: Fotos das fantasias da Rocinha
Postado: 2009-12-09 10:21:05
Rapaz, que conjunto mais extraordinário! Disparada (e bota disparada nisso!) as mais magníficas fantasias apresentadas até o momento e, sinceramente, duvido que alguma escola consiga superar. Nem mesmo a minha Beija. Beleza, leveza, acabamento, cromática, tudo em perfeita sintonia e, por incrível que pareça, as fantasias fogem do obvio. Possuem uma simetria fantástica. Estou abismado com as fantasias da Rocinha. Uma aula de criatividade e bom gosto. Podem dizerem o que quiserem, mas, é fato, a Rocinha ta dando de dez nas demais. Pelo menos em fantasias, está!

Noticia: A avaliação de Fernando Pamplona
Postado: 2009-12-04 21:03:30
Pequena correção - Samba do Silas ... Aquarela Brasileira e não Aquerela do Brasil, como postado.

Noticia: A avaliação de Fernando Pamplona
Postado: 2009-12-04 20:49:55
radio tinha muito poder de sedução, coisa que hoje em dia, não mais ocorre. Era a época em que o acesso ao carnaval baiano e de pernambucano era praticamente zero. Era a época em um novo sucesso era lançado no Estados Unidos e os brasileiros aguardavam ansiosamente e por meses, a chegada do disco de vinil aqui no Brasil. Uma nova tendência cultural, para aparecer na mídia, era algo raríssimo, ou seja, tudo o que hoje em dia acontece de minuto em minuto. Os valores mudaram. As perspectivas mudaram e, lógico, o carnaval mudou, como não poderia deixar de ser. Só não vê, não aceita, quem está preso ao passado feito peça de museu.

Noticia: A avaliação de Fernando Pamplona
Postado: 2009-12-04 20:48:25
Acho muito engraçada essa monótona e repetitiva ladainha de que samba bom eram os sambas do passado e que os de hoje são marchinhas, frevos e o escambau! Não pode existir nada mais pé no saco que esse inconformismo de alguns em não aceitar que a vida é eterna alteração e, assim, nada mais normal que as transformações em tudo, inclusive, nas culturas. A mesma reclamação que fazem hoje os saudosos e retrógrados do passado em relação às modificações carnavalescas da atualidade, faziam os amantes dos carnavais anteriores a estes e que perderam seus ranchos, seus bailes de máscaras, o carnaval nos bondes, os corsos e cordões, substituídos gradativamente pelas escolas de samba que estes que hoje reclamam, defendiam com todo ardor sem se importar com uma gama cultural que estava se desmanchando por conta dessa nova tendência carnavalesca que, cada vez mais, se popularizava. Ã? sempre assim... Minha mãe sempre diz que música boa era a música do seu tempo. Eu, particularmente, prefiro as de agora e certamente o meu sobrinho mais novo achará as de agora, que eu adoro, um saco. Vida que segue... Só pra finalizar, esse papo de que os sambas e o carnaval das décadas passadas é que eram bons é balela. Já naquela época existiam muitas críticas e irritações por conta do tipo de samba e comportamento que as escolas adotavam. O próprio Cartola se indignava com os sambas que eram produzidos e que ele considerava péssimos e descaracterizados. Um dos sambas mais antológicos da história do carnaval, o Aquarela do Brasil, de Silas de Oliveira, foi, tão logo divulgado, altamente criticado por ser considerado, pelos críticos de então, um samba de letra fraca, marcheado, sem a cadência e o estilo característicos àquele tempo. quanto aos que argumentam que os sambas de agora não se perpetuam, só o fazem por não se darem conta de que o comportamento social, cultural daquele tempo era pertinente a essa cultura carnavalesca. Era a época em que o

Noticia: Enquete: qual melhor samba-enredo do Grupo Especial para o Carnaval 2010?
Postado: 2009-11-27 21:09:42
Olá, Renato de Souza. Sim, amigo, sou o mesmo. Mas, não faço mais parte do site. Na verdade, só apareci por lá pra dar um alô para a galera que, em sua grande maioria, fazia parte do saudoso site 'Esquentando os Tamborins' onde participei por 4 anos e que, infelizmente, acabou há certo tempo. Grande abraço, cara.

Noticia: Enquete: qual melhor samba-enredo do Grupo Especial para o Carnaval 2010?
Postado: 2009-11-27 20:08:55
ESTOU COM A MAIORIA. 01º - VILA ISABEL, 02º - BEIJA FLOR, 03º - IMPERATRIZ. OS DEMAIS, COM EXCESSÃ?O DE PORTELA E GRANDE RIO, ESTÃ?O NO MESMO NÍVEL. PORTELA E GRANDE RIO BRIGAM PELO PRÃ?MIO DE PIOR SAMBA DO ANO.

Noticia: Milton Cunha em dose tripla
Postado: 2009-11-26 23:39:30
Poderia dizer que o Milton é, personificado, o que foi o carnaval, ou, o que deveria voltar a ser o carnaval. Irreverente, alegre, descompromissado, sagaz, atento aos acontecimentos relevantes do país e sempre aproveitando-os, carnavalizando-os. Cada aparição dele na apoteose é sempre um acontecimento, uma surpresa agradável de se ver, como deveriam ser sempre as aparições de cada escola. Jamais é enfadonho ver o Milton. Temos sempre motivos pra rir, nos animar, bater palmas. Seu amor e sua defesa à cultura popular, seja esta de que origem for, é comovente. Parabéns Milton. O carnaval precisa de muitos e muitos Miltons para permanecer sendo carnaval.

Noticia: Juliana, do Jaula das Gostosudas, é a nova rainha de bateria da Portela
Postado: 2009-11-24 12:28:00
Já que não ia ser mais uma â??celebridadeâ??, então, porque a direção da escola não organizou um concurso no qual as meninas da região pudessem disputar a vaga, como fazia a Mangueira nos áureos tempos em que valorizava seus componentes? Pow, isso, não só ia dar ao posto uma cara mais bonita, mais justa, mais adequada ao carnaval, como iria dar às meninas portelenses a chance de mostrarem seus talentos, uma oportunidade de saírem do anonimato. E, mais... a Portela poderia faturar uma boa grana com esse evento, (ingressos, venda de bebidas) além de atrair a mídia para si. Ganharia a melhor, a mais qualificada. Isso, sim, seria um gol de placa. Nada pessoalmente contra essa menina. Como já disse, nunca a tinha visto e nem ouvido falar dela, até porque não existe coisa que eu despreze mais do que funk. Mas, é fato que ela não atende, pelo menos em minha opinião, às qualificações que esse posto deve ter. Não tem charme, não tem carisma, a sua beleza (se é que possui alguma) é esquisita, feminilidade zero, muito marombada e samba o básico. As celebridades nada sambam, mas, ao menos, trazem a mídia pra cima da escola. Entre essa menina e dona Dodô, fico com a portelense Dodô que à frente dessa bateria foi um dos momentos mais belos que o carnaval já registrou. Mas, se a escola assim quis, fazer o que? Lamentar, somente!

Noticia: Juliana, do Jaula das Gostosudas, é a nova rainha de bateria da Portela
Postado: 2009-11-23 01:24:58
Perdoem-me os Portelenses, nada contra a Juliana. Nem se quer a conheço. Aliás, pra ser bem sincero, nunca tinha ouvido falar dela! Mas, na moral, a portelense Suellen Ferreira, que ganhou o concurso Musa do carnaval do Luciano Huck em 2009 da de mil nessa menina. Da de mil em tudo! Em beleza, em carisma, em simpatia e, principalmente, EM SAMBA NO PÃ?. Nossa Senhora, essa aí não chega nem perto! Uma pena esse comércio. Ã? aí que a gente vê o quanto o carnaval vai perdendo por conta do grande comércio que se tornou!

Noticia: Juliana, do Jaula das Gostosudas, é a nova rainha de bateria da Portela
Postado: 2009-11-23 01:18:31
(Postado por:Clovis | 22/11/2009 20:21:59 - Devo reconhecer que tenha sido uma missão muito dura para o pres. da Portela entre escolher a Juliana da Jaula das Gostosudas e a mim, da Cadeia dos Tesudos, porem, devido a compromissos particulares, declinei do convite do presidente e facilitei a sua escolha..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk) CARACA, MALUCO!!!! TU Ã? MUITO HILÁRIO, RAPÁ! RI MUITO DESSA TUA POSTAGEM!!!!! AÍ, NA BOA, TEU SENSO DE HUMOR Ã? MIL, CARA! PARABÃ?NS!!!! HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUARSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Noticia: Portela pode receber patrocínio
Postado: 2009-11-19 21:07:28
Postado por:Fábio Imperatriz | 18/11/2009 21:07:22 â??O barracão da Portela tá parado, grana é uma boaâ??........................................................... Fabio Imperatriz, não se deixe impressionar pelo fato de o barracão da Portela estar parado, isso já é uma regra nessa agremiação. Desde que a Cidade do Samba foi inaugurada que a Portela é sempre a última agremiação a por a mão na massa. Já teve ano em que somente faltando um mês para o desfile foi que a escola começou a armar suas alegorias. Fato é que chega o dia da sua apresentação e lá está ela com tudo pronto. Como consegue tal proeza, e porque usa dessa estratégia, é um dos maiores mistérios do carnaval!

Noticia: Confira a capa do álbum de sambas-enredo para o carnaval 2010
Postado: 2009-11-19 14:21:24
Belíssima explanação, Julio Rezende. Você está certíssimo, mas, foi do João Trinca a verticalização das alegorias. Somente essa correção deve ser feita. No mais, texto impecável. Porém, como você bem destaca, e eu faço questão de ressaltar, foi do Salgueiro as grandes inovações, bem como da Portela a inserção do luxo nos desfiles. Daí, qualquer escola que quisesse ganhar carnaval deveriam seguir, em â?? rima e métricaâ?? ao novo estilo imposto pelas grandes. Foi exatamente o que a Beija Flor de Nilópolis fez. Seguiu a cartilha e a seguiu com muita competência. No entanto, o que mais se vê em todas as postagens desse, ou, de outros sites de debates carnavalescos, são críticas iradas ao estilo luxuoso, portentoso da Beija se apresentar. A ela são dadas todas as responsabilidades pelo o que muitos acham descaracterização do carnaval.hora, como bem sabemos, quem alterou significativamente a estética, o padrão, o conceito do carnaval foram Salgueiro e Portela. As demais só se adaptaram às novas formas. Porque, agora, que as escolas não possuem, na maior parte das vezes, estruturas para desfilarem com o padrão que elas mesmas estabeleceram, criticar à Beija que o faz? Fica aí a minha interrogação.quer dizer que agora que a Portela não pode esbanjar luxo, a Beija é uma escola arrogante? Agora que o Salgueiro não mais segue a sua receita como bem gostaria, a Beija é a culpada?

Noticia: Padre Fábio de Melo compõe samba exaltação para a Beija-Flor de Nilópolis
Postado: 2009-11-17 01:58:58
estudante por conta de um vestido curto! Fala sério! Estamos no Brasil ou no Iraque?

Noticia: Padre Fábio de Melo compõe samba exaltação para a Beija-Flor de Nilópolis
Postado: 2009-11-17 01:49:53
Ã? surpreendente o nível de ignorância e preconceito ainda existentes nas pessoas em pleno século XXI!!!!! O moralismo fajuto é um grande mal, mas, quantos não são aqueles que vivem fazendo uso do mesmo? Aqui, nessa simples matéria identifica-se vários! Gente, a igreja católica sempre esteve direta, ou, indiretamente, envolvida com o carnaval. O carnaval é uma festa que se originou na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C.. Através dessa festa os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Posteriormente, os gregos e romanos inseriram bebidas e práticas sexuais na festa, tornando-a intolerável aos olhos da Igreja. Com o passar do tempo, o carnaval passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica, o que ocorreu de fato em 590 d.C. Até então, o carnaval era uma festa condenada pela Igreja por suas realizações em canto e dança que aos olhos cristãos eram atos pecaminosos. A partir da adoção do carnaval por parte da Igreja, a festa passou a ser comemorada através de cultos oficiais .Em 1545, durante o Concílio de Trento, o carnaval voltou a ser uma festa popular e aceita pela Igreja, em muitos casos, até auxiliada pela igreja. O padre não cometeu nenhum pecado, até porque, a palavra sagrada deve ser levada exatamente aos locais e àqueles que pouco acesso têm a ela. Ã? por isso que a igreja evangélica ganha, a cada dia, uma nova leva de adeptos, exatamente por permitir que em seus cultos se cante e dance samba, fank, axé, reavy metal, tudo adaptado às mensagens cristãs. O Padre apenas fez um samba para a escola que admira e deu uma mensagem de harmonia, paz, esperança. Poderia ser na Vila Mimosa que ele não estaria incorrendo em nenhum pecado hediondo como tentam fazer parecer aqui. Fala sério, galera! Vamos dar um pontapé na hipocrisia. Incrível como os jovens do século XXI ainda estão tão cheios de preconceitos idiotas. Por isso que queriam linchar a estud

Noticia: Samba-enredo da Mangueira vai ganhar clip com a participação de artistas
Postado: 2009-11-17 01:28:15
Pena que a matéria não da maiores detalhes. De qualquer forma, essA iniciativa do Ivo, além de inteligente, empreendedora, mostra que, no que diz respeito à administração, ele está correndo atrás com muita determinação. A Mangueira, depois da Grande Rio, é a escola com o maior número de artistas fãs, sendo que na Mangueira essa vertente se dá muito mais aos artistas da música que da dramaturgia. Hora, a escola irá falar de música, precisa melhorar sua imagem, nos últimos tempos arranhada, dispõe de um lek de profissionais da arte de primeira, pretende usar o material fora do país o que é benéfico, não só para a Mangueira, mas, para a cultura popular brasileira, no caso, o nosso samba e o nosso carnaval. Dessa forma, ganha a Mangueira, ganham os artistas nacionais, ganham as demais escolas de samba, também provedoras dessa arte, ganha a nossa cultura, ganha o Rio, ganha o Brasil. Muita MERDA à Mangueira e ao Ivo Meireles. PS: Pra quem não sabe, antes de xingar-me, merda, na linguagem artística, quer dizer, sorte, sucesso.

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-14 10:57:48
Falta à Beija Flor enredos descompromissados, mais soltos e irreverentes. Falta ao Renato, o mesmo. Uma viagem maluca, tipo, Tupinicópolis, Ziriguidum, mas, com forte dose de comédia, menos sobriedade. Seria bom ao Renato experimentar beber detergente no lugar de água. Talentoso como ele é, se perde um pouco daquela sisudez, sobriedade, enlouqueceria o carnaval carioca como fez João com Ratos e Urubus e Fernando Pinto com Tupinicópolis.

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-14 10:57:21
Júlio, relaxe, rapaz. Não vi, em nenhum momento, provocação da sua parte. Quando disse que eu tinha a sensação de que a Mocidade desfilava todos os anos com as mesmas fantasias, alegorias e adereços, tenho certeza que você entendeu bem o que eu pretendia exemplificar. Ã? obvio que o Renato fugiu do lugar comum em algumas ocasiões. Mas, na maior parte das vezes ele usou e abusou da mesma receita e foi isso o que salientei. Como te disse, também admiro o Renato e o acho o melhor em atuação. Nenhum outro vai do moderno ao rústico (enredos afros, por exemplo) com tamanha maestria. Meu sonho era vê-lo na minha Beija. Aliás, meu só, não! Da grande maioria nilopolitana. Porém, não acho que o Renato esteja fora do bojo de profissionais que possuem uma estética, uma metodologia e uma forma que fuja do lugar comum e, sinceramente, nem sei se isso é possível. Joasinho Trinta, que você citou em outra postagem, possuía um estilo de concepção carnavalesca quase fixo. A diferença era que ele, por ser alguém inquieto, ousava em seus enredos e isso lhe permitia desfiles mais soltos. Mas, estavam lá os padrões alegóricos, as fantasias volumosas, a mesma organização de desfile. Vez por outra ele dava uma formidável surtada o que era fantástico. Mas sua linha de atuação permanecia evidente. Voltando ao Renato, quando vi o Império, em 2009, e ali a carnavalesca era a Márcia, o que eu via era o Renato em cada detalhe. Cores, acabamentos, os mesmos adereços, apenas tudo em tamanho reduzido e sem os néons. A Marca Renato é tão forte que a esposa e companheira de trabalho não consegue criar um estilo próprio. O que faz com que o Renato não fique tão parecido em seus carnavais são os enredos que o mesmo escolhe. Nisso eu sou obrigado a admitir que ele é fantástico e que a Beija Flor está presa a esse estilo enredo comercial o que lhe faz desfilar padronizada, já que quase sempre está abordando temas de lugares, sempre com uma mesma tônica

Noticia: Porto da Pedra vai convidar estudante Geisy para desfilar no Carnaval 2010
Postado: 2009-11-14 01:44:38
Ã?, Alex. Vamos parar por aqui mesmo. Só reitero que desde o ocorrido uma infinidade de alunos foram entrevistados em diversos meios de comunicação e é a primeira vez que alguém, que se diz ligado à faculdade tece tais comentários de que a aluna ia pra escola sem calcinha, se apresentava como garota de programa e tudo o mais que você disse!!!! (???) A própria faculdade voltou atrás na decisão de expulsar a garota e em nenhum momento ninguém da direção dessa escola afirmou o que você diz aqui. Mas, volto a dizer, ainda que tais atitudes fossem verídicas, quem, em toda essa história, é mais passível de penalidades? A faculdade, que não impôs sua regra de conduta, deixando tais absurdos ocorrerem mais de uma vez, ou a aluna? Ã? só ver quem ficou bem e quem ficou mal na foto! Não preciso conhecer a faculdade para saber que a mesma está abaixo da média. Como bem frisado aqui, na avaliação do MEC, ela esteve mal das pernas. E, por mais que você tente justificar aquele vandalismo, não encontrará argumentos e muito menos meios de fazê-lo. Mas, vamos ao samba.

Noticia: Porto da Pedra vai convidar estudante Geisy para desfilar no Carnaval 2010
Postado: 2009-11-13 22:33:08
Alex Nogueira, a verdade é uma só: NADA JUSTIFICA AQUELA BABAQUICE! Fosse ela nua, ainda assim aquele comportamento é de vandalismo, de gente selvagem e a faculdade tinha todo o direito de expulsá-la. NADA JUSTIFICA O COMPORTAMENTO DAQUELES ALUNOS que, a meu ver, são uns estúpidos e hipócritas . Se você faz parte dessa faculdade, eu só lamento pelo padrão de qualidade da mesma, já que a sua postura, considerando o que voce escreveu aqui, é de total despreparo, além de totalmente preconceituosa. Pra mim, todos aqueles que agiram daquela forma necessitam urgentemente de tratamento psiquiátrico.

Noticia: Porto da Pedra vai convidar estudante Geisy para desfilar no Carnaval 2010
Postado: 2009-11-13 19:33:22
Alex Nogueira. O desinformado aqui parece que é você, rapaz! Você, sim, está se deixando levar por matérias sensacionalistas e preconceituosas. Onde diabos você leu estas besteiras, rapaz? Só você viu tais afirmações. Mas, ainda que tais absurdos escritos por você fossem verídicos, o eero maior seria da faculdade e não da aluna. Pra isso existe uma norma de conduta em cada instituição. Se a aluna fazia todas estas coisas (que só você leu) e se repetiu em tais atitudes, porque nunca foi afastada antes? Então a faculdade é uma bagunça. No entanto, já ficou mais do que evidente que a aluna não possui qualquer advertência referente ao seu comportamento na faculdade. Essa foi só mais uma das desculpas da instituição para tentar minimizar a sua responsabilidade diante de um episódio tão absurdo, feito este. Você, se fosse um aluno daquele centro de ensino, certamente seria mais um a sair na turba de ensandecidos que agrediam a aluna com impropérios descabidos. Nada justifica o que ocorreu. Afinal, estamos em uma sociedade civilizada ou voltamos ao tempo das cavernas quando os brucutus arrastavam as mulheres pelos cabelos? Teve gente aqui que até afirma que a aluna é garota de programa. Não é verdade e isso já foi investigado. Mas, ainda que ela fosse, nada justifica tal atitude. Pensar dessa forma é o mesmo que pensar e agir feito os playboizinhos da Barra que se sentiram no direito de espancar covardemente uma mulher somente porque deduziram que a mesma era prostituta, como se isso fosse motivo para se agredir quem quer que seja. Ridículo! Ã? o mínimo que se pode dizer. Já com relação à participação da aluna na Porto da Pedra, acho pertinente e oportuno. Ela entrou em evidência por conta de uma moda, um estilo, que fazia uso, se o enredo da escola é sobre a moda, bela cartada. Ibope e mídia garantidos. Na atualidade, quando vende-se até a mãe por conta desses dois ingredientes, a Porto acertou em cheio.

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-13 14:10:50
vais dele na Mocidade, só alteravam-se a cartela cromática. O verde cítrico pelo colorido vibrante. Mas, já no abre alas daquele desfile, via-se a Mocidade da era Renato. Cana caiana possuía muita coisa do Fogo, inclusive, alegorias muito idênticas, embora os enredos destoassem. Renato Lage é um apaixonado por lage (huahuahuahuahua) e sempre que aborda um enredo que lhe permita colocar uma (Rio de Janeiro, por exemplo) lá estará ela com seus símbolos indefectíveis (banho de mangueira, criança soltando pipa, churrasquinho, etc.). em Candances, (alegorias e fantasias) vi muito do enredo Salgueiro, minha paixão, minha raiz - 50 anos de glórias, na parte em que esse enredo abordava a espiritualidade. O próprio enredo Tambor foi excessivamente repetitivo em fantasias e a alegorias. Digo repetitivo no estilo que em nada fugia à marca Renato Lage. Concordo, então, que ele seja, talvez, o profissional que menos se repete. Mas que a sua estética é um tanto obvia, lá isso é. Não deixa de ser uma estética obvia magnífica, isso eu não posso negar. No entanto, reconhece-se uma alegoria de Renato a quilômetros de distância.

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-13 14:08:31
Em tempo: As linhas abaixo à terceira linha da sua postagem, 'enfoque'.

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-13 14:06:57
Julio. Tão logo o Renato voltou ao Salgueiro e fez o seu segundo carnaval (2004 - A cana que aqui se planta, tudo dá, até energia... Álcool, o combustível do futuro") , o que ele mais sofreu foram críticas, vindas de todas as partes (público, mídia, profissionais do samba), de que havia transformado o Sal em Mocidade, tamanha a repetição das formas colocadas naquele desfile. Lembro-me que em suas declarações à imprensa ele soltava maribondos pela boca sempre que alguém mencionava este fato. Não sou louco em não admitir a genialidade desse profissional (pra mim, também, o melhor em atividade) e, principalmente, destaco a sua aversão aos enredos caça níqueis, o que eu aplaudo de pé. Porém, pra alguém com tamanha versatilidade, como você diz, o que o Renato fez por anos na Mocidade foi abusar de uma mesma concepção. Como eu disse, tinha-se a sensação de que a escola desfilava, guardava suas alegorias e fantasias e retornava no ano seguinte sem qualquer alteração e isso se deu por mais de dez anos. Não posso deixar de destacar a beleza e capricho do seu trabalho, mas, também, não posso esquecer de frisar que o mesmo, nessa ocasião, era excessivamente repetitivo. Não sei se nessa ocasião você postaria um texto sobre o Renato, cujo o tema fosse repetição, como você postou esse sobre a Beija Flor e, por favor, não são, essas minhas respostas, um revide ao seu posicionamento, mas, sim, uma defesa à minha agremiação adorada (que reconheço, está, também, abusando da â??fórmula mais do mesmoâ??). Porém, ao confrontar as suas idéias, eu tenho por finalidade te fazer ver (ou, ao menos, tentar te fazer ver) que esse equívoco se da, não somente na Beija, mas, como fosse uma peste, alastrou-se por entres todas as agremiações. Todos os carnavalescos possuem uma estética peculiar e, ainda que tentem fugir a ela, acabam, sempre, por evidenciá-las. Com o Renato a regra não se altera. Microcosmos era idêntico a alguns carnava

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-12 20:49:03
Júlio Rezende. Desculpe, mas, seu discurso estava, até, impressionável, dada a linha de explanação (digamos assim) que você adotou. Quem lê de prima, até chega a pensar que você é um experiente e conceituado crítico de carnaval, tamanha a â??eloqüênciaâ?? (???) que você imprime em suas palavras. Porém, ao afirmar que Renato Lage não se repete, que é um gênio criador e que nos últimos anos o Salgueiro não repetiu a desgastada fórmula MAIS DO MESMO, aí, meu caro, tu derrapou feio! Toda a imponência do seu texto ruiu. Ficou sem graça!!!!! Que cisma é essa das pessoas com a Beija Flor? Porque apontar somente a esta escola como repetitiva quando todas as demais também o são? Queres fazer uma análise coerente, abra o leque, explane as falhas, não só da Beija, mas, de todas. O Salgueiro, que você defende como escola que nos últimos anos tem sido inovadora é tão, ou, mais repetitiva que a Beija. Mas, certamente é a sua escola de coração e, lógico, é melhor jogar pedra no telhado alheio que no seu, não é, amigo? Fala sério! Quem viu os desfiles do Salgueiro, como Candances, por exemplo, que trazia alegorias idênticas às de outras apresentações da escola vai rir dessa sua postagem. E, pelo amor de Deus, né, Júlio... existia algo mais DE JÁ VU que os desfiles da Mocidade e sua cromática verde cana, seus acabamentos em tons de alumínio e seus indefectíveis néons? Só por aí eu acho que seu texto perde a razão de ser!

Noticia: Portela sem festa de protótipos
Postado: 2009-11-12 12:10:40
André Carvalho, não seja tolo, rapaz! Você não viu fantasias da Beija Flor para dizer que o padrão está inferior a este ou aquele ano. O que você viu foram partes (eu disse, partes) de duas fantasias e o que foi mostrado não é suficiente para fazer-se qualquer tipo de análise. Se você entendesse um pouquinho da história do carnaval carioca, em especial, dos desfiles das escolas de samba, saberia que se tem uma escola que jamais teme suas adversárias, essa escola é a Beija Flor. Não existe insegurança nessa agremiação mas, sim, uma busca constante por excelência. Beija Flor, por seu histórico de colocações, não tem porque temer nenhuma outra agremiação. Respeito é uma coisa, medo, outra absolutamente diferente.

Noticia: Portela sem festa de protótipos
Postado: 2009-11-12 12:09:00
Fabio Imperatriz, porque você cisma tanto com a Beija Flor? Já reparei que em suas postagens você sempre arranja uma brecha pra alfinetar à Beija Flor. Depois vocês, leopoldinenses, reclamam quando alguns torcedores da Beija pegam pesado com a Imperatriz. Você teria, só em 2009, uma infinidade de sambas que não mereciam os 40 pontos para citar, mas, lógico, foi direto no da Beija Flor. O próprio samba da Imperatriz em 2009 não era lá nenhuma brastemp, cara! Sou obrigado a te dizer que a Imperatriz já foi bastante beneficiada com notas máximas sem o devido merecimento. Se quiser, te faço uma lista de ocasiões em que isso ocorreu. Assim, amigo, libera um pouco o anjo da guarda da escola nilopolitana. Seja mais abrangente e menos implicante em suas opiniões. Isso evitará discussões e agressões desnecessárias no site.

Noticia: Fotos das fantasias da Porto da Pedra
Postado: 2009-11-12 00:07:45
São poucas as fantasias mostradas. Porém, impecáveis. Lindas, lindas, lindas, todas elas. Aula de bom gosto. O enredo é muito rico, se bem aproveitado. Se a Porto mantiver esse padrão de qualidade em alegorias e adereços, vai dar trabalho! Fantasias lindas e bem diferentes do que sempre se confecciona para carnaval. Parece que a Porto não virá com plumas. De certa forma isso é muito bom, facilita a leitura e entendimento das fantasias. A escola pode parecer menos volumosa no conjunto, dada à falta das plumas, mas, ao mesmo tempo, ficará muito mais objetiva em sua mensagem. Parabéns Paulo Menezes e Porto da Pedra. Show de bola.

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-11 14:23:16
Julio rezende, você quer dizer são tantas as repetições EM ESCOLAS DO GRUPO ESPECIAL, não foi? Porque as pessoas têm a mania do se querer colocar a Beija Flor no hall de escola padronizada? O que foi que a Imperatriz fez durante todo o tempo que a Rosa ficou por lá? Era todo ano, lacinhos, sapatos a lá Luiz XV, realeza em cima de realeza! O que o Renato fez na Mocidade todo o tempo em que lá esteve? Néons e néons e néons. Ã?s vezes parecia que a escola guardava suas alegorias e fantasias e as repetia no ano seguinte! E no Salgueiro, o que vemos? Não é uma repetição constante? E Mangueira nos tempos das vacas magras? Eram sempre as calças de lycra verde e os colans rosas com uma ombreira de poucas plumas? Durante anos a fio foi assim! E a Tijuca e o estilo Paulo Barros que, mesmo com o afstamento do mesmo, manteve o mesmo padrão a lá Broadway? Mas, é só Beija Flor que se repete! Fala sério! Como essa agremiação incomoda!!!!

Noticia: Diretor de carnaval da Tijuca é espancado próximo à Cidade do Samba
Postado: 2009-11-10 20:05:54
Fabinho Castelli. Sabe que eu até achei que você possuía um bom caráter e uma visão de vida digna? Ã? verdade, rapaz! Você até começou bem ao recriminar a atitude de certas pessoas, aqui no fórum, que defendem que as agressões sofridas pelo diretor da Tijuca se justificam por ele ser uma pessoas difícil. Até aí eu concordo com você. Porém, a sua visão à respeito do povo nordestino é, no mínimo, tosca. Além de altamente preconceituoso, você é burro, ignorante e piegas, rapaz. Nada mais ridículo que essas suas declarações. nada mais despresível que pessoas que tentam se firmar pisando em outras. Falta de educação familiar, falta preparo, falta de ética. São pessoas com esse tipo de mentalidade que saem por aí agredindo e´, até, tirando a vida daqueles que não se enquadram em seus perfis medíocres. Hitlher pensava feito voce e exatamente por isso fez o que fez! Pessoas que pensam e agem dessa forma são seres abjetos, meu camarada. Saiba, meu caro, que você se refere a um povo trabalhador, determinado, honesto, decente, digno em sua infinda maioria e acostumado às maiores festas deste país. Dizer que nordestino não entende de samba é a prova da sua estupidez. Por acaso o carnaval do Rio de Janeiro é somente composto de cariocas? Joãozinho Trinta (só pra citar um exemplo) era de onde? Do Rio? Cresça, rapaz! Abra essa sua mente. Se não consegue ser o minimamente inteligente, tente ser, ao menos, cordial. Você pensa feito os europeus, os americanos que acham que nós, brasileiros, somos um povo burro, grosso e atrasado. Preconceito é sinônimo de gente burra, cara! Se liga!

Noticia: Mais leves mas sem perder o luxo, Beija-Flor apresenta suas fantasias para 2010
Postado: 2009-11-10 11:37:47
Denise, o foco não é esse. O enredo tem por finalidade central prestar uma homenagem aos 50 anos de Brasília, o que não permite uma abordagem desse aspecto da cidade. Além do mais, você acha que sendo esse enredo patrocinado, exatamente, por políticos, a escola iria ousar pincelar tal coisa? Ã? claro que não! Até que seria interessante uma ala caracterizada de corruptos. Isso sempre da espaço para a comédia o que tornaria o desfile um tanto mais leve, mais descontraído. Mas, é obvio que a escola não fará isso. E, depois, se fosse assim todas as agremiações que já defenderam enredos de cidades, estados, municípios, paises deveriam inserir em suas homenagens os prós e contras de cada um destes locais, já que nenhum está livre das canalhices políticas, dentre outras, não acha? Quanto as críticas às fantasias da escola e ao fato de a mesma abordar o Egito, pode até ser uma fixação da escola, porém, que escola não é repetitiva em algum aspecto? E, quanto às fantasias, não são as do ano passado, como afirmaram aqui, mas, ainda que fossem, podem apostar, seriam magníficas, como sempre foram. Se a escola sabe reaproveitar material, isso só prova a sua competência no que diz respeito à gestão dos seus negócios. Não é a toa que falando constantemente do Egito, reaproveitando fantasias, a escola jamais atravessou aquela avenida sem despertar admiração e sem deixar de conquistar excelentes posições. Mas, pra aqueles que torcem pra uma escola sem as mesmas possibilidades que a Beija Flor, só resta isso mesmo, destilar suas invejas e indignações. Afinal, ninguém joga pedra em manga podre, não é assim?

Noticia: Fotos das fantasias da Santa Cruz
Postado: 2009-11-09 23:06:52
As fantasias, no que tange a qualidade, parecem ser todas confeccionadas com excelentes materiais. No entanto, existe um exagero de informações e medidas nas mesmas. Estão muito poluídas. Sei que não sou a pessoa mais indicada para tecer este tipo de críticas, já que sou torcedor de uma agremiação que prima pelo volume em suas fantasias. No entanto, diferentemente da Beija Flor que confecciona fantasias grandes, mas, de fácil leitura, o problema da Santa Cruz não está no tamanho e sim no contexto e na falta de harmonia de cores e adereços, o que causa certa confusão e dificulta a interpretação das mesmas.

Noticia: União da Ilha ajusta fantasias
Postado: 2009-11-09 19:44:06
Falta, primordialmente, harmonia às fantasias da Rosa. A Ilha, escola reconhecidamente alegre, descontraída, irreverente, está, a meu ver, descaracterizada, descontextualizada com essas fantasias. Continuo achando que a Rosa perdeu o prumo. Ã? notório, a mim, que ela está fatigada. Uma profissional que sempre foi respeitada pelo bom gosto e requinte não poderia, jamais, criar e assinar as fantasias da Ilha e do Império do carnaval 2010. Em ambas as agremiações o mesmo equívoco se repete, ou seja, não existe beleza, não existe harmonia e nem qualquer traço de sofisticação nas fantasias. Essa é minha opinião. Já me encantei com o trabalho da Rosa e nestas ocasiões, teci-lhe mil elogios, como, por exemplo, em 2005 com o enredo sobre Hans Christian Andersen. Porém, em 2010, lamentavelmente, não posso fazer o mesmo. A Rosa deixou muito a desejar.

Noticia: Ouça todos os sambas do Grupo A
Postado: 2009-11-08 18:15:10
Não tem nem como debater. Caprichosos de Pilares nos faz ir do arepio à emoção. Ã? o melhor samba do ano, ainda que seja uma reedição. Ã? O MELHOR DO ANO! Não do grupo! Que samba gostoso!!!! Ã? SAUDADE, MEU CARNAVAL Ã? VC, CAPRICHOSAMENTE, VAMOS REVIVER! Show de bola!

Noticia: Diretor de carnaval da Tijuca é espancado próximo à Cidade do Samba
Postado: 2009-11-08 18:06:14
Ã? verdade, Rafael! As pessoas tendem a usar de eufemismos para exemplificar suas percepções. Exatamente o que você faz. Eu só te mostrei que o teu estado, considerando-se a estrutura do mesmo em relação à do Rio, é muitíssimo mais violento que aqui. Você se posicionou como se vivesse num verdadeiro SHANGRILÁ, o que, nem de longe, é verdade! Você disse que teme vir ao carnaval do Rio por medo da violência, mas, a verdade é que o carnaval de Pernambuco é dez vezes mais violento que o do Rio. Logo, você seria a última pessoa a poder tecer este tipo de comentário já que você é filho de uma terra sanguinária. Bem mais sanguinária que o Rio. Ã? só isso o que todos aqui estão tentando te dizer e não adianta querer você voltar atrás. O Rio é violento? Sem sombra de dúvidas que é! Mas, Pernambuco figura nas estatísticas em posições superiores às do Rio anualmente. Logo, se você tem tanto medo da violência carioca, como vive em Pernambuco, estado muito mais violento? Percebe a sua contradição?

Noticia: Diretor de carnaval da Tijuca é espancado próximo à Cidade do Samba
Postado: 2009-11-08 15:55:28
Rafael, meu camarada. Deixa de bobagem, rapaz! Pelas estatísticas anuais, Pernambuco figura sempre nas primeiras colocações em dados de violência. Está sempre à frente do Rio umas três posições. E, detalhe... Exatamente no período carnavalesco é que a mesma atinge níveis exorbitantes em seu estado!!! Logo, meu caro, violência, hoje em dia, só não tem em Marte e, assim mesmo, nem se pode afirmar categoricamente se não possui, pois até hoje ainda não esbarramos com um ET que nos diga como é a vida por lá. O que diferencia a violência de uma cidade para a outra é o tipo que a mesma se da. Aqui, é muito comum mortes por balas perdidas (se é que alguma bala se perde mesmo). Aí, é banal mortes por peixeiradas. Recife é, sem sombra de dúvidas, uma das cidades mais perigosas e violentas do nosso país. Eu conheço Pernambuco e em Recife, quando da sete horas, eles orientam as pessoas a não circularem pela orla, não se afastarem dos pontos movimentados, não saírem com desconhecidos, pois certamente sofrerão algum tipo de violência. Pra você ver o nível do perigo em Recife!!! Quanto a Porto de Galinhas, pelo amor de Deus, você não vai querer fazer qualquer tipo de comparação de uma metrópole como o Rio com um balneário, né? Isso não tem nem lógica! Porém, pra o número de habitantes de Porto de Galinhas, os níveis de violência são, sim, altos! Assim, quem tem medo de fazer qualquer coisa hoje em dia por conta da violência, deve construir um castelo medieval, cercado por intransponíveis muralhas e de lá jamais sair.

Noticia: Salgueiro não apresentará protótipos
Postado: 2009-11-08 12:41:14
Simplesmente, magníficas. Esse é o termo que se pode dar às fantasias expostas no site do Salgueiro. Ã? medida que se vai vendo uma a uma, vai-se surpreendendo com o nível das mesmas. Seriam perfeitas, não fosse o fato de serem, todas elas, muito fechadas. O folião sofrerá com o calor. Mas, fora esse detalhe, o que se vê é um jogo de cores, formas e acabamentos impecáveis. Destaque para as fantasias Os Miseráveis e Anjo de Luz, sobre o espiritismo. Ambas são simplesmente, divinas, com o trocadilho que a mesma (anjo de luz) permite. Show de bola. Só espero que a minha Beija Flor venha com fantasias no mesmo nível pra brigar forte com o Sal, pois, ta claro que o Salgueiro virá determinado a conquistar o bi. Se as fantasias estão nesse nível, imagina as alegorias?

Noticia: Diretor de carnaval da Tijuca é espancado próximo à Cidade do Samba
Postado: 2009-11-06 22:11:38
Pelo menos a área onde está localizada a cidade do samba será uma das mais movimentadas e belas do Rio muito em breve. Isso, dentre inúmeras outras vantagens, trará segurança para aquela região, já que praticamente tudo por ali será destinado ao turismo, comercio e residências. Por enquanto, trafegar por ali é o mesmo que pedir pra ser assaltado, agredido. Da medo ir ali até durante o dia, que dirá a noite.

Noticia: Fotos das fantasias do Império Serrano
Postado: 2009-10-31 16:17:27
Ã?... A Rosa parece realmente estar cansada! Cansada, não é bem o termo. Ela parece estar EXAUSTA. Sua fonte criativa esgotou-se, ou, precisa, urgentemente, de um pit stop para recompor-se. Império, lamentavelmente, virá muito abaixo das expectativas. As fantasias de escolas de grupos inferiores são melhores, não resta a mim, qualquer dúvida! O que eu vejo é a repetição, a falta de cuidado, uma linguagem banal, se formos fazer uma leitura mais acurada destas fantasias. A Márcia, no ano passado, mesmo com a estrutura simples do Império, mesmo com toda a simplicidade adotada pelo enredo, desenhou fantasias magníficas. A Rosa não fez qualquer variação, nem nos tons e nem no estilo. Ã? tudo muito igual. Ã? tudo muito pobre. Perdoem-me, Imperianos, mas, é essa a minha percepção. O Império, infelizmente, não vem pra disputar o título. Espero, sinceramente, estar equivocado.

Noticia: De Adão e Eva à folia na Sapucaí
Postado: 2009-10-30 07:16:55
Galera, sem querer criar qualquer polêmica, mas, não posso deixar de fazer essa observação... vejo aqui a maior parte dos torcedores da Mocidade enchendo o carnavalesco Cid Carvalho de elogios. Alguns o apontam como alegre, irreverente, a â??caraâ?? da Mocidade. Outros, como um grande carnavalesco, um competente profissional. Não que eu não ache que ele não seja. Sempre achei o Cid um ótimo carnavalesco e sabia que ele iria se aprimorar ainda mais com o tempo, mas, lembro-me bem (e como lembro!) da época em que o Cid fazia parte da comissão de carnaval da Beija Flor (na verdade, ele era o principal carnavalesco daquela comissão) e de como ele era massacrado, ridicularizado, enxovalhado pelos independentes. Nada que ele fazia eram bom! Nada era belo! Nada prestava! Ã?, a vida é mesmo um carrocel! De repente o cara virou astro! Ã? isso aí! Vida que segue...

Noticia: Fotos das fantasias da Imperatriz
Postado: 2009-10-28 01:31:29
Obrigado amigo, Marcos Fernandes Macedo. Ã? lamentável e infantil essa guerrinha tosca de determinados torcedores. Eu sei que carnaval é paixão, mas, daí a ficar chamando essa ou aquela escola de escolinha, disso e daquilo é, a meu ver, total falta de preparo, conhecimento e bom senso. Eu sou Beija Flor roxo (deveria ser azul e branco, mas, já ultrapassei essa etapa! â?? kkkkk), porém, acho maravilhoso o carnaval grandioso, aquele que há muito não vemos, quando passava uma escola magnífica, tipo a Mocidade e, por mais maravilhosa que a mesma estivesse, sabia-se que ainda era preciso esperar à Imperatriz, Beija Flor, Mangueira, Salgueiro para ter-se uma idéia aproximada do que iria acontecer e, quase sempre, essa idéia não era possível, tamanha a igualdade de cada apresentação. Então, na quarta de cinzas ficávamos roendo unhas pra saber quem, finalmente, se consagraria campeã. Hoje, infelizmente, fica muito evidente as colocações. Ã? preciso que as escolas se equilibrem outra vez, como a Imperatriz parece estar conseguindo, para que possamos viver, novamente, a emoção da expectativa, da dúvida e fiquemos extasiados com a beleza de cada apresentação.

Noticia: Fotos das fantasias da Imperatriz
Postado: 2009-10-27 11:46:31
Quanta bobeira eu vejo por aqui. As pessoas tentam enaltecer suas agremiações desmerecendo outras. Ã? isso o que causa os conflitos. Será que não sabem que o mesmo sentimento que lhes move em favor da sua escola é o mesmo que move aos demais torcedores de outras agremiações? Ã?, sem dúvida, que a Imperatriz virá maravilhosa em 2010. Belas fantasias, samba majestoso e, acima de tudo, um empenho e empolgação por parte de todos como há muito não se via. Será, indubitavelmente, uma das escolas a ser batida. No entanto, a Beija Flor não tem o que temer. Jamais teve! Desde quando Beija Flor cruzou aquela pista em desigualdade de condições? Não é à toa que é a maior vencedora dos últimos tempos. E, tanto como a Imperatriz, virá com um sambasso, lindo. Logo, veremos uma briga de cachorros bem grandes. Bom isso! Quem lucra somos nós, amantes dessa cultura e que vença a que melhor se apresentar. Não há favoritismos. Imperatriz sabe o que fazer e como fazer. Sempre soube. Beija Flor, por sua vez, possui um domínio e uma estrutura indescritíveis. Assim, contemplaremos duas formidáveis apresentações. Em tempo: adorei as fantasias da Imperatriz. O Max está com tudo e, a meu ver, ele tem mais 'cara' de Imperatriz que de Mangueira. Seu estilo casa melhor ao estilo classudo da escola de Ramos. E, ele, com toda certeza, quer, mais do que nunca, fazer o melhor, pra dar as devidas respostas àqueles que lhes desmereceram a competência.

Noticia: A fé que nos enche de esperança
Postado: 2009-10-23 19:09:55
Caro, antenado. Não transfira pra mim a sua ira, rapá! E, veja bem os seus termos. Você já começa a entrar no âmbito da ofensa pessoal. Está me chamando de idiota. Eu acho que existiu, sim, um equívoco e tenho direito de expressar-me e defender meus pontos de vista, da mesma forma que você. Portanto, Antenado, não seja estúpido ao ponto de querer dizer-me o que eu devo, ou não devo achar de determinada situação. Quanto à sua postagem, transcrevo parte dela pra você â??lembrarâ?? os termos que usou.... Postado por:Antenado | 22/10/2009 21:33:44 - Nil e Amaury, menos, menos. Se a demonstração do colunista fosse de apreço pelo samba da Beija-Flor, que eu - diga-se de passagem - acho o melhor do ano, vocês não estariam emitindo esses comentários agressivos e até aleivosos, Saudações e perca essa postura arrogante, rapá. Quem é você pra vir dar-me lição de moral?

Noticia: A fé que nos enche de esperança
Postado: 2009-10-22 22:41:22
Antenado. Em que momento eu fui agressivo com quem quer seja aqui nesse debate? Quando usei de aleivosia em minha postagem? Quem sou eu pra cercear quem quer que seja, meu caro! Acho que me fiz bem claro em minha primeira postagem e deixei claro o meu ponto de vista, assim como tenho certeza que não tentei desmerecer à Imperatriz e sua obra musical e, muito menos, cercear quem quer que seja. Quanto a sua citação de que a imprensa só pode ser combatida quando deturpa ou é tendenciosa, o que você acha que aconteceu nessa matéria? Vais me dizer que ela não foi tendenciosa? Eu apenas acho que o Amaury, embora tenha extrapolado em alguns momentos, não deixa de ter razão e isso nada tem a ver com o fato de ele ser torcedor da Beija, até porque eu, particularmente, acho o samba da Vila, em primeiro lugar, e o do Império, em segundo, os melhores do ano. E, continuo achando que houve excesso, sim! E pelo que percebo, não sou só eu e o Amaury. Ao Anderson, se fosse mais humilde, deveria rever sua postura e tentar se explicar melhor ao invés de ficar fazendo ameaças descabidas e retrucando agressivamente àqueles que discordam da sua postura.

Noticia: A fé que nos enche de esperança
Postado: 2009-10-22 19:32:05
Do contrário, sempre existirão reclamações daqueles que se sentirem excluídos. Isso, seja no carnaval, no futebol, em prova de cuspe à distância, não importa. aixão é paixão e em nome dela se faz muitas besteiras. Assim, um pouco mais de cautela, no tocante às opiniões se faz prudente para evitar-se tais reclamações que, como bem sabemos, nem sempre as mesmas serão pautadas pelo respeito antes de tudo.

Noticia: A fé que nos enche de esperança
Postado: 2009-10-22 19:26:15
Caros amigos gresilenses. Antes de tudo, parabéns pela belíssima obra que a Imperatriz irá entoar em 2010. Mais um samba que em minha relação de prediletos se junta aos de Vila (o melhor pra mim),Mangueira, Beija e Império, todos na mesma ordem, ou seja, todos em níveis iguais de qualidade. Agora... Não posso deixar de concordar com o Amaury Limeira no tocante à sua opinião de que houve uma extrapolada na conduta do colunista Anderson Baltar. Sim, o Anderson pode (e deve) expressar de maneira clara, suas predileções e suas impressões. Porém, o que eu não acho correto é ele ter dado atenção somente a uma agremiação, já que o mesmo não cita outras finais da qual tenha participado. Deixa claro que esteve somente na da grande Imperatriz e expõe suas impressões de maneira emocionada. Aí é que está o conflito. Hora, carnaval é emoção pura,todo ele é totalmente ligado às suscetibilidades, então, quem é que não vai se sentir preterido diante de uma conduta dessas? Achar o samba da Imperatriz o melhor dentre todos, achar a festa de escolha do samba a mais formidável, achar o que quer que seja da Imperatriz, ou, de outra agremiação, melhor, é um direito sagrado e inquestionável. Porém, no caso do samba, ele poderia ter se dado ao trabalho de prestigiar, de alguma forma, os demais para, em cima de comparações, emitir o seu parecer. E não foi isso o que ele fez. Ele, somente foi a uma quadra, lá catalogou impressões e as apresentou em um espaço de comunicação onde todos de todas as agremiações têm acesso! Ou seja, existiu uma exclusividade destinada à Gresil em sua conduta e aí, sinceramente, que eu discordo. Os Mangueirenses afirmam que a festa de escolha do samba da verde e rosa foi inesquecível e o samba, o melhor. Os Independentes, idem. Os Nilopolitanos estão em êxtase por conta do método de escolha e da escolha da escola. Logo, é preciso, no caso de um colunista, ter-se o mínimo de cuidado com certas atitudes.

Noticia: Beija-Flor: comunidade vai votar em samba preferido para o Carnaval 2010
Postado: 2009-09-25 20:29:08
Não deixa de ser uma estratégia ousada e com fins muito positivos. Qualquer iniciativa em que o simples componente, ou, torcedor de uma agremiação venha a interagir, de alguma maneira, junto à mesma só pode vir a ser benéfica. Numa manifestação cultural popular como o carnaval (leia-se escolas de samba) em que, cada ano a mais, se afasta, se exclui o simples folião, essa vem a ser uma iniciativa muitíssimo louvável. Sim, existe um lado passional bem perigoso nesse esquema... Muitos colocam a amizade acima de tudo, até em detrimento da qualidade da obra que uma agremiação deve entoar. Erroneamente optam por apoiar a composição de alguém com quem tenham vínculos de afeto. Mas, conhecendo Laíla como eu conheço e, acima de tudo, o competente profissionalismo dessa agremiação, tenho certeza que a diretoria estará atenta a esse tipo de atuação e coibirá, tão logo perceba, tais atitudes nesse sentido. Parabéns a mais essa inovação, Beija Flor.

Noticia: Max a todo vapor na Imperatriz
Postado: 2009-09-17 19:01:13
1. Meus amigos, essa será sempre uma constante no carnaval. Ganhou porque, porque ganhou? Ã? verdade que alguns títulos da grande Imperatriz foram suspeitos? Sim, isso é fato! Mas, da mesma forma, alguns títulos da minha amada Beija também sofreram as mesmas desconfianças, da mesma forma que muitos outros títulos de diversas agremiações também estão sob interrogação e essas interrogações, pelo andar da carruagem, jamais deixarão de existir. A bem da verdade, que campeonatos ficaram livres das desconfianças? Que campeonatos foram ratificados como merecidos inquestionavelmente? Raríssimos!!!! Só discordo que em 2007 a Beija não tenha merecido o título. Isso, por mais que tenham existido especulações a respeito daquele campeonato, qualquer pessoa que entenda o minimamente de um desfile de escola de samba, há de entender e aceitar que a apresentação da Beija foi a melhor daquele ano. Também concordo que em 2005 - Uma Delirante Confusão Fabulística foi um desfile extraordinário da Imperatriz e que o resultado deveria ser outro. Logo, tratam-se de duas agremiações maravilhosas e fundamentais para a beleza e grandiosidade do carnaval. Torçamos para que ambas façam desfiles que engrandeçam a nossa mais linda festa e que os resultados sejam os mais justos possíveis.

Noticia: Ouça o samba campeão da Beija-Flor para o carnaval 2010
Postado: 2009-09-06 02:43:49
Em minha humilde opinião, o samba do Sumaré é o melhor dentre todos. O do Claudio Russo deixa a desejar. Mas, se ano passado o dele era, disparado, o mais belo e não foi escolhido.... prefiro aguardar, torcendo pra que dê Sumaré e cia.

Noticia: Liga aprova mudanças no regulamento do Grupo Especial para o Carnaval 2010
Postado: 2009-09-06 02:40:17
Todo e qualquer método, esquema, estratégia, mecanismo, etc., que viesse a ser adotado para o julgamento das escolas de samba só surtiria efeito se o corpo de jurados tivesse compromissado, de maneira inquebrantável, com a ética, com o bom senso, com a justiça e, principalmente, com o respeito às escolas. Mas, são estes valores, absolutamente pessoais. Não existe nenhuma maneira de se fazer com que os jurados os ponham em prática, se assim não for da vontade dos mesmos. Logo, invente-se a fórmula mais mirabolante e a mesma será passível de arbitrariedades, não tem jeito, infelizmente. O que da pra fazer é preparar mais consistentemente os jurados e impedi-los de tirar pontos por motivos que lhes venham a ser pessoais, coisas do tipo... não gosto de verde e rosa! Resolveria? Não! Mas, ao menos, coibiria estes abusos, o que já seria alguma coisa!

Noticia: Gracyanne Barbosa é coroada rainha de bateria da Vila Isabel para o carnaval
Postado: 2009-08-29 12:55:44
era uma menina de São João de Meriti que ia e voltava a pé para a quadra da escola, pois não tinha dinheiro nem pra pegar um ônibus. Hoje, é modelo, sustenta a família, estuda em excelente escola, tem um apartamento decente para morar e quem lhe fez essa transformação? Digam, aí...

Noticia: Gracyanne Barbosa é coroada rainha de bateria da Vila Isabel para o carnaval
Postado: 2009-08-29 12:54:47
Caro amigo, Chico da Portela, permita-me usar o seu post para discordar dessa estratégia utilizada pelas agremiações e, também, da sua opinião. Na verdade a contratação da Graciene não vai, realmente, interferir na escola no que diz respeito às possíveis notas dos jurados, já que madrinhas de bateria não contam pontos. No entanto, se olharmos pelo lado da tradição, do respeito, dos valores mais fundamentais que estas instituições artistas sangraam tanto pra conquistar, essa jogada comercial é, sim, absolutamente relevante e, no mínimo, ridícula. As escolas, patrimônios culturais do nosso país, a cada ano mais abrem mão desse legado para tornarem-se empresas comerciais desvinculadas dos valores artísticos e voltadas ao lucro financeiro. Começou vendendo seus enredos, seguiu vendendo o cargo de puxadores, se mantêm negociando postos, como esse de rainha e madrinha de bateria e para obter algum lucro elas, se quer, têm o cuidado de negociar o posto para alguém com um mínimo de ligação e carisma com o carnaval. A regra é quem pagar mais leva e se isso não é relevante para uma agremiação que estufa o peito pra se dizer tradicional, o que será relevante, então? Essa menina, até ontem defendia à Mangueira. A meu ver, um dos maiores absurdos do carnaval em se tratando da agremiação verde e rosa que vive a reivindicar o título de mais tradicional e mais defensora dos valores carnavalescos. Hoje, ela estará à frente da Vila, simplesmente porque pagou o montante exigido e, enquanto isso, alguma sambista nata do bairro de Noel ficou de fora por somente ter amor, compromisso e talento, mas, faltar-lhe grana. Se isso não é relevante para essa cultura, então, as escolas devem definitivamente abandonar o discurso hipócrita de que são tradicionais e assumirem ao final dos seus nomes o LTDA ou S.A. Ã? por essas e outras que a Beija Flor, a mais apontada como escola mercenária, vem dando aula. Raissa, a madrinha de bateria da escola

Noticia: Ouça o samba campeão da Beija-Flor para o carnaval 2010
Postado: 2009-08-28 13:04:43
Gosto é mesmo algo muito particular. Para mim, só a introdução do samba do Sumaré e cia, já é covardia com os demais. Não tem nenhum samba que chegue nem perto. O do Cláudio Russo (artista de quem sou muito fã) é tão fraquinho, sem métrica e repleto de clichês que não condizem com um compositor que fez um samba do nível de Áfricas. A ordem se inverteu... ano passado era o do Russo o melhor samba disparado e, no entanto, por razoes incompreensíveis pra mim, até hoje, o mesmo não foi pra avenida. Assim, sendo o do Sumaré o melhor samba, já começo a temer que seja uma outra obra a escolhida. Não acredito que a galera esteja apoiando espontaneamente a canção do Russo. Sinceramente não acredito nisso. O abra do Sumaré é tão mais completa, tão mais empolgante e traduz sabiamente o enredo. Ã? esperar pra sorrir ou chorar. Depois de 2009, quando a Beija dispensou o samba do Russo e o Sal, aquela obra estupenda, não aposto minhas mirradas fichas em mais nada.

Noticia: Baianas não se julga
Postado: 2009-08-26 01:37:01
luizao mendes, talvez você não saiba, logo, deixa eu te explicar. Toda abra de arte, quando exposta à apreciação pública, é digna de valores conceituais que podem variar de bons a ruins. Quando se analisa uma obra artística, a ela, cede-se valores, ainda que tais valores não venham a condignar-se com a grandeza ou pequenez da mesma. Assim, o que eu fiz, tão somente, foi emitir um juízo de valor acerca de determinadas obras musicais expostas para apreciação e não aos autores das mesmas. Portanto, não desmereci a pessoa de ninguém mas, sim, determinadas composições, exatamente como fazem todos aqueles que se propõem a examinar um trabalho artístico. Já você não pode, por mais que queira, dizer o mesmo. E, meu caro, todo ato de intolerância, seja este pequeno, ou grande, é prejudicial. Você deveria saber disso!

Noticia: Baianas não se julga
Postado: 2009-08-25 23:18:06
humanos, somos divergentes por natureza e que é isso o que faz com que os povos construam e pratiquem culturas diversas, para o bem e enriquecimento da vida aqui nesse planeta. Aos amigos, Sylvio Costa e Luiz Carlos Severo, obrigado pelas palavras carinhosas.

Noticia: Baianas não se julga
Postado: 2009-08-25 23:14:00
Caro, luizão mendes, existe muita diferença entre discordar e acusar. Você, é claro, tem todo o direito de não concordar com o posicionamento do Luiz por achar fundamental e interessante o processo de seleção dos sambas. Isso não se discute. Porém, taxar, com adjetivos pejorativos, àqueles que pensam de forma contrária a você te faz incidir, no mínimo, no erro de intolerância, que, como bem sabemos, é, por suas implicações, tão maléfico ao exercício do livre direito de expressão. Por agir dessa forma é que muitos grupos, disseminados pelas sociedades em geral, criam tantas tragédias como estamos cansados de ver ocorrer. Algumas das suas idéias são, a meu ver, estapafúrdias e, nem por isso, alguém (muito menos, eu) lhe qualificou de arrogante, ou, qualquer outro adjetivo do gênero. Com relação às suas justificativas, a meu ver, elas não possuem qualquer base que as sustente. O Luis Fernando tem, sim, o direito de expor, em suas postagens, tudo aquilo com o que concorda e discorda, o que lhe agrada e não. Não existe qualquer arrogância nisso. Existe, sim, uma postura firme diante de um ponto de vista e um fato. Ninguém é obrigado a concordar com esse ponto de vista, mas, respeitar será, sempre, um ato de sensatez e sabedoria. E, só pra finalizar, ele não é o único colunista que pratica o exercício de livre expressão. Aqui mesmo no SRZD todos os demais colunistas expõem, de maneira clara, suas opiniões. Deixam claro o que gostam e desgostam, já que não estão a serviço de um veículo de comunicação monitorado e fiscalizado. Isso, muito antes de ser um equívoco (ou um ato arrogante, como você quer fazer crer) é um exercício de democracia e livre pensar. Quem não concorda, que trate de expor seu ponto de vista divergente mas, que o faça de maneira justa, inteligente e, acima de tudo, respeitosa. Ã? o mínimo que se pode esperar de quem possua, ainda que só resumidamente, a capacidade de entender que nós, seres h

Noticia: Baianas não se julga
Postado: 2009-08-25 13:53:16
do carnaval. Se este fato se desse, imediatamente as agremiações recorreriam, outra vez, às meninas, autênticas sambistas, das suas comunidades e, outra vez, veríamos lindas moças a mostrar sua exuberância física e artística à frente das baterias. Isso é muito mais necessário à beleza e firmação dessa manifestação cultural tão nossa que perturbar as nossas lindas baianas.

Noticia: Baianas não se julga
Postado: 2009-08-25 13:52:34
Me impressiona a capacidade que determinadas pessoas possuem de deturpar, usar de idiossincrasia para aquilo que, tão somente, se propõe a trazer um ponto de vista e elucidar um questão. Me refiro à postagem do sr. (com minúscula mesmo) Luizão Mendes que já achou uma brecha para taxar o Luis Fernando e sua excelente postagem de arrogantes. Quer dizer, então, que pelo simples fato de o Sr. Luis não gostar (no que eu assino embaixo. Nada mais insuportável do que esta profusão de sambas, medíocres em sua grande maioria, que vemos desfilar nas quadras em períodos de eliminatórias. Alguns, se quer, da pra ouvir por mais de dez segundos, tão horrendos e mal enjambrados, além de mal interpretados, são) lhe faz uma pessoa arrogante? Francamente! Com relação ao tema proposto, concordo, mais uma vez, em número, gênero e grau. Onde já se viu querer avaliar algo que, pela simples presença, confere o pouco que ainda resta de beleza, nostalgia e elegância que um desfile dos dias atuais ainda dispõe? Se essa moda ridícula e arbitrária pegar, veremos, muito em breve, mocinhas vestidas de baianas com suas coreografias (medíocres como todas as demais que vemos nos desfiles) e que em nada acrescentam ao carnaval. As senhoras das comunidades serão, como tantos outros membros e grupos, excluídas, já que não possuem mais condições, nem intelectuais e nem físicas de aprenderem as tais coreografias. O que deveria fazer-se, isso sim, era tombar essa ala, exatamente como foi feito em Salvador onde as mesmas tornaram-se patrimônio da humanidade. Porque não estabelecer uma lei na qual esta ala estivesse protegida de bisonhices feito está a que as escolas do outro grupo se propõem por em vigência? Querem julgar algo que não é julgado, que tal madrinha de bateria? Isso, sim, seria providencial. Certamente que as modelos e atrizes de plantão â?? que possuem tudo, menos samba e entrosamento com o carnaval â?? seriam extintas para o bem das escolas e do

Noticia: Portela: Último carro no Carnaval 2010 representará um video game
Postado: 2009-08-22 01:18:27
Cara, você ta viajando! De onde você tirou essa idéia de que o Império Serrano é a agremiação madrinha da Beija Flor? Prove isso, já que você afirma com tanta categoria. Apresente os argumentos que não possam ser refutado. Você lembra quando a Portela teve problemas no seu desfile e a velha guarda não pode desfilar, lembra que foi a Beija Flor quem lhes convidou a virem em seu desfile no sábado das campeãs, naquele ano foram dadas inúmeras entrevistas por membros da Beija Flor dizendo que não poderiam deixar de fazer aquele afago na Portela e, principalmente, na velha guarda, já que a agremiação de Madureira era a madrinha da escola de Nilópolis. No próprio site da Beija há essa informação e, se ainda assim, não se convenceres, escreve para a escola e busque essa afirmação. Ao que me consta, Império Serrano nem é madrinha de escola alguma.

Noticia: Portela: Último carro no Carnaval 2010 representará um video game
Postado: 2009-08-21 20:19:04
Postado por:Saulo Corballan Cruz | 21/08/2009 17:44:08 Ivan Portela Não e Madrinha da Beija-Flor a Madrinha da Beija-Flor ea Imperio Serrano. CARO, SAULO. VOCÃ? ESTÁ EQUIVOCADO, AMIGO. A PORTELA Ã?, SIM, A MADRINHA DA BEIJA FLOR E, EXATAMENTE POR ISSO, A ESCOLA NILOPOLITANA TRAZ AS MESMAS CORES DELA, AMIGO! A PORTELA Ã? MADRINHA DA BEIJA FLOR E A BEIJA FLOR Ã? MADRINHA DA MOCIDADE INDEPENDENTE, SAIBA VOCÃ?. ABRAÃ?OS.

Noticia: Portela: Último carro no Carnaval 2010 representará um video game
Postado: 2009-08-20 13:33:36
Quantas não foram às vezes que ao ficarmos sabendo das escolhas de uma determinada agremiação, como, por exemplo, o enredo, o samba, o carnavalesco e etc., perdemos toda a credibilidade, fazemos inúmeras críticas, apostamos todas as nossas fichas que a apresentação e os resultados dessa agremiação será um fiasco e na hora H, o que acontece é uma bela, segura e empolgante apresentação, jogando por terra todas as especulações e premonições de fracasso atribuídas à esta escola. Assim, eu sou dos que acredita que desfile de escola de samba e bumbum de neném são duas grandes incógnitas, nunca se sabe o que sairá de lá. O enredo da Portela carece de apelo emocional? Sim! Porém, esse não é o fator determinante para que a escola não venha a se apresentar magnificamente. Muitos outros, além desse, são necessários para que isso aconteça. Portanto, deixemos pra jogar pedras ou confetes após o desfile. Por hora, é aguardar e respeitar essa agremiação cedendo-lhe o respeito e a consideração que a mesma merece. Só para reiterar meu ponto de vista, vejo aqui um torcedor da Vila Isabel debochando e desvalorizando à Portela por conta do seu carnaval para 2010. Se esquece, ele, da sua Vila em 2006 com o seu Soy loco por ti, América â?? A Vila Canta a Latinidade, quando a mesma sofreu exatamente as mesmas críticas e deboches por parte de muitos e o resultado (suspeito, ou, não) foi o campeonato.

Noticia: Tecnologia é o enredo da Portela
Postado: 2009-07-07 13:15:58
Ainda que esse projeto aconteça, o que já é mais do que necessário, se considerarmos as proporções que os desfiles alcançaram em todos os âmbitos, servirão apenas como um paliativo. A realidade é que o Sambódromo se tornou um elefante espremido dentro de um container. O grande problema não está em seu espaço interno â?? embora este não atenda mais tão adequadamente às necessidades da festa â?? mas, sim, em suas imediações e contornos. Pra uma escola, hoje, se arrumar nas áreas de armação e concentração, é um caos. São muitos os obstáculos. Para sair, então... Os espaços que servem de escoamento para as escolas é terrível! Sujo, mal iluminado, minúsculo, perigoso, complicado em todos os aspectos. Realizar a ampliação e modernização do Sambódromo, se for para o mesmo atender eficientemente a demanda, implica em criar-se soluções que viabilizem conforto, segurança e praticidade nas áreas de entrada e saída. Mexer só nas arquibancadas não será a solução. Logo, logo o Sambódromo estará obsoleto outra vez. O correto é focar nas imediações e, sinceramente, não vejo como arquitetos, engenheiros e demais, conseguiriam isso numa área já tão ocupada e tumultuada.

Noticia: Tecnologia é o enredo da Portela
Postado: 2009-07-06 20:48:03
A meu ver, a Portela só está seguindo a tendência adotada há muito tempo por, praticamente, todas as escolas de samba. Como tantas vezes já debatido aqui e em outros espaços, o carnaval se modernizou, virou espetáculo e, como tal, passou a necessitar de muita grana para desenvolver suas apresentações dentro desse contexto. Assim como aconteceu quando as escolas de sambas passaram a ser bancadas por bicheiros e engrandeceram-se em todos os aspectos estruturais. Logo, se a Portela se vendeu (e se vendeu mesmo), que escola não cometeu o mesmo pecado capital? O grave problema está, desde que as agremiações aceitaram transformarem-se em outdoores, no fato de elas, após esse pacto comercial, se verem obrigadas a desfilar enredos medíocres e sem qualquer apelo carnavalesco. Daí os desfiles engessados e tecnicistas que vemos. Daí um tema como TAMBOR, do Salgueiro, se tornar o mais interessante e instigante dentre os demais de 2009. O tema TECNOLOGIA, uma propaganda velada das ações políticas do portelense e prefeito Eduardo Paz é só mais um caso em que uma agremiação se propõe, em troca de uma verba financeira, enaltecer a algo que por mais que se lute para carnavalizar, fica frio, insípido e desmotivador. Realmente a Portela, por sua história e características, nada tem a ver com esse tipo de enredo e, antes que digam que a escola está se modernizando e que esse tema pode ser bem desenvolvido pela agremiação, embora eu não concorde, deixo claro que essa postagem é resultado, tão somente, de minhas opiniões pessoal.

Noticia: Tecnologia é o enredo da Portela
Postado: 2009-07-05 13:08:40
A Portela, assim como a Beija Flor e a Grande Rio são as agremiações que, de uns tempos pra cá só se apresentam sob enredos enfadonhos, sem grandes conotações carnavalescas e/ou carnavalizadas, como preferirem. A Beija Flor com Brasília, ocupava, a meu ver, a posição de escola com o enredo mais â??pé no sacoâ??, de 2010, já que a G. Rio, a detentora desse posto, resolveu dar uma reciclada em seu tema e escapou dessa categoria. Agora, a Portela me sai com um tema que, embora se enquadre na realidade em que vivemos hoje, a era tecnológica, não deixa de ser um assunto, no que se refere a desfile de escola de samba, nada simpático, nada instigante. A não ser que estivesse nas mãos do Renato Lage. Aí, sim, com toda certeza teríamos uma apresentação que despertaria a curiosidade. No caso da Portela, sinceramente, não consigo ver nada promissor, considerando os muitos problemas e limitações da agremiação, bem como a inexperiência dos seus carnavalescos. No entanto, o bom do carnaval são as surpresas (Vila/Kizomba, Vila/ Soy loco Por Ti América) são dois excelentes exemplos disso. Desfiles que poucos apostaram alguma coisa por eles e, no entanto .... Logo, vamos esperar pra ver o que vai sair do ovo. Que seja uma majestosa águia.

Noticia: Qual o motivo do sorteio?
Postado: 2009-07-04 10:24:39
Só efetuando uma complementação... Quando questiono o porquê de a vencedora do acesso não desfilar, esqueci de acrescentar que era ao desfile das campeãs, quando a mesma é excluída. No demais, a minha idéia a proposta de seleção dos desfiles é essa, apresentada aí. Abraços.

Noticia: Qual o motivo do sorteio?
Postado: 2009-07-04 01:24:29
que seja. Nada mais prático, mais simples, mais justo. Ã? essa a minha opinião.

Noticia: Qual o motivo do sorteio?
Postado: 2009-07-04 01:23:29
Caro, Luiz Fernando. Ã?, sem dúvida que o seu método para a execução da ordem dos desfiles das agremiações é bastante interessante. Mas, o que eu contesto não é exatamente o sorteio, executado para este fim e, sim, outros pontos que, a meu ver, são infinitamente mais relevantes, tais como: porque a primeira colocada do grupo de acesso não desfila, e neste caso, abre as apresentações no grupo tido como especial? Não vejo tantas contestações a esse respeito por aqui e nem em outros fóruns de debates carnavalescos! Eu, particularmente, acho isso uma grande arbitrariedade por parte da Liesa. Outra... Para a ordem dos desfiles de cada novo ano era só inverter a seqüência, ou seja, fazer-se a ordem de trás pra frente. Assim, as últimas colocadas começariam desfilando. Neste caso, Mocidade e Porto, cada uma em um dia diferente e por aí vai. As antepenúltimas, logo em seguida e em dias diferentes, também, e seguia-se a ordem. Ocorreria que Beija Flor e Salgueiro encerrariam os desfiles, merecidamente, por terem sido as duas primeiras colocadas. Ah! Temos o problema do equilíbrio? Escolas muito tradicionais e com grandes torcidas emboladas no mesmo dia? Sinceramente, hoje, no grupo especial, que escola não possuei capacidade de despertar interesse do público? E, de mais a mais, seguindo essa estratégia, teríamos o tal equilíbrio nos dois dias de desfiles. Vejamos: domingo , 01ª â?? Ilha, 02ª - Mangueira, 03ª â?? Grande Rio, 04ª â?? Vila Isabel, 05ª â?? Portela, 6ª â?? Beija Flor. Segunda: 01ª â?? Mocidade, 02ª â?? Porto da Pedra, 03ª â?? U. Tijuca, 04ª â?? Viradouro, 05ª â?? Imperatriz, 06ª â?? Salgueiro. Pronto, nada mais justo. As escolas iam conquistando, o que elas consideram as melhores posições para apresentar-se, de acordo com os seus desempenhos durante o ano anterior. Dessa forma, a lisura estava às claras e ninguém poderia reclamar de falta de sorte, de falta de poder de influência, de falta de apoio ou, o que quer

Noticia: Mangueira e Beija-Flor encerrarão os desfiles de 2010; Liesa define os pares
Postado: 2009-06-29 22:55:30
Por Lord Ganesha! Ã?, no mínimo, engraçada essa cisma de certas pessoas de que tudo, absolutamente, tudo o que é determinado, o que acontece, ou, deixa de acontecer no que se refere ao carnaval do Rio é culpa direta e indiscutível da Beija Flor de Nilópolis. Estranho, porque, segundo estas pessoas, essa agremiação tem tanto poder e, no entanto, ficou mais de doze anos sem ganhar um título!!!!! E, olha que o patrono era o mesmo senhor Anísio que todos acusam de mandar e desmandar na Liesa!!!!!! Agora, por exemplo, o fato de a escola ter sido escolhida para encerrar os desfiles, juntamente com a Mangueira é, segundo estas pessoas, manobra dele. Sinceramente .... Este sistema sempre vigorou. Quem entende de desfiles, quem possui um mínimo conhecimento desse assunto, lembrará que, em anos idos, sempre foram Mangueira e Portela, em dias distintos, quem encerravam os desfiles. Essa escolha e/ou resolução se dava, exatamente, pelos mesmos motivos de agora, ou seja, eram as duas maiores potências entre as agremiações naqueles tempos e eram, respectivamente, e por isso mesmo, as que possuíam maior torcida, mantendo as arquibancadas lotadas até o final dos festejos. Sem essa de que essa estratégia não existia! Só afirma isso quem não possui o mínimo embasamento acerca do carnaval carioca e opina só em cima de convicções pessoais desprovidas de estruturas solidas e de achismos tolos. E, como bem disse o forista Amaury Limeira, se a Liesa decidiu que seriam estas duas escolas que iriam encerrar aos desfiles, é porque os representantes das demais agremiações foram coniventes nessa decisão e não porque tenha sido Anísio quem bateu o martelo, arebaguandi!!!

Noticia: Os enredos originais
Postado: 2009-06-19 21:17:06
UNIDOS DA TIJUCA - 2005: Entrou por um lado, saiu pelo outro... Quem quiser que invente outro! UNIDOS DA TIJUCA - 2006: Ouvindo tudo que vejo, vou vendo tudo que ouço. UNIDOS DA TIJUCA - 2007:De lambida em lambida, a Tijuca dá um click na avenida. UNIDOS DA TIJUCA - 2008: Vou juntando o que eu quiser, minha mania vale ouro. Sou Tijuca, trago a arte colecionando o meu tesouro. SALGUEIRO - 2009:TAMBOR

Noticia: Os enredos originais
Postado: 2009-06-19 21:12:30
Em minha opinião, a sequencia é essa: MANGUEIRA - 1985: Abram Alas que eu quero passar. MOCIDADE INDEPENDENTE -1985: Ziriguidum 2001, Carnaval nas estrelas. MANGUEIRA - 1986: Caymmi mostra ao mundo, o que a Bahia e a Mangueira têm. MOCIDADE INDEPENDENTE - 1987: Tupinicópolis. UNIDOS DA PONTE -1987: G.R.E.S. Saudade. UNIDOS DE VILA ISABEL - 1988: Kizomba, festa da raça. MANGUEIRA - 1988: Cem anos de liberdade - Realidade ou Ilusão. BEIJA-FLOR - 1989: Ratos e urubus, larguem minha fantasia. LINS IMPERIAL - 1990 : Madame Satã. MOCIDADE INDEPENDENTE - 1990: Vira, virou, a Mocidade chegou. ACADÃ?MICOS DO SALGUEIRO - 1991: Me amasso, se não passo pela Rua do Ouvidor. MANGUEIRA -1991: As três rendeiras do Universo. ESTÁCIO DE SÁ - 1992: Paulicéia Desvairada - 70 anos de Modernismo. UNIDOS DO VIRADOURO - 1992: E a magia da sorte chegou. ACAD. DO SALGUEIRO - 1993: Peguei um Ita no Norte. ACAD. DO GRANDE RIO - 1993: No mundo da Lua. TRADIÃ?Ã?O - 1994 : Passarinho, passarola, quero ver voar. IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE - 1995: Mais vale um jegue que me carregue, que um camelo que me derrube lá no Ceará. MOCIDADE INDEPENDENTE - 1995: Padre Miguel, olhai por nós. MOCIDADE - 1996: Criador e Criatura. VIRADOURO - 1997: Trevas ! Luz! A explosão do universo. PORTO DA PEDRA - 1997: No Reino da Folia cada Louco com sua Mania. VIRADOURO - 1998: Orfeu, o negro do carnaval. MOCIDADE - 1999: Villa-Lobos e a Apoteose brasileira. MANGUEIRA - 2000: Dom Oba II, Rei dos Esfarrapados Príncipe do povo. BEIJA-FLOR - 2001: A saga de Agotime. Maria mineira Naé. MOCIDADE - 2002: O grande circo místico. UNIDOS DA TIJUCA - 2003: Agudás, os que levaram a África no coração, e trouxeram para o coração da Africa, o Brasil. UNIDOS DA TIJUCA - 2004: O sonho da criação e a criação do sonho: a arte da ciência no tempo do impossível. SÃ?O CLEMENTE - 2004: Boi voador sobre o Recife (o cordel da galhofa nacional). UNIDOS DA TIJUCA - 2005: Entrou por um

Noticia: Beija-Flor vai receber R$ 3 milhões para desenvolver enredo sobre Brasília
Postado: 2009-05-30 02:11:15
Acordem, pessoal. Vocês acreditam mesmo que a Beija Flor de Nilópolis vai defender esse enredo sem sal e pimenta por somente três milhões? Três milhões ganham escolas bem menos portentosas já há anos! Porto da Pedra, uma escola novata e sem grandes estruturas já teve patrocínios bem melhor que este em anos passados! Ã? obvio que a quantia que será direcionada à Beija é muito mais que essa que a escola e os políticos divulgaram exatamente para evitar-se especulações, acusações, indignações por parte da sociedade que não vê com bons olhos dinheiro público sendo investido em carnaval num pais com infinitas deficiências. Sem contar, é obvio, na fiscalização e na oposição política que não darão moleza caso seja divulgado o real montante que se investirá nesse projeto. Só acredita nos três milhões quem for muito ingênuo. Carnaval de três milhões de reais nem as escolas mais bem estruturadas do segundo grupo fazem mais!!!!!! Imagina se a Beija Flor, a mais luxuosa e rica de todas as escolas vai fazer!

Noticia: Brasília 2010: Portela desiste, Mocidade impossibilitada e Beija-Flor comemora
Postado: 2009-05-28 21:04:47
Embora me sentindo bastante desapontado ao ficar ciente de que a Beija, mais uma vez, desfilará um enredo insípido, feito este de Brasília, devo dizer, no entanto, que a verdade é que desde o início era a ela, à Beija Flor de Nilópolis que Brasília queria dar estes sete milhões para ser decantada. As contundentes intervenções do deputado Simão Sessim e de Joaosinho, ambos fortemente engajados neste projeto, só vieram a ratificar o obvio ululante. Teria de ser a Beija Flor a escola escolhida. Ou, será que ainda resta alguma dúvida de qual agremiação fará esse desfile? Agora, é claro, como não poderia deixar de ser, começaram e terão prosseguimento as especulações, as acusações de beneficiamento, as picuinhas, tão comuns àqueles que costumam fazer uso da agressão em lugar do argumento. Ã? sempre a mesma e gasta ladainha. Carnaval que segue ...

Noticia: Salgueiro não quer concorrer ao direito de ter Brasília como enredo
Postado: 2009-05-17 12:04:42
Eduardo. Na verdade, esse enredo foi idéia do João, que, como todos sabemos vive, agora, em Brasília e, segundo suas próprias declarações, morrendo de amor pela cidade. A idéia original era a de que a Beija Flor de Nilópolis fosse a agremiação a defendê-lo no carnaval de 2010. Não se cogitou nenhuma outra agremiação. Tanto João, quanto os demais envolvidos nesse projeto querem, por preferência, que seja a Beija Flor que desfile Brasília. Porém, diante de imposições do Laila e do Alexandre, sendo que o Alexandre chegou mesmo a declarar que não achava Brasília um enredo interessante e que não gostaria de desenvolvê-lo, foi que eles, os criadores e incentivadores do projeto começaram a aceitar propostas de outras agremiações. Serão estes, Joãozinho, deputados e governador que irão escolher a escola que defenderá este enredo, caso a Beija Flor não se decida definitivamente.

Noticia: Beija-Flor: Rei Roberto Carlos entra na ciranda dos enredos para carnaval 2010
Postado: 2009-05-12 21:02:59
E só para concluir... a meu ver (e todas as minhas críticas, enquanto torcedor dessa agremiação, se dão muito por esse detalhe) a Beija Flor já usou e abusou de enredos regionais. Chega de defender cidades, estados, países. Ta na hora da escola seguir caminhos mais atraentes e carnavalizados. Ã? o que eu acho.

Noticia: Beija-Flor: Rei Roberto Carlos entra na ciranda dos enredos para carnaval 2010
Postado: 2009-05-12 20:51:01
Caro, Clovis. Atente para um detalhe. Este espaço nos é cedido, exatamente, para que coloquemos, aqui, nossas ponderações acerca dos temas propostos. Assim, cada um de nós tem o livre direito de expor seus raciocínios, ainda que, muitas vezes, esses raciocínios desagradem a muitos, como é o seu caso. Eu conheço Brasília, conheço bastante da sua história e, acho mesmo, que a cidade não possui atrativos para vir a ser enredo. A Beija Flor é muito capaz de desenvolvê-lo de maneira bastante agradável. Já fez isso muitas vezes, inclusive com Macapá, que você acertadamente aponta. Porém, é preciso lembrarmos que a escola foi campeã com esse enredo, muito mais por conta da sua organizada estrutura profissional e financeira, bem como, por conta do imenso número de erros e problemas das demais escolas. E é fundamental lembrarmos, também, a chuva torrencial de críticas recebidas pela escola nilopolitana, até os dias de hoje, por conta desse tema tão insípido. Assim, eu, Nil Guimarães, volto a afirmar que, pra mim, Brasília é um pé no saco e não tem miticismo, misticismo, viagem astral, extras terrestres, Jk, Niemeyer que dê jeito nisso. Mas, esse é, tão somente, meu ponto de vista.

Noticia: Beija-Flor: Rei Roberto Carlos entra na ciranda dos enredos para carnaval 2010
Postado: 2009-05-12 01:11:59
Perdoem-me, os companheiros nilopolitanos, mas, a em minha opinião, trocar Brasília por Roberto Carlos é o mesmo que trocar seis por meia dúzia, ou seja, a escola continuará a defender um enredo sem grandes substâncias. Roberto leva uma ínfima vantagem pelo grau de conhecimento e popularidade que possui e, se a Beija optar por focar nas suas canções ao invés de focar em sua vida e história pessoal, pode ser que o caldo venha a engrossar e se tornar mais palatável. No caso de Brasília, continuo com a mesma opinião, a de que nada ali seja suficiente pra render nem um chá, que dirá, um bom caldo. Porém, a favor de Brasília, tem o sete milhões de patrocínio, valor que, acredito eu, Roberto Carlos não vai querer desembolsar pra ser cantado em verso e prosa no carnaval e, se a Nestlé entrar mesmo na festa, será que ela topa desembolsar sete milhões, assim como o governo de Brasília? De qualquer forma, se realmente a escola está fechada entre estes dois temas, que seja, então, Roberto. Pelo menos o artista é bem mais carismático, muito mais aceito e infinitamente mais bem quisto que Brasília.

Noticia: Bateria da Beija-Flor será mais ousada
Postado: 2009-05-11 18:28:13
Cara, mas é impressionante como certas pessoas não sabem conviver com a diversidade. Respeito às opiniões alheias, nem pensar! Caro thiago dias porto, sou alguém com direito a individualidade e com percepções e valores pessoais. Você acha o som produzido pelas frigideiras feio? Acha, mesmo, que estas produzem som de latas, quando batucadas? Ok! Não serei eu quem vai discutir isso com você. Porém, reservo-me o direito de achar exatamente o contrário e, também, o de rir da sua ignorância. Meu camarada, gosto é como nariz, cada um tem o seu. Se você acha que só cuícas é que prestam (desconfio muito desse forista! Acho que sei quem o mesmo é! â?? rsrsrsrsrsrsrsrsr), eu digo e reafirmo que o grande lance da bateria da Beija Flor são as suas frigideiras.

Noticia: Bateria da Beija-Flor será mais ousada
Postado: 2009-05-11 01:45:19
Infelizmente nada, ou, quase nada, entendo de bateria. Sempre achei a bateria da Beija Flor muito boa. Segura, afinada, muito organizada e com o seu diferencial, que muito me agrada e que espero em Deus e nos novos responsáveis por ela que seja mantido, que são as frigideiras. O som que estas produzem é, a meu ver, muito belo, dentro do conjunto. Assim como o Império e a sua magnífica bateria é reconhecido ao longe por conta dos seus agogôs, Mangueira e os seus surdos de primeira, fica, desde já, o meu apelo aos novos diretores da bateria da Beija para que mantenham as frigideiras e a afinação características. Boa sorte a todos e que Baco, o deus da folia, lhes conceda todo o sucesso.

Noticia: Primeira mão: Conheça título do enredo da Mangueira para o carnaval 2010
Postado: 2009-05-10 18:36:46
é como eu disse anteriormente .... Quando não se tem argumentos o minimamente plausíveis, se parte pra o insulto e agressões. Paciência ..... não se pode esperar de uma pessoa, que essa dê o que não possui.

Noticia: Primeira mão: Conheça título do enredo da Mangueira para o carnaval 2010
Postado: 2009-05-10 17:56:39
E o imbecil, sou eu! ....

Noticia: Primeira mão: Conheça título do enredo da Mangueira para o carnaval 2010
Postado: 2009-05-10 17:43:50
teu apelido em muitas rodas de samba pra gargalhada fluir solta. Logo, dispenso interagir com um bobalhão feito tu, brother.

Noticia: Primeira mão: Conheça título do enredo da Mangueira para o carnaval 2010
Postado: 2009-05-10 17:42:50
Sim, amigo. Rainha de bateria, o cara que serve água aos ritmistas, a pessoa que, ano após ano, está junto a escola, seja lá fazendo o que quer que seja. A cada um destes pode-se designar perfeitamente e corretamente o termo de tradição, ou tradicional. Deixa eu te dar uma aulinha, bem simplória, mais que no seu caso, é necessária.... tradicional vem de tradição que quer dizer, entre outras coisas, conjunto de doutrinas e práticas transmitidas de geração em geração. Repetição sistemática de um ato (seja este qual for). A Mangueira, escola que você, SALGUEIRENSE, quer porque quer dizer ser a sua de coração, sempre manteve a TRADIÃ?Ã?O de colocar à frente da sua bateria, meninas, devidamente selecionadas em concurso realizado em noite festiva na quadra da escola, mais conhecida como o Palácio do Samba e que fica localizada no Morro de Mangueira. Você sabia? Eram estas (rainha e princesa) que representavam os ritmistas da escola e, sempre, davam show. Logo, meu camarada, rainha de bateria é sim um quesito, que embora não conte pontos, está dentro das especificações do que vem a ser TRADICIONAL. Só pra você não dar mais esse vacilo, beleza? Sabe, Luizinho, você é um comédia que vive a contar vantagens. Quem não te conhece é que se deixa levar por tuas lorotas. Quem sabe de alguns dos teus passos, feito eu, que não preciso ficar dizendo o que fiz e faço no meio carnavalesco, até por uma questão de sensatez, apenas lê o que você escreve e se acaba de rir. Não ofendi à Mangueira. Critiquei-a, da mesma forma que inúmeros Mangueirenses criticam duramente à Beija Flor. Também a elogio, quando sinto merecimento dessa escola. Você já leu a minha postagem no outro tópico, aqui, no SRZD? Se não, leia. Você é que ao invés de me contestar com argumentos razoáveis, se ofendeu e partiu pra grosseria. Não preciso e nem faço a menor questão que você se dirija, de alguma forma, à minha pessoa. Como te disse, basta citar o te

Noticia: Primeira mão: Conheça título do enredo da Mangueira para o carnaval 2010
Postado: 2009-05-10 16:49:42
Enfim, te mostrou, né, Luzinho? Agora, sim, resolveu se dar conta de que o carnaval já acabou faz tempo e tirou a fantasia! Não vou te responder com insultos, pois, acredito e respeito esse espaço que tanto gosto. Teria mil e um adjetivos desqualificativos que, se direcionados a você, cairiam feito luva, mas, deixa quieto. Continuarei a postar minhas opiniões sobre a Mangueira, ainda que você fique feito cão doido a correr atrás do próprio rabo. Poderia descer bem mais baixo que você, amigo, mas, te entendo. Quando não se tem argumentos o minimamente plausíveis, se parte pra o insulto e agressões. Paciência ..... não se pode esperar de uma pessoa, que essa dê o que não possui.

Noticia: Primeira mão: Conheça título do enredo da Mangueira para o carnaval 2010
Postado: 2009-05-10 15:18:54
Luizinho, para de graça, brother, que tu nem mangueirense é! Emiti uma opinião, de cunho estritamente pessoal, diga-se de passagem, e você vem de piadinhas. Toma postura, fera! Escreve que nem homem. Piadinhas não é coisa de macho. Faça que nem eu, dê a cara a tapa. Você adora destilar teus insultos, disfarçados, quase sempre, às demais agremiações e quando alguém fala alguma coisa da Mangueira, nem os mangueirenses legítimos vêm de gracinhas, mas, você, que é um salguerense frustrado, fica de K.Ã?. Ã? uma estupidez sua dizer que a Beija Flor não tem tradição. Nota-se que você não sabe o que vem a ser tradição. Vá ao dicionário Aurélio e depois volte aqui e me prove que a Beija Flor é uma escola sem tradição. Aliás, entre Beija Flor e Mangueira, é a escola nilopolitana quem tem cuidado e mantido esse valor bem mais que a Manga. O próprio episódio da rainha de bateria é um bom exemplo disso. Veja quem é que sempre ocupou (Soninha Capeta â?? DA COMUNIDADE) e, agora, Raissa (IDEM) esse posto lá. Não vendemos e nem trocamos essa tradição, como fez a Manga. E, quanto à sua defesa à nova rainha da bateria da Manga, como se pode ver, os seus argumentos são risíveis. Quer dizer que só porque a garota é doce, bela, meiga, carinhosa e não sei o que mais o que, ela é respaldada pra ocupar o posto? Isso significa que no morro de Mangueira não existe nenhuma menina com tais características? Francamente!

Noticia: Beija-Flor terá uma comissão de bateria
Postado: 2009-05-10 11:25:42
Acordem, pessoas. A Beija Flor consegue excelentes resultados por conta dos profissionais que trabalham pra ela, bem como, por conta do poder financeiro que lhe permite estruturar-se acima da média. Não é o Laíla que rodopia com o estandarte. Não é o Laíla que comanda a bateria. Não é o Laíla quem desenha e decora as alegorias. Não é o Laíla quem sobe no carro de som e canta o samba. Ele, somente, coordena estas coisas e pessoas e o que ele faz, aos gritos e insultos, outros profissionais, bem mais educados e cordiais são capazes de fazer. Ã? obvio que todos os que comandam algo ou alguém, em prol de um resultado positivo, devem ter pulso firme. Sou a favor disso. Mas, entendo que pra se adotar uma conduta de firmeza não é necessário agredir-se ninguém. Se vocês gostam do tratamento senhor de engenho, ok. Eu, de minha parte, só lamento. E, de mais a mais, a Beija Flor de Nilópolis, mesmo com o senhor Laíla à sua frente, passou mais de 12 anos sem conquistar um título. E, ainda, desde que o senhor Anísio assumiu essa agremiação que ela vem, com Laíla, ou, sem Laíla, sempre entre as primeiras, o que prova que, na verdade, o sucesso dessa agremiação não se da por conta de Laíla e sim por conta de Anísio e do amor que os Nilopolitanos devotam à Beija Flor

Noticia: Primeira mão: Conheça título do enredo da Mangueira para o carnaval 2010
Postado: 2009-05-10 11:05:39
De todas essas iniciativas, eu só lamento a bola fora do Ivo, no que diz respeito à contratação da nova rainha de bateria. Até compreendo, nos tempos atuais, as gestões marqueteiras e comerciais que as agremiações adotaram e daí, figuras como Preta Gil e Graciene, ou Graciane, sei lá o nome daquele robocop, à frente da bateria da Manga. Mas, se era pra mudar, e se nessa mudança, a nova titular do posto não é nenhuma Luma de Oliveira, ou, Luiza Brunet, que, como sabemos, são personalidades que atraem toda a mídia, porque, então, não colocar uma das inúmeras meninas Mangueirenses legítimas, como ocorria antigamente? Ao que me consta, essa Renata Santos, que ocupará o cargo, não tem mídia, não tem grana, não tem maiores ligações com a verde e rosa e, muito menos, lhe dará grandes retornos. A tal da Griciene já não conseguia isso, mesmo sendo mulher do feio... quer dizer, do â??Beloâ??! Ã? por essa e por outras que não aceito essa lenga, lenga de que Mangueira é pura tradição, puro samba e está acima de todas as demais. Ta aí, mais uma vez, a prova do que digo.

Noticia: Beija-Flor terá uma comissão de bateria
Postado: 2009-05-09 11:53:50
Mariana Farias. Afinal, você não gosta do Paulinho por achá-lo arrogante, com o rei na barriga, mas, reconhece que o cara é competente. Ao mesmo tempo, você adora o Laila por entender que o mesmo é imprescindível à Beija, ainda sendo ele o troglodita que é? Afinal, se os defeitos do Paulinho eram a arrogância, como você afirma, e, se somente por isso você o queria ver longe da escola, o que dizer, então, do Laila? Se Paulinho criou asas e quis chegar ao céu, o Laila, certamente, pensa que não basta chegar aos céus, mas, sim, destronar Deus e assumir seu lugar e ele certamente se acha capacitado para assumir esse reinado, o de Deus. E, vamos e convenhamos, a única pessoa que se se afastar da Beija lhe causará muitos transtornos é o Anísio, minha cara. Laila ta velho, rabugento, mais retrógrado e arbitrário que nunca e, assim como a fraca coreógrafa Gislaine, já pode e deve pedir pra sair, ou, simplesmente rodar à sua revelia mesmo. A Beija Flor sem a interferência maligna dessa figura ganhará aspecto mais leve e descontraído, dentre muitas outras vantagens.

Noticia: Beija-Flor terá uma comissão de bateria
Postado: 2009-05-08 11:00:32
Mariana Farias. Eu, de minha parte, posso te assegurar que não tenho qualquer vínculo de parentesco e, muito menos, sou puxa saco do Mestre Paulinho. Faço, apenas, considerações em cima do que vejo e de alguns fatos que presenciei. Você tem todo o direito de admirar ao Laila, da mesma forma que é livre pra expressar essa admiração. No entanto, no que se refere ao Paulinho (que você quer, de alguma forma, desqualificar), basta fazermos uma análise do seu trabalho durante os anos em que o mesmo esteve no comando da bateria da escola e observarmos as notas alcançadas por esta para constatarmos que nível de competência e comprometimento profissional ele possui. E, por mais que você admire ao Laila, a verdade é que este senhor é, sim, déspota, arcaico e adora tratar todos à sua volta como se estes fossem seus escravos e ele o senhor do engenho. Até crianças de 8, 9 anos eu já vi esse troglodita agredir verbalmente por conta de pequenas falhas. A escola de samba Beija Flor de Nilópolis é grande e estruturada o suficiente para seguir sua conduta vitoriosa sem este senhor e, por isso mesmo, tenho certeza que caso ele um dia ele deixe a escola, a Beija Flor iriá ganhar e muito. Laila não é o único ser da face da terra com capacidades de administrar uma agremiação, como ele, e, mais alguns, imaginam. Sabemos muito bem que muitas das limitações que essa agremiação possui são frutos da insuportável ditadura deste cara que pensa o carnaval nilopolitano como se este fosse um produto cultural criado, desenvolvido e mantido somente por ele. Antes, diziam que a Beija Flor era o que era somente por causa do Joãozinho e que se este, um dia deixasse a escola, a mesma acabava. Tai a prova de que ninguém é tão bom o suficiente que não possa ser substituído. A Beija Flor, mesmo com a tumultuada saída do João, provou que é muito além que uma ou duas cabeças pensantes, tão somente. Acredito que só o Anísio venha a fazer um imenso estrag

Noticia: Beija-Flor terá uma comissão de bateria
Postado: 2009-05-07 21:46:39
O que mais me chama a atenção na maioria das postagens nesse tópico é a capacidade que certas figuras tem de exprimir suas idéias . Antes de serem sensatas, são, absolutamente, tomadas pelo preconceito, pelo despeito, pela intolerância e, acima de tudo, pela ira. Sim, a ira. Afinal, estamos falando de uma agremiação que, ano após ano, se apresenta soberba e, se não é a campeã, jamais deixa de ocupar posições de destaque, sempre retornando entre as campeãs, sistematicamente destacada em matérias elogiosas em todos os meios de comunicação comprometidos com essa festa chamada carnaval. Vejo aqui pessoas criticando a metodologia de escolha do samba da Beija de 2009, como se em alguma agremiação esse processo se dê de maneira justa e sem arbitrariedades. Até parece! Outros, escrevem tantas bobeiras que, sinceramente, nem vale à pena destacar. Mas, Beija Flor é Beija Flor e em 2010, com Paulinho, ou, sem Paulinho, com Laíla, ou, sem Laíla, enfim, com quem quer que seja que esteja à frentea dessa escola, a estruturá-la, organizá-la, a Beija, estará, como de costume, maravilhosa e soberana, na passarela do samba.

Noticia: Mestre Paulinho fora da Beija-Flor
Postado: 2009-05-07 01:44:38
Obrigado pelas palavras, amigo ,Sylvio Costa. Certamente que em algum momento venhamos a confrontar-nos no quesito opiniões e percepções (huahuahuahua), mas, com toda certeza, saberemos elaborar um diálogo maduro, sensato e, acima de tudo, respeitoso, já que você é um adepto dos bons modos de educação. Aquele abraço.

Noticia: Mangueira: Márcia Lage ouve Cartola e Nelson Cavaquinho para entrar no clima
Postado: 2009-05-06 22:41:32
Não simpatizo nem um pouco com o Ivo Meireles e, muito menos, acho-o uma pessoa com credibilidade suficiente para administrar uma agremiação com o peso e estrutura da Mangueira. No entanto, há de se reconhecer o seu amor por esta agremiação e, também, o seu empenho em moldá-la o mais adequadamente possível. Ã? notória a sua determinação em tirar a escola do marasmo em que a mesma se encontra já há certo tempo. A sua coragem em assumir, sozinho, a direção dessa agremiação, sabendo-se dos muitos e imensos problemas que a Manga enfrenta é, no mínimo, uma clara demonstração do seu apego à Manga e, tudo o que essa escola necessita para arrebentar é disso, ou seja, de quem lhe cuide com força, carinho e boa visão. Suas ações, até o momento, têm sido, sempre, no sentindo de resgatar a identidade genuína verde e rosa, que, diga-se de passagem, anda bastante turva nos últimos anos. A contratação da Marcia, embora bastante questionada, foi, a meu ver, outro passo firme e de muito bom senso. A Marcia possui uma estética mais leve que casa muito bem ao estilo verde e rosa. O enredo, se vier a ser este mesmo, sobre a música, com destaque às canções e cancioneiros verde e rosa, já, de cara, desponta como um forte candidato às premiações concedidas ao quesito, pois, além de muito belo é, absolutamente, justo, coerente, mangueirense até a raiz e, mais do que necessário, numa época em que se supervaloriza os temas comerciais em detrimento dos temas culturais. Toda a sorte e sucesso à Mangueira e ao Ivo.

Noticia: Beija-Flor terá uma comissão de bateria
Postado: 2009-05-06 19:23:01
Só espero que esta comissão de bateria dê tão certo quanto à comissão de carnaval da Beija. Agora o Laíla é, praticamente, o senhor absoluto da agremiação. Por um lado, não deixa de ser interessante essa nova experiência. Além de dar oportunidade para mais profissionais aperfeiçoarem-se no comando de uma grande bateria, cria-se uma nova metodologia, que pode, perfeitamente, vir a ser um grande sucesso e uma grande evolução, quebrando paradigmas. Se não der certo, recorre-se à metodologia antiga e segue-se com o carnaval. Só fico na torcida pra que o Laíla não tolha tanto a galera da batera, quanto fazia com o Mestre Paulinho. Rezo pra que deixe o pessoal ousar e apimentar um pouco a percussão nilopolitana.

Noticia: Mestre Paulinho fora da Beija-Flor
Postado: 2009-05-06 13:41:12
Ok, Julinho di ojuara. Todos já perceberam teu nível e conduta aqui nesse espaço. Mas, é assim mesmo, meu camarada. Quando não se tem argumentos, não se tem postura e muito menos capacidade de diálogo, ataca-se. Age-se feito um animal encurralado que, para defender-se, ataca de forma feroz. Essa estratégia é antiga. Como disse, você é pequeno e insignificante de mais pra perder-se tempo com você.

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-06 11:58:03
Julinho di ojuara (ainda bem que tivestes o bom senso de escrever seu pseudônimo em minúsculo, já que você, ao que tudo indica, é uma pessoa muito pequena), o que eu tinha pra lhe dizer, já o disse. Aprendi com meus pais que não se deve jogar pérolas a porcos, e sendo assim... Heitor dos Prazeres, é bem por aí mesmo. E é exatamente aí, também, que o sapato aperta o calo. Que escola, hoje em dia, não faz uso destes métodos mercadológicos? Você cita Império e Estácio, como dois bons exemplos. Com todo respeito, eu sigo discordando. Ambas as agremiações, ainda que se encontrem no grupo de acesso, não se furtam ao troca, troca, à contratação, deste ou, daquele, profissional, ainda que o mesmo nada tenha de ligação com a comunidade, com o samba, ou, mesmo, com a escola. Estácio, mesmo, em 2009, estava tão grandiosa e deslumbrante, colocando no chinelo muitas escolas que desfilaram no especial e, grande parte dos profissionais que realizaram aquele desfile, não eram de segmentos da escola. Acho que esse é um caminho sem volta, infelizmente. O que mais vejo no grupo de acesso são escolas com carros acoplados e atrizes à frente das suas baterias, só pra citar alguns exemplos dessa descaracterização e falta de comprometimento com as reais tradições e verdadeiros valores do carnaval. Exatamente por isso, acredito que no fim das contas, samba, tradição, amor ao pavilhão só se encontra, hoje em dia, na Intendente Magalhães. Mas, é assim mesmo, opiniões são sempre muito diversas. Grande abraço.

Noticia: Mestre Paulinho fora da Beija-Flor
Postado: 2009-05-06 11:39:43
Sou obrigado a concordar com a maioria das opiniões postadas aqui. Entre, Paulinho e Laíla, é sem sombra de dúvidas que prefiro o Paulinho. Educado, elegante em suas atitudes e, acima de tudo, responsável, até ao último fio de cabelo. Laíla pode até ser competente, embora eu ache, sinceramente, que muito dessa competência seja mais um mito criado e disseminado pela mídia. Porém, no trato social, é uma figura repugnante. Todos os méritos da Beija Flor, ele quer que sejam atribuídos a si, o que, longe de ser um merecimento é, bem mais, ataques de superego, de prepotência e falta de companheirismo. Aos que criticam ao Mestre Paulinho, saibam, que se a bateria da Beija Flor mantinha uma característica estritamente convencional, tradicional, esse fato se dava, não por ação do Paulinho, e sim, por imposição do Senhor dos anéis azuis e brancos que não permitia qualquer ousadia na bateria da escola. Ã?queles que criticam a bateria sob o argumento de que a mesma é enxertada, lanço, aqui, um desafio.... apontem-me uma que não o seja! Certamente que o próximo profissional que assumir o posto de mestre de bateria da Beija se verá obrigado a coordenar dentro dos moldes, retrógrados, do senhor Laíla. E ainda há os que o idolatram! Eu, simplesmente, o desprezo.

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-05 22:02:39
Caro, Heitor dos Prazeres. Respeito a sua opinião, embora, eu, sinceramente, ache que existe muito de preconceito recheando algumas delas. Vou tentar explicar-me. Veja bem, eu sempre questiono às idéias em que se colocam certos níveis de desmerecimentos às agremiações com mais poder financeiro e que adotaram o estilo de grandiosidade e do luxo, como se estes dois itens não pudessem se harmonizar com as tradições e com os valores que uma agremiação deve possuir. Sempre digo que o que faz com que muitas pessoas desqualifiquem escolas como Beija Flor, G. Rio, Viradouro, entre outras, é muito mais a falta de boa vontade e de uma visão mais aberta que qualquer outra coisa. Para tentar dar exemplo ao que pretendo esclarecer, cito o resultado do carnaval de 2009. O que eu vi foi quase que uma unanimidade no que diz respeito à justiça e merecimento do título do Sal. Mas, o Salgueiro, já há muitos anos que é uma escola tão grandiosa e tão luxuosa quanto G. Rio, Beija Flor, Viradouro. Porém, por ser mais antiga e por ter em sua história personalidades marcantes, ganha, por isso, respaldo e, para muitos, mesmo sendo uma escola com exatamente a mesma estrutura de grandiosidade que as suas concorrentes, não deixa de ser mais valiosa. Hora, se a agremiação não se furta do luxo, da grandiosidade, se entoa sambas comerciais, se coloca à frente da sua bateria pessoas que nenhum vínculo real possui com o mundo do samba, entre outros disparates, ela, então, é mais escola de samba que as outras? Outro exemplo é o das escolas tidas como as mais tradicionais. Todos acham Portela uma escola inquestionável, Mangueira, outra, mas, aí eu pergunto... não foi a Portela, juntamente com o Salgueiro que começaram com o luxo e grandiosidade no carnaval? E a Mangueira não desfila opulenta sempre que pode? Por isso é que eu digo que existe muito de preconceito nestas classificações de escolas mais tradicionais, escolas menos tradicionais.

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-05 21:20:58
comédia, fique com as suas tacanhas opiniões que eu fico com as minhas, valeu? E, antes que eu me esqueça, estúpido foi o casal que te gerou, já que poderia, perfeitamente bem, ter te doado a um zoológico.

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-05 21:19:43
julinho di ojuara, pra início de conversa, eu nem deveria dar resposta a uma pessoa tão desqualificada feito você. Amigo, basta ver minhas postagens e as suas pra perceber-se, de cara, quem é o imbecil. A sua escrita denota o teu nível social e intelectual, se é que você possui algum destes. Meu camarada, suas idéias não correspondem aos fatos (mas servem para que se dê boas gargalhadas) e esse seu estilo comunista é, no mínimo, ridículo. Patético, eu? Tem certeza? O que dizer, então, de alguém que, do alto da sua gramática chula tenta desmerecer às opiniões alheias somente porque estas não se coadunam com as suas parcas idéias? Vá se informar pra depois poder contestar àquilo que você desconhece. O que você sabe sobre as transações da Rede Globo com a Liesa? O que você ouve falar? O que você, estupidamente, supõe? Fala sério! Tu está se portando feito um bobo da corte, rapaz! Mas, nem poderia ser diferente, não é mesmo? Quanto às suas convicções acerca do chão da Beija Flor de Nilópolis, bem se vê que de carnaval você somente sabe especular, pois, só um IDIOTA, feito você (aqui é tão somente uma opinião pessoal, ok, meu camarada!) diz que a Beija Flor, escola com o melhor chão do carnaval carioca (opinião quase unânime no meio) não o possui. E quanto ao Anísio, faz-me rir, figura circense. Como eu disse, você ouve falar e formula uma idéia fixa. Não é porque o Anísio simpatizava com a Mangueira, antes de passar a gerir à Beija Flor, que ele ainda seja Mangueirense, seu bobalhão! Vá perguntar a ele se entre Mangueira e Beija Flor, qual das duas faz seu coração bater mais forte. Percebo que você deva fazer parte da torcida de uma agremiação ferrada, pois, as tuas citações deixam bem claro mais um grande despeito que uma concepção artística. E, pra terminar, a minha opinião sobre o arquiteto Oscar Niemeyer é puramente pessoal. Já ouvistes falar em individualidade? Sabe o que é isso? Então, com

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-05 00:50:12
Concordo plenamente com sua opinião, Monica. O interessante seria que isso se desse em todos os segmentos de arte, do esporte, da cultura, etc., em que se fizessem necessários. Porém, me aponte um único destes segmentos que tenha conseguido tal proeza. No carnaval, é bem verdade, muito do que era especial, tradicional e fundamental se perdeu em favor da modernidade iminente. Mas, não podemos negar o muito que se ganhou, também. Logo, me intriga bastante os discursos saudosistas de que só o que era antigo é que era bom. Dizem, alguns aqui, que o Sambódromo é um dos responsáveis pela falta de interação entre público e escola de samba. Será? Eu, depois de ver desfiles como Kizomba, Peguei Um Ita No Norte, Ratos e Urubus, Aquarela Brasileira (2004), entre muitos outros, acho que tais argumentos são falhos. O que acontece é o momento, é a energia e vibração que uma agremiação seja capaz de disseminar durante a sua apresentação. Isso, sim, fará o carnaval alcançar todas as nuances necessárias para que se possa denominá-lo como antológico e, em minha opinião, nada disso tem a ver com Globo, com Sambódromo, com luxo e poder de determinadas escolas e patronos e, muito menos, com a qualidade do público presente. Como citei anteriormente, desfiles, como os apontados por mim, desmistificam tais impressões. Mas, isso é só uma visão pessoal, ok? Grande abraço.

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-04 19:45:29
Caro Luisinho. Opiniões, meu caro. Opiniões, tão somente. Também poderia postar aqui opiniões de outros arquitetos famosos mundialmente e que, igualmente a mim, acham o Niemeyer um grande engodo. Basta ver as abras dele e observar a repetição de todas elas, a frieza, a falta de harmonia, de um único espaço que permita o nascimento de uma única erva que seja. O Sambódromo é um excelente exemplo da falta de praticidade e beleza do trabalho deste senhor. Tenho certeza que um arquiteto japonês (aliás, estes, dão show de inteligência e adequação!) teria construído o Sambódromo bem mais à contento. Porém, como eu disse, gostos e opiniões são absolutamente pessoais. Respeito a sua. Abraços.

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-04 19:03:00
estes aspectos permeia, não iria alterar-se? O que as pessoas se negam a enxergar, ou, aceitar é essa realidade. A meu ver, tudo o mais que se diga para tentar justificar o que vem acontecendo nos desfiles e nas escolas em geral é, tão somente, suposições de saudosistas e/ou inconformados com o imponderável, ou seja, o eterno transmutar que a vida impele, a despeito de tudo e de todos e que, doa a quem doer, jamais deixará de se suceder.

Noticia: Existindo, onde está o erro?
Postado: 2009-05-04 19:01:32
Perdoem-me, todos os que postaram suas opiniões aqui, e nas quais apontam a TV Globo como a grande responsável pelo o que ocorre hoje em nossos desfiles de escolas de samba. Pra quem não sabe, foi a Liga foi quem instituiu muitas das regras que vigoram nos desfiles hoje e não a Globo, como muitos pensam. Não foi e nem é a Globo quem exige a diminuição do número de escolas nos desfiles. Isso é um folclore muito disseminado, mas, que, de verdade, nada possui. Perdoem-me, também, os que afirmam, cheios de certezas, que seja, este de já vu, culpa deste ou daquele senhor feudal, conforme suas expressões. Não foi o Anísio quem instituiu o luxo, a grandiosidade, tão em voga. Mas, para os que conhecem um pouco da história do carnaval carioca, saberá que Salgueiro e Portela foram as agremiações que deram o (inevitável e oportuno) pontapé inicial. Ou será que as pessoas queriam que em pleno século 21, as agremiações ainda se apresentassem com a mesma estrutura da década de 70, 80? Assim, também, como peço perdão àqueles que acreditam que essa transformação, nada positiva, segundo dizem, seja fruto da concepção arquitetônica do Sambódromo. Embora eu reconheça que o mesmo seja somente mais uma das ridículas e repetitivas obras deste senhor chamado Niemayer (opinião pessoal), já que todas as suas obras são apenas um amontoado de concreto, sem vida, sem verde, sem praticidade. Sendo assim, então, a bem da verdade, tudo está dentro da normalidade e para que se entenda o que eu pretendo dizer com normalidade, basta que se perceba que a vida é transformação, evolução, em todos os seus segmentos. A vida muda, em todos os aspectos, sempre muda, as culturas se alteram, se metamorfoseiam, a maneira de ser e de agir de cada individuo sofre alteração, a economia, bem como, toda a estrutura social, ganham novos patamares e modelos e se assim é, porque o carnaval, evento cultural onde todos estes sintomas, todos estes valores e todos est

Noticia: Beija-Flor: Brasília mítica e alegórica
Postado: 2009-04-28 21:01:06
Ã? verdade, Luizinho. Nossas escolas andam precisando de algumas urgentes modificações, né? A Beija, de enredos mais instigantes e a Manga, de competência, não é mesmo, fera?

Noticia: Beija-Flor: Brasília mítica e alegórica
Postado: 2009-04-28 18:24:57
Ã? muito desanimador, imaginar, a minha Beija, mais um ano, com um enredo tosco destes. Que saco! Tudo bem que a grana é boa e a escola virá, como de costume, linda, luxuosa, grandiosa. Porém, focando o aspecto cultural e, principalmente, o apelo emocional, bola totalmente fora da caçapa. Putz! Ta mais de que na hora da Beija começar a preocupar-se com esse quesito chamado ENREDO. Brasília é um pé no saco e não possui, por mais que se tente, se esforce, se esprema, material histórico e/ou cultural para sustentar um enredo, o minimamente, simpático. Que desânimo!!!!!

Noticia: Chininha: 'Gostaria de deixar a Mangueira sem dívidas'
Postado: 2009-04-27 16:20:12
Quisestes falar bonito, mas, não me dissestes nada do que te impeli. Enfim, fizeste o de sempre, ou seja, bateste na mesma tecla, já gasta, diga-se de passagem, e que só faz emitir um som, um tanto quanto, desafinado. Mas, eu te entendo. A coisa ta complicada mesmo! Principalmente em se falando da Manga. Conheço bem esse discurso. Mas, caro Luizinho, cuidado, quem vive de passado é museu! D. Chininha, Ivo Meireles, personalidades do samba!!!!!!!!!!!! Com todo respeito a ambos,mas, sou mais Pinah, ainda que a mesma esteja sumida da avenida. Porém, vamos ficar nesse debate à perder de vista. Nem eu te convenço e, muito menos você, me comove ou me faz mudar de opinião. Vida que segue. Veremos as duas escolas na avenida em 2010. Tomara Deus que a Mangueira possa apresentar-se com a categoria da Beija. Abraços.

Noticia: Chininha: 'Gostaria de deixar a Mangueira sem dívidas'
Postado: 2009-04-27 13:29:33
a Beija Flor de Nilópolis é, por merecimento e competência, citada sempre, como não poderia deixar de ser. Basta ver a sua história e o seu legado, bem como a sua vitoriosa trajetória até os dias atuais. Abraços.

Noticia: Chininha: 'Gostaria de deixar a Mangueira sem dívidas'
Postado: 2009-04-27 13:25:42
Sim, é verdade! A Beija Flor não possui baluartes de tal envergadura. O que me espanta, no entanto, é que a Mangueira, berço de poetas e bambas, tenha parado no tempo e no espaço e, desde a morte destes, dos baluartes e bambas, a mesma não tenha sido capaz de produzir nada de, o minimamente, razoável nesse sentido. E é um tal de mangueirenses se apegar ao passado e achar que por conta dele, a escola estará incólume a tudo e a todos. Ã? sempre o mesmo e gasto discurso. Mangueira é tudo, merece tudo por ter sido berço disso e daquilo(?????). Ao que me consta, Estácio de Sá é a matriz e, igualmente, dona de histórias, lendas, fatos e personalidades imprescindíveis ao mundo do samba e nem por isso foi poupada de derrocadas. O mesmo pode-se dizer de Portela (com bem mais personalidades marcantes que a Mangueira) e, também, do Império Serrano que, não sei se você sabe, foi, vergonhosamente garfado em detrimento de outras agremiações que não fizeram por merecer o resultado alcançado. Quanto à Beija Flor, certamente que não temos os poetas e baluartes da Manga, no entanto, temos valores extraordinários, além de anualmente darmos aula de respeito e competência em muitos aspectos que deveriam ser oriundos das escolas â??berços de bambasâ??. Portanto, caro Luizinho, te desafio a tentar escrever uma história de carnaval (leia-se, escolas de samba), por mais simplória que esta venha a ser, e conseguir deixar o Grêmio Recreativo Escola de Samba Beija Flor de Nilópolis de fora. Se o Sambódromo tem histórias inesquecíveis, se os desfiles de escolas de samba possui apresentações soberbas, a Beija Flor de Nilópolis está, inconteste, inserida nestes. Ainda, se se fala do carnaval brasileiro, seja aqui ou no Iapoque, em qualquer momento, seja através de matérias televisivas ou de rádio, seja em matérias escritas, ou, simplesmente, num bate papo informal de mesa de botequim, não importa, afirmo-te, sem qualquer resquício de dúvida, que

Noticia: Chininha: 'Gostaria de deixar a Mangueira sem dívidas'
Postado: 2009-04-27 11:25:42
Só para finalizar. Meu caro, Luizinho, verde e rosa é, tão somente uma designção que caracteriza a Escola de samba Mangueira, não é nome próprio. Assim, não existe a regra de que tais palavras devam vir em maiúsculo. Abraços.

Noticia: Chininha: 'Gostaria de deixar a Mangueira sem dívidas'
Postado: 2009-04-27 11:17:42
Sim, Luizinho... Mangueira exala poesia... para os mangueirenses, meu caro. Só para estes. Da mesma forma que Portela, Império, Beija Flor, Estácio, Mocidade, etc., etc., e etc, exalam poesias aos seus.

Noticia: Chininha: 'Gostaria de deixar a Mangueira sem dívidas'
Postado: 2009-04-26 23:02:07
A verdade é que a Mangueira deu show de determinação e de samba, entre outros. Isso é fato! Assim, também, como é fato que a escola foi, sim, descaradamente beneficiada nas notas que correspondiam aos quesitos alegorias e adereços. Império Serrano que, embora estivesse com suas alegorias num estilo mais simples, trazia, todas elas, muitíssimo bem acabadas e sem qualquer dano, no entanto, as notas que os jurados cederam à escola da Serrinha foram, no mínimo, vergonhosas! Notas abaixo às da manga na avaliação de alguns jurados, nestes mesmos quesitos. Isso, certamente, deve ter se dado pelo carisma, nome e peso que a verde rosa possui. Mas, que foi injusto e, até, desrespeitoso com outras agremiações, a colocação da escola, isso, lá foi. Os mangueirenses de plantão podem chiar, vir com 4 pedras nas mãos, mas, o fato é evidente. Lembro-me que em 2004 a Beija Flor de Nilópolis desfilou com uma única alegoria avariada por conta de todo o toró que caiu sobre a escola e que, por conta dessa avaria, foi penalizada em 4 décimos, exatamente em alegorias e adereços. Mas, o que mais vi, o que mais li, o que mais ouvi, foram os protestos indignados de muitos mangueirenses que atribuíam a vitoria da escola Nilopolitana a falcatruas, já que a mesma jamais poderia ter ganho um campeonato desfilando com uma alegoria danificada, como ocorreu. Na ocasião, para os mangueirenses, carnaval, então, se resumia à perfeição das alegorias e adereços, já que em seus protestos, esqueceram-se de que a escola deu um show, igualmente ao da manga, de samba, garra, determinação, mesmo com um toró soberbo sobre si. Agora que foi a Mangueira que desfilou, não com uma, mas, com todas as alegorias praticamente no ferro, a escola foi digna, merecedora de todas as notas e da sexta colocação. Foi tudo muito justo Ã? assim mesmo, filho feio nunca é da gente, só dos outros!

Noticia: Prestação de contas da administração de Paulo Vianna é aprovada
Postado: 2009-04-24 13:12:24
Metendo a colher em caldeirão alheio, creio que o Paulo Viana, que é, acima e antes de tudo, um político velhaco, já que se utiliza das mesmas ferramentas e metodologias destes para administrar, ou seja, se aproveitam dos bens que não são seus, sugam-lhe até a fonte quase secar e, quando a maracutáia se torna pública e evidente e eles começam a serem questionados, pressionados, exatamente como ocorre com o Paulo Viana, aí, sim, por medo de perderem a mamata e, também, por medo das prováveis conseqüências, passam a fazer o que deveria ter sido feito desde o primeiro dia de suas posses. Logo, acredito que agora, depois de tantos rebuliços e acusações, e depois que a Mocidade, com o seu triste desfile, evidenciou para todo o país a sua miséria (me refiro à sua estrutura e não ao seu valor enquanto escola de samba, ok, galera?), é que ele começou a agir em favor da escola. Então, é bem provável que ele, ardiloso e esperto como é, consiga um excelente patrocínio (e nesse, não meta a mão) e estruture a Mocidade de forma que a mesma faça uma grande e bela apresentação em 2010, somente para calar as bocas acusatórias e despistar a opinião pública que possui imensas suspeitas à sua administração. Assim, sua imagem sofrerá positiva alteração, sua política administrativa ganhará certo respaldo e ele se arvorará em candidatar-se nas próximas eleições com risco de vir a se eleger, exatamente como ocorrem com os ratos que possuem um cargo político, aqui, no nosso país. Esperem pra ver se não será assim.

Noticia: Ivo diz que Caribé se precipitou ao anunciar ida para Mangueira
Postado: 2009-04-22 16:32:53
Olá, Fernando Leopoldino. Pelo visto você deve ser amicíssimo das duas pessoas envolvidas nesse episódio. Estou certo? Ou, seria advogado de ambos? Bom, mas, neste caso, fica um tanto quanto paradoxal você vir à público em defesa dos dois. Obviamente que algum dos lados dessa confusão está com a razão. Não da pra o Caribé e o Ivo estarem falando, ao mesmo tempo, a verdade. Alguém está mentindo, ou, no mínimo, equivocado. O que eu fiz foi tecer o meu ponto de vista e sim, acho o Ivo Meireles um grande trapalhão, até, porque, o mesmo já me deu diversas provas disso. Isso aqui, caso você ainda não tenha se dado conta, é um site para debates e trocas de informações carnavalescas e, sendo os senhores Ivo Meireles e Caribe personalidades do universo do carnaval, além de serem figuras â??públicasâ??, temos todo o direito de emitirmos nossas opiniões, certas ou erradas, à respeito deles. E, de mais a mais, não estamos falando da vida pessoal de ninguém e sim, de um fato importante referente a uma das mais importantes escolas de samba deste país, bem como, intrinsecamente ligado ao universo do carnaval. Assim sendo, goste o você ou não, eu continuarei emitindo minhas opiniões no que se referir a este e a outros assuntos carnavalescos em que ambos estejam em evidência. Amigo, não sou fofoqueiro, sou um participante do fórum com direito a desenvolver comentários. Me parece que você está querendo atuar como moderador deste espaço. Alguém te deu esse direito? Se sim, apresente-se como tal.

Noticia: Ivo diz que Caribé se precipitou ao anunciar ida para Mangueira
Postado: 2009-04-21 02:08:06
Ou teria sido, já, umas das primeiras trapalhadas do senhor Ivo Meireles? O histórico dessa persona não lhe permite passar incólume nessa história descabida. Por mais pouca experiência que o Caribé tenha em carnaval e entusiasmo maior que cautela, não acredito que ele fosse divulgar na imprensa que seria um dos carnavalescos da Mangueira sem que tenha tido qualquer garantia disso. Pra mim, o que deve ter ocorrido foi que o Ivo topou a parada, mas, a Márcia, que não possui papas na língua e nem guarda almoço pra janta, e que, certamente, nem comunicada com antecedência deve ter sido, chiou e não concordou em dividir seu trabalho com o Caribé, já que foi para isso que ela deixou de atuar ao lado do maior carnavalesco da atualidade, no caso, seu marido, Renato Lage. Se quisesse fazer dupla com alguém, certamente não seria com Caribé e sim com o Lage, horas bola! Daí, o Ivo, trapalhão como ele só, voltou atrás e o Caribé que se ferrou. Aposto todas as minhas fichas que a história é bem por aí. Pobre Manga! Quem te viu, quem te vê!

Noticia: Beija-Flor: Mestre Paulinho levanta a bandeira branca
Postado: 2009-04-18 13:52:07
Bom, Mariana... Poderíamos, sim, dar continuidade ao tema em questão. O mesmo é carnavalesco, logo, está perfeitamente inserido dentro do contexto do tópico e das propostas do site. Porém, quando um não quer, o outro vira para o lado e dorme, não é mesmo? â?? huahuahuahuahua. Respeito, embora discorde, o seu ponto de vista. Que bom que é assim, né? O que seria do verde se todos gostassem só do amarelo. Beijo grande e que bom que temos a presença feminina por aqui, o espaço está muito impregnado de cuecas, o que torna o ambiente bastante árido - huahuahuahua.

Noticia: Beija-Flor: Mestre Paulinho levanta a bandeira branca
Postado: 2009-04-17 23:21:00
Mariana, discordo em número, gênero e grau de você, minha cara. Já vimos inúmeras vezes que o poste pode sim mijar no cachorro. E como pode! Essa história de que Laíla é um deus, um midas, um papa é, no mino, questionável. Ele é um cara que entende de carnaval? Sem dúvida! O cara praticamente nasceu dentro de uma escola de samba! Porém, ele é arcaico, retrogrado, arbitrário muitas vezes, déspota quase sempre e, não são raras às vezes em que ele pensa ser o Anísio, dono da agremiação, e não um empregado. O Paulinho é uma das pessoas mais centradas e gentis que conheço. Pra ele ter quase chegado às vias de fato com o Laíla é porque a coisa extrapolou todos os limites, com toda certeza. E, Laíla é humano, logo, passível de falhas. Aliás, cito uma grotesca e bem recente pra você. Ele praticamente impôs a vitória do samba que a escola cantou nesse carnaval, indo de encontro à infinita maioria que preferia o samba do Claudio Russo. A escola levou os 40 pontos em samba enredo?Levou. Porém, quantas não foram as críticas duras à escola por conta desse samba? Quantos prêmios a escola levou nesse quesito? O padrão de qualidade da Beija Flor no tocante a samba enredo, quesito que vinha se solidificando a cada ano mais, foi por terra, minha cara. O Laíla erra sim e erra muito! Logo, o poste pode e deve, vez por outra, mijar no cachorro. Ninguém é tão perfeito que não derrape numa curva. Só Deus, minha cara. Só Deus!

Noticia: Beija-Flor é a preferida de Brasília
Postado: 2009-04-17 23:00:19
Caro, Gustavo. Conheço a história da construção de Brasília muito bem, meu camarada! Sim, já li o livro citado por você e de misticismo o mesmo nada possui. Você deve estar se confundindo. Este livro fala muito é dos gastos e das motivações de Juscelino. Mas parece uma prestação de contas à sociedade. Não vi nada místico no mesmo. Ou melhor, vi sim, pois só algo muito místico pode explicar como um país com a estrutura financeira capenga como a do Brasil naquela ocasião pôde arcar com tamanho gasto. O livro aborda detalhadamente como se resolveu construir Brasília, como se deu cada ação e, principalmente, os trilhões gastos nas obras e, claro, gastos em outros fins que, obviamente, não foram citados nas páginas do mesmo, mas que no entanto, uma leitura o minimamente atenta perceberá de cara. Perdoe-me, não quero denegrir a cidade de Brasília, mas, convenhamos, estamos falando de uma cidade nova, sem tradição, sem um histórico cultural de peso, e sem atrativos suficientes para empolgar nem a uma criança. Se você for dessa cidade, eu lamento e te digo que não tenho a intenção de depreciar sua cidade. Porém, eu, particularmente (conheço Brasília) não vejo nada na cidade que valha a pena de vir a ser defendido em um desfile de escola de samba. Concordo que a Beija saberia fazer isso como nenhuma outra, afinal, pra uma agremiação que já falou de Araxá, Poços de Caldas e Macapá, Brasília é pinto. Mas, seria uma tremenda bola fora. Os tais grupos místicos e o tal misticismo do lugar são insuficientes, a meu ver, para enxertar um enredo a ponto de torná-lo o minimamente atrativo. Brasília é, para mim, um dos lugares mais sem graça desse país. Lamento.

Noticia: Presidente da Liga comenta justificativas dos jurados
Postado: 2009-04-17 22:30:41
Caro Luizinho. A grande arbitrariedade do jurado Paulo Melgaço está no termo que fez uso, COESO, que vem a significar Unido por coesão, conexo, intimamente ligado, fortemente unido, concorde, harmônico e, por fim, coerente. No caso da sua avaliação não positiva sobre as alas do Império, ele deveria se utilizar da expressão, EMBOLADO (A), o que deixaria mais coerente o seu raciocínio e a sua análise, ainda que a mesma tenha sido injusta. Já quando ela faz referencias às outras, ele se referia às demais agremiações que desfilaram após o Império. Isso se deu porque o modo de avaliação é comparativo e os jurados não lançam suas notas tão logo termine a apresentação de cada agremiação. Fazem rascunhos e esperam as outras para fazerem a comparação entre estas e só então lançarem suas notas definitivas. Daí a nota dada ao Império Serrano e essa justificativa com grafia de uma criança que está começando a aprender a escrever!!!!!

Noticia: As justificativas do Grupo Especial
Postado: 2009-04-17 22:28:48
Caro Luizinho. A grande arbitrariedade do jurado Paulo Melgaço está no termo que o mesmo fez uso (COESO), que vem a significar - unido por coesão, conexo, intimamente ligado, fortemente unido, concorde, harmônico e, por fim, coerente. No caso da sua avaliação não positiva sobre as alas do Império, ele deveria se utilizar da expressão, EMBOLADO (A), o que deixaria mais coerente o seu raciocínio e a sua análise, ainda que a mesma tenha sido incorreta, injusta. Já quando ele faz referências às outras escolas, ele se referia às demais agremiações que desfilaram após o Império. Isso se deu porque o modo de avaliação é comparativo e os jurados não lançam suas notas tão logo termine a apresentação de cada agremiação. Fazem rascunhos e esperam as outras para fazerem a comparação entre estas e só então lançarem suas notas definitivas. Daí a nota dada ao Império Serrano e essa justificativa com grafia de uma criança que está começando a aprender a escrever!!!!!

Noticia: Beija-Flor é a preferida de Brasília
Postado: 2009-04-17 22:01:17
Só espero que a direção da minha querida Beija Flor não cometa a insanidade de aceitar esse enredo ridículo e sem qualquer apelo artístico que só lhe fará ficar ainda mais estigmatizada por conta dessa mania de defender enredos em louvor a estados, cidades, países. Chega!!!! Já deu!!!! A escola já usou e abusou desses temas, é hora de abordagens mais interessantes e menos comerciais. Brasília é um porre de qualquer forma, de qualquer ângulo, sob qualquer abordagem. Não existe nada de interessante naquele lugar que seja digno de tamanha homenagem e mesmoa história desse distrito é só política. Nem mesmo as tais mistificações que acreditam alguns existir naquelas terras dão um caldo grosso o suficiente a ponto de ajudarem em um enredo. Pelo menos do ponto de vista carnavalesco, não! Se a Beija Flor topar essa idéia insossa, estará se condenando a tirar notas baixas em enredo, exatamente o quesito em que mais apanhou esse ano. Será que o todo sabichão Laíla não saca que o calcanhar de Aquiles da nossa escola tem sido exatamente este quesito e que o mesmo é escolha da direção? Estamos falando de um dos únicos quesitos, juntamente com samba enredo, em que é possível, antes da escolha, se estudar meticulosamente, com toda calma, coisa que nos demais não se pode fazer, já que seus desempenhos só se confirmarão, positivos o negativos, na hora â??Hâ??. Não! Deixa esse enredo pras outras agremiações interessadas. A Beija Flor pode perfeitamente bem bancar às suas próprias custas e sem perder um mínimo do seu glamour qualquer um dos seus desfiles.

Noticia: As justificativas do Grupo Especial
Postado: 2009-04-17 13:37:23
Pessoal, deixa ver seu eu posso ajudá-los em alguns dos seus questionamentos. Bom, as notas dos jurados levam tanto tempo pra serem liberadas e divulgadas à imprensa pelo simples fato de que é necessário que os ânimos estejam frios. Nos primeiros minutos, logo após a apuração, na quarta feira de cinzas, não são poucos os que sentem o sangue ferver em suas veias e a revolta lhes dominar. Assim, a grita, o desejo de trucidar uns 10 são indescritíveis. Por isso, malandramente, a Liga segura por tanto tempo as justificativas, para que quando as mesmas sejam divulgadas os ânimos já estejam mais calmos e ninguém mate ninguém. Ã? uma estratégia de fundo muito mais psicológico que prático. Imagina se no calor dos ânimos, tipo, uma semana após os resultados, esses absurdos que insistem em chamar de justificativas sejam liberados? Acho que o quebra, quebra, as manifestações de protesto seriam gigantescas. Assim, dois meses é um bom período, pós, nesse tempo todos já estão voltados para o próximo carnaval e, assim, se torna mais fácil engolir, ainda que a muito contra gosto, essas excrescências em forma de escritas produzidas por estas antas que se dizem jurados.

Noticia: Liga apresenta sugestões para 2010
Postado: 2009-04-17 11:49:26
Gente, por favor.... Já está mais do que na hora de nos conscientizarmos da realidade. Por mais arbitrário e indignante que seja, essa história de povão já deu, né? Ã? fato que a última coisa que a Liga e as escolas de samba estão interessadas é na presença do povo comum nas arquibancadas e nas dependências das suas quadras. Carnaval há muito virou empreendimento, business, com todas as suas ações voltadas para o lucro. Sanba de raiz, tradições, personalidades do universo carnavalesco comuns, como grandes sambistas e passistas, por exemplo, são coisas de um passado muito saudoso. Ã? absurdo? Ã?, claro que é! Ã? indigno? Sem qualquer sombra de dúvidas que é! Porém, é fato e nós... bem, nós só podemos nos indignar e nada além. Quanto às mudanças sugeridas pelo Sr. Castanheira, só concordo com a redução do número de componentes nas agremiações. Ã? realmente absurdo uma escola desfilar com 4.500 componentes. Isso sim é que cansa, pós, além de afetar gravemente a harmonia, ainda faz com que um tema fique confuso pela infinidade de alas existentes entre uma alegoria e outra. Nas demais sugestões, bola fora total, do presidente da Liesa. Acho muito improvável que escolas que se notabilizaram por suas estéticas grandiosas, como a Beija Flor, por exemplo, aceite-as.

Noticia: A importância do visual no carnaval
Postado: 2009-04-12 05:19:00
O certo seria que todos os quesitos tivessem o mesmo grau de importância, da mesma forma que cada jurado deveria ter o mesmo nível de responsabilidade e coerência em suas análises. Se observarmos mais atentamente os últimos 20 anos dos carnavais, chegaremos à conclusão que é bem relativo o peso e o critério de avaliação que cada escola recebe diante da sua apresentação. Não da pra afirmar categoricamente que sejam os quesitos alegorias e adereços os mais importantes na visão dos julgadores. Para tentar deixar mais claro o meu ponto de vista, cito alguns exemplos como os do Salgueiro e o seu famoso Ita que ganhou o carnaval muito mais pelo entusiasmo e vibração que conseguiu despertar e manter ao longo de todo o seu desfile. No que dizia respeito à estética, a escola deixou muito a desejar e, no entanto.... Mangueira ganhou muitos carnavais, sendo o último deles o do Chico Buarque, com estética absolutamente simplória e diante de escolas deslumbrantes naquele ano. Imperatriz levou o tri com alegorias quebradas, fantasias despencando, mas, com o seu infalível (até então) tecnicismo. Salgueiro, novamente citando essa agremiação, perdeu Candances com alegorias e fantasias de absoluto bom gosto, criatividade e perfeito acabamento. Teria muitos outros exemplos, mas creio que estes bastam para esclarecer meu enfoque. Sendo assim, acho, sinceramente, que os fatores que decidem a campeã do carnaval não estão exatamente nos quesitos que conhecemos, mas, sim, em alguns fatores que não nos são permitidos saber. Há, e, sim, eu investiria pesado no barracão de minha escola. Se a estética não for o ponto crucial aos jurados, é, com toda certeza, para a maior parte do público. Já dizia o grande Vinícius... que me perdoem as feias, mas, beleza é fundamental.

Noticia: Os números mentem?
Postado: 2009-04-07 15:32:07
arroubos saudosistas, eram manifestações cujo o intuito maior era muito mais o da congregação espontânea entre amigos tomados por uma euforia genuína e um amor incondicional às suas identidades. Não se alimentavam tantas vaidades, não se tinha maiores compromissos que não o de se divertir. Porém, essa manifestação virou espetáculo e, espetáculo dos mais caros em todos os sentidos. Assim sendo, o visual e a pirotecnia, tão valorizados nos dias atuais, alcançaram patamares elevadíssimos e, por isso, o quesito alegorias e adereços possuem um peso muito superior aos demais. Não vejo nada de errado nisso, se o mesmo se coadunasse, em valor de avaliação e prestígio, com os demais. Aí, sim, a festa seria magnífica!!!

Noticia: Os números mentem?
Postado: 2009-04-07 15:30:31
DESCULPEM, VALE ESTE..... A meu ver, o problema está no conceito de que o visual é mais importante que todos os demais quesitos. Esse conceito, tão logo ratificado (e, se não me enganaram as pesquisas que fiz, é da Portela o pontapé inicial nesse sentido) imediatamente foi imitado por algumas agremiações. A Beija Flor de Nilópolis veio em seguida dar ao mesmo uma vultosa contribuição e, devido ao grande sucesso que essa agremiação fazia e faz com seus carnavais sempre belos esteticamente, o que a princípio era só um estilo, tornou-se uma regra e daí, grandes desfiles como o do Império Serrano de 2004 não alcançarem posições dignas do frenesi geral que causaram nas platéias. A Liga é uma instituição formada por muitas cabeças, assim sendo, não é possível que ninguém venha contestar, ou, pelo menos, questionar certas arbitrariedades que anualmente se repetem nos carnavais, como essa, destacada aqui, nesse tópico. Outro detalhe a ser apontado é que os próprios torcedores e muitos profissionais do carnaval (se não todos, a grande maioria) ratificam esse conceito do belo acima e antes de tudo. Ã? só observar-se certas entrevistas de determinados profissionais indignados por tal escola ter pontuado mais que a sua que investiu tantos milhões em alegorias e adereços, como se só isso fosse suficiente para a garantia do título. Vejam, também, certas reclamações e, até, muitas justificativas que assinalam o quesito em questão como o primordial. Leiam com atenção às inúmeras postagens, aqui mesmo nesse site, daqueles que se dizem e tentam se apresentar como personas comprometidas com o melhor e mais original dessa festa e notem como são estes os primeiros a se indignarem quando determinada escola destacou-se perante às demais, sendo que a mesma não possuía nem alegorias, nem adereços e nem fantasias portentosas e esteticamente deslumbrantes. Penso que o carnaval das épocas passadas e que ainda hoje emanam grandes arroub

Noticia: Os números mentem?
Postado: 2009-04-07 15:14:31
valor de avaliação, com os demais. Aí, sim, a festa seria magnífica!!!

Noticia: Os números mentem?
Postado: 2009-04-07 15:13:26
A meu ver, o problema está no conceito de que o visual é mais importante que todos os demais quesitos. Esse conceito, tão logo ratificado (e, se não me enganaram as pesquisas que fiz, é da Portela o pontapé inicial nesse sentido) imediatamente foi imitado por algumas agremiações. A Beija Flor de Nilópolis veio em seguida dar, ao mesmo, uma vultosa contribuição e, devido ao grande sucesso que essa agremiação fazia com seus carnavais sempre belos esteticamente, o que, a princípio, era só um estilo, tornou-se uma regra e daí, grandes desfiles como o do Império Serrano de 2004 não alcançarem posições dignas do frenesi geral que causaram nas platéias. A Liga é uma instituição formada por muitas cabeças. Assim, sendo, não é possível que ninguém venha contestar, ou, pelo menos, questionar certas arbitrariedades que anualmente se repetem nos carnavais. Outro detalhe a ser destacado é que os próprios torcedores e profissionais do carnaval (se não todos, a grande maioria) ratificam esse conceito do belo acima e antes de tudo. Ã? só observar-se certas entrevistas, certas reclamações e as inúmeras postagens, aqui mesmo, nesse site, daqueles que se dizem comprometidos com o melhor e mais original dessa festa, como são os primeiros a se indignarem quando determinada escola destacou-se, sendo que a mesma não possuía alegorias e adereços e nem fantasias portentosas e esteticamente deslumbrantes. Penso que o carnaval das épocas passadas e, ainda hoje, emanam grandes arroubos saudosistas, eram muito mais a congregação espontânea de uma euforia com suas determinadas identidades, sem maiores compromisso que não o de se divertir. Porém, essa festa virou espetáculo e, espetáculo dos mais caros em todos os sentidos. Assim sendo, o visual e a pirotecnia alcançaram patamares elevadíssimos e, por isso, o quesito alegorias e adereços possuir um peso muito superior aos demais. Não vejo nada de errado nisso, se o mesmo se coadunasse, em

Noticia: Ecos da apuração
Postado: 2009-04-02 18:59:52
Caro, Anderson Baltar... O que você quis (ou quer) dizer com o termo â??vitoria cristalina?â?? Com todo respeito à Agremiação, Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, reconhecendo o seu belo desfile, mas, sinceramente, se o â??cristalinaâ??, utilizado por você, se refere a â??inquestionávelâ??, â??perfeitoâ??, como alguns comentaristas de carnaval tem escrito e como você faz parecer, aí não posso aceitar quieto. O Salgueiro cometeu muitos erros e teve sérios problemas que comprometeram seriamente sua apresentação. A cratera aberta logo no início do desfile parece que, por magia, todos vocês (comentaristas) esqueceram (ou fingem não ter conhecimento). Por ter deixado se formar um buraco (talvez até menor que o do Sal) durante a sua apresentação, a Mocidade, em 1999, com um deslumbrante desfile sobre a vida e obra de Villa Lobos, perdeu um campeonato praticamente ganho. Também fico impressionado com a falta de questionamentos à bateria e ao samba da escola que, convenhamos, deixaram muito a desejar! O andamento adotado ultrapassou todos os limites aceitáveis. Mais parecia frevo. E, o samba? Bom, acho que nem preciso comentar... até antes do desfile era o mais execrado dPode-se, também, questionar a harmonia e evolução da escola, quando muitas alas passaram sem o fundamental canto, fato, esse, destacado até pelos comentaristas da Globo. Além desse, a evolução, em vários momentos, pecou feio, deixando espaços em alguns pontos e acelerando o passo em outros. Vila Isabel e Beija Flor de Nilópolis foram, infinitamente superiores nestes itens e, no entanto ... logo, sempre que leio algum comentário no qual a vitória do Salgueiro seja apontada como â??cristalinaâ?? (só pra citar um exemplo), chego mesmo a ter calafrios. Chego mesmo a achar que o campeonato da escola da Tijuca em 2009, bem como o vice, em 2008, foram compensações pelo infindo chororó de 2007. O que me consola é que o campeonato de 2009 não foi bizarro, como tantas ve

Noticia: É harmonia ou evolução?
Postado: 2009-04-02 10:38:58
O que eu não entendo é que essa nova maneira de se fazer um desfile de escola de samba é ratificada por todos aqueles que são responsáveis pela realização desse grandioso evento. Então, diante de tal afirmação, podemos dizer que LIESA, diretores e patronos de todas as agremiações, profissionais responsáveis pelos quesitos em questão e etc. de onde partiu essas novas regras? Porque ninguém tem a ousadia de ignorá-la? Só vemos reclamações e protestos, porém, nada de concreto acontece no sentido de se mudar isso. Nem mesmo uma reunião entre tais pessoas citadas acima, eu vejo e com o propósito de debater os inconvenientes dessa modalidade, eu vislumbro acontecer. Logo, não creio que os chamados diretores de harmonia e evolução possam vir a ter uma conduta diferente das que adotam durante os desfiles. Creio mesmo que eles são rigorosamente instruídos para que dessa forma atuem e por isso é que se tornam verdadeiros sargentos na hora do vamos ver. Além do mais, dois fundamentais motivos que, a meu ver, fazem com que a harmonia seja rígida, militarizada é o tamanho das escolas e o andamento dos sambas que passaram a ser entoados nos desfiles. Não há como evoluir com sambas em estilo frevo. Não há como tentar sambar, dançar com um tempo mínimo para se percorrer toda a avenida. Cada agremiação traz, em cada desfile uma quantidade de componentes que varia entre 3.500 a 4.000 brincantes e mais uma grande quantidade de penetras. logo, o tempo de passagem de cada um destes é escasso e daí o corre corre costumeiro. A questão, então, precisa ser repensada não só nos quesitos evolução e harmonia e sim, no todo e, ao que tudo indica, a agremiações, juntamente com a Liesa, não têm qualquer interesse em modificar nada.

Noticia: Império Serrano libera primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira
Postado: 2009-03-31 10:04:08
Pelo que entendi o Império Serrano queria o carnavalesco Fabio Ricardo, mas, o rapaz, mais uma vez, não se mostrou interessado e, por isso (e só por isso), a escola manterá a Márcia. Ã? como se dissesse â??não tem tu, vai tu mesmo!â??. E aí, Márcia, vai deixar por isso mesmo? Você, a carnavalesca que deu a vitória ao Império em 2008, ser tratada com desdém, vai aceitar? Eu mandava o Império ir às favas!!!! Você tem talento e pode perfeitamente bem ir mostrá-lo em outra agremiação que lhe dê o devido valor merecido. Afinal, a culpa pelo fracasso do Império em 2009 não foi só sua e sim de toda a agremiação.

Noticia: Resquícios do carnaval 2009
Postado: 2009-03-29 21:57:10
RESPOSTA Ã? POSTAGEM DA MARCELLA | 29/03/2009 11:13:29 Marcela, Impressionante o seu comentário e a sua opinião sobre a comissão de frente da Beija Flor de Nilópolis! Impressionante pelo nível de indignação que você demonstra com a mesma e que eu não vejo razão de ser. Afinal, o que mais te incomodou nessa comissão? Foi a simplicidade visual e coreográfica da mesma, ou, teria sido a participação de um travesti (ou transformista, não sei ao certo) na mesma? Eu deduzo que segunda opção é a mais provável. Estou errado? A comissão de frente da escola primou, é verdade, por um aspecto visual, coreográfico e teatral bem simplórios. Daí, dois pesos e duas medidas. Pelo lado visual, é verdade que aquela comissão não se compactuava com todo o glamour que vinha atrás. A Beija Flor estava, esse ano, absurdamente deslumbrante, no que se refere à plástica. Daí a gritante disparidade entre comissão de frente e todo o restante da escola. Mas, por outro lado, aquela comissão foi a quebra de uma paradigma da escola de Nilópolis se considerarmos que as comissões de frente anteriores dessa escola sempre seguiram o conceito e a prática do luxo, do belo, do perfeito. Era tudo muito certinho, muito arrumadinho, muito cuidadinho e, por isso, ver essa escola se apresentando com uma comissão que, embora deixasse a desejar em alguns importantes aspectos, trazia para o carnaval da Beija Flor, uma nova linha, um conceito mais leve, mais debochado, mais teatral, coisa que a Beija dificilmente traz, não pode, em absoluto ser motivo de indignação. Até porque não tinha nada ali suficiente para indignar e sim, questionar. Assim, só espero que a minha impressão à respeito da sua postura esteja equivocada, ou seja, que você não tenha gostado da comissão por suas deficiências de dança e plástica e não por puro preconceito, como está parecendo. Só um alerta; não se esqueça, Marcela, que 50% do carnaval foi, é e sempre será feito de participa

Noticia: Eduardo Paes se reúne com presidente do Império Serrano
Postado: 2009-03-09 23:21:44
Caro, Carlos André. Suas justificativas são, a meu ver, muito coerentes. Sim, pode-se acusar uma escola de samba de ter sido favorecida por parte da Liga e/ou jurados, dentre outros. No entanto, não da pra se acusar a imprensa em geral de estar maculmunada em favor de uma determinada escola de samba. A Beija Flor de Nilópolis é uma agremiação que ano após ano faz apresentações (campeãs ou não) ratificadas por toda a imprensa ligada de alguma maneira ao carnaval. Jornais, revistas, sites, matérias televisivas e de rádio, ligados ao carnaval, estão sempre a elogiar as exibições da escola e a apontá-la como uma das prováveis campeãs do carnaval. Porém, não são poucos os IMPERIANOS que insistem em afirmar que a escola Nilopolitana só ganha carnaval por conta de ações desonestas do Anísio. Só gostaria de frisar isso pra você e para os IMPERIANOS que estão incomodados com as postagens desfavoráveis aos desfiles da escola Império Serrano. Ã? assim mesmo, pimenta nos olhos dos outros é sempre refresco, já nos da gente ...

Noticia: Vila faz o melhor desfile de domingo
Postado: 2009-02-23 18:36:58
Cara, Mariana Bispo. Seu comentário, parece-me, incongruente. Você diz que a Beija Flor apresentou mais do mesmo e, logo em seguida, aponta a Vila Isabel como a agremiação que melhor correspondeu às suas expectativas de que um desfile com clima de festa e de brincadeira. Estranho! Muito estranho a sua posição! A Vila é hoje, sem qualquer dúvida, o genérico da Beija Flor! E, sobretudo ontem a escola do bairro de Noel foi mais Beija Flor que nunca! Nem a Grande Rio copiou tão fielmente o modelo Beija de fazer carnaval quanto a Vila! Ninguém sonha ser mais Beija Flor que Vila. Ninguém vem consolidando uma fórmula e estrutura tão idêntica à da Beija quanto Vila! Não! Você deve estar equivocada. Nenhuma escola hoje em dia entra naquela avenida com a disposição de brincar, descontrair, fazer festa. Nem mesmo no grupo de acesso isso ocorre. Todas querem se sobressair, se firmarem, se tornarem grandes potências e para tanto não medem esforços e não se envergonham de ter que se robotizar, se militarizar. Essa história de respeito às tradições carnavalescas (que nenhuma escola hoje possui) é papo de gente saudosista que não aceita que a vida e tudo o mais se modifica, se altera, se transforma e, obviamente, uma manifestação cultural do porte quanto o carnaval não ficaria impune a tais mudanças. A Beija Flor, como bem disse o Jornal do Brasil e o Tudo de Samba, deu literalmente banho nas suas concorrentes de domingo. Deslumbramento, força, técnica, beleza e empolgação são termos mínimos para descrever a exibição da escola em 2009. Chico Spinoza, Haroldo Costa, Dudu Nobre e Maria Augusta que o digam... e disseram, sem meias palavras! Tô mais feliz que pinto no Lixo. Olha a Beija Flor aí gente!!!!

Noticia: Clima esquenta na Mangueira
Postado: 2009-02-18 18:22:32
performance seja digna de emocionados pedidos de BIS. Ã? isso o que verdadeiramente importa.

Noticia: Clima esquenta na Mangueira
Postado: 2009-02-18 18:21:11
Sergio Rodrigues. Eu, sinceramente, pensei que você fosse mais um daqueles raros torcedores, amantes de carnaval, que se propõem a enriquecer a este fórum e a mostrar, através de uma postura cordata, o que verdadeiramente importa e o que é fundamental que nos atenhamos para que essa manifestação cultural tão nossa (e já tão usurpada) possa sobreviver, sobressair-se. Porém, é com grande decepção que te vejo prestar-se aos debatezinhos toscos, infantis, que, desde sempre só se prestam a medir tamanhos, quem é mais, quem faz melhor, quem se deu bem mais vezes, exatamente como os pré-adolescentes que perdem inúmeras horas e muitas energias na disputa de quem tem o bilau maior, quem já comeu mais, quem já conseguiu gozar mais vezes em um único dia, e etc. Sinceramente, que bobeira! Se formos fazer uma criteriosa pesquisa à respeito de Beija Flor e qualquer outra agremiação, veremos que tanto a escola nilopolitana quanto a escola em questão possuem valores inquestionáveis, contribuições imprescindíveis, erros e falhas, comuns em se tratando de instituições culturais em constante movimentos. Logo, se a Mangueira tem mais sambas antológicos, foi a Beija quem revolucionol o carnaval verticalizando-o, o que hoje em dia, proporciona uma beleza singular às apresentações. Se a Mangueira possui um sem número de baluartes, a Beija possui boa quantidade de desfiles marcantes, inesquecíveis. Se a Beija exaltou à ditadura, a Manga se vendeu inúmeras vezes de maneira viu, desprezando, até, o seu maior ícone, o grande Cartola, por conta do viu metal. Se o Anísio é bandido, o que dizer dos verdadeiro comandantes da verde e rosa, aqueles que são quem realmente determina tudo o que pode e o que não pode na escola? Logo, que tal nos atermos ao que resta de bom e belo dessa festa e pararmos de nos comportarmos como pré adolescentes? Se o seu bilau é maior que o meu, dane-se. Farei, então, sempre o melhor que puder pra que ao fim a minha perfo

Noticia: Vila Isabel quer fazer da Sapucaí palco para sua comissão de frente
Postado: 2009-02-12 21:24:59
Sandro. Nem precisa ser um grande psicólogo pra sacar o quanto a Beija Flor te incomoda e te irrita. Ã? assim mesmo! O São Paulo Futebol Clube me tira do sério também. Ã? muita competência e qualidade, além, é claro, de muito trabalho, o que faz esse clube se destacar como o mais bem sucedido entre todos. Isso eu sou obrigado a engolir, quer eu queira, quer não! E essa realidade incomoda, pois não é o meu mengo a ter esse padrão e eficiência, como eu tanto gostaria. Por isso te entendo tão bem. O que dizer de uma escola que desde sempre mantém um puta padrão de qualidade, que está, ano após ano, nas primeiras posições, que já se tornou a segunda escola mais popular dessa cidade (quiçá desse país!) e que, mais uma vez, por tudo o que já foi divulgado até agora, vem firme, forte e, claro, magnífica pra o carnaval 2009? (pra variar!) Um excelente carnaval a você e uma formidável apresentação à Vila Isabel.

Noticia: Confira o organograma de desfile da Beija-Flor
Postado: 2009-02-12 21:22:54
Sandro. Nem precisa ser um grande psicólogo pra sacar o quanto a Beija Flor te incomoda e te irrita. Ã? assim mesmo! O São Paulo Futebol Clube me tira do sério também. Ã? muita competência e qualidade, além, é claro, de muito trabalho, o que faz esse clube se destacar como o mais bem sucedido entre todos. Isso eu sou obrigado a engolir, quer eu queira, quer não! E essa realidade incomoda, pois não é o meu mengo a ter esse padrão e eficiência, como eu tanto gostaria. Por isso te entendo tão bem. O que dizer de uma escola que desde sempre mantém um puta padrão de qualidade, que está, ano após ano, nas primeiras posições, que já se tornou a segunda escola mais popular dessa cidade (quiçá desse país!) e que, mais uma vez, por tudo o que já foi divulgado até agora, vem firme, forte e, claro, magnífica pra o carnaval 2009? (pra variar!) Um excelente carnaval a você e uma formidável apresentação à Vila Isabel.

Noticia: Vila Isabel quer fazer da Sapucaí palco para sua comissão de frente
Postado: 2009-02-12 16:54:30
Pô, Juan!!! Pare com isso, cara! Dessa forma, além de você criar conflitos no site, você faz com que as pessoas passem a ter mais bronca de você e, por conseguinte, da Beija Flor, que nada tem a ver com as atitudes de certos torcedores. Seja mais últil e menos infantil cara! Por respeito à nossa escola e a este site. Depois reclama quando a galera aqui pega pesado com você!

Noticia: Especial barracões: Viaje com a Tijuca pelo espaço sideral no Carnaval 2009
Postado: 2009-02-11 20:36:48
Cara, Maria Fanta. Não foi uma e nem duas as vezes que eu li postagens suas tecendo pesadas críticas àqueles que entravam neste site tão somente para escrever besteiras, insultos, assuntos que nada tinham a ver e que nada acrescentavam aos temas propostos. No entanto, não é de hoje que me deparo com suas irônicas e nada construtivas postagens pelos tópicos do site. Sinceramente, você as acha engraçadas? Acredita mesmo que agindo de maneira tão infantil esteja contribuindo para o enriquecimento desse espaço, aberto para que nós possamos discutir, trocar informações e travarmos conhecimentos sobre nossa cultura carnavalesca? Em que você acredita que sejas melhor aos foristas, Muita Calma Nessa Hora, A Verdade Ã? Pra Ser Dita, Não Tô Dizendo, Juan e alguns outros que você tanto adora criticar, excomungar, desqualificar? Qual a sua idade, 12 anos? Acredito que não! Acredita que já possuas capacidades cognitivas suficientes para contribuir, de maneira mais proveitosa, com este fórum. Então, que tal voltar a usar o cérebro? O site e todos nós, verdadeiros amantes dessa cultura chamada carnaval, agradecemos.

Noticia: Especial barracões: Imperatriz celebra Ramos no ano seu cinqüentenário
Postado: 2009-02-11 19:17:17
Sambista, nem da pra discutir com você. Você não quer debater, quer somente destilar a sua ira contra a Beija Flor. Nem argumentos o minimamente plausíveis você é capaz de expor. Logo, a melhor coisa a ser feita é te ignorar em respeito ao site e ao espaço que é destinado à Imperatriz Leopoldinense e não à Beija Flor.

Noticia: Especial barracões: Imperatriz celebra Ramos no ano seu cinqüentenário
Postado: 2009-02-11 14:05:01
EM RESPOSTA A POSTAGEM DO SAMBISTA (Postado por:SAMBISTA | 11/02/2009 11:11:17). Amigo, pra qual agremiação você torce? Saiba que a Beija Flor, com esse sambinha aí, ainda assim foi apontada pelos críticos desse site e, também, pelo corpo de juri do O Dia Na Folia como o melhor samba do ano, já que o do Império, que ficou em primeiro lugar é uma regravação. Pra você ver como essa escola é foda! Mas, imagino que na sua cabeça e nas de muitos outros, tem dedo do Anísio nisso também, não é? Que outra justificativa vocês conseguem fazer uso que não a do Anísio? sempre ele!

Noticia: Especial barracões: Imperatriz celebra Ramos no ano seu cinqüentenário
Postado: 2009-02-11 13:52:53
nunca ninguém responde. Somem todos!) â?? Se a Beija Flor ganha seus campeonatos somente por conta das manobras do Anísio, como explicar os indefectíveis elogios à escola após as suas apresentações, quando a mídia em geral, ano após ano, sempre a aponta como a provável campeã e se derrama em elogios às suas performances? Também esse fato ocorre por conta das armações do Anísio? Ã? ele que manipula a imprensa em geral? Respondam-me a essa questão, se puderem, é claro! Referente à postagem do folião, na qual ele fez uso de uma matéria de jornal pra desqualificar à Beija, eu lhe digo, Folião, eu posso encher esse site de matérias jornalísticas e em geral, de textos, de comentários e até posso te indicar algumas teses de doutorados com rasgados elogios à escola. Quere? Não me custa nada! Com relação a sua crítica ao enredo da escola, será que eu terei que te lembrar do enredo do Beto Carreiro, quando a sua agremiação não teve qualquer pudor em se vender pra ele? Amigo, se dedique a escrever coisas bonitas sobre o Império e deixa a Beija Flor de mão! Você adora polemizar e aí quando as pessoas te respondem de maneira ríspida você fica se fazendo de vítima. Da um tempo, fera! Que tal você e os que fazem coro contigo irem ao site Galeria do Samba e lerem o texto do Fabio Fabato intitulado â??A REVOLUÃ?Ã?O DO PAPEL HIGIÃ?NICOâ??. Façam isso e quem sabe vocês consigam entender o que acontece que faz com que a Beija Flor sempre se dê bem em cima das escolas de vocês.

Noticia: Especial barracões: Imperatriz celebra Ramos no ano seu cinqüentenário
Postado: 2009-02-11 13:50:28
Pessoal. Reparem que a grande maioria que criticam à Beija Flor, seja neste, seja em outros sites, usam sempre das mesmas argumentações. Argumentações gastas, batifdas, sem força e nem efeito, já que são absolutamente desprovidas de bases sólidas de sustentação. Como bem oportunamente disse o polêmico A VERDADE Ã? PRA SER DITA DOA A QUEM DOER, em uma de suas postagens aqui, é muito infantil, simplório, leviano, até!, dizer que a Beija Flor conquista seus campeonatos por conta de manobras usadas à seu favor. Só alguém realmente muito tolo ou cheio de muita má vontade para com a agremiação para realmente acreditar em tais possibilidades. Gente, aceitem o fato de que essa escola, desde que passou a fazer parte definitivamente do grupo das grandes, jamais deixou de realizar excelente desfiles. Mesmo quando a escola foi mal, mesmo assim ela jamais ficou abaixo da sétima colocação. Estamos falando de uma escola rica e esse fator, por si só, lhe concede grande vantagem em relação a algumas das suas concorrentes, já que a escola pode realizar seus projetos com mais facilidade que àquelas que não dispõem de uma sólida estrutura financeira. Estamos dissertando sobre uma agremiação que possui uma massa humana que se orgulha, que se empenha, que busca se aprimorar cada vez mais. Que não mede esforços para que a escola se apresente da melhor forma possível. Uma escola que conta com profissionais de ponta, já que pode pagá-los. Uma escola que ensaia exaustivamente cada segmento, cada mínimo detalhe. Portanto, vocês podem não gostar da escola, afinal é essa escola a mesma que tantas vezes tirou o sonho de campeonatos de vocês. Mas, é muito mais inteligente e digno reconhecer a qualidade e a força dessa agremiação que ficar tentando denegri-la com acusações toscas. Desafio aqui a todos os que se deram (ou se darão) ao trabalho de tecer críticas à Beija Flor a responder-me a um questionamento (sempre lanço essa pergunta e nunc

Noticia: Especial barracões: Imperatriz celebra Ramos no ano seu cinqüentenário
Postado: 2009-02-11 01:41:53
(Correções) Pena que uma das alegorias mais lindas do carnaval 2009 já não seja mais surpresa pra ninguém. Esse carro representando o Cacique de Ramos é um daqueles dignos de museu, tamanha a beleza e singeleza do mesmo! A tecnologia virtual nos deu muitas coisas boas, mas, também, nos tirou coisas fundamentais; a surpresa é uma das principais perdas. A Imperatriz, que está com um barracão muitíssimo gracioso e que poderia usar isso como mais um trunfo à seu favor (a surpresa, o impacto), perde essa carta na manga por conta da falta total de privacidade que a internet propicia. De qualquer forma, parabéns Imperatriz. A última vez que vi a escola tão empolgada e tão graciosa foi em 2005. Tem tudo pra correr pra o abraço. Muita MERDA para a escola e todas as pessoas elvolvidas e enganjadas em mais este espetáculo.

Noticia: Especial barracões: Imperatriz celebra Ramos no ano seu cinqüentenário
Postado: 2009-02-11 01:35:05
Pena que uma das alegorias mais lindas do carnaval 2008 já não seja mais surpresa pra ninguém. (esse carro representando o Cacique de Ramos é um daqueles dignos de museu, tamanha a bela e singeleza do mesmo!). A tecnologia virtual nos deu muitas coisas boas, mas, também, nos tirou coisas fundamentais. A surpresa é uma das principais perdas. A Imperatriz que está com um barracão muitíssimo gracioso e que poderia usar isso como mais um trunfo a seu favor (a surpresa, o impacto), perde essa carta na manga por conta da falta total de privacidade que a internet propicia. De qualquer forma, parabéns Imperatriz. A última vez que vi a escola tão empolgada e tão graciosa foi em 2005. Tem tudo pra correr pra o abraço. Muita MERDA para a Imperatriz e toda a galera de Ramos e adjacências.

Noticia: Mocidade faz bom ensaio na Sapucaí
Postado: 2009-02-10 00:02:51
Bom, uma coisa é certa. Porto da Pedra, Império Serrano não vão facilitar pra ninguém. O barracão do Império ta com cara de barracão da Imperatriz, ou seja, belo, singelo, agradável. As fantasias da escola só receberam críticas positivas, o samba é o melhor, a bateria excelente e os imperianos estão empolgados. A Porto mostrou em sua último ensaio que determinação e garra não lhe falta. O barracão da escola supera aos de várias agremiações, financeiramente a escola está bem melhor que outras tantas agremiações. Logo, é bom certas escolas botarem as barbas de molho.

Noticia: Força da comunidade na Porto da Pedra
Postado: 2009-02-09 21:56:45
Luizinho, cara, já te disse isso uma vez e vou repetir novamente... Você é um apaixonado, um romântico incorrigível e por tudo o que você escreve, percebe-se claramente que você ainda espera viver, nos dias de hoje, os carnavais dos áureos anos 70, 80. Infelizmente tudo muda, tudo se altera, meu amigo. Ã? a vida. Sinto muito se você se nega a ceitar isso. Se pra você só se pode considerar um mestre de bateria àqueles que são capazes de tocar diversos instrumentos, ler pautas musicais, transcrever partituras e etc, eu te pergunto, você conheceu, ouviu falar de um cara chamado MESTRE André? Ao que me consta ele era um auto-ditada em sua arte, como existem tantos em tantas profissões e que exatamente por isso não necessitam dos ensinamentos e aprendizados especializados, mas, que trazem uma coisa chamada DOM. Porém pra você, ele, o Mestre André, era só mais um competente diretor de bateria, não? Assim como o Paulinho, que só no comando da bateria da Beija Flor já está há mais de dez anos, no entanto, nada disso conta. Ele precisa aprender a ler partituras, a tocar todos os instrumentos, a... enfim, a ser um genérico do Louro, que você tanto idolatra.

Noticia: Força da comunidade na Porto da Pedra
Postado: 2009-02-08 23:46:08
Postado por:Lucas | 08/02/2009 14:20:48 Na minha opinião o maior nome do carnaval é o ODILON. Dizer que o PAULINHO DA BEIJA-FLOR Ã? MESTRE, Ã? PIADA (sic). Lucas, você poderia explicar o porquê de o Mestre Odilon ser o maior dentre todos? Dizer, simplesmente, que ele é o maior é muito vago. Mostre-nos, através do conhecimento que você dispõe para apontá-lo como o maior e o Paulinho como uma piada. Adoraria ler suas explicações. Pode ser?

Noticia: Beija-Flor faz festa para Joãosinho Trinta, que vai desfilar na escola
Postado: 2009-02-08 13:41:29
só um minúsculo grupo ainda se liga nisso já que a grande massa quer mesmo é o axé da Bahia.

Noticia: Beija-Flor faz festa para Joãosinho Trinta, que vai desfilar na escola
Postado: 2009-02-08 13:39:46
A Beija Flor não possui uma coletânea de sambas memoráveis, isso é fato. Mas, dizer que nenhum samba da azul e branco nilopolitana ficou marcado, aí já rola um certo preconceito. A escola teve sim bons sambas (76 ? Sonhar Com Rei da Leão, 77 Vovó e o Rei da Saturnália na Corte Egipciana, 78 Criação do Mundo na Tradição Nagô). Certamente que não são sambas tão populares quanto os antológicos sambas da Mangueira, da Portela, do Império, do Salgueiro, já que nessa época eram destas escolas a supremacia em tudo, inclusive na popularidade e a Beija Flor só veio a se tornar uma escola popular tempos depois. Com relação aos desfiles Ratos e Urubus e Liberdade, Liberdade..., sim, infelizmente o desfile foi antológico, mas deveríamos ter um samba melhor. O da Imperatriz está na galeria dos mais belos sambas já compostos. Agora, é preciso ressaltar que é a Beija a escola que nos últimos anos vem mantendo a qualidade e significativa melhora dos sambas. Quase sempre são os sambas da Beija Flor os que recebem destaque de público e crítica como os mais belos e isso ninguém menciona. Lamentavelmente este ano, por conta da tirania do Laíla, que embora entenda tudo de carnaval, às vezes comete uns vacilos inexplicáveis, perdemos a oportunidade de MAIS UMA VEZ entoarmos o mais belo samba do ano, caso o Salgueiro mantivesse a decisão de rejeitar a obra prima do Edgar e companhia, como fez. E quanto a Manoa, Manaus e Araxá são sim, indiscutivelmente, belíssimas obras, sendo que Araxá recebeu menção na escola de musica do Rio de Janeiro como uma obra prima. Mas, isso os profundos conhecedores de samba de plantão (como a museóloga aí, a senhora Gininha sabe tudo) desconhece! Ah! E antes que venham com o batido argumento de que os sambas da escola morrem na dispersão, eu já adianto. Os sambas da escola não! Os sambas em geral e não se pode comparar o interesse que os sambas enredos despertavam nos anos 60, 70, 80 e hoje em dia, quando

Noticia: Seriedade e simplicidade fazem bem
Postado: 2009-02-06 21:04:58
e anti-carnavalesca, o que se pode fazer além de lamentar?

Noticia: Seriedade e simplicidade fazem bem
Postado: 2009-02-06 21:03:43
Usando da mesma estratégia que o Luiz Fernando usou para expor seu parecer acerca das polêmicas declarações de Paulo Barros, quando ele, o Luiz Fernando destacou uma postagem de uma forista aqui do SRZD, eu também, para expor meu raciocínio, faço uso da postagem (mais do que pertinente) do forista Reginaldo Santos ( 06/02/2009 - 16:06:52). 'Pelo Amor de Deus e todos os Deuses, vcs realmente me fazem rir, comparar o disfile da Vila ( zumbi ) a Alegria da Caprichosos e da União da Ilha com o trabalho do Paulo Theatral de Barros, e no minino groseiro, me desculpe Luiz Fernando, mas vc deve ser amigo pessoal dele. As escolas entram na passarela com medo de errar, e isso faz com que elas se limitem, nisso eu concordo, a alegria dos desfilantes se tornou uma competição tamanha que tirou uo brilho do carnaval, mas de quem é a culpa??? Todas querem ganhar, então tem que fazer o melhor pra não errar, daqui uns anos um espirro na avenida faz uma escola ir pro Acesso'. Complementando, são tão absurdas e incompatíveis as comparações que só mesmo rindo pra não chorar. Como um ex-carnavalesco que vive escrevendo textos emocionados em defesa dos grandes símbolos e valores do carnaval brasileiro vem a público ratificar o teatro a lá Broadway de Paulo Barros que tão longe está da essência dessa manifestação chamada de desfile de escola de samba? A Vila e sua Kizomba, a Caprichosos e a sua irreverência, a São Clemente e suas críticas sociais, bem como a Ilha e sua descontração encantaram, quebraram paradigmas, subverteram certas ordens, é verdade! Porém, jamais deixaram de respeitar e de honrar as legítimas tradições carnavalescas e em suas apresentações, em todas elas, era possível vermos samba e não bracinhos e mãozinhas pra lá e pra cá; ginga e não um monte de marmanjo sacudindo pompons coloridos, canto e não mímica, tudo tão diferente do que o Sr. Paulo Barros acredita. Mas, se o Sr. Luiz Fernando aprova essa linha robótica e

Noticia: Paulo Barros diz que carnaval está chato
Postado: 2009-02-06 13:57:39
relevante para a nossa sociedade recebendo algum tipo de destaque e atenção por parte da mídia. E é por isso que somos obrigados a aturarmos a todo instante na mídia as lacraias da vida, as mulheres melancia, pêra, uva, mamão, caqui, tangerina e etc., etc., e etc.

Noticia: Paulo Barros diz que carnaval está chato
Postado: 2009-02-06 13:55:58
EM RESPOSTA Ã?S POSTAGENS DO SAMBISTA. Caro, Sambista. Em primeiro lugar, me desculpe, mas, seu pseudônimo não condiz com a sua mentalidade. Duvido que um sambista de verdade faça coro com os fãs de Paulo Barros. Duvido mesmo! Paulo gosta de qualquer coisa, menos de samba e carnaval, meu camarada. Ele só está nesse meio pelo espaço, popularidade e volume (em todos os níveis) que essa festa abrange, o que, para alguém egocêntrico feito ele é o cenário ideal para por em prática suas idéias nada originais. Pergunte ao Paulo quem é mais importante, se um excepcional passista ou um contorcionista do cirque du soleil e verás qual o real valor que este senhor dedica ao samba, ao carnaval enquanto manifestação cultural nossa. Se pra você o que o Paulo faz é inovação, sugiro que reveja seus conceitos. Inovar é criar sem descaracterizar, sem matar valores, sem desarmonizar, como o fizeram tantos outros carnavalescos, que inovaram, criaram, até, alteraram, mas, não eliminaram, em seus inventos, a essência, a raiz e o Paulo, no afã de se fazer gênio, esquece essa regra básica. Não existe inovação no que o Paulo faz, mas, sim, intromissão. Intromissão de um estilo de espetáculo que de carnaval tem quase nada. Já começa que os espetáculos criados pelo Paulo tendem sempre a ser todos robotizado e tudo o que o desfile de uma escola de samba não pode ser é robotisado. Não é a toa que nos contorcemos de indignação quando vemos alas quase marchando, baianas enfileiradas, excesso de alas coreografadas. Imagina se o estilo do Paulo prevalece? Quanto à sua segunda postagem, na qual você afirma que o Paulo não é medíocre, do contrario não estaria sendo entrevistado em alguns veículos de comunicação... meu amigo, o que os veículos de comunicação (de todos os níveis, do mais baixo ao mais importante) mais fazem é entrevistar figuras medíocres. Raras são às vezes que nos deparamos com alguma personalidade verdadeiramente relevant

Noticia: Paulo Barros diz que carnaval está chato
Postado: 2009-02-05 23:52:14
Fabiano, O carnaval é, ainda, tudo isso. Veja que você coloca o carnaval como desfiles das escolas de samba do grupo especial. Só que o carnaval não se resume somente a elas, temos diversos outros grupos e inclusive grupos nos quais as imposições e regras são quase nulas, logo, com todas as possibilidades pra brincar-se carnaval de forma descontraída. Além destes grupos de escolas de sambas, tem-se uma infinidade de blocos, de bandas, então, esse papo de que o carnaval do Rio está engessado é bastante questionável. As pessoas reclamam das mesmices do grupo especial, mas, não largam o osso! Estão sempre lá. Por que não ir em busca de outras opções? Elas existem e são bem diversificadas. Hora, os incomodados é que se mudem, já diz o ditado.

Noticia: Paulo Barros diz que carnaval está chato
Postado: 2009-02-05 23:39:18
seja satisfeito. Resumindo, o Paulo é a antítese do carnaval, ou, pelo menos, dos desfiles de escolas de samba.

Noticia: Paulo Barros diz que carnaval está chato
Postado: 2009-02-05 23:31:32
Gostaria de entender como é que alguém que se diga um legítimo fã de desfiles de escolas de samba possa aprovar e, ainda, desejar que as ?concepções artísticas? do Paulo Barros sejam as que venham a predominar nas agremiações. Hora, senhores, Paulo Barros é o anti-carnaval! Suas idéias, seus anseios, seus valores não se harmonizam com esta manifestação cultural chamada desfile de escola de samba. Ele, o Paulo, elimina, sem qualquer peso de consciência, qualquer valor ou símbolo, ainda que estes sejam indissociáveis, até mesmo sagrados, a um desfile, como, por exemplo, baianas, bateria, mestre sala e porta bandeira, etc. Para o Paulo, nada disso tem real importância. Se ele conceber um desfile em que as baianas devam ser substituídas por modelos/manequins (só pra usar um exemplo), será absolutamente irrelevante para ele absurdo e incômodo que tal substituição causará nas pessoas. Como ele próprio declarou ao fim do seu desfile em 2008, quando alguém lhe questionou sobre as pesadas e rígidas fantasias das baianas da Viradouro e a sua resposta foi taxativa, além de bastante clara: 'quando eu desenvolvo um desfile, eu não penso em nada e nem ninguém. Eu penso em tornar reais as minhas idéias e se para isso eu tiver que sacrificar, fazer sangrar alguém ou ?alguens?, eu o faço sem qualquer conflito interno'. Ou seja, estamos falando de um carnavalesco (se é que se pode chamá-lo assim) que não respeita nada, nem ninguém e que é capaz de tudo para que seus inventos sejam aplaudidos e seu nome alocado no topo. Aí reside os seus reais valores. Assim sendo, caso fosse contratado para produzir e dirigir uma apresentação de do boi de Parintins, pouco iria se importar com as tradições e valores dessa antiguíssima festa. Iria achar tudo muito careta e monótono e no afã de de impor sua marca, de se destacar (mais que a festa, lógico!) trataria de substituir e alterar tudo na concepção da apresentação somente para que seu ego se

Noticia: Paulo Barros diz que carnaval está chato
Postado: 2009-02-05 15:19:07
Fico imaginando como não será o comportamento do Paulo Barros no dia em que conseguir ser campeão com esse seu estilo a lá Broadway de fazer carnaval. Como muito sabiamente frisou o amigo Tony, Suzana Vieira e Clodovil serão aprendizes nos quesitos arrogância e prepotência. Ã? lamentável que esse profissional seja tão ante-profissional! Humildade, nessa pessoa, é zero. Levou um pé no traseiro da Viradouro, depois de ter realizado carnavais medíocres para a escola, ficou sem trampo, com a sua credibilidade já bastante abalada depois das m... que fez nos 2 carnavais que assinou, mas, ainda assim foi gentilmente convidado pela direção da Vila a fazer par com o Alex, que lá já estava há tempos ecom seu carnaval todo idealizado, mas, ainda assim o aceitou sem reclamações e ele, o Paulo Barros já começa com suas alfinetadas ao trabalho do colega? Se não gosta do estilo do Alex e nem do enredo da escola, porque aceitou trabalhar em tais condições? Eu temo muito que um dia o Paulo se consagre. Se o carnaval de hoje ta chato e burocrático, segundo a opinião dele, imagine o que será, então, no estilo Paulo Barros Deixará, definitivamente, de ser carnaval. Passaremos a assistir a uma espécie de encenação circense, bem ao estilo americano, onde as alegorias e fantasias serão cópias dos musicais e dos filmes americanos e o pouco que ainda resiste do samba, do gingado só nosso, serão substituídos pelas indefectíveis coreografias e mais coreografias (medíocres, diga-se de passagem!) de guardas chuvas, leques, lenços, pompons, entre outros batidos acessórios, a lá Paulo Barros. Não! Deus nos livre! Se for pra chegarmos a isso, VIVA O CARNAVAL BUROCRÁTICO E REPETITIVO DE HOJE.

Noticia: Teste de som e luz do Sambódromo pode começar com Portela e Imperatriz
Postado: 2009-02-05 02:15:57
Era preferível que eles cobrassem 1,00 real de casa pessoa presente nos ensaios técnicos e com essa grana pagassem os custos para que o sistema de som funcionasse desde o primeiro ensaio técnico. Do jeito que o Sambódromo tem tido lotação quase que total nestes ensaios, um real de cada pessoa, a cada ensaio técnico, eu acredito seja, na soma total, um valor bastante significativo e suficiente para tais custos. Os ensaios ficariam infinitamente mais emocionantes, o carnaval muito mais proveitoso. Além disso, as escolas teriam reais possibilidades (idênticas ao dia da apresentação oficial) de realizar um verdadeiro ensaio técnico e, aí sim, testar adequadamente o canto, a dança, a harmonia e conjunto da escola.

Noticia: Especial barracões: Mangueira aposta na criatividade contra a crise no carnaval
Postado: 2009-02-05 02:00:37
Mas o Sal, desde que o Renato pra lá se mudou, sempre teve o barracão, se não o mais, entre os mais interessantes da C.S. A meu ver, o problema dessa escola nunca foi seu barracão, mas, sim, a diretoria que sempre fez M... e esse ano, mais uma vez, pra variar, não deixou por menos. Quanto ao Império, acredito ser a grata e doce surpresa desse carnaval 2009. A escola está na medida. Nem pobre de marré de si e nem rica de tirar onda, mas, num meio termo harmonioso, muito belo, extremamente simpático e agradável aos olhos, aos ouvidos e corações, bem como os legítimos admiradores de carnaval gostam. Outra escola que eu acredito que fará uma excepcional apresentação (e incomodará!), também, toda ela dentro dos moldes do Império, ou seja, armada com a simplicidade eficiente, é a Imperatriz. Vila, Beija, G. Rio são aquelas com concretas possibilidades de fazer grandes apresentações por serem as donas das melhores estruturas. Mangueira, este ano, deve vir como nos anos áureos de suas apresentações, ou seja, fraca em alegorias, fantasias e adereços e forte nos demais quesitos e como bem sabemos, essa é a Mangueira que faz tremer. Logo, é bom não vacilar. As demais... , bem, as demais (?).

Noticia: Especial barracões: Vila Isabel prepara grande espetáculo para o carnaval
Postado: 2009-02-04 20:53:57
Luiz, pode sim. Não se esqueça que a Vila tem no seu núcleo um artista chamado Paulo Barros e esse recurso de montagem e desmontagem de alegorias em pleno desfile é bem a sua cara. Durante a permanência dele na Tijuca não foi uma e nem duas vezes que ele recorreu a tal artifício. Só que é preciso saber que essa construção/desconstrução à qual a matéria se refere é bem relativa. Certamente que serão componentes que virão sobre ela e que montarão, com placas ou algum material leve e prático, algo. Na Estácio de Sá, quando por lá o Paulo Passou ele montou uma alegoria exatamente assim. Os componentes traziam placas nas mãos em cujos lados existiam imagens diferentes. Durante o desfile, eles iam juntando estas placas e formando imagens, enquanto o carro ganhava formas diferentes por conta desses movimentos executados pelos componentes. Na Tijuca também ele fez uso dessa estratégia. Certamente que será algo assim que a Vila fará em seu desfile. Até porque em vários carros ocorrerão encenações diferentes.

Noticia: Especial barracões: Mangueira aposta na criatividade contra a crise no carnaval
Postado: 2009-02-04 15:15:02
Em outros tempos eu teria sido o primeiro a revidar aos ataques e às acusações dispostas aqui contra a agremiação para a qual eu torço. Mas, o tempo .... Ah! O tempo.... A gente cresce, amadurece e até (porque não?) aprende a se divertir com as adversidades. Tenho plena certeza de que em meu texto não há qualquer ofensa à verde e rosa. O que eu fiz (e o fiz baseado em percepções totalmente pessoais) foi uma análise da atual situação da Mangueira. Análise esta sem qualquer fundamentação sólida. Logo, nada do que eu disse sobre a Mangueira pode ter qualquer peso, afinal, sou eu somente mais um curioso metido a entender o minimamente de carnaval. O que eu acho ou deixo de achar é absolutamente irrelevante para uma agremiação. Em nada a alterará, a influenciará. Apenas exerci o meu direito de opinar sobre o tema em aberto, da mesma forma que todos os demais aqui. Por tanto, não entendo o porquê de ataques, de revides tão acalorados. Mas, tudo certo. Se para alguns mangueirenses a verde e rosa virá perfeita e está a pleno vapor, sem qualquer brisa a lhe atrasar a chegada, que bom! Toda sorte à nação mangueirense e a Mangueira. Vamo que vamo. Deixa chover, deixa a chuva molhar .....

Noticia: Vila mostra força, técnica e alegria
Postado: 2009-02-03 20:40:23
Como ninguém nunca comentou esse fato antes? Eu mesmo, entre alguns outros, frisei em postagens anteriores que a direção da Vila dava uma bola fora em não pedir a substituição dos jurados em questão. Ainda ressaltei que a partir de agora é a Vila a escola que ocupa o posto de provável benefeciada, aliviando significativamente à Beija Flor dessa acusação. Se estes jurados derem notas máximas para a Vila, seja qual seja a posição da escola, provalvelmente ela será acusada pelos torcedores das escolas que ficarem abaixo dela, de ter sido ajudada por estes jurados. Isso já foi amplamente debatido aqui.

Noticia: Especial barracões: Mangueira aposta na criatividade contra a crise no carnaval
Postado: 2009-02-03 17:33:23
RESPOSTA Ã? POSTAGEM DE Xuxa | 03/02/2009 16:28:52 QUEM TEM DE LEVAR ZERO Ã? VC. DARCY NÃ?O FOI SÃ? ANTROPÃ?LOGO. SE INFORME PRIMEIRO ANTES DE CRITICAR. LEIA A ABRA 'UM HOMEM DE FAZIMENTOS, UM REALIZADOR, O SOCIÃ?LOGO MINEIRO DARCY RIBEIRO CONTRIBUIU SIGNIFICATIVAMENTE PARA A EDUCAÃ?Ã?O BRASILEIRA DANDO FORMA E CONCRETUDE A IDÃ?IAS NOTÁVEIS'. SE NÃ?O SERVIR, TE FORNEÃ?O OUTRAS FONTES, NAS QUAIS VOCÃ? PODERÁ ATESTAR QUEM FOI DARCY RIBEIRO, AO CERTO. BELEZA?

Noticia: Especial barracões: Mangueira aposta na criatividade contra a crise no carnaval
Postado: 2009-02-03 16:25:39
Luizinho, amigo. Você é uma pessoa, ao que tudo indica, que merece respeito por sua vivencia no mundo do samba, do carnaval. Ã?s, ao que me parece, um batalhador e um apaixonado (aqui é uma afirmação, não existe dúvidas.) por essa cultura tão nossa. Isso é muito louvável, meu caro. O que não é louvável e é onde eu acho que você se deixa perder, é a sua cegueira. Sim, você se deixa cegar por conta dessa paixão desenfreada pela Manga. Não critico a sua paixão sem limites pela escola, longe de mim! Mas critico a sua falta de critérios em determinado momento. Se o assunto é Mangueira você não vê, não aceita e nem se quer cogita que possa existir falhas, equívocos, insuficiências. Não haja assim Luizinho. Onde reside o seu senso crítico? Eu sou alucinado pela Beija Flor de Nilópolis e nem por isso eu entro em confronto quando me dizem que o samba desse ano da minha escola é muito aquém dos sambas anteriores e um dos mais fracos do carnaval 2009. Por mais que me incomode, eu aceito, pois sei que é e não será o meu amor pela escola que me fará agir de maneira insensata. Logo, não tem essa de material que substitui outro, não tem essa de truques, não tem essa de aluno faz a escola ou a escola faz o aluno. O que tem e que é um fato (e contra fatos não existe argumentos) é que Mangueira está com graves deficiências no que diz respeito às suas alegorias e adereços e que virá para avenida com um carnaval bastante simples. O que não significa que a escola não possa vir com todas as condições de disputar o título. Uma coisa não tem nada a ver com outra. Simplicidade bem usada pode ser bem mais eficiente que o luxo mal empregado.

Noticia: Vila mostra força, técnica e alegria
Postado: 2009-02-03 15:17:03
Afinal, o que há de excepcional nesse texto? O cara disse, disse e não disse nada!!! Ele, tão somente, destaca um problema a ser resolvido, ou seja, alguns dirigentes de outras agremiações estão insatisfeitos com a atitude do presidente da Liga, mas, não manifestam isso para o próprio. E aí, o que de tão exemplar se pode destacar nesse texto? Não foi feita nenhuma sugestão interessante acerca do conflito. Não foi dito nada de inovador! Não foi analisado nada que venha a dar nova luza à questão! Não entendi os elogios rasgados ao mesmo!!!!!!

Noticia: Especial barracões: Mangueira aposta na criatividade contra a crise no carnaval
Postado: 2009-02-03 15:02:10
Cont... é ajoelhar e rezar pra papai do céu ser piedoso.

Noticia: Especial barracões: Mangueira aposta na criatividade contra a crise no carnaval
Postado: 2009-02-03 14:57:45
Caro, Donga. Certamente que você é um dos mangueirenses mais sensatos e coerentes que eu vejo por estes sites carnavalescos da vida. Os demais, seja por amor à verde e rosa, seja por pura ignorância mesmo, sempre se deixam cegar, iludir, ou mesmo, se negam aceitar o obvio, quando o obvio é ululante. Você foi simplesmente brilhante nessa sua postagem. Perfeitas as suas observações, tanto em relação ao desfile da Mangueira em 2009, quanto as abordagens acerca da formação do povo brasileiro. Toda obra, por mais abrangente e respeitada que seja, sempre apresenta falhas, lapsos, distorções, grande ou pequenas e a do historiador e sociólogo Darcy Ribeiro não foge à regra. Ã? brilhante? Sim! Dependendo do ponto de vista, é! Mas, há equívocos certamente e alguns deles você destacou com muita precisão. Parabéns. Referente a Mangueira e o seu carnaval de 2009, só um cego, ou louco não vê que a escola está com serias limitações, principalmente, limitação financeira. Em outros tempos Mangueira, a essa altura do campeonato, já estava com seus 7 carros empacotados e só dava os retoques finais no oitavo para empacotá-lo também. Em resposta ao comentário do Luizinho da Cuíca, eu digo que alguém afirmar que as alegorias da Mangueira em 2009 serão as mais belas do carnaval, só sendo mesmo um fanático. Essa afirmação é tão absurda e vai de encontro até mesmo à própria Mangueira que realizou desfiles dotados de uma beleza plástica absurda como o da Estrada Real, o dos Dez Mandamentos, entre outros. Nem precisa se ver os carros prontos na avenida pra saber-se que são muito aquém do padrão dos últimos 5 anos da escola. Pelo que se vê no barracão tem-se a certeza de que os mesmos serão muito, mas, muito fraquinhos! Como bem acertadamente disse o Donga, Mangueira virá firme em bateria, samba (que não é lá uma Brastemp, mas, diante da safra medíocre, se salva) e chão. Nisso Mangueira está foda! Nos demais quesitos, é ajoelha

Noticia: A fragilidade do julgamento do carnaval
Postado: 2009-02-02 19:22:51
não? Mas, sabem o que eu sempre busquei para tirar uma conclusão se a minha escola foi realmente merecedora dos títulos que conquistou ou não? O que era dito pela imprensa em geral ao seu respeito. Sim, por que o Anísio pode até manipular jurados ou outras pessoas ligadas à Liesa e que de alguma forma possam beneficiar uma escola em detrimento das outras. Porém, meu caros, ele não pode comprar, manipular, forçar ou o que quer que seja, toda a imprensa escrita, falada e televisada e estas sempre foram unânimes em ratificar as qualidades e os méritos dos campeonatos da Beija Flor.

Noticia: A fragilidade do julgamento do carnaval
Postado: 2009-02-02 19:20:16
Fabiano, Esse sistema de eliminar a maior e a menor nota já foi muito usado pela Liga. Há coisa de alguns anos é que ele foi deixado de lado. Veja como é complicado criar um método de análise dos desfiles que seja altamente seguro... Na época em que nos julgamentos se eliminavam as maiores e as menores notas, questionava-se a eficácia desse método com argumentos que diziam que uma alegoria, só pra citar um exemplo, poderia passar intacta, perfeita à frente da cabine do primeiro jurado de alegorias e adereços e mais na frente vir a sofrer algum dano e passar à frente da cabine do segundo jurado com esse dano à vista. Logo, certamente o primeiro jurado, o que viu a alegoria intacta, dará à mesma a nota máxima, o que será mais do que justo. Já o segundo jurado, no entanto, não dará a nota máxima, pois o que ele viu foi uma alegoria com problemas. Sua nota será bem abaixo da nota máxima. Um 9,5, pra dar um exemplo. Na hora da soma das notas, de acordo com esta metodologia que você defende, estas notas (a maior ? 10, e a menor ? 9,5) serão eliminadas, ficando somente as demais. Só que ambas as notas eliminadas estão corretíssimas! Por que então eliminá-las? Era isso o que acontecia e que causava muitas reclamações na época em que se usava deste mecanismo de eliminação da maior e da menor nota. As brigas contra este método eram constantes. Alguns o chamavam de burro, de ineficiente, dentre outros adjetivos nada simpáticos. Logo, crie-se esse ou aquele método de julgamento, haverá sempre reclamação de que o mesmo não é bom e propicia manipulações. Ã? claro! Carnaval é pura subjetividade. Como mensurar isso? Agora, com relação às postagens contra os campeonatos a minha Beija Flor, cujas acusações são sempre de que o Anísio manipulou, de alguma forma e a tal ponto que o resultado foi a favor da escola de Nilópolis, eu digo sempre o seguinte... Pode ter ocorrido isso? Pode! Afinal, estamos falando de bicheiros, nã

Noticia: Vila mostra força, técnica e alegria
Postado: 2009-02-02 18:10:57
(que dispensa apresentações, convenhamos!). Eis que finalmente surge ela, a mais ousada, a mais poderosa, a mais destemida e novata no ninho de serpentes. VILA ISABEL que já entra no jogo com uma trupe de correligionários dispostos a lhe dar aquela forcinha que todas as agremiações sonham em ter todos os anos. E assim segue o bloco até o próximo carnaval .

Noticia: Vila mostra força, técnica e alegria
Postado: 2009-02-02 18:09:58
Uma coisa é certa. Caso a Vila venha a ser campeã do carnaval 2009, terá que arcar com uma enxurrada de cobranças e acusações e aí veremos um campeonato, que poderia ser ratificado e até admirado por todos, ser manchado, desqualificado o que será uma pena. Caso a Vila vença, muito dirão que a escola foi beneficiada por um esquema sórdido. Isso é tão certo quanto dois e dois são quatro. E o mais lamentável é que tudo isso poderia ter sido evitado. A escola está sim se preparando fortemente para a disputa e é, indubitavelmente, uma fortíssima candidata a por as mãos no caneco. Conta com uma sólida estrutura, tanto interna quanto externamente. Está muito bem financeiramente, tanto que se dá ao luxo da manter os dois carnavalescos mais badalados dos últimos anos trabalhando para si. A comunidade vestiu a camisa e está empolgada, o que é fundamental às prevenções de um belo desfile. A escola, não é de hoje, vem buscando um ?compasso? só seu, compasso esse que se pode notar na bateria, no conjunto e harmonia. Quero dizer que a escola procura sua cara e essa cara deve atender às exigências modernas às quais a Vila aderiu. Pode-se dizer que é da Vila o título de escola mais vanguarda do carnaval atual. Realmente se nada e nem ninguém segurá-la ela vai longe, muito longe. Portanto, teria sido um ato de grande sabedoria por parte da direção da escola o pedido de substituição desses jurados. Isso, não só lhe concederia credibilidade e respeito por parte da mídia que cobre o carnaval e do povão que o acompanha, como lhe evitaria possíveis dissabores futuros. O carnaval se recicla até nisso, ou seja, nas, ditas, maracutáias. Começou com Portela e as armações do Sr. Natal. Passou para a Mangueira e as ajudinhas da Globo e do seu Brizola. Então veio a Mocidade e o braço de ferro do seu Castor. Chegou a Imperatriz e a manipulação do seu Luizinho que cruzou a bola para a minha Beija Flor e o papai Anísio (que dispensa apr

Noticia: A fragilidade do julgamento do carnaval
Postado: 2009-02-01 12:48:30
Clovis, Nunca teremos, essa é a verdade, um sistema de julgamento 100% infalível, afinal, estamos falando de algo totalmente subjetivo. Como julgar precisamente a subjetividade? Impossível! Porém, é possível, sim, criar-se um método o minimamente confiável. Neste caso, por exemplo, veja quais são as posturas da Liesa e dos dirigentes das agremiações? Todos são unânimes em manter os jurados que comprovadamente possuem estreitas ligações com a instituição que será homenageada, no caso, o teatro Municipal e a Vila Isabel, dando, assim, margens às especulações negativas caso a escola receba as notas máximas desses jurados e venha a ser a campeã? Pra que isso? Por que não afastá-los, substituindo-os imediatamente? Uma simples ação de tal ordem já serviria para dar-nos a impressão de que a Liesa está disposta a livrar-se das constantes acusações de que é um órgão a serviço dos patronos e não do carnaval.

Noticia: Ex-funcionário da Mocidade vai cobrar salário atrasado e é espancado. Presidência nega o caso
Postado: 2009-01-31 18:28:06
Meu Deus!!!!! Em pensar que estamos falando de uma agremiação que comemorava com antecedência e com champagne seus desfiles, ali mesmo, na concentração, à frente de todos os pobretões que se espalhavam às margens do canal do Mangue, já que não tinham como pagar o ingresso. Agora, vendo os seus últimos desfiles, vendo as constantes notícias à seu respeito, vendo as fotos do barracão..... Ã? Mocidade! Quem te viu, quem te vê!

Noticia: SRZD-Carnavalesco teve acesso a carta anônima entregue ao presidente da Liga
Postado: 2009-01-31 02:23:55
Vão me dizer que o Anísio manipula, também, todos os jornalistas? Já dizem os proverbios: O pior cego é aquele que não quer ver e A arma dos incompetentes é a inveja, porque no campo da ação e da arte, do pensamento e do trabalho, o mérito vive rodeado de adversários.

Noticia: SRZD-Carnavalesco teve acesso a carta anônima entregue ao presidente da Liga
Postado: 2009-01-31 02:22:00
qualquer polícia, mas da FEDERAL) tenha recuado após suas contundentes acusações. No fim das contas quem perdeu mais credibilidade foi ele e não a Beija, que não teve absolutamente nada provado contra si. E na boa, só alguém muito ranzinza pra não reconhecer a superioridade do desfile da Beija em 2007. E agora falando das justificativas, a Beija já perdeu carnavais memoráveis por ter recebido notas absurdas e justificativas bizarras, meu caro! No carnaval de 86, cujo enredo era â??O Mundo é uma Bolaâ??, em que a escola desfilou sob o maior toró que já caiu no Sambódromo, com água acima na metade das canelas, uma jurada, a do quesito MS/PB tirou meio ponto (determinante para a perda do título) da escola sob a justificativa de que a porta bandeira não bailava com leveza (detalhe, a pista do Sambódromo era um Rio!!!!). No ano de 89, no antológico â??Ratos e Urubúsâ?? um jurado descontou meio ponto (determinante também pra perda do campeonato) sob a alegação de que não entendia o que significava Leba - laro - ô ô ô ô - Ebó lebará - laiá - laiá Ã?â?? ô. Então, amigo, tente ser um pouco mais sensato e veja como essa escola trabalha arduamente pra que seus carnavais sejam os mais perfeitos possiveis. Vá a Nilopolis e veja como se ensaia exaustivamente comissão de frente, bateria, mestre sala e porta bandeira, o canto, o conjunto e a dança de cada componente. Vá também, se puder, à Cidade do Samba e espie o barracao dessa escola e constate o empenho, o esmero, os esforços de cada um para que as alegorias e os adereços sejam primorosos e depois, quando estiver retornando à sua casa, reflita e reveja seus conceitos. Digo sempre a mesma coisa em defesa da Beija Flor. O Anísio, segundo afirmam, pode manipular, influenciar jurados pra que os mesmos hajam em favor da Beija Flor. Ok! Mas, e a imprensa em geral que todos os anos é unanime em destacar à Beija como um fortíssima candidata ao título, por que faz isso? Vão me dizer q

Noticia: SRZD-Carnavalesco teve acesso a carta anônima entregue ao presidente da Liga
Postado: 2009-01-31 02:20:54
Caro, Marcelo Castro. Faltou a você um pouco mais de atenção ao recado do Sr Laila! O Laila, em suas declarações, demonstra total lucidez e sugere a troca de jurados por ser essa, segundo ele, a melhor coisa a ser feita em favor da Vila Isabel que, ele deixa bem claro, pode vir a ser prejudicada com futuras acusações levianas (tal qual às suas agora referentes à Beija Flor) caso ganhe notas máximas desses jurados. Ã? só ler o texto com atenção e veras isso. Mas, claro, o ímpeto, a ânsia de atacar à Beija Flor fala mais alto e daí mais uma a fazer uso das já gastas acusações e insinuações de sempre. Outra coisa, a alegoria que representava o teatro Amazonas no desfile de 2004 e que você diz ter passado caindo aos pedaços, na verdade perdeu uma parte da sua lateral esquerda por conta do volume de água que se acumulou sobre a mesma e a escola foi penalizada em 4 décimos em alegorias e adereços. 4 décimos, meu camarada, no carnaval, já daquele ano, significam 4 pontos, pois hoje cada décimo tem o peso de 1 ponto. Logo, a Beija, pode-se tranquilamente afirmar, foi penalizada em 4 pontos. Quanto ao programa Sem Censura, o Laila, em momento algum citou nome de qualquer escola. Ninguém citou nome da Viradouro. Isso é mentira! O que ocorreu foi que a Rosa Magalhães havia comentado com o Laila, nos bastidores do programa, que tinha chegado ao seu ouvido a fofoca de que naquele ano o campeonato já estava acertado pra uma agremiação e o Laila a instigou a contar aquela história na frente das câmeras e disse que da parte da Beija Flor eles estavam tranqüilos, se preparando fortemente para disputar o carnaval e que se tal coisa fosse verdade, ele só poderia lamentar. Foi isso E SÃ? ISSO o que o Laila disse naquele programa. Já em relação às acusações no Fantástico, até hoje o tal delegado não voltou à cena para apresentar as tais provas que comprometiam à Beija Flor! Ã? estranho que um delegado de polícia (e não de qua

Noticia: Especial barracões: A volta por cima do Império Serrano no Carnaval 2009
Postado: 2009-01-30 02:31:21
tanta expressividade que as suas irmãs, é verdade. Mas, não menos talentosos. Quem aqui já ouviyu falar de Cabana? Pois é, foi um grande sambista e compositor, de fundamental importância para a Beija e para a história do carnaval. Mas, enquanto Portela, Império, Mangueira, Salgueiro tinham $$$$$$$, espaço e mídia, além de se localizarem em áreas demográficas muito mais acessíveis, a Beija engatinhava na baixada sem um mingau que lhe desse a sustança das demais. Mingau esse que só veio lhe alimentar alguns anos depois de muita desnutrição e cujo o nome chama-se Anísio. Ã? aí que reside a diferença que faz com que se apontem algumas escolas como tradicionais e outras, não! Nas suas estruturas. Reclamam e criticam hoje de escolas como Beija, Imperatriz, Viradouro, porém, se esquecem que já foram ezatamente assim.

Noticia: Especial barracões: A volta por cima do Império Serrano no Carnaval 2009
Postado: 2009-01-30 02:28:18
Caro, SERGIO RODRIGUES-RJ, você disse, disse, mas, a meu ver, não deixou claro o seu raciocínio. Eu, pelo menos, não entendi o porque Beija Flor não pode se considerar (ou ser considerada) uma escola de tradição, enquanto que Império, Portela, Mangueira, podem! Pra mim, você usa parâmetros muito pueris para definir o que venha a ser uma escola tradicional, ou não. Pelo que eu entendi, as escolas citadas por você podem ser consideradas tradicionais por terem nascido grandes e terem sido as precursoras, embora você não tenha citado esse segundo fato textualmente. Mas, isso não é o que define tradição! Caso fosse, existem um legião de escolas antiguíssimas por aí, espalhadas em diversos grupos às quais nenhum órgão e nem ninguém se referem a elas como escolas tradicionais. Logo, antiguidade é posto, temos que respeitar, mas...., é só e fica por aí. Tradição, para que seja construída, exige bem mais que volume/proporção e tempo de existência. Beija Flor de Nilópolis, bem como outras agremiações, possui, sim, muita tradição. Até porque Beija e Império são praticamente criadas na mesma data. Império em 23 de março de 1947 e Beija Flor em 25 de Dezembro de 1948. O que difere uma da outra é o fato de o Império, já na sua fundação, ter nascido com uma estrutura, experiência e espaço no seio carnavalesco que Beija não possuía. O pessoal que criou e fundou ao Império eram todos experinetes no assunto carnaval, pois já faziam parte da escola Prazer da Serrinha, uma (pra época) grande escola e só se afastaram dela após desentendimentos com o mandachuva, o Seu Alfredo (uma espécie de Laíla daqueles tempos - kkkkkkkk) e fundando, então, o Império Serrano. Outro fator importante a se considerar é a localização de ambas as escolas, ou seja, Império e Beija Flor, que contam muito para a ascensão mais fácil de uma em detrimento da outra. Por isso dizem que Beija não possui baluartes. Possui sim, bem menos e sem ta

Noticia: Especial barracões: Intrépida Trupe no abre-alas do Salgueiro no Carnaval 2009
Postado: 2009-01-28 00:39:43
O Salgueiro sempre esteve magnificamente bem vestido e com alegorias e adereços de um requinte impar. Depois que o Lage assumiu o carnaval da escola, então!, aí mesmo é que a coisa se aperfeiçoou. O problema do Sal não está, e nem nunca esteve, na qualidade das suas fantasias, suas alegorias e seus adereços e sim no conjunto e na harmonia. São estes dois itens o calcanhar de Aquiles do Sal e de nada adianta um barracão primoroso, fantasias requintadas se a escola continua a insistir nos mesmos erros. Já está mais do que na hora de a diretoria do Sal entender que desfile de escola de samba não se resume só às partes plástica e estética.

Noticia: Luma de Oliveira brilha na festa da Portela para São Sebastião
Postado: 2009-01-22 01:32:37
Caro, Ricardo. Cara, você é muito fã da Luma, brother! Só isso justifica a blasfêmia que você disse ao afirmar que a Luma é a única celebridade que realmente sabe sambar à frente de uma bateria! Em primeiro lugar, a Luma não samba, amigo! Qualquer um que entenda desse gingado me dará total razão. A Luma engana. Ã?, sem sombra de dúvida, dona de grande graciosidade, da mesma maneira que a Luiza Brunet é dona de uma elegância inquestionável. Porém, samba no pé, nem uma e nem outra possui. Bote a Luma ao lado da Raissa, da Beija, e veja o vexame que ela vai passar! Até a Viviane Araujo samba muito mais que ela. A Pagung, então, da aula!!!! E fica aqui o meu protesto. Nada contra a Luma. Tudo contra a Portela. Este posto, nesta escola que vive a reivindicar respeito por conta de sua tradicionalidade e seu apego ao samba, deveria ser de uma passista da comunidade e não de uma pessoa que nem mesmo aos ensaios da escola comparece!!!!! E o mais triste nisso tudo é ver muitas personas portelenses, bem como muitos torcedores, batendo palmas pra todo esse absurdo! Depois reclamam quando a mídia elogia a Beija Flor! Vejam quem é a rainha da bateria da escola! Uma menina pobre, da comunidade, transformada, ano após ano, em um dos maiores destaques da agremiação. Beija, mais uma vez, segue na contra mão de todas as escolas que se intitulam como tradicionais, mas que vivem a desprestigiar o samba e o carnaval com ações idênticas a esta da Portela. Dá-lhe, Beija Flor!!!!

Noticia: Nudez no desfile da Beija-Flor
Postado: 2009-01-21 17:32:53
Ã? exatamente isso mesmo. Em português claro, é permitido esconder a genitália atrás de tintas, adesivos, micros adereços, etc. Porém, caso acontece de um destes perder-se durante o desfile, tipo, a tinta escorrer, ou, o adesivo descolar, permitindo, assim, que se veja a genitália desnuda, aí, neste caso a perda de ponto deve ser sacramentada. Foi exatamente o que ocorreu com o Jorge Lafond, em certo desfile da Beija, quando a tinta que cobria parte de seu corpo escorreu deixando-o despido. A escola perdeu alguns pontos por conta desse incidente. O mesmo aconteceu com a destaque de chão da São Clemente, cujo micro adesivo descolou, deixando a ..., digamos ...., paisagem (e que paisagem!!!!! - kkkkkkkk) totalmente livre aos olhares curiosos. Daí a penalização.

Noticia: Ala da Portela em pleno voo na Avenida
Postado: 2009-01-17 17:11:09
Caro SAMBISTA DE VERDADE. Tu és um apaixonado, brother. Um apaixonado por carnaval e, principalmente, pela Mangueira. Até aí, beleza. Ta certíssimo. Você tem mais é que defender sua escola de coração. Porém, não se pode querer tapar o sol com a peneira, amigo. Você, como praticamente todos os Mangueirenses, coloca a verde e rosa acima de todas as demais, acima do bem e do mal e não aceita quando alguém contesta isso. Quem não quer ver a realidade não sou eu. Quem não sabe do auxílio dado à Mangueira pela Globo e por Leonel Brizola durante anos e anos? Quem não sabe que o tal do super campeonato dado à Mangueira foi fruto de ação direta do Leonel e da Globo? Agora, se você acha que eu sou um alienado e que por isso é que digo tais coisas, não serei eu quem ficará aqui debatendo com você. Se você tem experiência de ter viajado por vários países e afirma que em cada um deles bastava às pessoas verem as cores verde e rosa para gritarem Mangueira (?????????), eu te afirmo que não só já viajei bastante, também, por conta da minha profissão, além de trabalhar diariamente com público internacional e reitero a afirmação de que gringo não sabe diferenciar, separar Nenê de Vila Matilde de Cacique de Ramos. Um, ou, outro mais aficionado por carnaval, mais identificado com nossa cultura consegue. Mais são ínfimos estes tais. A grande maioria não sabe o que é alhos e o que é bugalhos no tocante às escolas de samba. Porém, fiquemos, eu e você, com nossas opiniões. Afinal, não vamos chegar a lugar nenhum. Tu não vai me convencer com sua historinha e muito menos eu o convencerei com a minha. Sendo assim, vida que segue.

Noticia: Ala da Portela em pleno voo na Avenida
Postado: 2009-01-17 11:57:27
Sambista de Verdade. Não tenho a intenção de diminuir a Mangueira no que quer que seja. Porém, nada do que eu escrevi ali é falso, amigo. Vocês, Mangueirenses, adoram dizer que a única escola reconhecida e adorada no exterior é a Mangueira e eu, por experiência própria já comprovei que isso é balela, meu camarada. Volto a afirmar.... gringo nenhum tem esse grau de reconhecimento com Mangueira a ponto de ver a bandeira da escola e gritar-lhe o nome. Como eu disse, o que eles reconhecem de cara quando vêem uma escola, seja esta qual for, é o Brasil, o Rio de Janeiro e o carnaval. Ã? a isso o que eles associam qualquer manifestação carnavalesca. Nas arquibancadas de turistas eles vão pela grandiosidade e animação do evento. Porém, depois da terceira escola sabe o que eles acham? Um porre!!!! Sim, isso mesmo. Eles dizem que é tudo igual, tudo repetitivo e não tem essa de Mangueira ter qualquer grau de diferenciação. Se a Estácio tiver desfilando e dissermos pra eles que é a Mangueira, eles vão aceitar na boa, pois não fazem a menor idéia do que venha a ser uma ou outra. As duas são samba, mulatas, carnaval, Rio de Janeiro, Brasil e só. Quanto ao restante da sua postagem, não me alongarei. Você sabe que a Manga foi sim bastante ajudada por Brizola. Isso não tem nem o que questionar. E quanto aos desfiles que você aponta como inquestionáveis, sabemos que não é bem assim. Pergunte por aí se a pessoas não questionam o super campeonato da Manga sobre a Portela determinado por Leonel Brizola o criador do Sambódromo e que não iria permitir que outra agremiação fosse campeã na sua maior obra carnavalesca e por isso essa farsa de desempate e super campeonato pra Manga. Então, sem essa de campeonatos inquestionáveis, amigão. Raríssimos campeonatos são inquestionáveis. Eu só lembro de Kizomba, pois até o Ita do Sal teve sem quem questionassem afinal, o samba era fraquinho, oba, oba.

Noticia: Ala da Portela em pleno voo na Avenida
Postado: 2009-01-17 01:04:43
Amigos mangueirenses, me perdoem, mas, esse papo de que basta um turista ver a bandeira da Mangueira que já reconhece a escola de cara é K.Ã?!!!! Para os gringos, Mangueira, Portela, Rocinha, Império da Tijuca, Ilha do Governador, etc, são é tudo a mesma coisa, ou seja, CARNAVAL / BRASIL / RIO DE JANEIRO. Ã? esse o reconhecimento e a identificação que eles fazem. Essa onda de que os turistas são todos mangueirenses, ou, que preferem à Mangueira a uma outra agremiação é papo, conversa pra boi dormir. Acontece é que na época em que a Mangueira reinava absoluta por conta do apoio incondicional de Brizola e da Rede Globo (sim amigos! A verde e rosa já foi, e por longos anos, a queridinha da plim, plim!) todo estrangeiro que botasse os pés nesta cidade, bem como todo evento que rolasse por estas terras de São Sebastião, era a Mangueira a agremiação escalada para prestigiar tal acontecimento. Isso se dava por conta das ações contínuas de Brizola e da TV Globo que eram quem mandavam e desmandavam no Rio de então. Hoje, a quadra da escola vive abarrotada de gringos por conta de acordos comerciais turísticos, altamente lucrativos para ambos os lados, ou seja, Mangueira e rede hoteleira, que já possuem até esquema de transporte direto dos hotéis para à quadra da Mangueira. Não é que o turista peça pra ir à quadra da verde e rosa, pra ele, o que vale é a farra, o samba, as mulatas, a bateria. A escola que irá lhe oferecer isso é o que menos importa, afinal, nas cabeças deles, tudo é a mesma coisa. Qualquer um que já tenha passado uma temporada fora do Brasil pode atestar isso o que escrevo aqui. Não se trata de querer desmerecer escola A ou B e sim de atestar um fato.

Noticia: Falta espaço no barracão da Vila
Postado: 2009-01-13 15:25:43
Vejam só o que jeito que o samba ficou, e sambou ... Antes eram os barracões insalubres e sem a mínima estrutura o motivo de tantas reclamações. A falta de espaço era uma das mais recorrentes. Aí construiu-se a Cidade do Samba com espaço de sobra, infra-estrutura adequada às necessidades de cada escola, galpões que mais parecem estúdios holiwdianos e já vemos disparates como este da Vila. Ou seja, falta espaço para a confecção das alegorias. O engraçado é que venho notando que as diretorias das escolas, a grande maioria delas, bem como os carnavalescos, também, estão invertendo valores e confundindo as estações. Ã? um tal de escolas anunciando alegorias gigantescas, cada uma diz que trará um carro maior que o da outra. Coisa de pré-adolescente que vive a medir o pênis com os amigos e acredita que o que tiver o maior deles é o que será o mais bem sucedido (kkkkkkkkkkk).

Noticia: Luiza Brunet vai desfilar na Rocinha
Postado: 2008-12-19 20:42:13
Obrigado Denise, ou seja lá você que for. Você, pelo visto, da, sim, muita importância ao nada, já que este é o seu segundo post direcionado a mim, ou seja, ao nada! Bom, agora eu sei o porque da sua indignação e o porque, também, de você não poder defender a sua agremiação. Afinal, você é Imperatriz Leopoldinense e este fato, por si só, dispensa maiores comentários, não é mesmo? Bom, toda a sorte do mundo às nossas agremiações...

Noticia: Beija-Flor faz ensaio com irreverência
Postado: 2008-12-08 19:59:14
Thiagho, Primeiro, não entendi muito bem sua postagem. Faltou algumas pontuações necessárias e o texto acabou ficando um tanto confuso. Porém, do que deu pra compreender, você aponta o samba da Beija Flor como o pior da safra e o faz com segurança, pois, segundo afirmas, és músico! (?) Bom, desculpe, mas, o fato de você ser músico não quer dizer muita coisa. Observe que o samba da escola foi eleito o melhor na grande maioria dos sites especializados em carnaval. Nestas avaliações, tantos outros, também, músicos, teceram elogios à obra do Tom Tom. Logo, podemos constatar que o fato de alguém trabalhar e conhecer profundamente música, no fim das contas, não tem peso maior que um jornalista, um mecânico, um médico, ou, um forista, feito eu. O que conta, na verdade, é o gosto pessoal e, no seu caso, o que te leva a achar o samba da minha escola como o pior entre todos são impulsos e gosto puramente pessoais. Eu concordo que, diferentemente dos outros anos, a Beija vem muito aquém de seu padrão musical dos últimos dez anos. Porém, o samba da escola não é nem melhor e nem pior que os demais. A meu ver, em 2009 não temos nenhum samba realmente bom! Todos estão no mesmo nível, ou seja, são todos razoáveis e nada, além disso! Quanto aos cantores que defenderam o samba da escola no ensaio, acho que você sabe que o Neguinho está em fim de tratamento de um câncer e por isso está se poupando ao máximo. Só por esse motivo o hino da Beija está sendo levado por outros, o pessoal do apoio. A propósito, você torce pra que escola?

Noticia: Fotos das fantasias da Viradouro
Postado: 2008-12-01 23:03:12
merece respeito, admiração e que, acima de tudo, já contribuiu infinitamente mais para a história e cultura carnavalesca desse país que a Viradouro.

Noticia: Fotos das fantasias da Viradouro
Postado: 2008-12-01 23:00:18
César. Meu caro, quem fez o comentário (comparativo) sobre as fantasias do Império em relação às da Viradouro, fui eu. Antes de qualquer coisa, você, em sua postagem, se mostra altamente intransigente, meu camarada! Assim como você tem todo o direito de achar as fantasias da sua escola as melhores do carnaval 2009, o que eu não discuto, eu, também, tenho todo o direito de achar as fantasias do Império infinitamente superiores. Ã?, tão somente, uma questão de pontos de vistas diversos. Gosto, meu camarada, é como bunda, cada pessoa tem a sua. Não discuto as suas percepções, as suas impressões, o que você considera relevante em um figurino carnavalesco. Por tanto, aprenda a fazer o mesmo em relação às opiniões dos outros. Você não é o dono da verdade. Continuo achando, sim, o conjunto de fantasias do Império Serrano o melhor, até então, para o carnaval 2009. São, a meu ver, as que reúnem os requisitos básicos para um bom desfile (leveza, nuances harmoniosas e inteligentes das cores, fácil leitura, fácil movimentação, criatividade, limpeza, entre alguns outros itens). Essa é A MINHA OPINIÃ?O! Sou torcedor da Beija Flor de Nilópolis, e se eu, para considerar um conjuntos de fantasias superior me baseasse somente no luxo, feito você, eu apontaria, então, a Beija Flor como a escola mais bem vestida do próximo carnaval. A Viradouro, no quesito fantasia, desfilará bem vestida em determinados setores e pessimamente em outros. Essa é a minha opinião, goste você, ou não! E, só pra finalizar, você foi altamente grosseiro com o a escola Império Serrano! A desqualificou, desmereceu, desvalorizou ao logo da sua mal redigida postagem, meu caro! Se você se ressentiu com as críticas feitas às fantasias da sua escola, deveria, então, ter a educação e sabedoria de rebatê-las com argumentos sensatos em que se percebesse claramente o ponto de vista pessoal e não denegrir de maneira grosseira e equivocada uma agremiação que em

Noticia: Louzada é convidado a escrever livro
Postado: 2008-11-28 22:26:36
Me impressiona como existem pessoas amarguradas, implicantes, que, feito velhas rabugentas, adoram contestar tudo. Implicam com o mínimo detalhe. Pra estas, tudo deve seguir rigorosamente à rima e métrica e qualquer fagulha fora estas lhes soam como algo inadmissível. Fala sério, né, senhores Caio Fonseca e Eliomar? O que vocês pensam e acham, ou, deixam de pensar e achar a mim pouco importa. Ao que me consta, isso aqui é um espaço democrático onde as pessoas podem expressar suas opiniões. Agora, se os DOUTOS e PAIS DA VERDADE, em questão, se sentem tão incomodados com as minhas postagens, que tal deixarem esse fórum espaço e irem argüir seus mais profundos e infindáveis conhecimentos na Academia Brasileira de Letras ou em algum outro espaço com tal nível de intelectualidade. Afinal, os incomodados é que se mudem. Fala sério! Ã? cada figura que aparece!

Noticia: Jurados apontam samba do Império Serrano o melhor para o Carnaval 2009
Postado: 2008-11-13 02:07:12
A Beija Flor, como sempre, nas cabeças! Vejam que quem avaliou o quesito samba enredo não foram os jurados da Liga que, os despeitados dizem, são comprados pelo Anísio, mas, sim, pessoas que entendem de carnaval e em especial, de samba, e que nenhum comprometimento possuem com a escola de Nilópolis ou, mesmo, com o Anísio. Foram estas pessoas que elegeram o samba da Beija Flor como o melhor do ano, já que o samba do Império Serrano não é original. Mais um ano em que a Beija desponta com o melhor samba, as mais belas fantasias e, preparem-se, pois o que vai sair do barracão é de tirar o fôlego. Estamos falando de uma escola detalhista, meticulosa, empreendedora e absolutamente engajada. Portanto, se o campeonato sair para as terras nilopolitanas mais uma vez, não venham com xororó e ladainhas gastas e sem nexo. A Beija ganha porque sabe fazer carnaval e corre muito atrás dos seus objetivos. Ninguém se torna um grande vencedor sem méritos próprios e é essa lição que as demais deveriam aprender. Ao que tudo indica, pelo andar da carruagem, o banho da Beija é certo.

Noticia: Fantasias da Mocidade para 2009
Postado: 2008-11-10 17:31:03
O que está acontecendo com os carnavalescos? Esqueceram de uma coisa chamada CRIATIVIDADE? Pow, as fantasias da Mocidade, da Imperatriz, da Tijuca, da Mangueira pecam no mesmo quesito, ou seja, simplicidade aos extremos e falta de criatividade. No caso da Mocidade observar-se nitidamente a oscilação entre a pobreza de criatividade e o mau gosto. Exemplos disso são as fantasias da bateria e baianas. Caramba! Como é que o Cebola pôde conceber algo tão estapafúrdio como estas fantasias que as pobres senhoras de Padre Miguel irão carregar? Que pena! Elas mereciam muito mais pelos seus sacrifícios e dedicações! Perdão amantes da verde e branco de Padre Miguel, mas, a Mocidade, dona de um dos mais belos enredos do carnaval 2009 virá muito mal vestida para o grande baile. Resta, agora, bailar muito pra tirar a atenção das suas vestes e não pagar mico. Toda sorte à escola.

Noticia: Fantasias da Imperatriz Leopoldinense
Postado: 2008-10-31 14:25:04
A verdade é uma só! As fantasias da Imperatriz estão sim bem abaixo do nível dessa escola. Argumentos dos tipos: ?está dentro da proposta do enredo?, ?a Rosa quis criar figurinos de fácil leitura?, ?a Rosa e/ou a Imperatriz quis apostar na simplicidade, como o fez no carnaval desse ano?, sinceramente, não colam. Sejamos honestos, nós e os torcedores da escola.... a Imperatriz jamais apresentaria um conjunto de fantasias desses se tivesse com seus cofres sortidos. As fantasias são feias, simples, algumas até beiram o mau gosto, estão mal acabas ? e é tão notório isso que se pode observar pelas fotografias! ? em suma, muito, mas, muito aquém do que nos acostumamos ver dessa escola. Fantasias que atendem aos apelos de simples, porem, de fácil leitura e beleza são as do Salgueiro. As da Imperatriz, infelizmente, deixam a desejar em vários aspectos. A Unidos de Padre Miguel ? que nem do grupo especial é ? foi a agremiação que até agora apresentou o mais belo conjuntos de fantasias. Isso, incluindo tudo o que já foi mostrado de fantasia até o presente momento.